Produtos e Nichos

Saiba 12 dicas essencias para ter sucesso ao revender prata

Imagem ilustrativa de revender prata

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Revender prata pela internet é uma oportunidade de negócio lucrativo na internet. Você pode criar uma loja virtual ou vender em marketplaces e ter uma boa margem de lucro. Para isso, é importante conhecer bem o produto, encontrar bons fornecedores e investir no marketing digital.

Revender prata: dicas para ter sucesso nas vendas pela internet! 

Revender joias pode ser um negócio lucrativo, principalmente se você dominar as estratégias de vendas online. Vendedores que sabem explorar o e-commerce e o marketing digital para vender produtos podem alcançar um público muito mais amplo e faturar bastante nos pedidos.

No entanto, como todo negócio, é preciso ter um bom planejamento para encontrar as melhores oportunidades e não se perder no caminho. Por isso, uma boa pesquisa para saber dicas e informações — como o que você deve estar fazendo agora! — é um passo fundamental para iniciar no mercado de joias online.

Neste artigo, vamos analisar tudo sobre como vender prata pela internet, conquistar muitos clientes e ter uma boa lucratividade. Acompanhe agora para abrir um negócio online de sucesso!

Vale a pena começar no mercado de revenda de acessórios de prata?

Primeiramente, é importante analisar se vale a pena começar no mercado de revenda de prata. Esse é um mercado bastante consolidado, mas ainda assim promissor, já que o faturamento nessa área apresenta tendência de crescimento.

Segundo uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos, o mercado de joias teve uma alta de 20% no ano de 2021. O crescimento foi impulsionado pelo contexto da pandemia de coronavírus: sem possibilidade de viajar, devido ao isolamento para evitar o contágio, boa parte do dinheiro se voltou para as joalherias.

Ainda de acordo com números da Comtrade da ONU, em relatório da Mordor Intelligence, o Brasil importou artigos de joalheria e metais preciosos no valor de mais de US$ 44 milhões. Isso demonstra o crescimento da popularidade e da demanda desse mercado no país.

Além disso, a possibilidade de comprar produtos importados em sites de e-commerce fora do Brasil, por valores muito mais baixos que no mercado interno, potencializa as margens de lucro. Então, se você revender prata em lojas virtuais e marketplaces — com menos custos operacionais que as lojas físicas —, a lucratividade pode ser ainda maior. 

Os números apenas espelham o que se percebe na cultura brasileira: uma atenção especial à beleza. Joias e semijoias fazem parte dos cuidados pessoais que gostamos de manter. Elas contribuem para a autoestima e o bem-estar, além de serem muito usadas para presentear pessoas próximas.

A prata tende a ser ainda mais procurada no mercado. Embora também seja um metal precioso como o ouro, a prata é mais abundante e mais fácil de ser encontrada. Por isso, é comercializada por valores menores — e mais acessíveis à maior parte da população.

Portanto, o mercado de revenda de acessórios de prata na internet tem tudo para crescer. Se você quer explorar esse tipo de produto nas vendas online, você vai encontrar boas oportunidades.

Qual prata vende mais: 925 a 950?

Antes de saber qual vende mais, é importante entender a diferença entre prata 925 e 950. Você sabe qual é?

A diferença entre elas está relacionada à pureza da sua composição. A prata 925 é formada por 92,5% de prata pura e 7,5% de outros metais (como cobre e latão), enquanto a prata 950 tem 95% de prata pura e 5% de outros metais.

Isso significa que a pureza da prata 950 é maior, embora as duas sejam consideradas metais nobres. A mistura com outros metais é necessária para dar mais rigidez ao material, já que a prata pura é muito maleável e dificulta a criação dos acessórios.

Devido à sua pureza, a prata 950 tem mais qualidade, brilho, durabilidade e maleabilidade. Por outro lado, a pureza também faz com que essa prata escureça mais, dando aspecto de prata envelhecida. Esse processo ocorre em qualquer tipo de prata, já que elas oxidam no contato com compostos de enxofre, cloro e outros elementos químicos comuns no meio ambiente.

No entanto, as diferenças são poucos perceptíveis ao público leigo. Então, por ter preços mais em conta, a prata 925 é mais popular e tende a vender mais.

Qual acessório de prata vende mais?

Acessórios em prata têm uma infinidade de opções. Você pode encontrar produtos como brincos, pulseiras, anéis, escapulários e muitos outros.

Mas qual deles tem mais potencial de venda? Saber isso é importante para investir nos produtos que tendem a vender mais e agradar ao maior número de clientes.

Veja agora quais acessórios em prata vendem mais, nesta ordem:

  1. Colares e correntes
  2. Brincos
  3. Anel
  4. Escapulário
  5. Pulseira
  6. Bracelete
  7. Tornozeleira
  8. Pingentes
  9. Piercing
  10. Berloque

Atente-se também aos elementos que compõem a peça e que podem impulsionar as vendas. As correntes lisas, por serem básicas, costumam ter bastante saída. Os pingentes e outros elementos em formato de coração ou estrelas também são bastante populares.

Onde comprar prata para revender?

Um dos segredos do sucesso do negócio é encontrar bons fornecedores de prata. Você precisa oferecer um produto de qualidade, certificado e garantido, para conquistar a satisfação e fidelização dos clientes. Caso contrário, eles não voltam mais para comprar.

No atacado, você tende a encontrar as melhores opções. Mas é possível também encontrar fornecedores de fora do Brasil que oferecem preços em conta. Pensando nisso, reunimos uma lista com boas opções de lojas para você.

Veja agora algumas dicas de onde comprar prata direto da fábrica para revender:

Como vender prata? Veja 13 dicas para faturar mais nas vendas online

Vamos ver agora as principais dicas para vender seus produtos em prata e alcançar um público mais amplo na internet. Acompanhe agora para saber tudo:

1. Planeje o seu negócio

Um bom planejamento é o primeiro passo para o sucesso do seu negócio de revenda de prata. Mas o que é importante na hora de planejar? Comece com os seus objetivos e metas, o que você deseja alcançar em número de clientes, pedidos, faturamento.

Assim, você vai ter um horizonte definido para começar a traçar as estratégias, ou seja, o caminho para chegar até lá. Entre outros aspectos, defina:

  • Qual público-alvo deseja atingir;
  • Como alcançar os potenciais clientes;
  • Como se comunicar com eles;
  • Quais produtos vender;
  • Quais canais de vendas utilizar;
  • Quais parceiros e fornecedores contratar.

2. Defina o seu público

Você precisa saber para quem quer vender. Isso vai ajudar você a definir estratégias de vendas e marketing mais específicas, que se comunicam com o seu público e atendem às suas necessidades, desejos e interesses.

Provavelmente você quer vender para todo mundo, não é? Mas essa ideia tende a ser uma ilusão, já que não tem como agradar todo mundo. Por isso, é importante segmentar o público por perfil, interesses e necessidades e definir um alvo que você pode atender. O público feminino, por exemplo, tem gostos muito diferentes do masculino. Comece por aí.

Uma forma de conhecer melhor o público é fazer uma pesquisa de mercado. Essa prática traz uma série de dados sobre os consumidores e concorrentes no mercado de joias em prata. Assim, você tem um panorama completo do mercado e consegue identificar lacunas e oportunidades.

3. Conheça as características da prata

Tão importante quanto entender o público do seu negócio é conhecer bem o seu produto. A prata é um metal presente no dia a dia, que muita gente costuma usar. Mas, na hora de vender, você precisa saber muitos outros detalhes para tirar todas as dúvidas dos seus clientes e ter mais argumentos de vendas.

Além disso, você deve conhecer todas as opções e variações que existem no mercado. Além de saber a diferença entre prata 925 e prata 950, existem muitas variações de acessórios e modelos, entre brincos, colares, pulseiras e suas combinações.

Assim, você pode compor um mix de produtos mais variado, que tem mais chances de agradar diferentes gostos e ser um sucesso de vendas com o seu público.

4. Acompanhe as tendências

O mercado de joias acompanha as mudanças na moda. Estamos falando de um nicho que está sempre se movimentando. Então, fique sempre de olho nas tendências de joias e semijoias para que a sua loja ofereça sempre o que os clientes estão procurando. Pode ser interessante acompanhar os eventos da área e seguir lojas e personalidades que são referências.

Algumas tendências que estão em alta no mercado de prata é o uso de joias personalizadas, que podem ser feitas sob medida, e peças com design minimalista, que compõem looks com mais elegância.

5. Invista em peças atemporais

Embora as tendências de moda ditem as mudanças do mercado, existem muitas peças atemporais. Apostar em correntes básicas, argolinhas e pontos de luz, por exemplo, não tem erro. Mesmo com as movimentações do mercado, as vendas desses itens sempre vão bem.

Além disso, você pode usar essas peças mais básicas para criar combos de produtos, principalmente em datas promocionais. Assim, você pode combinar peças que têm venda certa com produtos de menor giro. Isso vai ajudar você a movimentar o estoque.

6. Tenha bons fornecedores de prata

Qualidade é fundamental. Você precisa oferecer produtos de qualidade para agradar os seus clientes. Pense que eles estão comprando pela internet, à distância, e têm grande expectativa para receber o produto em casa. Então, a hora de receber o produto deve encantar os compradores. 

Peças em prata precisam ser trabalhadas com materiais nobres, que sejam vistosos aos olhos e prolonguem a vida útil do produto. Para isso, é importante encontrar bons fornecedores de prata para revenda, que tenham não apenas produtos de qualidade, mas também garantia para eles. 

Para escolher um bom fornecedor, é importante analisar alguns outros aspectos, como:

  • A variedade e a qualidade dos produtos que ele oferece;
  • A atendimento à sua empresa;
  • O cuidado e a agilidade no envio dos itens;
  • O cumprimento dos prazos de entrega;
  • As formas de pagamento que ele oferece;
  • As condições de troca e devolução de produtos.

7. Compre peças antialérgicas

Você não quer que o seu cliente tenha uma reação alérgica ao usar seu produto, certo? Isso é um compromisso importante com a saúde dos consumidores. O problema é que muita gente não sabe que é alérgica a certos elementos — mas você deve saber desse risco.

Para evitar problemas, a solução é escolher um fornecedor que não utilize níquel na composição das peças, já que esse componente é um dos principais causadores de alergia. Informa isso nas descrições dos produtos, para deixar bem claro aos clientes que você se atentou a isso.

8. Calcule um preço de venda adequado

A gestão financeira é fundamental para o seu negócio ter sucesso e continuidade. Muitos lojistas acabam logo fechando porque se perdem nas contas…

O desempenho nas finanças começa pela definição de um preço de venda adequado. O valor deve considerar uma boa margem de lucro, mas também a atratividade para o consumidor e a competitividade com os concorrentes. Isso vai ajudar a posicionar sua marca no mercado e sustentar o seu negócio, sem perder vendas. 

Além disso, é importante organizar as finanças. Anotar o fluxo de caixa e calcular os resultados do mês são tarefas básicas para quem vende produtos. Você deve também separar as contas pessoais das contas empresariais, o que é um motivo bastante comum para a falência de pequenos negócios.

9. Aproveite as datas comemorativas

Acessórios em prata são muito procurados como presentes. Por isso, você pode aproveitar datas sazonais como Dia das Mães, dos Pais e dos Namorados, ou ainda Black Friday e Natal, para incentivar a compra de presentes em prata na sua loja. No Dia das Mães, por exemplo, incentive a compra de peças “mãe e filho”, que costumam fazer sucesso.

Aproveite esses períodos de crescimento nas vendas para sugerir conjuntos de produtos com descontos especiais, como a combinação de colar e pingente. Outra dica é criar vitrines específicas para a data, com produtos recomendados e de grande potencial de vendas.

10. Utilize o marketing digital para divulgar e engajar

O marketing digital para e-commerce é o seu maior aliado na divulgação do negócio. Existem várias estratégias, pagas e orgânicas, que você pode usar para alcançar mais pessoas, engajar o público e fidelizar os clientes.

Uma boa ideia é começar com um perfil nas redes sociais. No Instagram, que é uma das principais redes para o mercado da moda, você pode publicar stories, reels e posts no feed para apresentar seus produtos, despertar o desejo e levar clientes até o e-commerce. Para isso, é importante caprichar nos vídeos e fotos de joias.

Outras estratégias que você pode usar são o marketing de conteúdo e o e-mail marketing. No marketing de conteúdo, você deve produzir publicações de blog, e-books e outros materiais que ofereçam dicas e informações aos clientes sobre seu nicho. Já o e-mail marketing pode ser usado para enviar ofertas de interesse dos clientes para ter mais conversões.

11. Crie a sua loja virtual

Uma loja virtual é o seu ambiente de vendas na internet. É o endereço em que você recebe os clientes, oferece seus produtos, efetua as vendas, administra os pedidos e gerencia o seu negócio de revenda de prata. É um espaço só da sua marca, que você pode customizar como quiser para encantar os consumidores.

Para criar uma loja virtual, é importante contar com uma plataforma de e-commerce confiável. Essa ferramenta deve ter recursos para montar e gerenciar a sua loja facilmente. Além disso, deve oferecer uma boa experiência de compra aos clientes, sem complicações no caminho para a compra.

12. Venda em marketplaces

Marketplaces como Magalu, Amazon, Mercado Livre e Shopee ajudam muito nas vendas. Você recebe um espaço para a sua loja de revenda de prata como se estivesse em um shopping, ao lado de outros vendedores.

A grande vantagem é que você alcança um público expressivo, já que essas plataformas são bastante conhecidas e investem fortemente em marketing. Dessa forma, você só precisa receber os clientes, gerenciar os pedidos e enviar as encomendas.

Você pode vender apenas nos marketplaces ou ter uma loja virtual integrada a essas plataformas. Para isso, é preciso contar com um site de vendas que tenha essas integrações.

A Bagy é uma plataforma de e-commerce que você pode usar para criar a sua loja virtual e integrar com os principais marketplaces. Crie a sua loja em apenas alguns passos, insira seus produtos e já comece a vender. Depois, você pode começar a vender na Shopee e no Mercado Livre para ampliar o seu alcance.

Revender prata é uma oportunidade de mercado na internet. Com alto potencial de atratividade e lucratividade, você pode conquistar muitos clientes sem precisar sair de casa. Para isso, a Bagy pode ser sua maior parceira. Crie agora a sua loja virtual!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Tenha um site pronto para sua loja vender!