Descubra como fazer uma boa gestão de fornecedores para ecommerce

Fornecedores para e-commerce: como fazer uma boa gestão

Cada produto que você consome foi feito através de diversos materiais que, na maioria das vezes, vieram de diferentes fornecedores. 

Quando você inverte o lugar nessa lógica do consumo, ou seja, passa a produzir os produtos, é importante manter uma boa gestão dos seus fornecedores e escolher aqueles que são certeiros. 

Além disso, no comércio varejista, é muito comum comercializar produtos finais de diversos fornecedores e não somente as peças devem ser boas, mas quem as negocia ou fabrica.

Isso influencia não somente nos custos e prazos, mas até no resultado final do produto e na experiência do cliente. 

Quer saber como gerenciar a relação da sua loja online com os fornecedores para e-commerce? Siga com a gente.

Qual a importância de bons fornecedores para e-commerce?

A resposta para essa pergunta, inicialmente, não é tão diferente da resposta dada a quem trabalha com comércio convencional. O fornecimento de matéria-prima impacta diretamente o resultado final do seu produto. 

Pense em quem possui uma fábrica artesanal de sapatos, por exemplo.A qualidade do couro, dos tecidos e até da cola podem alterar a qualidade e a durabilidade do artefato. E lembre-se: a qualidade é primordial para a satisfação do cliente e reputação do seu negócio.

Além disso, não somente a qualidade do fornecimento deve ser observada. Obviamente o preço é determinante, então é importante ter um preço camarada ou abertura a negociação. Não menos importante estão o cumprimento dos prazos. Já imaginou ficar sem sua matéria-prima no auge das suas encomendas?

O mesmo pode acontecer quando você comercializa produtos finais, prontos. É essencial, por exemplo, que uma loja de roupas tenham peças adequadas para a estação, siga tendências e diversifique seu estoque. E para isso, não dá pra dormir no ponto!

No caso específico do e-commerce, a atenção deve ser redobrada para os fornecedores de embalagens, uma vez que em sua maioria, seus produtos serão entregues por Correios ou transportadoras particulares. E você quer que seu produto seja entregue intacto, não é?

Sinais para identificar fornecedores confiáveis

Reputação

Bom preço não é sinônimo de um bom fornecedor, mas uma boa reputação sim! Fique de olho e veja se esse profissional ou empresa tem clientes conhecidos, clientes que também o indica, e se seus produtos ou materiais são bem avaliados.

Disponibilidade

Observe quando, ao contatar o fornecedor, que ele apresente disponibilidade, vontade de te mostrar seu catálogo de produtos ou suprimentos, e vontade de fechar negócio ou fazer com que você não desista de fechar com ele. 

Isso pode dar indícios de como ele cumprirá seus prazos.

Capacidade de negociação

Ao fechar um negócio com um fornecedor pela primeira vez, é comum algumas práticas dos dois lados. Então fique atento e esteja disposto a fazer sua parte. 

Enquanto você deve garantir ao seu possível fornecedor que você é um bom pagador, e que não o deixará na mão, certifique-se de obter a mesma postura em resposta. 

Além disso, perceba se do lado de lá há interesse em oferecer ou aceitar ofertas especiais.

Disposição Geográfica

O seu fornecedor não pode estar em um local cujo deslocamento dos materiais ou produtos inviabilizem (principalmente financeiramente) o seu negócio. 

Por isso, busque os fornecedores da sua região. Um bom local para isso, além da internet, são as feiras voltadas a determinados setores de produção ou comércio, geralmente realizadas em grandes metrópoles ou polos de produção. 

Para saber mais, recorra a uma boa pesquisa.

Boas práticas para gerir fornecedores (e como evitar as práticas ruins)

Tome nota das nossas dicas para fazer um bom gerenciamento de fornecedores para e-commerce. Essas práticas vão desde a localização de novos fornecedores até a manutenção de fornecedores antigos.

Pesquise!

Como mencionamos há pouco, uma boa pesquisa poupará que seu negócio passe por perrengues. 

Para isso, recorra à internet. Pesquise produtos ou materiais que são essenciais para o seu negócio. Veja a reputação de cada fornecedor na web. 

Busque também, como dissemos, feiras ou eventos especializados no seu mercado. Não somente é uma boa oportunidade para a busca de bons fornecedores, como permitirá você a se atualizar com o que há de tendência no mercado. 

E vale até pesquisar quem fornece aos seus concorrentes!

Pense na logística

É simples: pense que o fornecimento precisa chegar até você. Então preze por uma entrega adequada e pontual, de mais fácil acesso e com garantias. 

Analise, dentre as opções de fornecedores, o que apresenta melhores e mais práticas condições, especialmente você que está começando um negócio agora.

Não fique refém de apenas um fornecedor

Ter fornecedores em backup é essencial, afinal imprevistos acontecem. 

Por isso, mesmo que você esteja com o mesmo fornecedor há anos, mantenha-se atualizado de boas opções próximas a você. Além de poder recorrer a estes quando necessário, podem servir de parâmetro para negociações com aquele que você já tenha habituado.

Mantenha um relacionamento transparente

Lembre-se: a relação de um comerciante e um fornecedor é de benefício mútuo.

Logo, se você não está satisfeito com algum aspecto, seja um aumento de preço ou piora da qualidade do produto oferecido, deixe isso claro e veja se vale a pena continuar com esse vínculo. 

Dê oportunidade, também, de entender o motivo que levou a isso acontecer.

Seja um bom cliente

Pode parecer óbvio, mas certifique-se  de cumprir as suas obrigações, mantendo os pagamentos em dia ou informando o quanto antes a presença de algum imprevisto.

Para vender online é necessário que seu negócio tenha uma boa estrutura. Por isso, é preciso que cada fase das transações, da criação da loja ao marketing, da busca por fornecedores até o pós venda, tenha um planejamento que leve em consideração suas expectativas, comportamento do consumidor e do mercado. 

Ter uma rede de bons fornecedores para e-commerce trará uma garantia maior de que a sua loja online tem uma boa estrutura e que atende bem o seu cliente. A partir disso, você conseguirá estipular estratégias de venda. 

Se você quer vender online, o Bagy pode te ajudar ainda mais. São 7 dias de gratuidade para você experimentar todo o suporte que o Bagy oferece para vendedores online. Não deixe essa oportunidade passar e comece o seu negócio já (e com o pé direito)!