como montar uma loja de acessórios femininos

Saiba agora como montar uma loja de acessórios femininos

Neste artigo, iremos te ensinar como montar uma loja de acessórios femininos do zero, trazendo as principais dicas para quem quer empreender nessa área!

Procurando informações sobre como montar uma loja de acessórios femininos? Você está no lugar certo! Neste artigo, vamos te explicar melhor como funciona esse mercado e como você pode começar seu próprio negócio agora mesmo.

Cada vez mais pessoas estão vendo no empreendedorismo uma possibilidade de crescimento profissional e, principalmente, uma fonte de renda. Isso porque um negócio de sucesso é capaz de, literalmente, transformar vidas. As opções para quem pensa em começar a empreender são inúmeras. Nesse contexto, montar uma loja de acessórios femininos física ou online pode ser uma excelente oportunidade para iniciar no mundo dos negócios.

Como está o mercado de acessórios femininos no Brasil?

De acordo com o relatório Setores do E-commerce no Brasil, publicado em janeiro de 2022, no mês de dezembro houve um total de 1,72 bilhão de acessos nas plataformas de e-commerce nacionais. O número é um pouco menor do que o resultado de novembro, quando tivemos um aumento por causa da Black Friday.

Em relação ao setor de Moda e Acessórios, foram 141,7 milhões de acessos, 10% menos que no mês anterior. Para a obtenção dos dados, foram analisados 86 sites, dentre marcas e varejistas. Os cinco portais mais visitados foram: Dafiti, Renner, C&A, Enjoei e Zattini.

Nas redes sociais, o alcance vem sendo positivo para as marcas que conseguem manter uma produção de conteúdo de qualidade. Muitas lojas conseguem vender diretamente pelo Instagram, por exemplo.

Como o mercado de moda feminina no geral já está estabelecido no nosso país, é um setor bastante promissor e que vem dando bons resultados para quem empreende focando nesse público.

Além disso, já temos marcas consolidadas, o que faz com que as lojas mais recentes precisem optar pela diferenciação e criar conteúdos capazes de engajar a audiência para se destacar nesse meio.

Em resumo, empreender na área de moda e acessórios femininos não é fácil, assim como qualquer outro negócio, mas pode ser uma excelente oportunidade e trazer ótimos resultados.

novidades para ter loja online de sucesso

Por que montar uma loja de acessórios femininos?

Como explicamos, o setor de moda e acessórios femininos tem um grande potencial, pois já movimenta um enorme volume de vendas no país e possui marcas que já são muito fortes no mercado.

A concorrência é grande, mas isso não significa que não valha a pena montar sua própria loja de acessórios femininos. Na verdade, isso mostra que esse tipo de negócio já foi validado por outras empresas e que existem pessoas dispostas a consumir esse tipo de produtos.

Assim, com um bom planejamento estratégico e uma boa gestão de negócio, uma loja de acessórios femininos pode gerar inúmeras vendas, principalmente se você também pretende atuar no meio online.

Não podemos deixar de ressaltar que, com os avanços tecnológicos, ficou muito mais fácil começar um negócio e vender sem que haja a necessidade de possuir um espaço físico. Para quem não tem muito dinheiro para investir inicialmente, há a possibilidade de ter um negócio online e conquistar clientes de todo o país.

Como montar uma loja de acessórios femininos?

Siga nossas sugestões abaixo para montar sua loja de acessórios femininos!

Planeje-se financeiramente

O primeiro passo para quem quer montar seu próprio negócio é se planejar financeiramente. Isso porque de nada adianta ter uma ideia incrível se você não possuir capital suficiente para investir na execução do projeto.

Se possível, contrate uma consultoria financeira para te dar apoio nessa etapa. Caso isso não seja possível, existem muitos materiais gratuitos na internet, inclusive disponibilizados pelo Sebrae, que podem te auxiliar.

O planejamento financeiro é importante não apenas no processo de criação do negócio, mas também durante todo o período de funcionamento, uma vez que o acompanhamento das finanças é imprescindível para que possamos metrificar o desempenho das vendas.

Defina seu público-alvo

Outro ponto importante é a definição do público-alvo, pois precisamos determinar um público específico para então direcionarmos nossas ações e atingirmos as pessoas que queremos alcançar.

No caso de uma loja de acessórios femininos, nosso público são mulheres, obviamente, mas podemos definir uma faixa etária, classe social, região, estilo pessoal… são muitas as informações que nos ajudam a detalhar o nicho.

Uma sugestão é criar uma persona, ou seja, uma personagem fictícia que seja capaz de representar o potencial cliente que você quer alcançar. Por exemplo, a persona de uma loja de acessórios femininos poderia ser a Carla, uma mulher de 35 anos, trabalha como dentista, é casada e gosta de estar sempre bem vestida quando sai de casa.

Essa persona provavelmente estaria interessada em acessórios que estão na moda e são versáteis, pagando um pouco mais caro se realmente gostar do produto. Já se a persona fosse uma jovem universitária que ainda mora com os pais, ofereceríamos produtos com uma pegada mais jovial e uma faixa de preço mais acessível.

Escolha o nome da loja

O nome da loja é muito importante, pois corresponde à primeira impressão que as pessoas terão da sua empresa. É o nome que aparecerá nas campanhas de marketing e materiais promocionais.

Sabendo disso, busque criar um nome que seja marcante. Não complique demais, opte por uma palavra que seja fácil de lembrar e de falar, mas ao mesmo tempo te diferencie da concorrência.

Se você possuir condições, invista em um profissional de branding para te acompanhar nessa etapa de elaboração do naming e toda a construção da marca, já pensando na imagem que você quer deixar na mente do consumidor. 

Defina o mix de produtos

Ter um mix de produtos bem definido é imprescindível para atrair as clientes certas para sua loja de acessórios femininos. Essa etapa deve constar no planejamento de qualquer negócio, pois é quando estabelecemos quais serão os produtos vendidos.

O mix de produtos está relacionado a todas as categorias de produtos que serão comercializados na nossa loja. Uma estratégia é avaliar o que nossos concorrentes já fazem e quais são os produtos básicos que os clientes procuram.

Os produtos que mais encontramos em lojas de acessórios femininos são: colares, brincos, pulseiras, anéis, bolsas, óculos, chapéus e tornozeleiras. 

Não necessariamente você precisará oferecer todos esses produtos na sua loja. É possível vender apenas bolsas ou óculos, por exemplo, assim como você pode oferecer uma maior diversidade.

Cuide da parte burocrática

As questões burocráticas que envolvem um negócio muitas vezes são deixadas de lado porque exigem um conhecimento técnico aprofundado e um olhar analítico para entender os processos.

Desde o início da criação do seu empreendimento, garanta que tudo está sendo feito conforme a legislação para evitar quaisquer problemas. Um negócio que começa informal pode te trazer muitos problemas futuros, então tente evitá-los.

Se puder contar com o acompanhamento de um profissional que atue com direito empresarial, melhor ainda, pois você terá apoio especializado de quem já conhece os procedimentos exigidos.

Independentemente de qual seja sua escolha, tenha certeza que não está atuando na informalidade e que tudo está sendo feito da maneira correta, seguindo as boas práticas empresariais.

Escolha bem seus fornecedores

Para ter um negócio rentável, a escolha dos fornecedores pode ter um impacto enorme. Isso acontece justamente porque você vai precisar de um bom fornecedor para assegurar um bom serviço. Ao escolher seus fornecedores, leve em consideração aspectos como tempo de entrega dos produtos, prazo e formas de pagamento, qualidade dos materiais usados na produção e preço de compra.

Se seu fornecedor faz as entregas com atraso, oferece produtos de baixa qualidade, tem poucas opções de pagamento, prazos reduzidos e preços altos, é hora de procurar por fornecedores mais eficientes.

Caso haja a possibilidade, a fabricação artesanal é excelente pois você só precisa dos fornecedores para comprar a matéria-prima, de modo que a qualidade do produto final é de sua responsabilidade.

É claro que a produção autoral dá mais trabalho que a revenda, mas também é uma ótima forma de se diferenciar da concorrência com produtos exclusivos e que não serão encontrados em outras lojas. 

Conte com uma boa estrutura e equipamentos

Não importa qual seja o segmento do seu negócio, uma boa estrutura e equipamentos potentes são cruciais para que você consiga fazer seu empreendimento funcionar de verdade. As lojas físicas precisam de toda uma estrutura que sirva tanto para armazenar o estoque de produtos quanto para atender os clientes, trazendo a melhor experiência para os consumidores.

Uma estrutura boa para um local físico vai além do básico: podemos investir em aparelhos de ar condicionado, aromas de ambiente, máquina de café, sofás e até lanches. Enfim, tudo o que faça com que nossos clientes se sintam acolhidos. 

Lojas online não necessitam de uma estrutura tão bem pensada, uma vez que os clientes não têm contato com o espaço físico e a estrutura será usada internamente para a execução das atividades operacionais.

Além do que já citamos, equipamentos tecnológicos são ótimos investimentos, pois há uma infinidade de dispositivos e softwares que facilitam nosso trabalho e até podem auxiliar na gestão do negócio.

passo a passo para vender na Shopee

Foque na qualidade dos produtos

A qualidade dos produtos vendidos é um fator primordial quando pensamos no sucesso de um negócio. Enquanto alguns anos atrás haviam empresários que acreditavam que conseguiriam vender qualquer coisa, hoje em dia o público é muito mais seletivo com o que irá consumir.

Quando vendemos um produto de baixa qualidade, corremos o risco de recebermos feedbacks negativos, que podem acarretar devoluções, trocas ou, até mesmo, críticas sobre a marca nas redes sociais. Isso sem mencionar a experiência ruim que estaremos fornecendo aos nossos clientes, que acabarão se decepcionando com a compra e provavelmente não comprarão novamente na mesma loja.

Dependendo do caso, a loja pode até lidar com processos judiciais e queixas oficiais vindas de clientes insatisfeitos, o que pode vir a gerar uma crise de marca que poderia ter sido evitada. Assim, priorize a comercialização de produtos de boa qualidade.

Ofereça um bom atendimento

Imagine que você entrou em uma loja e tem uma dúvida sobre os produtos vendidos ali. Entretanto, ao procurar ao seu redor, não encontra nenhum funcionário por perto. Depois de alguns minutos aguardando, uma pessoa usando o uniforme do estabelecimento finalmente aparece, mas nem olha pra você.

Digamos que você precise abordar o funcionário e, ao invés de ser prestativo, ele apenas responda suas perguntas sem nenhum aprofundamento ou interesse em te ajudar. Você compraria nessa loja?

Agora suponha que você entrou na mesma loja e imediatamente um vendedor veio até você, questionando se precisa de ajuda. Quando você diz quais suas dúvidas, ele não apenas responde como também traz novas informações e te mostra produtos que você ainda não conhecia, mas cujas funcionalidades te interessam.

Na segunda situação, é mais provável que você decida fazer a compra, pois não só vai sentir que recebeu um bom tratamento como tem a percepção de que está fechando um bom negócio com uma pessoa que conhece bem o produto que está vendendo. 

Mais que um diferencial, um bom atendimento na loja física e nos meios online é praticamente obrigação.

Invista em marketing digital

É cada vez mais comum ouvirmos que o marketing digital é importante para os negócios. O marketing digital vai além da presença digital e demanda uma verdadeira estratégia capaz de conectar as diferentes redes usadas pela marca.

Não basta criar um perfil em uma rede social específica, você precisa elaborar um planejamento de conteúdo que faça sentido para o público que você quer atingir e fazer testes frequentes para avaliar o desempenho das ações online.

Um ponto positivo é que conseguimos metrificar os resultados de tudo o que é feito na internet, então podemos saber exatamente quantas pessoas viram um determinado anúncio e qual foi o real número de conversões obtidas.

Como ter sucesso com a loja de acessórios femininos?

Vimos que para montar uma loja de acessórios femininos e obter bons resultados é necessário que haja todo um planejamento prévio para a estruturação do negócio, incluindo no âmbito financeiro.

Além das questões burocráticas e técnicas do negócio, você precisa de uma boa estrutura para a sua loja, produtos de alta qualidade, um excelente atendimento para com seus clientes e uma estratégia eficaz de marketing digital.

Outro fator que precisamos mencionar é a diferenciação. Como já existem marcas fortes no mercado de acessórios femininos, sua marca precisa ter um diferencial que faça com que ela seja diferente das outras lojas.

Agora que você já sabe como montar uma loja de acessórios femininos e quais os benefícios de investir nesse tipo de negócio, confira nosso artigo com 10 dicas para vender acessórios na internet!

Chegou a hora de profissionalizar o seu negócio