E-commerce

Migração de e-commerce: passo a passo para mudar de plataforma!

Imagem ilustrativa para migração de e-commerce

Veja o que você irá encontrar neste artigo

A migração de e-commerce é o processo de transferir uma loja virtual de uma plataforma para outra, a fim de melhorar o desempenho, escalabilidade e recursos da loja online.

A migração de e-commerce pode ser exatamente o que seu negócio precisa para alcançar melhores resultados. Essa pode ser uma decisão estratégica importante, porque a plataforma contratada inicialmente nem sempre consegue atender às necessidades e expectativas de crescimento a longo prazo da sua loja virtual. 

Se você percebeu que o seu negócio online precisa ser alavancado, é hora de migrar a sua plataforma de e-commerce! Apesar disso, é preciso estar atento a alguns aspectos-chave. Diferentemente da criação de uma loja do zero, a migração de uma plataforma envolve uma transição delicada, em que você deve manter as operações normais do negócio enquanto realiza a mudança. 

Por isso, é importante compreender os principais pontos a serem observados para garantir uma migração bem-sucedida, mantendo o planejamento financeiro do seu e-commerce e obtendo excelentes resultados nesse processo. 

O que é migração de e-commerce?

A migração de e-commerce se refere ao processo de transição de uma plataforma de comércio eletrônico para outra. Isso pode envolver a mudança para um sistema completamente diferente ou a atualização para uma versão mais recente dele. 

Muitos lojistas migram de plataformas por diversos motivos, como a necessidade de ter melhorias na funcionalidade. A plataforma atual pode não oferecer todos os recursos necessários para a evolução do negócio e, com isso, a migração pode ser para um sistema mais moderno, com automatizações e integrações avançadas. 

Outro motivo é a escalabilidade, porque a plataforma atual pode não suportar o crescimento e a expansão futura do negócio. A migração permite selecionar uma solução mais escalável, capaz de acompanhar o aumento de tráfego, transações e complexidade do e-commerce. 

Não podemos esquecer a experiência do usuário (UX) aprimorada, pois uma plataforma menos robusta pode fazer com que o processo de compra seja desatualizado ou pouco intuitivo para os clientes. A migração permite adotar uma solução com uma interface mais moderna, recursos de usabilidade avançados e uma jornada de compra fluida. 

Passo a passo para a migração de plataforma de e-commerce

Migrar sua loja virtual para uma nova plataforma de e-commerce pode ser um processo complexo, mas com um planejamento cuidadoso, é possível realizar essa transição de forma segura e eficiente. Descubra as principais etapas que você deve seguir para garantir uma migração bem-sucedida:

Planejamento da migração

O primeiro passo importante é o planejamento detalhado de todo o processo de migração. Nesta fase, é importante:

  • Avaliar as necessidades atuais e futuras do e-commerce, identificando recursos e funcionalidades essenciais. 
  • Pesquisar e selecionar a nova plataforma, comparando soluções e avaliando recursos, escalabilidade, usabilidade e suporte.
  • Definir um orçamento realista, considerando os custos da nova plataforma, customizações, migração de dados e possíveis impactos no faturamento.
  • Estabelecer um cronograma detalhado para cada etapa, incluindo prazos claros para a migração de dados, testes e lançamento do novo sistema.

Backup e exportação de dados

Antes de iniciar a migração, é necessário garantir a segurança dos dados atuais da loja virtual. É nessa hora que você deve:

  • Realizar um backup completo do e-commerce, incluindo produtos, clientes, pedidos, cupons, conteúdo e demais informações relevantes. 
  • Exportar os dados em formatos compatíveis com os requisitos da nova plataforma, como CSV, XML ou JSON.

Configuração da nova plataforma

Com o planejamento e backup concluídos, é hora de configurar a nova plataforma de e-commerce. Aqui você vai:

  • Criar a sua loja na nova plataforma, definindo a estrutura de categorias, configurações de envio e pagamento, além de personalizar a aparência e identidade visual
  • Importar os dados da loja atual utilizando as ferramentas de importação disponíveis na nova plataforma, verificando a integridade dos dados.
  • Configurar as interações e plugins necessários, como sistemas de gestão, marketing, logística, entre outros. 

Migração e testes

Depois de fazer a configuração inicial, é hora de realizar a migração efetiva e testar a nova plataforma. Então, é momento de:

  • Realizar testes completos na nova plataforma, validando o funcionamento correto de todas as funcionalidades e fluxos de compra, além de testar a usabilidade e UX.
  • Migrar o tráfego e as vendas de forma gradual, mantendo a loja antiga ativa até que a nova plataforma esteja completamente configurada, e monitorando o desempenho e a escalabilidade do novo sistema. 
  • Capacitar a equipe para operar a nova plataforma, oferecendo treinamento e suporte para que todo o time esteja preparado para atender aos clientes. 

Na Bagy, o processo de migração é simplificado e o suporte presta assistência ao lojista durante todo o processo. A plataforma é a mais simples e descomplicada do mercado, permitindo que a transição seja feita com facilidade! 

O que considerar na hora da migração de e-commerce

Para realizar um bom planejamento da migração, você deve entender as necessidades específicas do seu e-commerce e o que pretende alcançar com essa transição. Depois de deixar claro qual é a dor do seu negócio, é hora de partir para a ação. 

Análise de requisitos

Comece mapeando detalhadamente os requisitos atuais e futuros do seu negócio. Quais são as funcionalidades essenciais da sua loja virtual? Que recursos adicionais você precisa para impulsionar o crescimento? Uma análise completa dos requisitos vai nortear a escolha da nova plataforma. 

Por exemplo, imagine uma loja virtual que atualmente oferece apenas um processo de checkout básico. Ao analisar os requisitos, o lojista percebe que precisa de recursos avançados para finalizar a compra, como a opção de pagamento em múltiplas etapas, integração com carteiras digitais e funcionalidades de frete personalizado. Essa análise indicaria que a plataforma atual não atende mais às necessidades do negócio, então é necessária uma migração. 

Além disso, uma análise profunda dos requisitos futuros também é importante. Talvez a loja virtual precise ser integrada a um sistema de gestão empresarial (ERP) ou implementar um programa de fidelidade avançado. Essas funcionalidades adicionais devem ser consideradas na escolha da nova plataforma de e-commerce. 

A análise de requisitos atuais e futuros é fundamental para identificar as lacunas da plataforma existente. E, é claro, garantir que o novo sistema escolhido atenda às necessidades do negócio, impulsionando seu crescimento e competitividade no mercado digital. 

Escolha da nova plataforma

Com os requisitos definidos, é hora de pesquisar e avaliar as diferentes opções disponíveis no mercado para a escolha da nova plataforma de e-commerce. Considere fatores como recursos, escalabilidade, facilidade de uso, integração com sistemas existentes, suporte e custos. 

Imagine uma loja virtual que precisa de recursos avançados de personalização de produtos, como a capacidade de os clientes customizarem designs e layouts. Nesse caso, a escolha deve considerar uma plataforma que oferece ferramentas de edição visual e integração com aplicativos de personalização. 

Outro ponto a se considerar é a facilidade de uso da plataforma para a equipe interna. Se a loja tiver um time técnico enxuto, optar por uma solução com interface amigável e recursos de administração intuitivos pode ser a melhor escolha, porque minimiza a curva de aprendizado. 

Orçamento

Defina um orçamento para a migração, incluindo não apenas os custos da nova plataforma, mas também eventuais serviços de customização, transferência de dados e treinamento de equipe. Inclusive, possíveis impactos no faturamento durante a transição. 

Considere um e-commerce que deseja migrar de uma plataforma de código aberto para um sistema SaaS (Software as a Service). Além do custo mensal da assinatura do novo sistema, o lojista deve considerar os gastos com a contratação de uma agência de desenvolvimento para realizar a customização da loja e a migração de dados existentes. Essa etapa de implementação e transição pode representar um investimento significativo. 

Outro caso é o de uma empresa que opera uma loja bastante complexa, com diversas integrações e funcionalidades avançadas. Nesse cenário, a migração para uma nova plataforma pode exigir a contratação de uma consultoria especializada para mapear todos os requisitos e garantir uma transição suave, o que adiciona custos adicionais ao orçamento.

É importante considerar ainda o impacto financeiro durante o período de migração. Se a nova plataforma precisar ser implementada de forma gradual ou houver alguma instabilidade temporária, isso pode afetar o faturamento da loja virtual. Por isso, é importante reservar uma verba para possíveis quedas de vendas durante essa fase. 

Um outro ponto a considerar são os custos de treinamento da equipe interna para se adaptar à nova plataforma. Investir em capacitação dos colaboradores pode evitar problemas de operação e garantir uma transição mais suave. 

Cronograma

Estabeleça um cronograma detalhado para a migração, com prazos claros para cada etapa do processo. Isso envolve o planejamento da transferência de dados, testes, lançamento da nova plataforma e comunicação com os clientes. 

A definição de um cronograma detalhado é importante para garantir uma migração bem-sucedida.

Confira alguns exemplos de como estabelecer esse calendário de ações:

  • Migração de dados

Imagine uma loja virtual com um catálogo de 10.000 produtos, 50.000 clientes cadastrados e 5 anos de histórico de pedidos. Nesse caso, o cronograma deve prever um prazo adequado para a extração, limpeza e importação desses dados na nova plataforma, evitando erros e inconsistências. 

Dependendo da complexidade dos dados, essa etapa pode levar de 2 a 8 semanas, por exemplo. 

  • Testes e homologação

Depois da migração de dados, é essencial realizar testes na nova plataforma para validar o funcionamento de todas as funcionalidades, fluxos de compra, integrações e recursos. 

Esse processo de testes e homologação pode levar de 1 a 4 semanas, dependendo da complexidade da loja virtual. 

  • Lançamento da nova plataforma

O cronograma deve ser um período de transição gradual, com a nova plataforma funcionando em paralelo com a antiga por um determinado tempo. 

Esse período pode variar de 1 a 4 semanas, permitindo que os clientes se adaptem à nova interface e que a equipe interna se familiarize com a nova solução. 

  • Comunicação com clientes

É fundamental que os clientes sejam informados sobre a migração com antecedência, para evitar impactos negativos em suas experiências de compra. 

O cronograma deve reservar pelo menos de 2 a 4 semanas para a elaboração e divulgação de comunicação sobre a transição, assim como para o acompanhamento das dúvidas e feedbacks dos clientes. 

Além disso, é importante prever etapas de revisão e ajustes ao longo do processo. Isso garante que o cronograma seja cumprido e que a transição, seja feita de forma suave e transparente para todos os envolvidos. 

A definição de um cronograma detalhado permite gerenciar com eficiência a migração da plataforma de e-commerce, minimiza riscos e garante a satisfação dos clientes!

Qual plataforma de e-commerce escolher?

Agora que você sabe o que considerar ao mudar de plataforma e os principais passos para isso, é hora de decidir qual plataforma de e-commerce é a melhor para o seu negócio.

Assista ao vídeo abaixo para descobrir as 5 melhores plataformas de e-commerce do mercado, avaliando aspectos como estabilidade, escalabilidade, layouts, integrações e muito mais!

Na Bagy, simplificamos a migração: oferecemos suporte especializado durante todo o processo, via chat, WhatsApp e sessões de mentoria ao vivo, diariamente.

Quer saber mais? Explore tudo sobre a Bagy

Preparado para migrar sua loja virtual?

Antes de iniciar o processo de migração de e-commerce, é importante avaliar se a sua empresa está pronta para essa transição. Alguns sinais, como falamos anteriormente, podem indicar que chegou o momento certo de migrar sua loja online

Agora vamos descobrir se você está pronto para migrar sua loja virtual. Para determinar se é hora de iniciar o processo de migração, use este checklist:

não selecionada Você identificou limitações claras na plataforma de e-commerce atual?

não selecionada Existe uma estratégia de negócios bem definida que justifique a migração?

não selecionada Possui recursos financeiros para conduzir a migração?

não selecionada Realizou um levantamento detalhado dos requisitos e funcionalidades essenciais para sua loja virtual?

não selecionada Pesquisou e selecionou uma nova plataforma de e-commerce que atenda às suas necessidades?

não selecionada Você tem um plano de ação claro e um cronograma definido para a migração?

não selecionada Está preparado para realizar o backup e exportação de todos os dados da sua loja atual?

Se você marcou a maioria das opções deste checklist, sua empresa está pronta para iniciar o processo de migração de e-commerce. 

A Bagy é a escolha ideal para quem busca criar uma loja virtual de forma intuitiva e moderna. Com mais de 20 mil lojistas lucrando com suas vendas online, a plataforma oferece um site completo e seguro, adaptável a diversas áreas do e-commerce, incluindo vendas em marketplaces e dropshipping.

Integrando importantes ferramentas como ERPs e recursos de marketing, a Bagy proporciona tudo que você precisa para gerenciar e expandir seu negócio online com eficiência. Além disso, você pode personalizar cada detalhe do seu site, criando uma identidade única que reflete sua marca.Pronto para começar?

Vale ressaltar também que na Bagy o processo de migração é facilitado e você pode contar com o apoio do nosso suporte para te auxiliar durante todo o processo. Conheça a Bagy!

Marina Correa

Graduanda em Letras pela UFMG, atua como Analista de Conteúdo na Bagy. Com uma experiência de mais de 2 anos no mercado digital, possui vasto conhecimento sobre empreendedorismo e vendas online. Hoje se dedica a trazer conteúdos de valor para lojistas que desejam aprender mais sobre o universo do e-commerce.

Tenha um site pronto para sua loja vender!