Vendas

Como vender pelo Whatsapp: saiba tudo que precisa para usar o aplicativo para escalar suas vendas

Entende se vender no WhatsApp é lucrativo

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Muitos lojistas acabam apostando todas as suas fichas em descobrir como vender pelo WhatsApp, mas é importante entender que esse canal não deve ser utilizado sozinho como plataforma de vendas, além de colocar em prática algumas estratégias para vender mais.

Para criar uma experiência positiva para os seus clientes, é fundamental utilizar os canais certos, não é mesmo? Com a variedade de ferramentas e plataformas para o contato com os consumidores, nem sempre é fácil acompanhar as novidades e melhores estratégias para cada canal, certo? Mas se você está querendo saber como vender pela internet com sucesso, precisa saber como vender pelo WhatsApp!

Isso mesmo, o aplicativo de troca de mensagens mais popular do país também é uma ferramenta essencial para quem quer fazer mais vendas e construir uma relação mais próxima e natural com os seus clientes. Mas não basta ter um número comercial para ter sucesso nesse desafio, especialmente por se tratar de uma rede social bastante privada e não tão eficiente somente para fechar negócios.

O WhatsApp, sozinho, pode não resultar nas vendas esperadas em um certo período. Por isso, é preciso colocar em prática algumas estratégias e evitar alguns erros para que o canal seja utilizado e ajude a potencializar as suas vendas. Quer saber como? Continue a leitura deste artigo e descubra!

Como vender mais pelo WhatsApp?

Mas como fazer vendas pelo WhatsApp? Como falamos, para usar a rede social como principal plataforma, é muito importante seguir algumas recomendações.

Cansado de tentar vender online sem sucesso? Este webinar é para você.

Use o WhatsApp Business

Assim como as outras redes sociais utilizadas pela maioria das empresas, o WhatsApp também conta com uma versão corporativa, o WhatsApp Business. Nada mais do que uma plataforma pensada exclusivamente para os negócios. O objetivo é profissionalizar o uso da ferramenta para se aproximar dos seus contatos e até mesmo fechar mais vendas.

Com o WhatsApp Business, você passa a ter um controle maior sobre as informações e desempenho das suas mensagens. É possível acompanhar métricas dos seus resultados, facilitando a identificação de conteúdos que funcionam ou mesmo o melhor horário e dia para enviar uma oferta da sua loja. Para quem está sempre em busca de formas de vender mais, o WhatsApp Business é muito útil.

Outro ponto importante de utilizar a versão corporativa do WhatsApp é justamente passar uma imagem mais profissional para os seus clientes. A sua ideia não é ser visto como uma referência no seu segmento? Independentemente de quantos clientes têm na sua base, você deve se portar de maneira profissional, o que vai ajudar até mesmo a fechar mais negócios no médio e longo prazos.

Crie um cronograma de envios

Também utilizando o que é usual em outras redes sociais, é preciso utilizar o WhatsApp com muita organização e planejamento. Por isso, é preciso criar um cronograma de envios das mensagens na plataforma. Assim como no Instagram, por exemplo, esse controle vai ajudar você a criar conteúdos mais interessantes para o seu público, o que evita criar incômodo para os seus contatos.

Além disso, como se trata de um canal muito privado, esse cronograma permite que a sua marca seja sempre lembrada pelo cliente, mas sem se tornar uma dor de cabeça, o que prejudicaria a sua loja. Outro benefício de criar esse planejamento é a produtividade no seu dia a dia de trabalho, que não vai precisar ser prejudicado para que o envio de mensagens no WhatsApp seja eficiente.

Use o catálogo de produtos

Seguindo a mesma ideia de oferecer todas as informações necessárias para atendimento ao cliente em um mesmo lugar, o catálogo de produtos é outro recurso importante do WhatsApp Business. Se ele chegou até ali, por que abrir uma outra página para conferir o portfólio de sua empresa? Com essa funcionalidade, todos os itens e serviços são exibidos aos usuários.

Essa opção é excelente aos e-commerces, que conseguem aumentar as chances de venda a partir do próprio aplicativo. Outros negócios também fazem uso do catálogo de produtos justamente por servir como um cartão de visitas para atrair e já iniciar uma nova conversa com clientes em potencial. Assim, em um só ambiente, o usuário encontra tudo de mais importante sobre o seu negócio.

Tenha a ferramenta de pagamentos do WhatsApp

Além do WhatsApp Business, outro recurso importante que você deve considerar se está procurando saber como fazer vendas pela plataforma é o WhatsApp Pay, a funcionalidade que possibilita a transferência de dinheiro de um contato para o outro. Ou seja, você pode fechar um negócio apenas utilizando a rede social, sem precisar enviar um boleto bancário ou um link de pagamento.

O objetivo é aumentar ainda mais a sua chance de conseguir uma conversão, criando uma experiência positiva para o cliente, que nem mesmo vai precisar sair da plataforma para fazer a compra. Essa também é uma forma de profissionalizar ainda mais o seu negócio, disponibilizando outra plataforma para que o seu cliente consiga realizar o pagamento.

Escolha a linguagem ideal para usar no WhatsApp

Por mais formal que a sua marca seja, o ambiente do WhatsApp é mais pessoal e íntimo. Isso quer dizer, que a plataforma permite e exige que a conversa seja um pouco mais descontraída, até para conseguir criar uma experiência natural e mais próxima do seu cliente. Aproveite-se disso para conversar de forma personalizada e gentil com seu cliente. Faça-o sentir calor humano.

Mesmo que o perfil da sua marca seja mais sério, use uma linguagem mais leve e torne o contato agradável nesse novo cenário a ideia é fazer o cliente sentir que está falando com um humano atencioso que represente uma marca, e não com um chatbot. Mas lembre-se que uma linguagem mais descontraída, não significa que está tudo liberado! Tenha atenção com o português, com os emojis e stickers que você usa. Lembre-se que é um ambiente profissional.

Crie uma conexão e receba feedbacks dos clientes

A avaliação dos consumidores sobre os produtos da sua loja ou o atendimento oferecido é muito importante, certo? O problema é que o WhatsApp não oferece um recurso específico para coletar feedbacks dos seus contatos. Mas isso pode ser solucionado rapidamente, e existem diferentes opções. Uma delas é o envio de formulários simples de serem acessados e respondidos.

Outra é usar o recurso de respostas automáticas sempre que um atendimento for finalizado, com ou sem conversão. O usuário pode responder apenas ao digitar um número e oferecer uma nota para a interação, por exemplo. Também sempre deixe o canal aberto para ouvir a opinião, feedbacks, críticas e sugestões de quem está na sua base de contatos.

É possível utilizar WhatsApp como canal de vendas?

Você sabia que 99% dos smartphones no Brasil têm o aplicativo do WhatsApp instalado? Além disso, a rede social atingiu a marca de 2 bilhões de usuários, que confirma a importância do canal para empresas que querem fechar mais negócios. Isso não significa que a plataforma deve ser utilizada como o único canal de vendas da sua loja, já que existem alguns desafios.

Para responder a pergunta acima, vamos ser claros: sim, é possível utilizar o WhatsApp como canal de vendas. Mas para fazer isso é preciso seguir uma série de práticas e estratégias para que os resultados apareçam. Sendo assim, o mais interessante é utilizar a rede social como um complemento, como um canal para fazer a comunicação com os consumidores em potencial.

Afinal, por que limitar as possibilidades para os seus clientes? Por que não permitir que eles tenham uma experiência mais completa ao fazerem uma compra? O que pode ser resolvido com um site como o seu principal canal de vendas. E como otimizar esses resultados? Utilizando o WhatsApp como uma plataforma de contato para aumentar ainda mais as chances de vendas.

Quais são as vantagens de vender pelo WhatsApp?

Por que, então, vender utilizando o WhatsApp? Como mostramos acima, se trata de uma plataforma muito utilizada pelos consumidores, o que pode ajudar a se criar uma conexão com clientes em potencial. Além disso, está presente na rotina de muita gente no Brasil, o que torna ainda mais simples a comunicação e as chances de eventualmente fechar um negócio.

A velocidade na troca de informações também é outro ponto positivo, já que o brasileiro passa muitas horas do dia conectado e isso pode agilizar a jornada de compra da sua loja. Não dar a chance para que o consumidor mude de canal e repense na compra pode se tornar um benefício para o seu negócio, ainda mais se as estratégias listadas acima forem colocadas em prática.

Quais são as desvantagens de vender pelo WhatsApp?

E quais são as razões para não utilizar o WhatsApp como canal de vendas, mas sim como um complemento para a jornada do seu cliente? A primeira delas é a mais óbvia, mas ainda muito importante: a segurança. De acordo com um estudo recente, seis em cada dez brasileiros não têm confiança em realizar uma compra utilizando o recurso do WhatsApp Pay.

Ou seja, por mais que boa parte da jornada de compra seja realizada pelo WhatsApp, contar com a confiança que um site oferece ainda é um diferencial na hora de conseguir a conversão. Notícias mostram que foram mais de 5 milhões de contas clonadas dentro do aplicativo apenas em 2020, outro fator que se torna um impeditivo para fazer mais vendas pela plataforma.

A desconfiança do consumidor é um fator que precisa ser levado em consideração por quem está pensando em como vender um produto pelo WhatsApp. Para quem ainda está se estabelecendo no mercado, pode ser ainda mais difícil conquistar essa confiança. Na prática, isso representaria uma dificuldade maior na busca por mais conversões.

8 erros mais comuns de quem ainda vende pelo WhatsApp

Para dificultar ainda mais o trabalho de quem quer vender apenas utilizando o WhatsApp, algumas práticas afastam os clientes da sua loja. Para não deixar que você cometa os mesmos erros, listamos os principais deles e o que você deve fazer para evitá-los. Confira!

Utilizar conta pessoal para vendas

O profissionalismo é fundamental para quem quer ter uma loja online confiável e respeitada, certo? Mas como fazer isso com a sua conta pessoal no WhatsApp fazendo o contato com os clientes? Esse é um erro básico, mas muito grave, especialmente pela desconfiança que os consumidores já têm em relação ao aplicativo. Lá em cima falamos sobre a importância de utilizar o WhatsApp Business.

Criar grupos de cliente

Criar um grupo com clientes também pode ser um erro grave. A melhor alternativa para isso é entender o que pode ser relevante para cada contato e não enviar qualquer conteúdo para os consumidores em conjunto. Para começar, é uma grave violação da privacidade dos seus contatos, já que os seus números foram expostos para outras pessoas, prejudicando ainda mais a sua reputação.

Não ter horário de funcionamento definido

Esse é um erro que prejudica mais o lojista do que o cliente final: não ter um horário de funcionamento definido. Como é uma plataforma que faz parte do nosso dia a dia, é natural que mensagens sejam enviadas mesmo após o horário comercial, por exemplo. Por isso, você deve definir uma escala de trabalho, informar para os seus contatos e evitar também a frustração do cliente ao não receber uma resposta.

Utilizar SPAMs

Evitar o SPAM é outro cuidado que deve ser tomado ao tentar vender pelo WhatsApp. Enviar mensagens frequentemente para os seus contatos pode ser visto como uma atividade desconfortável. Isso se torna ainda mais problemático com o uso cada vez mais comum da plataforma para questões profissionais. 

Nesse contexto, os consumidores não querem receber promoções e anúncios o tempo inteiro. Além de irritá-los e, possivelmente, ocasionar a perda de uma oportunidade de negócio, essa é uma estratégia pouco eficiente para a sua equipe de comunicação. O mais importante é focar a qualidade e a frequência do que é enviado.

Vender antes de estabelecer uma relação com o cliente

Não podemos conversar com qualquer cliente em qualquer momento via WhatsApp. Cada produto e cada loja possuem um momento ideal para ter um contato com o cliente via WhatsApp. E isso precisa ser respeitado se a sua ideia é vender pela plataforma. Por isso, foque em estabelecer uma relação com o cliente em um primeiro momento, depois pense na conversão.

A plataforma de mensagens é muito pessoal, e sua marca pode ser considerada invasiva caso a pessoa não tenha demonstrado interesse no seu produto. Por isso, jamais mande mensagens para pessoas que nunca tenham demonstrado interesse no seu produto. 

Comprar listas de mailing para o WhatsApp

Pode parecer uma tentação pensar em iniciar a comunicação no WhatsApp já com milhares de contatos, porém esse é um erro gravíssimo! Antes de pensar em comprar uma lista de mailing com milhares de contatos pense em quanto é uma péssima ideia. A grande maioria dos nomes que estarão na lista podem não conhecer sua marca ou não ter nenhum interesse em seus produtos e por isso podem reportar a sua marca como uma distribuidora de Spam.

Como já falamos antes, o WhatsApp jamais deve ser usado como o primeiro ou único contato com o seu cliente. Por isso, o prejuízo de comprar uma lista é bem mais provável que o lucro. 

Não usar os dados e informações

Um importante recurso do WhatsApp Business é a página de estatísticas e métricas da sua conta. Ainda não é uma plataforma tão completa como o Google Analytics, mas pode ser útil para entender a eficiência dos seus conteúdos. Reparou que mensagens com anúncios e promoções raramente são lidas? Então, é o momento de alterar a estratégia.

As métricas também são importantes para manter a sua base de contatos constantemente atualizada. Clientes que nunca leem as mensagens enviadas, mesmo que altamente segmentadas, podem ser retirados, por exemplo. Qual é o sentido de seguir se comunicando com quem não está sendo impactado? Isso garante uma maior eficiência dos seus envios.

Não optar por outro canal de vendas

Como mostramos ao longo deste artigo, o WhatsApp é uma excelente ferramenta para qualquer lojista que quer se aproximar dos seus clientes. O grande erro é colocar todas as suas fichas no aplicativo como o seu único canal de vendas. A rede social precisa ser vista como mais um canal de contato, mas não pode ser a única alternativa para fechar os negócios da sua loja.

A insegurança que os brasileiros ainda têm com o WhatsApp, os muitos golpes e a redução dos possíveis contatos com clientes são os principais fatores para ter um site. Com maior respaldo e confiança, o site não melhora apenas a relação com os clientes, mas também o trabalho do lojista, que passa a ter mais recursos disponíveis para proporcionar experiências positivas de vendas.

É lucrativo vender pelo Whatsapp?

Apesar de ser um canal muito eficiente para manter o contato com o seu público, nem sempre é simples fazer vendas pelo WhatsApp. Mais do que isso, pode ser uma tarefa não tão lucrativa para o seu negócio. Para começar, a dificuldade em automatizar os processos ou mesmo integrar as informações do canal com seus outros programas pode acabar atrapalhando o dia a dia de trabalho.

Ou seja, o que era para ser simples e fácil a partir de uma troca de mensagens, se torna mais complexo por conta dessa dificuldade. Por mais que o WhatsApp ofereça alguns recursos interessantes que ajudam na hora de atrair e até mesmo qualificar os seus contatos, as funcionalidades para fazer uma venda na plataforma não são suficientes para uma loja que busca um maior volume de vendas.

Com tantos desafios para conseguir uma conversão, a melhor alternativa é utilizar o WhatsApp como um suporte para fechar mais negócios. A plataforma deve ser vista como uma ferramenta para atrair mais clientes e até mesmo para otimizar a fidelização em seguida. O importante, porém, é ter um site que ajude a vender online e faturar muito mais a partir de uma soluções simples e completa.

Dessa forma, vender pelo WhatsApp não é tão lucrativo quanto muitos lojistas podem imaginar. Em um momento de competitividade, é importante ganhar em praticidade no dia a dia, certo? Usar a rede social como único canal para venda pode acabar atrapalhando essa rotina. O ideal, portanto, é fazer desse canal uma ferramenta para se aproximar ainda mais dos clientes em potencial e fazer a conexão com a sua loja.

Corra! Esta oferta não vai durar para sempre! Garanta sua loja online por apenas R$1 no primeiro mês! Cupom: 1MÊS1REAL

Como fazer pós-venda pelo WhatsApp

Além de ser utilizada como canal para atrair consumidores, a rede social pode ser fundamental para uma outra etapa importante: o pós-venda. Afinal, fechar o negócio não significa que a relação com o cliente acabou, não é mesmo? É importante manter os laços próximos e até mesmo oferecer um suporte para que o consumidor tenha uma experiência completa de compra, certo? O pós-venda no WhatsApp pode ajudar!

Isso mesmo, depois de fechar um negócio, é preciso continuar se aproximando de quem confiou nos seus produtos e nada melhor do que utilizar um canal que o seu público esteja familiarizado. Imagine o seguinte cenário: você atraiu o consumidor com sua estratégia de Marketing de Conteúdo, ele clicou no seu blog e decidiu fazer o contato via WhatsApp com os seus vendedores.

Na plataforma, você apresentou os produtos e conseguiu fechar a venda indicando o link para o seu site, certo? Se toda a comunicação até a conversão foi feita por ali, por que mudar ao oferecer um suporte pós-venda? A ideia é seguir se aproximando e fidelizando clientes por onde eles mais se sentem confortáveis, o que pode significar o suporte para trocar um produto ou tirar uma dúvida.

Em resumo, o WhatsApp deve ser visto como uma ferramenta que permita o seu e-commerce se aproximar do cliente. Pode ser o caminho para que ele encontre a sua loja e faça a compra, além do ponto de contato para que ele esclareça qualquer problema após finalizar o pagamento. O melhor: tudo se torna mais natural dentro da plataforma, estabelecendo uma comunicação mais próxima e contribuindo para a fidelização.

Para ter sucesso em um mercado tão concorrido, é essencial utilizar todas as ferramentas que estão à disposição da sua loja.

Mas é fundamental ter um site para fazer o suporte ao contato feito em outros canais, como o WhatsApp. Realizando essa integração e utilizando algumas das técnicas que apresentamos ao longo deste artigo, você vai conseguir construir uma relação ainda melhor com o seu público.

Agora que você já sabe como vender pelo WhatsApp e o papel dessa ferramenta na sua estratégia, que tal colocar nossas dicas em prática em sua própria loja virtual e unir o melhor dessas duas ferramentas?

Conheça mais sobre a nossa plataforma, escolha o plano ideal para o seu negócio e faça sucesso vendendo para todo o Brasil!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Tenha um site pronto para sua loja vender!