Imagem ilustrativa de venda de acessórios

Quer abrir um negócio de venda de acessórios online? Confira o passo a passo

No comércio eletrônico, a categoria de moda e acessórios teve um crescimento de 12,6% em relação ao último ano. Se esse dado serviu como o incentivo que faltava para você abrir o seu próprio negócio de venda de acessórios.

Você já pensou em abrir um negócio online de venda de acessórios? Somente de 2021 para cá, o comércio eletrônico atingiu a soma total de tráfego de 26,1 bilhões de acessos segundo a Neotrust — o que mostra a força desse mercado.

Entre as categorias que mais cresceram, a de moda e venda de acessórios teve um salto de 12,6% em relação ao ano anterior. Só esse dado já serve como incentivo para quem quer se aventurar nesse ramo. Se você é uma dessas pessoas, está no lugar certo! Neste post nós mostraremos um passo a passo de como abrir uma loja de acessórios. Confira!

Venda de acessórios: passo a passo completo para abrir seu negócio

Planejamento financeiro

O primeiro passo para abrir uma empresa é definir as metas do seu negócio, o que será feito para alcançá-las e como você fará para chegar nesse resultado. Depois, você precisará fazer um mapeamento de custos para saber como a sua loja conseguirá se manter.

A forma correta de fazer esse planejamento é, primeiramente, saber quais são seus custos fixos. É necessário entender as necessidades do seu negócio para que o negócio consiga ser colocado no mundo e se manter saudável.

Você também precisará saber qual é o capital necessário para abrir a sua loja. Para determinar um valor inicial aproximado, o recomendado é levar alguns itens em conta, como:

  • a matéria-prima ou o estoque de produtos;
  • gastos com a elaboração do site;
  • gastos com envio de produtos;
  • despesas com as contas em geral.

Lembre-se que cada negócio apresenta necessidades diferentes e por isso é importante você fazer esses cálculos e não se basear em outros disponíveis na internet. Também existe a possibilidade de começar de uma maneira mais modesta e expandir conforme o capital começar a entrar.

novidades para ter loja online de sucesso

Pesquisa de mercado

Realizar uma pesquisa de mercado bem detalhada é primordial para qualquer negócio, não somente para a venda de acessórios. O primeiro passo dessa etapa é conhecer os concorrentes e como é a atuação deles nesse mercado.

Para isso, é preciso pesquisar os canais de divulgação que eles usam, como eles fazem a divulgação dos produtos, a experiência de compra que eles oferecem para os clientes e até mesmo os preços que eles praticam. Uma boa dica é anotar os pontos fracos e fortes deles para definir a sua estratégia levando em consideração em como a sua loja pode se diferenciar das que já existem.

Além disso, outro ponto importante nessa pesquisa de mercado é saber quem são os consumidores que têm interesse em comprar os seus produtos. É esse público que vai ajudar você a traçar os próximos passos e a direcionar as suas estratégias mais comerciais.

Definição do público-alvo

Por falar em público-alvo e em como ele é parte essencial de qualquer negócio, é preciso saber definir o seu para que você venda para as pessoas certas. Se você não sabe como fazer isso, é só:

  • conhecer bem o seu produto, já que ao entender profundamente todos os benefícios e os problemas que a sua solução é capaz de resolver será mais fácil identificar as pessoas que precisam dele;
  • estudar o mercado em que você vai atuar, como dito anteriormente, para que você possa entender onde o seu produto pode se encaixar dentro dele;
  • realizar pesquisas de campo — que podem ser feitas por meio de formulários online, por exemplo, com as perguntas pertinentes para que você construa o público-alvo ideal;
  • identificar oportunidades de segmentação, ou seja, é nessa etapa que você poderá encontrar um nicho mais específico para direcionar todos os seus esforços para definir um público ainda mais certo;
  • escolher um segmento para ser o seu foco.

Por fim, depois de ter feito todas essas pesquisas e definições, lembre-se de que novas tendências podem chegar ou mesmo que os hábitos das pessoas podem mudar com o tempo. Exatamente por isso é importante revisitar as informações que você coletou sobre o seu público-alvo e atualizá-las de tempos em tempos, sempre que for preciso. Com isso, você também consegue melhorar — e otimizar — todos os produtos que a sua loja virtual oferece.

Cuidados com a parte burocrática

A parte burocrática pode gerar muitas dúvidas em quem deseja montar um negócio, mas não precisa ser motivo de preocupação caso você não saiba nem por onde começar. A principal dúvida de quem se encontra nessa posição é se é preciso abrir um CNPJ para ter uma loja online e a resposta mais rápida e simples é: não.

Você pode vender seus produtos como pessoa física sem maiores problemas, mas conforme seu negócio for crescendo é interessante que você se torne uma pessoa jurídica para contar com todas as vantagens de um negócio mais profissional e para oferecer maior segurança para os seus clientes no momento da compra. Dependendo do seu faturamento anual, você pode começar como MEI e depois mudar para as outras categorias se precisar.

Além do CNPJ, existem alguns pontos de atenção em relação à burocracia para abrir um negócio de venda de acessórios. Entre eles:

  • o registro do domínio do seu site, que é o endereço que as pessoas digitarão no Google para chegar a sua loja — que geralmente leva o nome do seu negócio e serve para diferenciar você da sua concorrência;
  • a contratação de uma plataforma de e-commerce — um sistema que permitirá que você crie a sua loja virtual e faça todo o gerenciamento da sua empresa por meio de diversas funcionalidades.

Uma boa dica é aproveitar todo o apoio profissional disponível gratuitamente na internet para desenvolver o seu negócio. Hoje em dia, existem diversas soluções que facilitam e auxiliam qualquer processo por meio de profissionais preparados para ajudar você a dar o primeiro passo dessa caminhada. Um bom exemplo disso é o Sebrae.

Escolha dos acessórios

A escolha dos acessórios que você vai vender na sua loja online é uma decisão muito importante. Confira, a seguir, quais são os mais populares.

Bijuterias

No Brasil, o mercado de bijuterias é muito forte. Somente em 2021, por exemplo, cresceu cerca de 7% em relação ao ano anterior, segundo a Neotrust. Além disso, existe grande variedade de itens que você pode comercializar na sua loja online — desde as que são feitas à mão até as que podem ser revendidas.

O baixo valor de investimento também é uma ótima vantagem para quem não tem muito dinheiro para começar o próprio negócio. A produção de fotos desse tipo de acessório também é bastante simples — o que significa que você poderá caprichar nas redes sociais do seu negócio.

Chapéu

Outros acessórios que fazem muito sucesso na internet são os chapéus, os bonés e as toucas. Isso porque eles são atemporais e sempre ganham novas estampas, estilos e cores — o que faz desses itens outros nichos interessantes para investimento.

Um ponto bastante positivo é que é possível investir nesses acessórios enquanto você também atua em outros mercados — como as lojas online de camisetas e roupas no geral. Ao unir essas duas estratégias, fica mais fácil ainda expandir os públicos que a sua loja virtual pode alcançar.

Bolsas

As mochilas, malas de viagem, ecobags e as bolsas de ombros são extremamente funcionais além de fazerem parte do mercado de moda. Seja adulto ou criança, qualquer pessoa precisa de uma bolsa para guardar — e proteger — os seus pertences.

Aqui, é bom frisar que nessa categoria cada um desses itens pode abrir diversos nichos de mercado. Então, uma boa dica é pesquisar quais deles mais agrada você e, depois que decidir, lembre-se de se planejar antes de investir. Pelo Google você pode acompanhar as tendências desse mercado e até mesmo usar o Analytics para deixar a sua pesquisa mais refinada.

Óculos

Os óculos são outros acessórios que fazem parte do dia a dia das pessoas. Seja os modelos vintage, mais modernos ou futuristas, os estilos sempre estão em alta. Além de muito úteis na proteção dos raios solares, muitos os compram para reforçar o próprio estilo e incrementar as fotos de looks e tendência no Instagram e nas outras redes sociais.

O mais legal é que as armações também podem ser utilizadas com lentes de grau. Isso significa que os óculos fazem parte da rotina de várias pessoas — o que pode ser um indicativo de que as vendas podem ser altas.

Moda feminina

Montar uma loja online de moda feminina pode ser uma ótima estratégia. Isso porque esse é um dos principais nichos de venda de acessórios online e esse tipo de produto pode ter uma participação determinante nos resultados do seu negócio.

Aqui, como em vários outros nichos, você poderá se especializar em determinados itens ou ter uma loja online que atende diferentes perfis de consumidores e públicos. Tudo dependerá do seu planejamento e das estratégias que foram traçadas.

Acessórios para celular

Da mesma maneira que os acessórios de vestuário nunca saem de moda, os que são específicos para celular — e até mesmo os de informática — seguem em alta no Brasil. As capinhas para notebook e celulares, tripés, ring lights e as caixinhas de som são alguns dos acessórios desse nicho que têm grande demanda.

Além deles, também é possível citar os adaptadores, canetas para tablets e muitos outros. Tenha em mente que as opções desse mercado são muitas e sempre terão muito apelo no mercado brasileiro — que é muito interessado por dispositivos mobile.

passo a passo para vender na Shopee

Parcerias com fornecedores de qualidade

É essencial que você escolha bons fornecedores para trabalhar com a venda de acessórios. Essa, aliás, é uma das partes mais importantes do seu negócio, porque é preciso prestar bastante atenção na qualidade dos produtos que você vai vender e no preço que o seu público vai pagar por eles.

Muitos lojistas desse ramo têm aproveitado a tendência de importar mercadorias de outros países, como a China, para vender por aqui porque os preços são bem mais em conta. Aqui, o único cuidado que você precisará ter é estar ciente de que o prazo de entrega pode ser bem longo — então já coloque essa observação no seu planejamento.

Mix de produtos

Para que o seu público possa ter uma boa experiência de compra no seu site, você precisa oferecer a eles várias opções de acessórios e o ideal é que seja desde os mais básicos até os mais sofisticados. Então, aqui a dica é investir em vários estilos de peças para agradar a todos os gostos.

No caso dos brincos, por exemplo, a sua loja pode oferecer desde aqueles mais básicos que são usados no dia a dia até os modelos mais bem trabalhados. É bom ter todas essas opções porque muitas pessoas gostam de acessórios bonitos para irem a eventos e festas.

Precificação

Quando o assunto são as lojas online de venda de acessórios, o preço é um dos fatores que tem mais importância no negócio. Isso porque as pessoas compram pela internet justamente porque conseguem encontrar boas ofertas. Por esse motivo, uma boa estratégia é aplicar preços bem mais competitivos em pelo menos alguns itens do seu catálogo.

Dessa maneira, o seu negócio conseguirá mais tráfego e ainda pode ganhar mais visibilidade. Outra boa ideia é vender kits de produtos. Com isso, será possível reduzir gastos com frete e ainda por cima aumentar o ticket médio das compras.

Caso a sua loja de acessórios venda semijoias, uma dica é montar kits com uma pulseira, um colar e um par de brincos, por exemplo. Assim, todo mundo pode ganhar: enquanto o público recebe um bom desconto, o seu negócio fatura mais.

Cadastro dos produtos no site

Nem toda loja online reconhece como a etapa de cadastro dos produtos é importante, por isso é imprescindível que você leve esse ponto em consideração. Ter anúncios otimizados para os buscadores faz com que os clientes encontrem os itens do seu negócio com mais facilidade.

Além disso, um cadastro bem-feito melhora tanto a visibilidade quanto a taxa de conversão do anúncio — o que significa que ajuda a loja a vender mais. Para não errar nesse momento, basta seguir um passo a passo bem rápido:

  1. Capriche na criação tanto dos títulos quanto das descrições — já que eles são elementos que têm impacto direto no desempenho do item cadastrado;
  2. Utilize imagens de alta qualidade e lembre-se de aplicar as regras de SEO também nelas;
  3. Faça a categorização correta dos produtos para facilitar a jornada de compra do cliente.

Fotos caprichadas e descrições detalhadas

Tirar boas fotos dos seus acessórios é essencial para a divulgação deles no seu e-commerce. Você pode, por exemplo, fazer uma imagem de um dos itens em um fundo branco e outra com ele sendo utilizado por uma modelo — pode até ser por você mesmo. Assim, o cliente consegue ter uma boa ideia das dimensões do produto e de como ele fica ao ser utilizado.

Lembre-se de que dependendo do material, alguns acessórios podem perder a clareza de detalhes ou refletir luz ao serem fotografados. O melhor seria contratar um profissional, mas se ainda não tiver dinheiro em caixa para isso, pode procurar por fotógrafos que precisem criar portfólio ou fazer as fotos você mesmo. Existem diversos tutoriais em vídeo no YouTube que ensinam pelo menos o básico.

Se também não tiver modelos para as fotos, chame amigas e amigos que estejam dispostos a modelar. Principalmente para quem está começando, o melhor a fazer é tentar reunir esforços, já que todos saem ganhando de alguma forma.

Já sobre as descrições dos produtos no site, tente fazê-las com o maior número de detalhes possível. Como o cliente não tem a possibilidade de provar o acessório que você vende online, ele precisa saber de todos os detalhes de cada produto.

Então, descrever todas as medidas e o material de que ele é feito é o mínimo. Vá além e coloque outras informações relevantes sobre ele. Você pode, por exemplo, fazer uma pequena lista de peças de roupa que combinem com o acessório ou outras maneiras que ele pode ser usado. Explore a sua criatividade e se diferencie da concorrência que provavelmente não sai do básico nesse quesito.

Diversificação da forma de pagamento

Disponibilizar mais de uma modalidade de pagamento deveria ser o mínimo em qualquer loja, inclusive as que fazem venda de acessórios, mas não é bem isso que acontece. Alguns lojistas erram nessa parte do processo e oferecem apenas uma maneira de check-out. Consequentemente, perdem vendas — e até mesmo clientes.

Quando você vende somente à vista, limita os gastos do seu público. Então, para assegurar que as suas peças vendam bem, ofereça várias formas de pagamento. Uma boa ideia é oferecer descontos para quem pagar via PIX — já que você não precisará pagar a taxa de manutenção das plataformas de pagamento, pode oferecer essa vantagem para o público.

Outra estratégia que geralmente funciona é oferecer frete grátis para valores mais altos. Mas você pode ir além e entregar o benefício para a primeira compra ou a partir de uma certa quantidade de compras que o cliente realizou — tudo para que você consiga fidelizá-lo.

Conhecimento das tendências

Quem deseja se aventurar como lojista, independentemente do nicho de atuação, precisa estar sempre atento às tendências do momento. Dessa maneira, conseguirá utilizá-las como inspiração. Para isso, basta pesquisar os assuntos que as pessoas mais estão falando no momento e o que elas podem querer comprar.

Além disso, aproveite o que está em alta e lembre-se sempre de manter a identidade do seu negócio durante o processo. Assim, você conseguirá dar um toque pessoal a tudo o que conseguir incorporar à sua produção.

Divulgação

Em qualquer e-commerce, ter uma presença marcante nas redes sociais é a melhor maneira de divulgar os produtos e atrair mais pessoas para o seu negócio. Por meio delas você consegue construir uma identidade bastante consistente e ainda por cima faz com que as pessoas associem um estilo de vida à sua marca.

Você pode, por exemplo, utilizar o Instagram para otimizar as compras dos seus acessórios se investir no marketing de conteúdo. Também pode aproveitar essa rede para mostrar os bastidores do que você faz, assim como mostrar as suas inspirações e contar um pouco da história do seu negócio.

Conseguiu entender qual é o processo para abrir um negócio de venda de acessórios online? Ao seguir essas dicas e se empenhar, você conseguirá fazer sucesso com a sua loja e terá o poder de transformar os seus clientes e seguidores das redes sociais em verdadeiros fãs da sua marca!

Aproveite para descobrir como fazer a sua primeira venda online e confira mais estratégias para alcançar o sucesso!

Chegou a hora de profissionalizar o seu negócio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.