Marketplace

O que é a Shopee: veja como funciona e como vender para expandir o seu negócio

Saiba tudo que precisa sobre a Shopee

Veja o que você irá encontrar neste artigo

A Shopee é uma plataforma de e-commerce asiática, que chegou ao Brasil em 2019. No modelo de marketplace, é mais uma opção de canal de vendas para a sua loja anunciar produtos na internet e conquistar compradores online.

Um gigante da Ásia chegou ao Brasil trazendo preços competitivos para os consumidores e novas oportunidades de vendas para os lojistas. Estamos falando da Shopee, uma plataforma de marketplace que pode ser o novo canal de vendas da sua loja.

Você provavelmente já se deparou com algum anúncio da Shopee na TV ou nas redes sociais. A plataforma chegou ao Brasil com uma estratégia forte de publicidade para atrair os compradores brasileiros e concorrer com grandes marketplaces, como Wish, AliExpress e Shein, também asiáticas, além de Mercado Livre, Americanas, Amazon, entre outros. E está conseguindo.

A Shopee já cresceu muito nos últimos anos e pretende crescer ainda mais. Se você quer aproveitar essa plataforma para vender mais, acompanhe agora para entender como funciona a Shopee e como anunciar seus produtos por lá. Siga conosco!

O que é a Shopee?

A Shopee é uma plataforma de e-commerce de Singapura, que opera com o modelo de marketplace. A empresa funciona como um grande shopping online para compra e venda de produtos das mais diversas categorias, tanto de vendedores brasileiros quanto internacionais.

A empresa foi fundada em 2015, expandiu sua atuação em outros países asiáticos e, em 2019, chegou ao Brasil — sua primeira operação fora da Ásia. Mas foi durante a pandemia de coronavírus que a plataforma se destacou, principalmente por meio de estratégias de marketing agressivas, como anúncios de TV, frete grátis sem valor mínimo e 0% de comissão de lojistas parceiros.

Em outubro de 2021, conforme o Mercado & Consumo, a Shopee alcançou a marca de 1 milhão de vendedores brasileiros registrados na plataforma, entre micro, pequenas e médias empresas, além de grandes marcas. Segundo o E-commerce Brasil, já está prevista para 2022 a abertura do seu primeiro centro de distribuição no país, o que aponta para um crescimento ainda maior.

Não é por acaso que a Shopee passou a figurar entre os principais sites de e-commerce do Brasil, à frente de gigantes como Casas Bahia, AliExpress e Submarino. No ranking do E-commerce Brasil de dezembro de 2021, a Shopee aparece no 5º lugar em número de acessos:

Ranking dos sites de e-commerce mais populares no Brasil

Como funciona a Shopee?

A Shopee adota o modelo de marketplace, que funciona como um shopping virtual, com a presença de diferentes lojistas e diversas categorias de produtos. O cliente pode pesquisar por um produto e encontrar opções em diversos vendedores.

Para isso, a plataforma oferece páginas de venda para lojistas parceiros, que ganham visibilidade e aumentam suas possibilidades de ganhos. Eles também podem participar de campanhas de marketing e ampliar suas vendas. Em troca, a Shopee cobra uma comissão pelas vendas — que, como vamos ver mais adiante, é uma das mais vantajosas do mercado.

Quando começou a operar no Brasil, a Shopee logo permitiu o cadastro de lojistas do país, além dos vendedores internacionais. Quando são brasileiros, os vendedores são identificados como “locais”. Assim, o comprador sabe que suas compras vão ser enviadas do Brasil e não de outros países, o que pode gerar taxas extras de envio.

Assim como outros marketplaces, a plataforma permite que os clientes avaliem os produtos que compraram. Essas avaliações formam a nota do produto (de 1 a 5). A média das notas de produtos, por sua vez, compõe a avaliação da loja, que aparece para os compradores no perfil de cada lojista.

Ter uma avaliação positiva, de preferência acima de 4.5, é um sinal de credibilidade para o cliente, que tende a aumentar suas vendas. Essa pontuação também permite que a loja participe de programas da plataforma, como o Programa de Vendedores Indicados, que recebem um selo de recomendação da plataforma e ganham mais visibilidade nas buscas.

Programa de Vendedores Indicados

Além disso, a Shopee oferece dois canais de vendas: o site e o aplicativo. Os clientes podem comprar no canal que preferirem, mas geralmente a plataforma oferece vantagens para os usuários do app, como cupons de desconto e de frete grátis.

Depois que o cliente faz uma compra na Shopee, o vendedor é responsável por providenciar o envio e fazer a entrega no endereço do cliente. A empresa está construindo um centro de distribuição para otimizar as entregas no país, como o Mercado Livre, por exemplo, já fez.

Shopee é confiável? É seguro comprar e vender?

A Shopee chegou ao Brasil em 2019. Se você pensar que o Mercado Livre, por exemplo, opera no país desde 1999, a chegada da plataforma de Singapura ainda é muito recente. Isso traz certa desconfiança ao consumidor, que ainda não conhece bem a marca.

Aliás, a origem da Shopee também deixa o consumidor com um pé atrás. Afinal, a reputação de outras plataformas asiáticas prejudica a percepção sobre a Shopee. Há vários relatos de clientes de sites como AliExpress e Shein sobre produtos de baixa qualidade, demora na entrega e falta de suporte ao cliente.

Porém, a Shopee está fazendo um esforço para conquistar o consumidor brasileiro, principalmente com a inclusão de vendedores locais na plataforma. Dessa maneira, os clientes podem optar por vendedores brasileiros nas suas compras para evitar complicações com as compras internacionais.

Além disso, a desconfiança do consumidor pode ser superada ao analisar as notas dos produtos e de cada vendedor. Dessa forma, o cliente pode analisar se o produto tem a qualidade esperada e se o lojista tem uma boa reputação. Também é possível analisar as fotos de produtos enviadas pelos clientes e ler os comentários de compradores.

Para entender se a Shopee é confiável, você também pode analisar a nota da plataforma no site Reclame Aqui: 7.0/10, que é considerado “Bom”.

Essa nota é formada a partir de 32.769 reclamações recebidas nos últimos 6 meses, das quais 29.881 foram respondidas. Isso significa que a Shopee respondeu 91.2% das reclamações que recebeu, o que é um percentual expressivo de retorno aos clientes.

Também é interessante avaliar as notas do aplicativo da Shopee. Tanto na Google Play Store (Android) quanto na App Store (iOS), o aplicativo tem nota 4.8/5, sendo que várias avaliações já receberam respostas da plataforma.

Outra questão importante é quanto à segurança dos dados dos clientes. Se você acessar a Shopee pelo navegador, pode perceber que o endereço da página tem um “cadeado”, que indica que os dados dos clientes estão seguros na plataforma.

Verificando certificado de segurança da Shopee

Quanto custa vender na Shopee?

A Shopee cobra uma comissão padrão de 12% sobre as vendas, para todos os produtos do marketplace. Portanto, se você vender um produto que custa R$ 100 para o cliente, R$ 12 dessa venda fica com a plataforma. Esse é o percentual que vigora desde o dia 1º de junho de 2021.

A comissão da Shopee é uma das mais vantajosas do mercado. Além disso, a plataforma não cobra taxas fixas a cada venda. O marketplace da Americanas, por exemplo, cobra 16% de comissão sobre o valor do item, além de uma taxa fixa de R$ 5 por venda.

A Shopee ainda oferece um benefício extra para ajudar os vendedores a alavancar sua loja na plataforma: o limite máximo de R$ 100 de comissão. Isso significa que o valor máximo de comissão cobrado por item na Shopee é de R$ 100. Por exemplo: se o valor do item for R$ 900, a comissão será de R$ 100 (sem esse benefício, a comissão seria de R$ 108).

Além disso, a Shopee tem o Programa de Frete Grátis Extra. Se você estiver cadastrado neste programa, pode oferecer frete grátis nas compras acima de R$ 20, oferecer 5 cupons de frete grátis aos clientes por mês (pagos pela Shopee) e ganhar um selo de destaque na plataforma. 

Nesse caso, a Shopee cobra 6% a mais, totalizando 18% de comissão. Abaixo, você pode ver uma tabela que resume as especificações do programa:

Programa Frete grátis da Shopee

Por que devo me tornar um vendedor na Shopee?

Mas, afinal, vale a pena ter uma loja na Shopee? Como a plataforma ainda é nova, existem muitas dúvidas sobre as vantagens da Shopee. Por isso, trouxemos aqui os principais motivos para se tornar um vendedor nesse marketplace. Confira agora:

Registro fácil e rápido

É fácil começar a vender na Shopee. O cadastro da loja e dos produtos é rápido e gratuito, e você já pode começar a vender em apenas alguns minutos. Também não é necessário fazer investimento algum, nem pagar taxas — é só se cadastrar e começar a vender.

Visibilidade em campanhas de marketing

A Shopee está investindo bastante em marketing no Brasil. Anúncios de TV, influenciadores, redes sociais e publicidade no Google são apenas algumas mídias de divulgação da plataforma. Assim, os vendedores acabam ganhando mais visibilidade e credibilidade.

Comissão abaixo do mercado

A comissão de 12% oferece um percentual abaixo do que a maioria das plataformas cobram no Brasil. Dessa forma, você pode ter uma margem de lucro maior do que em outros marketplaces. Americanas e Magazine Luiza, por exemplo, cobram 16% de comissão.

Isenção de taxa sobre vendas

Diferentemente da maioria das plataformas de marketplace que operam no Brasil, a Shopee não cobra taxas sobre as vendas. A única cobrança que existe é a comissão de 12% (ou de 18% se você participar do Programa de Frete Grátis).

Isenção de taxa sobre pedidos cancelados

A Shopee não cobra a comissão dos vendedores se o cliente cancelar o pedido. Algumas plataformas de marketplace podem fazer uma cobrança total ou parcial da comissão em casos de cancelamento do pedido.

Cupons de frete grátis

Como estratégia de marketing, a Shopee fornece diversos cupons de frete grátis aos clientes, que se sentem atraídos a comprar no marketplace. A própria plataforma assume os custos dos envios, sem ônus para os vendedores.

Segurança nas compras

A Shopee investe em certificados e proteção antifraude, o que garante a segurança para as compras. Além disso, a plataforma trabalha com intermediários de pagamentos (chamados de gateways), que garantem a segurança da operação entre o comprador, a loja e o banco. Dessa forma, os clientes se sentem seguros e tendem a comprar mais.

Antecipação em vendas parceladas

Se o comprador parcelar um pedido, o vendedor pode receber o valor integral da venda de forma antecipada. A Shopee assume os custos da antecipação.

Central de Educação do Vendedor

Os vendedores que estiverem se sentindo inseguros para vender na Shoppe podem contar com a Central de Educação do Vendedor. Essa área da plataforma oferece diversos artigos, cursos e eventos para explicar como começar a vender e como crescer seu negócio com a Shopee.

Shopee Ads

Se você quiser mais visibilidade, é possível utilizar o Shopee Ads. Essa ferramenta permite que os lojistas invistam em anúncios pagos para aumentar a exposição da sua loja e dos seus produtos na plataforma.

Quais são as principais categorias de produtos na Shopee?

A Shopee permite vender produtos das mais diversas categorias. Elencamos aqui algumas categorias que você pode aproveitar:

  • Saúde e Beleza
  • Casa, Cozinha e Decoração
  • Roupas Femininas
  • Roupas Masculinas
  • Acessórios de Moda
  • Bebês e Crianças
  • Calçados
  • Animais de Estimação
  • Livros e Revistas
  • Celulares e Acessórios
  • Informática
  • Esporte e Lazer

De maneira geral, pode-se dizer que as pessoas ainda buscam produtos de menor valor na Shopee. Acessórios, itens menores ou que facilitam a vida têm bastante procura. Portanto, você pode investir nesse tipo de produto e gerar um grande volume de vendas para lucrar.

O que posso vender na Shopee?

Dentro das categorias de produtos da Shopee, você pode vender os mais diversos itens. Mas é interessante saber quais são os tipos de produtos mais vendidos, para que os seus anúncios tenham mais procura.

A plataforma XCommerce faz um levantamento dos produtos mais vendidos nos principais marketplaces nos últimos 30 dias. A seguir, você vai conhecer alguns dos produtos com maior número de vendas na Shopee: 

  • Acessórios de Moda: Adesivo Push Up (Sutian Adesivo), Óculos de Sol Unissex, Cinto Gucci
  • Acessórios para Veículos: Aromatizante para Carros, Receptor Bluetooth para Som Automotivo
  • Alimentos e Bebidas: Bala Fini Gelatina, Chiclete Trident
  • Animais de Estimação: Comedouro pet anti-formiga, Coleira para gato e cachorro com pingente, Bola anti-estresse
  • Bebês e Crianças: Elásticos de cabelo tipo meia, Lenços umedecidos
  • Casa, Cozinha e Decoração: Papel de parede auto-adesivo, Sabão em pó lava-roupas
  • Brinquedos e Hobbies: Cacto dançarino, Brinquedo Pop It, Jogo de cartas Uno
  • Roupas Femininas: Short curto malha canelada, Calcinha modelo tanga, Regata nadadora
  • Roupas Masculinas: Cueca boxer de microfibra
  • Saúde e Beleza: Máscara descartável de proteção facial, Touca de cetim antifrizz com elástico, Skin care argila para todos os tipos de pele

Pronto, agora você já tem uma ideia dos tipos de produtos que mais vendem na Shopee. Quando quiser vender seus produtos no marketplace, pense nessas categorias!

O que é proibido vender na Shopee?

É possível vender tudo que é tipo de produto na Shopee. Mas existem restrições. A seguir, elencamos aqui alguns tipos de produtos que você não pode vender na Shopee:

  • Alimentos perecíveis, alimentos frescos, alimentos nocivos;
  • Réplicas, produtos falsificados e cópias não-autorizadas de um produto que violem a propriedade intelectual;
  • Armas, munições e materiais explosivos;
  • Caixas misteriosas e/ou item surpresa, que não informe exatamente o conteúdo da embalagem;
  • Documentos legais e pessoais;
  • Animais vivos, fauna silvestre, animais selvagens, plantas ilegais, plantas vivas;
  • Ingressos (digitais ou físicos) para qualquer tipo de evento;
  • Inseticidas, pesticidas, agrotóxicos e raticidas;
  • Qualquer tipo de produto inflamável, corrosivo, explosivo;
  • Bilhetes de loteria, máquinas de jogos de azar;
  • Narcóticos, drogas, alucinógenos ou qualquer tipo de substância não permitida pela legislação vigente;
  • Produtos que promovam violência e/ou discriminação de raça, gênero, religião, nacionalidade, orientação sexual ou de qualquer outro tipo.

Existem ainda muitos outros itens e categorias de produtos proibidos ou restritos na plataforma, que você deve conhecer. Nesta página, você pode ver todas as restrições e proibições da Shopee.

Caso o vendedor coloque algum desses produtos à venda, pode sofrer algumas penalizações da Shopee, desde a exclusão do anúncio de venda até, dependendo do caso, ações legais contra o vendedor. 

Como vender na Shopee?

Depois de conhecer melhor a Shopee, você deve estar querendo saber como se cadastrar para vender na plataforma. Se você se interessou pela Shopee, vamos mostrar agora o que você precisa para começar a vender seus produtos por lá. A seguir, confira o passo a passo:

Crie a sua loja na Shopee

O primeiro passo para vender na Shopee é criar uma loja para vender seus produtos. Para isso, primeiramente você precisa se cadastrar na plataforma como um vendedor. No formulário, você vai informar se quer abrir uma loja como Pessoa Física ou como Pessoa Jurídica.

Sim, é possível vender na Shopee sem ter um CNPJ. Mas isso pode trazer algumas restrições para participar dos programas da plataforma. Para ser um Vendedor Indicado, por exemplo, é necessário ter um CNPJ cadastrado.

Complete o perfil da loja

Depois de fazer o cadastro básico, é hora de preencher as informações completas sobre o seu negócio. É possível incluir uma descrição e algumas imagens, que aparecem na Página da Loja.

Esse passo é importante para despertar a confiança dos compradores. Insira imagens que representem o seu negócio ou seus principais produtos e que transmitam credibilidade. Na descrição, você pode falar do histórico da loja, seus diferenciais, produtos de destaque, conquistas e premiações, entre outros detalhes.

Quanto mais informações para o usuário, melhor. Mas cuide um detalhe: jamais peça que os clientes fechem a compra fora da plataforma, pois isso vai contra as políticas de vendas da Shopee.

Adicione anúncios de produtos

Sem produtos, não há venda! Então, crie os anúncios de produtos da sua loja para começar a vender. Na Central do Vendedor, você pode cadastrar seus produtos, em formulários simples de preencher. Novamente, quanto mais informações para o cliente, melhor.

Nesse momento, lembre-se também dos produtos restritos e proibidos pela Shopee, que não podem ser anunciados na plataforma. Garanta que os seus produtos sigam as políticas da plataforma.

Gerencie os pedidos

Depois de adicionar produtos e começar a vender, o que o lojista deve fazer? Gerenciar os pedidos e fazer as entregas!

A Shopee faz a intermediação das vendas, mas é o vendedor quem deve administrar o estoque, receber os pedidos, separar os produtos e providenciar os envios. Isso requer uma boa gestão da loja, que deve caprichar no atendimento mesmo depois da venda.

Aliás, o pós-venda é essencial para ganhar a satisfação dos clientes. Por isso, capriche na entrega, cumpra os prazos e evite enganos que podem prejudicar a reputação da sua loja.

Como se cadastrar na Shopee e criar a sua loja

Agora, você vai ver como é fácil se cadastrar na Shopee. Veja agora o tutorial:

1. Primeiramente, você deve se cadastrar como usuário na plataforma. Para isso, na página inicial da Shopee, clique em “Cadastrar”, no canto superior direito (veja na imagem abaixo). Seguindo os passos, você vai preencher o formulário facilmente. É necessário cadastrar e validar um número de telefone e um endereço de email.

Cadastrar como usuário na Shopee

2. Depois, você precisa se cadastrar como vendedor na plataforma. Na página inicial da Shopee, clique em “Central do Vendedor”, no canto superior esquerdo, como mostra a imagem abaixo.

Cadastrar como vendedor na Shopee

3. Em seguida, a Shopee solicita que você inicie o cadastro. Então, você deve informar se quer criar uma Loja Pessoal (CPF) ou uma Loja Empresarial (CNPJ). Na sequência, você deve fornecer informações completas da loja, como nome, CNPJ, endereço, dados dos sócios e contatos. O email e o telefone de contato são aqueles que você informou no seu cadastro pessoal.

Escolher tipo de loja na Shopee

4. Depois de finalizar esse formulário, a sua loja já está cadastrada! Mas ainda é preciso preencher o Perfil da Loja, com todas as informações. Entre elas, o principal é preencher o nome da loja, escolher até 5 imagens ou vídeos e criar uma descrição atrativa. 

Finalizando cadastro de loja na Shopee
Finali

Como cadastrar produtos na Shopee

Já criou a sua loja? Então, é hora de cadastrar os produtos! Vamos ver agora o tutorial para criar seus primeiros anúncios de produtos na Shopee.

1. Na Central do Vendedor, vá até o menu Produto e clique em “Adicionar novo produto”. Você também pode acessar o menu “Meus produtos” e depois adicionar um novo produto.

Adicionar novo produto na Shopee

2. Em seguida, a Shopee vai pedir que você preencha os dados do produto, começando pelo nome, categoria e disponibilidade de estoque.

Preencher informações de um produto na Shopee

3. Depois, envie fotos e vídeos do produto, inclusive uma imagem de capa, que deve ficar em destaque na página de venda. É possível enviar até 9 imagens.

Inserir fotos e vídeos do produto na Shopee

4. Também é preciso informar as especificações de peso e tamanho do pacote, que servem para fazer o cálculo do frete, além do serviço de entrega que você vai usar. É essencial que essas informações estejam corretas para calcular corretamente o valor do envio.

Preencher informações de tamanho e dimensão do seu produto na Shopee

5. Finalize o cadastro do produto e publique. Assim, você já pode começar a vender!

Como vender mais na Shopee 

Agora, vamos deixar algumas dicas que vão melhorar a experiência do cliente na sua loja da Shopee e aumentar as suas vendas na Shopee. Confira e aprimore a gestão da sua loja:

Forneça informações completas

Não economize nas informações. Como os consumidores online fazem compras à distância, eles precisam do máximo de informações para se certificar de que estão comprando o produto certo. Então, capriche nas descrições, nos dados e nas imagens dos produtos, além das informações da sua loja, para ajudar o cliente a confiar e comprar.

Responda aos clientes com agilidade

Se você não quer perder vendas, responda às dúvidas dos clientes com agilidade. Eles podem chamar a sua loja no Chat ou inserir comentários na página do produto. Então, fique de olho nesses pontos de contato — uma resposta na hora certa pode gerar mais uma venda!

Gerencie seu estoque

Gerencie corretamente seu estoque. Você não quer cancelar vendas porque o cliente comprou um produto na loja que você não tem mais no estoque, não é? Por isso, os dados de disponibilidade do estoque na loja online devem estar alinhados ao estoque físico.

Integre esses dados também aos demais canais de vendas da sua loja, como o e-commerce e outros marketplaces.

Capriche nas entregas

A qualidade da entrega do produto no endereço do cliente é essencial para conquistar a sua satisfação. Afinal, a expectativa para receber uma compra na internet é grande.

Se o produto chegar fora do prazo, com avarias ou no tamanho errado, por exemplo, o cliente pode nunca mais voltar. Por outro lado, se a entrega for eficiente, esse cliente tende a deixar uma boa avaliação e recomendar a loja a outras pessoas. Então, embale bem o produto, proteja produtos mais frágeis, informe o endereço correto e cumpra os prazos.

Qualifique-se para ser um Vendedor Indicado

O Programa de Vendedores Indicados é uma ferramenta poderosa para vender mais na Shopee. Para integrar o programa, é preciso cumprir alguns requisitos, como o cadastro com CNPJ, mais de 90 dias de loja ativa, avaliação maior ou igual a 4.5, taxa de resposta no chat maior ou igual a 60%, entre outros.

Invista nos anúncios do Shopee Ads

Shopee Ads é outra oportunidade de se destacar em meio a tantos concorrentes. Você pode investir em anúncios nas buscas dos usuários ou nas recomendações de produtos (“Produtos similares” ou “Você também pode gostar”).

Enfim, a Shopee é mais uma plataforma de marketplace na qual você pode vender seus produtos. Mas a plataforma oferece tantas oportunidades de aumentar sua visibilidade e vendas, com uma comissão vantajosa, que atualmente ela se destaca entre as opções de marketplace que operam no Brasil. Então, conheça e explore esse novo canal de vendas.

Loja virtual com integração de marketplace na Bagy

Vender em Marketplaces é uma opção facilitadora e de alto alcance para lojas virtuais. Por essa razão, muitos empreendedores utilizam essas plataformas para aumentar as vendas e reforçar a presença online. 

Se você já tem ou pretende criar seu e-commerce na Bagy, diretamente no painel de controle é possível integrar com marketplaces e anunciar seus produtos nessas ferramentas, de forma prática.

Os Marketplaces com integração direta na Bagy são:

  • Shein
  • Shopee
  • Amazon

Confira, a seguir, um passo a passo para integrar esses marketplaces em sua loja virtual com a Bagy: 

  1. Abra o seu painel de controle da Bagy;
  2. No canto superior, do lado esquerdo da tela, selecione a opção “Marketplace”;
  3. Escolha uma das plataformas disponíveis no canto esquerdo da tela;
  4. Tenha em mãos as seguintes informações antes de autenticar: 

  • Conta de vendedor na plataforma desejada; 
  • Formas de pagamento, regras de aprovação e recebimento de valores, serão de acordo com o marketplace selecionado; 
  • Os métodos de envio seguem o marketplace;
  • Regras de comissão são cobradas de acordo com o marketplace escolhido;

  1. Realize a autenticação da sua conta de vendedor da plataforma escolhida;
  2. Importe os produtos já cadastrados no marketplace selecionado;
  3. Para finalizar, relacione os anúncios importados do marketplace com possíveis itens disponíveis no seu site Bagy; 

Se, antes de integrar com Marketplaces, você precisa criar seu próprio e-commerce, conheça a Bagy e aproveite a chance de ter uma plataforma que te permita vender todos os dias e em diversos canais.

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.