Produtos e Nichos

O que você precisa para abrir uma loja de fantasias?

Imagem ilustrativa de loja de fantasias

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Por mais que seja um segmento bastante popular, é fundamental ter planejamento ao abrir uma loja de fantasias. Seja para definir com qual público-alvo vai atuar diretamente, seja para entender a importância de investir também em uma loja virtual. Quanto melhor for essa organização, maiores são as chances de sucesso do negócio.

Entre os melhores produtos para revender, existem muitas alternativas, não é mesmo? Mas mesmo que a escolha feita seja a melhor opção para o que deseja trabalhar, isso não é garantia de sucesso. Para quem quer atuar com uma loja de fantasias, por exemplo, é preciso fazer muito mais do que ter as roupas e os acessórios de melhor qualidade. Mas, afinal, o que deve ser feito para se destacar nesse segmento?

Da definição de um plano de negócios até mesmo a escolha dos fornecedores, mas sem esquecer da experiência dos seus clientes. Tudo deve ser planejado para garantir as maiores chances de sucesso do seu negócio. Por onde começar? Quais são os desafios? Será que realmente é interessante atuar nesse segmento?

Para ajudar a responder todas essas dúvidas, preparamos um conteúdo completo sobre como abrir uma loja de fantasias. Continue a leitura deste artigo para entender por onde começar, como superar os desafios e o que deve ser feito para ter bons resultados nesse segmento. Confira!

Por que abrir uma loja de fantasias?

Antes de mais nada, é preciso entender os motivos para abrir uma loja de fantasias, certo? Seja pela tradição de festas culturais no Brasil — como o Carnaval —, seja pelo crescente mercado de cosplays. Existem vários caminhos para seguir se o que você quer é empreender dentro desse segmento.

Festas juninas, Carnaval, festividades regionais e até mesmo peças para cenografia. Essas talvez sejam as áreas mais comuns para quem quer atuar no mercado de fantasias no Brasil. São períodos em que as vendas costumam aumentar significativamente, além de ajudarem a preencher o ano inteiro de vendas.

Mas a cultura pop e geek tem ganhado muito espaço no Brasil também, o que representa uma oportunidade de negócio para quem quer atuar com fantasias, tornando ainda mais repleto o calendário e, consequentemente, o período para fazer vendas ou trabalhar com o aluguel dessas peças.

Isso significa, na prática, que abrir uma loja de fantasias pode ser excelente para explorar as muitas oportunidades ao longo do ano. Seja atuando de forma mais ampla, seja especificando o seu segmento. O mais importante é entender que se trata de um mercado aquecido anualmente.

Além disso, o empreendedor que resolver atuar nesse mercado ainda conta com diferentes possibilidades de atuação: aluguel e/ou venda de peças. Tudo vai variar de acordo com o seu objetivo, segmento escolhido e até mesmo o perfil do seu público-alvo.

Por que abrir no ambiente virtual também?

Independentemente das questões anteriores, é muito importante ter em mente que abrir uma loja de fantasias no espaço virtual é essencial. Claro que ter uma loja física vai ajudar bastante, especialmente pensando na experiência dos clientes e na possibilidade de fazer ações naquele local.

Mas já imaginou as possibilidades que podem se abrir com a criação de um e-commerce para essas peças? A estratégia vai variar de acordo com o perfil do seu negócio, região de atuação e até mesmo público-alvo, mas uma versão virtual da sua loja pode significar inúmeras oportunidades de negócio.

Para começar, você não limite a sua atuação ao local em que tem a sua loja. Pode vender para clientes em todo o Brasil, ampliando não só a demanda, mas as oportunidades de vendas ou aluguel das peças durante um ano inteiro.

Quer um exemplo? O Carnaval é muito forte em cidades como o Rio de Janeiro, certo? Mas se a sua loja fica em São Paulo, você pode abrir mão de um mercado tão aquecido quanto da Cidade Maravilhosa? E as tradicionais festas juninas na região Nordeste? Vai perder as chances de converter nesse período?

Com a criação de uma loja virtual, portanto, você consegue atuar localmente, criando ações específicas para fidelizar o seu público, mas também foca em outras oportunidades de negócio para que a sua loja de fantasias tenha resultados positivos de maneira sustentável e duradoura.

Como abrir uma loja de fantasias?

Mas, na prática, como abrir uma loja de fantasias? Listamos algumas das principais práticas e cuidados que você deve tomar, confira!

Plano de negócios

A primeira etapa para abrir uma loja de fantasias, assim como para qualquer outro negócio, é estruturar um plano de negócios. Aqui você deve colocar no papel tudo o que planeja fazer para que aquele empreendimento funcione e dê os resultados esperados.

Desde uma definição dos custos iniciais até mesmo a escolha de um segmento de atuação. São muitas questões que devem ser avaliadas para aumentar as chances de montar um negócio que realmente consiga durar por um tempo, já que a falta de planejamento pode prejudicar os resultados no longo prazo.

Legalização

Outra questão similar para quem quer empreender nesse mercado — ou em qualquer outro, na verdade — é a legalização. Quais são as questões técnicas e mais burocráticas que podem influenciar na abertura da sua empresa? O que precisa ser feito para operar legalmente e sem maiores dores de cabeça?

Todas essas questões devem ser resolvidas antes mesmo de iniciar as vendas de produtos, por exemplo. É preciso organizar a casa em um primeiro momento e, com a empresa regularizada, começar a estruturar outras questões e estratégias mais práticas para o seu negócio.

Público-alvo

Com as questões burocráticas resolvidas, é hora de partir para a escolher do segmento de atuação, ou melhor, com qual público-alvo dialogar. Mais acima listamos as muitas opções de atuação, não foi? Identifique nessa lista, então, com qual(is) consumidor(es) você quer dialogar, um passo essencial.

Produtos

Agora que você já sabe qual é o seu público-alvo, está na hora de definir quais são os produtos que vão ser trabalhados. A ideia é atuar com cosplays, então é preciso pensar em materiais de maior qualidade, por exemplo. Ou a atuação vai ser direcionada para o público infantil?

Mais do que essas respostas, esse é o momento de definir o seu estoque, quais produtos vai trabalhar e, a partir disso, começar a estruturar quais vão ser os seus próximos passos para criar um negócio realmente atrativo para os seus consumidores finais.

Fornecedores

Com esses produtos em mente, é o momento de escolher os seus fornecedores. O objetivo aqui é procurar por opções no mercado que tenham experiência no segmento, evitando qualquer tipo de surpresa negativa com, por exemplo, o cumprimento de prazos ou a qualidade dos produtos.

Como escolher?

Para escolher um fornecedor, a dica mais importante é fazer testes e ouvir quem já é cliente dessa empresa. O que outras lojas de fantasia têm para falar sobre, por exemplo, as entregas dos produtos? Ou até mesmo se os clientes dessas lojas estão satisfeitos com a qualidade das fantasias.

Definição do nome 

Depois de todas essas etapas, é a hora de dar o início a criação do seu negócio, definindo não apenas um nome, mas também a sua marca. Como você vai dialogar com o público? Qual segmento vai atuar? A partir dessas respostas, você precisa criar um nome para a sua loja de fantasias.

Como escolher?

Uma dica é utilizar nomes que façam sentido para o público que você vai atuar. Definiu que vai trabalhar com fantasias de super-heróis? Já deixe claro para os seus consumidores em potencial o que você está oferecendo, com nomes como:

  • SuperFantasias;
  • Herói Fantasias;
  • Meu Herói Fantasias;
  • Fantasias Seja Um Herói.

Enfim, existem muitas opções que podem ser trabalhadas e o resultado final vai depender de qual área deseja atuar, até mesmo a região física. Se apenas a sua loja existem em uma região específica, mostrar esse domínio regional pode ser uma boa alternativa.

Trabalho com aluguel ou venda

Outro tema relevante para quem quer atuar com loja de fantasias é definir o modelo de negócio. Você quer trabalhar com a venda ou aluguel dessas peças e dos acessórios? Dependendo da sua estratégia, trabalhar com as suas opções pode ser um caminho viável para aproveitar mais oportunidades.

Independentemente do modelo escolhido, é preciso ter em mente que cada um deles têm seus benefícios e desafios. Avaliar tudo isso antes de tomar uma decisão final é, portanto, essencial para que o seu negócio seja estruturado da melhor forma.

Estrutura

A partir de uma definição da questão acima, você também deve pensar em como vai ser a estrutura do seu negócio. Uma loja física com espaço para os clientes experimentarem as fantasias? Ou foco vai ser apenas a retirada dos produtos? Tudo isso precisa ser planejado antes de qualquer outra coisa.

Equipamentos

De acordo com a estrutura definida e o modelo de negócio, você precisa definir quais vão ser os equipamentos necessários. Pensar em embalagens ou até nas questões mais burocráticas, como as estruturas para o funcionamento da loja física, por exemplo.

Divulgação

A divulgação é essencial para qualquer negócio e não é diferente quando pensamos em uma loja de fantasias. Utilize a internet, principalmente redes sociais, para aumentar o alcance das suas publicações e fazer com que a sua loja impacte mais e mais consumidores.

Ações de fidelização e engajamento

Outro trabalho importante para complementar a divulgação é criar ações de fidelização e engajamento. Seja no ambiente virtual, seja nas redes sociais, por exemplo, você pode criar ações que estimulem os seus clientes a compartilharem suas fantasias, realizar concursos entre os clientes, enfim, movimentar o negócio.

Tecnologia

A tecnologia também precisa estar presente na estrutura do seu negócio, especialmente para ajudar a automatizar alguns processos. Pode ser uma solução que ajude a automatizar ações de marketing e comunicação, mas também ferramentas voltadas para a gestão do negócio, como um CRM.

Quais os cuidados ao abrir uma loja de fantasias?

Além de tudo o que apresentamos até aqui, é preciso ter alguns cuidados para ter uma loja de fantasias de sucesso. Afinal, existem particularidades que podem dificultar as suas ações. O primeiro deles é com a qualidade dos seus fornecedores e, consequentemente, dos materiais que vai oferecer.

Não estamos falando de uma loja de blusas para o dia a dia, por exemplo. Quem está fazendo um pedido de uma fantasia, normalmente, tem um evento ou algo bastante especial para justificar o uso daquela peça. Um item de má qualidade pode ser muito prejudicial para a experiência do cliente.

E quando isso acontece de forma frequente, quais são as chances da sua loja ter uma reputação confiável? Contar com parceiros com qualidade é essencial, portanto, para que a sua loja de fantasias tenha bons resultados por muito tempo.

Além disso, outro cuidado relevante ao empreender nesse segmento é a questão do aluguel das fantasias. Como vai ser definida a sua política de devolução e ficar de olho também nos eventuais riscos que isso pode apresentar para o seu negócio.

Afinal, se os clientes devolverem as fantasias prejudicadas regularmente? Isso pode implicar em um custo extra para o seu processo operacional. Sem que isso seja identificado, as suas contas podem crescer sem nem perceber, prejudicando diretamente os seus lucros.

Em resumo, os cuidados ao abrir uma loja de fantasias são bem comuns: experiência do consumidor e custos desnecessários. Dito isso, existem essas particularidades que devem fazer parte do seu planejamento antes de iniciar as suas operações ou até mesmo durante o funcionamento do negócio.

Viu? Abrir uma loja de fantasias pode ser uma grande oportunidade de se destacar e empreender, mas é preciso bastante planejamento. Ao mesmo tempo que as possibilidades de atuação são muitas, também existem desafios que devem ser superados para ter bons resultados no curto, médio e longo prazos!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Tenha um site pronto para sua loja vender!