Produtos e Nichos

Como montar uma loja para acessórios de cabelo? Confira o passo a passo

Imagem ilustrativa de loja para acessórios de cabelo

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Para montar uma loja para acessórios de cabelo é preciso seguir um passo a passo como ter planejamento, focar em um público-alvo, ter orçamento, definir os produtos, estudar o mercado, identificar os fornecedores e o visual da sua loja e etc.

Um levantamento recente feito pela SmartHint apontou que os cinco primeiros meses de 2022 apresentaram um aumento no faturamento do comércio online de 785%. O mesmo estudo também apontou que o setor de moda e acessórios foi o mais procurado no e-commerce brasileiro no mesmo período. Será que vale a pena investir nesse mercado?

Você já pensou em montar uma loja para acessórios de cabelo? Essa pode ser uma boa alternativa que pode tanto mudar a vida de quem procura apenas por uma renda extra quanto para quem procura por uma ocupação.

Independentemente da situação em que você se encaixa nesses dois cenários, qualquer negócio precisa ser levado a sério e com esse não é diferente. Isso porque se for feito de qualquer jeito pode ser que você não alcance bons resultados e desista logo no início.

Para que isso não aconteça, preparamos um post cheio de dicas e informações relevantes sobre o assunto. Acompanhe!

Mercado de acessórios para cabelos no Brasil

Um levantamento recente feito pela SmartHint — o maior e mais utilizado sistema de busca inteligente e recomendação para e-commerce da América Latina — apontou que, em comparação com o período pré-pandemia, os cinco primeiros meses de 2022 apresentaram um aumento no faturamento do comércio online de 785%.

O estudo levou em conta mais de 1 mil empresas e apontou também que o setor de moda e acessórios foi o mais procurado no e-commerce brasileiro no mesmo período. A expectativa dos especialistas é que essa procura aumente ainda mais nos próximos anos, o que faz com que o setor seja considerado como muito favorável.

Acessórios para cabelos mais procurados

Existem muitos acessórios para cabelo disponíveis no mercado, mas alguns entre eles são os mais procurados pelo público. Descubra, a seguir, quais são.

Tiara

Os modelos de tiara mais delicados podem ser utilizados em ocasiões mais formais. Elas são elegantes, apesar de básicas. As de pérola, por exemplo, estão sempre em alta e dão um toque glamouroso a qualquer penteado ou look.

Presilha

As presilhas voltaram a fazer a cabeça das pessoas recentemente. Elas estão mais na moda do que nunca, mas a maneira como são apresentadas para o público continua a variar.

Mais ou menos largas, coloridas, com lantejoulas e estampadas são só alguns exemplos de modelos. O material também pode ser variado, mas as de resina estão encantando os amantes desse acessório — independentemente da cor.

Faixa com elástico

A faixa com elástico tem voltado com tudo para o mundo da moda e dos acessórios. Democrático, esse acessório combina com vários estilos e vai bem com todas as ocasiões possíveis — desde um look mais arrumadinho até aquele que é utilizado para praticar esportes. Elas podem ser confeccionadas em diversos tamanhos, materiais e cores.

Bandana

Mesmo que essa seja uma tendência mais utilizada no verão, as bandanas têm um charme o ano todo. Elas podem ser utilizadas de diversas maneiras e o cliente pode escolher como fica melhor com o seu estilo. Muitas pessoas cobrem toda a cabeça com esse acessório, outras enrolam em um rabo de cavalo, algumas usam como uma faixa… As possibilidades são muitas!

Elástico com laço

Os elásticos com laço são sempre uma boa opção para quem busca por um visual mais delicado e charmoso. Esse acessório traz bastante elegância, simplicidade e o mais importante: conforto para os looks do dia a dia.

Chapéu bucket hat

Esse estilo de chapéu virou uma forte tendência nos últimos anos e dá um toque final especial nos looks básicos — principalmente no verão. Eles contam com um design estiloso e bastante despojado, ideal para quem deseja incrementar o visual, já que são confeccionados em várias opções de estampas, desenhos e cores.

Scrunchie

Também conhecidos como elásticos de cetim, os scrunchies são considerados como acessórios essenciais para os cabelos. As pessoas que mais os utilizam costumam relembrar da infância e abusam das cores, mas não é só pela nostalgia que eles são queridinhos. Especificamente nesse material, fazem bem aos cabelos de quem usa.

Lenço

Muito em alta no street style e queridinho de influencers, esse acessório é um marco no universo da moda. Atualmente ele é visto em diferentes amarrações no cabelo: pode ser como um turbante, em formato de faixa ou até em um rabo de cavalo.

Chapéu

Existem diversos tipos de chapéus no mercado de diferentes materiais e tamanho. Mais comumente utilizados por homens — já que nem todas as mulheres gostam desse acessório em particular — ele é perfeito para quando a pessoa não quer fazer um penteado mais elaborado e esse pode ser o argumento perfeito para você poder vendê-los na sua loja: a praticidade.

Boné

Diferente do que muitos pensam, os bonés não são exclusivos para a prática de esporte. Esse acessório é um grande aliado em estilos mais joviais, já que são bastante versáteis e comercializados em muitos estilos, tecidos, desenhos e estampas. Trazem um ar bastante descontraído para o look e são fáceis de combinar com outras peças.

Flor

As flores aplicadas diretamente no cabelo são o tipo de acessório que é a cara do verão. Fabricadas em tecidos de cores alegres, são elas as responsáveis por deixar o visual com um ar muito mais descontraído e tropical. Já as no formato de broche — ou joia — com metais e pedras, ficam ótimas para enfeitar penteados em eventos noturnos.

Grampo

Os grampos são tão práticos quanto elegantes. São minimalistas, mas nunca saem de moda. Se antes a função principal desse acessório era arrumar o penteado da maneira mais invisível possível, atualmente a discrição não é mais relevante. Sejam eles prateados, dourados, cintilantes ou geométricos: quanto mais visível, melhor!

Touca

As toucas são um tipo de acessório bastante funcional e versátil. Além de proteger as orelhas do frio, também podem — e devem — ser usadas como acessórios de moda. As de lã, por exemplo, podem ajudar a compor um look mais estiloso e quentinho para o inverno e os dias mais frios fora de época.

Pente decorativo

Também conhecido como pente presilha, esse acessório é uma ótima opção para enfeitar um penteado — como um rabo de cavalo, trança ou coque. Ele dá um destaque para estilos mais clássicos e também pode ser utilizado sozinho no cabelo para dar um charme para a lateral da cabeça.

Vale a pena abrir uma loja de acessórios para cabelo?

De uma maneira bastante direta, a resposta é: sim, vale a pena abrir uma loja de acessórios para cabelo. Isso porque essa é uma área que sempre tem novidades e que pode proporcionar aos lojistas interessados uma margem de lucro na média do mercado — e muitas vezes um faturamento acima dela!

O que você precisa, antes de tudo, é conhecer bem esse segmento e fazer uma breve pesquisa para descobrir se esse é realmente o modelo de negócios ideal para o seu perfil de empreendedor.

Qual o passo a passo para abrir uma loja de acessórios para cabelo?

Quer abrir uma loja de acessórios para cabelo? Então se prepare para seguir um passo a passo para ter sucesso! A seguir, nós te mostramos qual é ele.

Planejamento

Assim como para qualquer outro negócio, abrir uma loja de acessórios para cabelo necessita em primeiro lugar de um planejamento. A melhor maneira de fazer isso é por meio de um plano de negócios. Nele, você pode incluir pontos como:

  • o modelo de negócios — se vai ser B2B, B2C, varejo, atacado ou atacarejo;
  • mapeamento da concorrência;
  • definição da logística;
  • montagem do escritório — mesmo se ele for na sua própria casa;
  • plano de gestão financeira;
  • estratégia de marketing.

Público-alvo

Mesmo que as vendas online permitam que você tenha um alcance geográfico muito maior que uma loja física, isso não significa que a sua loja deva vender para todo mundo. Para que a sua estratégia seja eficaz, você precisará focar em um grupo específico de clientes.

Por esse motivo, é essencial que você defina o seu público-alvo e vá um pouco além e crie a sua persona. Enquanto o primeiro te dá informações sobre um grupo em potencial que comprará da sua loja, a segunda nada mais é que um personagem semi fictício que vai representar o seu consumidor ideal. Com esses dados em mãos, as chances de vender aumentam — e muito!

Orçamento

Ao abrir a sua loja, você precisará considerar tanto os gastos com os custos iniciais — aqueles para a elaboração do negócio — quanto os para a manutenção e gestão da empresa. Eles serão seus custos fixos e variáveis e será preciso lidar com eles todos os meses. Tenha isso em mente antes de começar as operações para não ter surpresas desagradáveis no futuro.

Definição dos produtos

O que você vai vender na sua loja online? Esse setor é bastante amplo e, geralmente, os lojistas que trabalham com acessórios para cabelo estendem o seu negócio para a venda desses produtos no geral, sem definir um item específico.

Então, ao montar o seu próprio negócio você pode focar naqueles produtos que são mais consumidos — como as tiaras, presilhas e grampos — ou ir além e investir em outras opções um pouco mais diferentes, como os scrunchies e os bucket hats. Tudo vai depender de quem é o seu público e o que ele deseja adquirir.

Estudo do mercado

Além de saber exatamente para quem você pretende vender e quais os itens que você vai comercializar na sua loja online, é fundamental estudar o mercado em que você estará se inserindo para entender como ele funciona.

Aqui, não nos referimos apenas às tendências de moda e as relacionadas aos acessórios de cabelo, mas também ao que diz respeito ao e-commerce. Por isso, é bom saber as novidades sobre os meios de envio, de pagamento, as novas tecnologias que podem ajudar o seu negócio e por aí vai.

Legalização

Para colocar a sua loja de acessórios para cabelo no mundo, primeiro será preciso formalizar a sua empresa. Ou seja, você terá que criar um CNPJ. Além de profissionalizar o seu negócio, esse passo traz algumas vantagens bem interessantes, como a possibilidade de contratar colaboradores, o direito a benefícios previdenciários e maior credibilidade no mercado.

Fornecedores

Quando já estiver com a sua operação mais definida, é o momento de ir atrás de fornecedores para a sua mercadoria. A não ser que você mesmo as produza, essa parte exige bastante atenção, já que a compra desses itens pode influenciar diretamente no preço de venda e, consequentemente, na competitividade do seu negócio.

Então, para começar, você pode conhecer diferentes fornecedores para avaliar o melhor custo-benefício, negociar valores — especialmente para compras em grandes quantidades — e entender qual — ou quais — deles faz mais sentido como parceiro para a sua loja online.

Identidade visual

Uma marca carrega identidade consigo e, principalmente nos dias de hoje, essa característica é muito importante para o público que busca cada vez mais por empresas com crenças e valores parecidos com os dele.

Por isso, você precisará definir uma identidade visual para a sua loja online que reflita a personalidade da sua marca e que converse com o seu público. Com um visual bem estruturado, será muito mais fácil criar um logo e aplicar a essência do seu negócio em todas as suas criações, comunicações e nos canais de venda.

Canais de vendas

Por onde você vai realizar as vendas da sua loja online? Por e-commerce próprio? Pelas redes sociais? Em marketplaces? A escolha de um canal de vendas depende bastante do público que você quer atingir e das ferramentas que você precisará utilizar para alcançar os objetivos.

Pela facilidade de compartilhamento e pela exclusividade de ter uma página unicamente para o seu negócio, atualmente muitas lojas começam nas redes sociais. Porém, lembre-se de que se você quiser obter resultados rápidos nesses canais precisará investir em publicidade para gerar um tráfego maior.

Divulgação

Hoje em dia não basta somente disponibilizar os produtos nos seus canais de venda e esperar que os clientes encontrem a sua loja. Para conquistar o seu público, é fundamental destacar o seu negócio e a melhor maneira de fazer isso é por meio de uma boa divulgação.

Independentemente do canal de venda que você escolher, o investimento em anúncios e campanhas pagas é muito importante para fazer a sua loja se destacar da concorrência e ser notada pelos consumidores. Mas é claro que um bom marketing de conteúdo gratuito também ajuda.

Quais as vantagens de vender online?

Como você pode imaginar, existem diversas vantagens de criar uma loja online. Confira, a seguir, algumas delas!

Baixo investimento inicial

Um lojista que investe no digital já tem uma grande vantagem que é começar o seu negócio sem a necessidade de alugar e montar um espaço físico. Em alguns casos, no início não é preciso sequer contratar vendedores ou ter um local exclusivo para o estoque — já que muitas vezes os itens ficam em algum canto da casa mesmo.

Tudo isso representa uma grande economia no capital inicial investido na loja e, consequentemente, reduz os riscos. Então, se a ideia é abrir um negócio com pouco investimento, uma loja virtual pode ser a melhor opção.

Aumento das vendas

A comodidade de conseguir comprar sem precisar sair de casa e em poucas etapas é irresistível para a maioria das pessoas. Além disso, quem inicia uma loja virtual tem diversas estratégias de marketing e ferramentas para atrair o público até o seu negócio e incentivar a compra.

Por esse motivo, o aumento das vendas acaba sendo uma das principais vantagens de um e-commerce. Sem contar que os clientes geralmente compram uma quantidade maior de produtos, já que preferem aproveitar o valor único do frete.

Maior alcance

Ao contrário das lojas físicas — que têm restrição geográfica para atrair os consumidores —, a loja online pode ser acessada em qualquer lugar do Brasil e até do mundo. Além disso, atualmente também é possível vender pelas redes sociais, como o Instagram e Facebook, por marketplaces, como a Shopee e outros canais, como o WhatsApp.

Tudo isso possibilita um alcance muito maior para a sua loja e elimina o fator da localização das suas preocupações como lojista.

Vendas 24 horas por dia

Uma loja online fica disponível para o cliente 24 horas por dia nos 7 dias da semana. Ou seja, são todos os dias do ano, incluindo os feriados. Ela só ficará “fechada” se você decidir desativá-la por algum motivo, como uma pausa para as comemorações de fim de ano ou se decidir tirar umas férias.

Em todo caso, as vendas acontecem ao longo do dia: seja de manhã, de tarde, de noite e até mesmo de madrugada. Isso porque a plataforma de e-commerce em que a loja é criada e gerenciada consegue registrar os pedidos a qualquer hora. Depois, durante o período do atendimento da sua empresa, você pode cuidar da entrega desses produtos vendidos.

Diversidade de canais de atendimento

Uma das maiores vantagens de vender online é a diversidade de canais de atendimento que a sua loja pode estar presente. Você pode conectar o seu negócio com um chat em tempo real, com o WhatsApp Business, chatbots, até mesmo videochats e outras soluções.

O ideal é utilizar todos esses canais para dar assistência e para sanar as dúvidas dos clientes de maneira prática e rápida. Com isso, você tem a chance de fazer muito mais vendas com o mesmo número de visitantes da sua loja online.

Maior visibilidade

Ao vender online, é possível colocar todos os produtos presentes da loja disponíveis ao mesmo tempo. Como consequência, uma grande vitrine virtual consegue atrair muito mais clientes. Além disso, os itens são encontrados com muito mais facilidade por conta de recursos que ajudam nessa busca, como:

  • filtro por preço;
  • filtro por categoria;
  • ferramentas de busca;
  • página por produto.

Como escolher a plataforma de e-commerce ideal?

A plataforma de e-commerce é uma ferramenta que permite que você crie a sua loja virtual. Ela tem toda a tecnologia necessária para oferecer todo o suporte e a integração entre sistemas essenciais para que a sua loja funcione de maneira satisfatória para o cliente que acessá-la.

Para escolher a melhor opção para o seu negócio, busque por uma que ofereça um bom custo-benefício, além de variedade nas formas de pagamento, integração com outros canais de venda, diversidade nos canais de atendimento, facilidade no cadastro de produtos e outros diferenciais, como ajuda na configuração da sacolinha do Instagram.

Você pode encontrar tudo isso — e muito mais — ao criar a sua loja para acessórios de cabelo na Bagy. Confira essas e outras vantagens que oferecemos para alavancar o seu negócio!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Tenha um site pronto para sua loja vender!