Imagem ilustrativa de tipos de loja para abrir

Conheça 10 ideias de tipos de loja para abrir e ganhar dinheiro

Antes de montar seu e-commerce, é importante considerar os tipos de loja para abrir e avaliar qual delas oferece o maior potencial de lucratividade. As principais são moda feminina, moda masculina, acessórios, calçados, perfumaria e cosméticos, lingerie, geek, livraria, papelaria e sex shop.

Se você pretende montar uma loja virtual, mas não sabe por onde começar, conhecer os melhores tipos de loja para abrir é o primeiro passo. Afinal, além de produtividade, organização e planejamento são fundamentais para que seu empreendimento seja um sucesso de vendas.

Também vale ressaltar que ter seu próprio negócio tem muitas vantagens e abre um leque de possibilidades, visto que você se torna seu próprio chefe e pode definir as melhores estratégias para atingir as metas estipuladas para sua loja.

Outro ponto positivo é que, graças ao avanço da tecnologia, atualmente é muito mais simples e barato abrir uma loja virtual para vender produtos pela internet, sem a necessidade de ter um espaço físico.

Pensando em tudo isso, neste artigo, listamos 10 tipos de lojas lucrativas para que você possa escolher qual abrir e faturar muito! Acompanhe a leitura.

1. Loja de moda feminina

O ramo de vestuário é um dos mais visados no mercado e, dentro desse nicho, a moda feminina certamente é a que mais atrai o público.

No entanto, antes de abrir uma loja de moda feminina é importante que o empreendedor esteja devidamente alinhado com o seu público e conheça bem as características do setor.

Basicamente, uma loja de roupas exige um grande envolvimento com os produtos e muito empenho e dedicação por parte do empreendedor.

Além disso, é necessário ter um planejamento em mente e executar alguns passos iniciais, como: 

  • realizar um estudo de mercado;
  • se formalizar;
  • definir o público-alvo (ele pode ser variado ou mais nichado);
  • conhecer o tipo de cliente que você atinge;
  • estudar o lugar que pretende abrir a loja;
  • ter um bom plano de gestão;
  • apostar em boas estratégias de marketing.
receber conteúdo para vender mais

2. Loja de moda masculina

Continuando no ramo de vestuário, outra opção interessante para quem está pensando em tipos de loja para abrir é explorar a moda masculina. Afinal, essa é uma realidade que segue em franca expansão.

Isso porque atualmente os homens estão se preocupando cada vez mais com o que vão vestir e, com isso, surgem diversas oportunidades para quem quer empreender nesta área.

No entanto, se você optar por investir neste mercado é importante conhecê-lo mais a fundo e ter ciência que o comportamento de compra do homem é diferente das mulheres.

Aqui, podemos citar 3 características bem marcantes do público masculino: 

  • tendem a buscar produtos mais específicos;
  • são mais fiéis à marca;
  • compram menos e gastam mais.

Por fim, também é preciso definir muito bem a sua persona. Sabemos que o perfil será o masculino, mas existem diversos perfis que podem ser explorados, como por exemplo executivos, universitários, colegiais, etc.

3. Loja de acessórios

Se tem uma coisa que as mulheres nunca deixam de lado é a vaidade, por isso sempre estão à procura de novos acessórios como brincos, anéis, chapéus e óculos para incrementar seus looks.

Sendo assim, fica claro que esse setor possui um grande potencial, uma vez que movimenta um grande volume de vendas no país e possui marcas que já são bem consolidadas no mercado.

Além disso, embora a concorrência seja grande, isso não significa que não valha a pena abrir uma loja nesse ramo, muito pelo contrário. 

Afinal, isso só evidencia que esse tipo de negócio já foi validado por outras empresas e que existem muitas pessoas dispostas a consumir esse tipo de produto.

Desse modo, alinhando um planejamento estratégico com uma boa gestão de negócio, abrir uma loja de acessórios certamente é uma ideia interessante e lucrativa para iniciar no mundo do empreendedorismo.

4. Loja de calçados

Outra ideia de negócio interessante relacionado ao setor de vestuário, estão as lojas de calçados. Afinal, além de serem necessidades básicas para compor o vestuário, os calçados também são objetos de desejo de muita gente.

Para se ter ideia do tamanho desse mercado no Brasil, de acordo com o relatório anual de 2017 realizado pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados, o mercado nacional produziu mais de 909 milhões de pares de calçados naquele ano.

Calçados estes que, além de alimentar o mercado interno, também foram exportados para mais de 160 países, proporcionando um lucro de US$ 1,09 bilhões apenas em exportações.

Portanto, neste contexto fica claro que montar uma loja de calçados é, sem dúvida, uma ideia de negócio com grande potencial lucrativo, seja uma loja mais simples voltada para calçados do dia a dia ou até mesmo uma mais especializada, com calçados para festas.

5. Loja de perfumaria e cosméticos

O mercado de cosméticos e perfumaria é bastante atrativo, principalmente se levarmos em conta que ele representa 2% do PIB do Brasil. Seu faturamento ultrapassa os R$100 bilhões ao ano e a tendência é aumentar cada vez mais.

Neste negócio, os perfumes e as fragrâncias são os produtos mais rentáveis, seguidos dos produtos de cabelo e dos produtos masculinos.

No entanto, se você está considerando a possibilidade de empreender nesse ramo, é importante seguir algumas dicas, como:

  • conhecer bem os consumidores;
  • escolher bem a localização, caso seja loja física;
  • montar uma boa estrutura;
  • escolher bons fornecedores;
  • abranger uma grande variedade de produtos.

6. Loja de lingerie

O mercado de lingerie nunca esteve tão forte no Brasil. Para se ter ideia, de acordo com os dados trazidos pelo Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI) a moda íntima movimenta cerca de R$3,6 bilhões anualmente no país. 

Levando em consideração que este mercado está em alta, abrir uma loja de lingerie certamente está entre as opções mais lucrativas para começar um empreendimento.

Todavia, também é importante se atentar a alguns fatores antes de montar a sua loja. Os principais deles, são:

  • definição do público alvo;
  • localização;
  • capital inicial;
  • variedade de produtos;
  • montagem, estruturação e organização da loja;
  • bons fornecedores.

7. Loja Geek

O conceito de Geek é bastante semelhante ao conceito de nerd, ou seja, podemos dizer, basicamente, que Geek é alguém viciado em tecnologia, jogos eletrônicos, computadores e internet.


Esse mercado é uma das sensações do momento. Segundo uma estimativa feita pela Associação Brasileira de Licenciamento (ABRAL), ele movimenta cerca de R$18 bilhões por ano.

Um detalhe que diferencia esse público dos demais é a profunda relação daquilo que é comprado com suas paixões. Afinal, para o Geek a aquisição de um produto não é simplesmente uma compra, mas sim algo que vai compor seu estilo de vida.

Diante disso, fica claro que abrir uma loja Geek certamente é uma possibilidade a ser considerada para quem deseja empreender em um mercado lucrativo.

8. Livraria

Embora o índice de leituras por habitantes no Brasil não seja muito alto, há muitas pessoas apaixonadas por livros que são extremamente fiéis ao exemplar de papel. 

Por essa razão, abrir uma livraria ainda segue como uma alternativa de negócio interessante.

As livrarias são um tipo de varejo que vende primariamente livros, mas também são um espaço cultural, que envolvem encontros entre amigos e, até mesmo, reuniões de trabalho.

Ou seja, apesar desse tipo de negócio não possuir um público tão grande quanto as outras opções apresentadas, podemos dizer que ele possui um dos públicos mais fiéis e assíduos, fator que torna o empreendimento vantajoso.

Além disso, o modelo de livraria virtual também está em alta hoje em dia, onde a comercialização é feita totalmente pela internet e há venda tanto de livros novos como de livros usados.

9. Papelaria

Engana-se quem pensa que a papelaria é um lugar destinado apenas para estudantes, pois a verdade é que o público-alvo das papelarias é bem mais abrangente. Afinal, empresas dos mais variados segmentos são clientes fiéis desse estabelecimento.

Além disso, as possibilidades que uma papelaria pode oferecer são muitas, como venda de mochilas, lancheiras, serviços de cópias, impressão, encadernação, itens para decoração de festas, etc.

Tudo isso já torna a ideia de abrir uma papelaria um negócio com grande potencial de retorno, mas há, ainda, a possibilidade de fechar parcerias com escolas, universidades, empresas e editoriais.

Portanto, se você está considerando possibilidades de empreendimentos para abrir o seu negócio, saiba que a papelaria certamente está entre as opções mais interessantes.

Chegou a hora de profissionalizar o seu negócio

10. Sex Shop

O setor sensual e erótico brasileiro possui um grande destaque no cenário mundial devido a sua grandiosidade, inovação e criatividade, especialmente no setor de cosmética sensual, onde o país é referência mundial em lingerie sexy.

Apenas em 2020, o setor de produtos voltados para o prazer sexual movimentou cerca de R$ 2 bilhões no Brasil, de acordo com um levantamento realizado pela Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme).

Diante disso, se você está pensando em iniciar no empreendedorismo abrindo um sexy shop, saiba que este é o momento certo, afinal de contas, esse mercado possui um cenário bastante promissor.

Isso porque revistas, jornais, sites e até mesmo psiquiatras estão cada vez mais liberais em seus conselhos que, muitas vezes, estão relacionados a dicas de como sair da rotina e buscar um prazer diferenciado.

Uma loja de sex shop pode vender desde o básico, como preservativos, vídeos e revistas, até produtos mais específicos que são encontrados apenas neste tipo de empreendimento, como fantasias, vibradores, entre outros.

Agora que você já conhece 10 tipos de lojas lucrativas para abrir, após escolher seu nicho de mercado, não se esqueça de optar por uma plataforma de e-commerce eficiente, que impulsione seu negócio.

Para isso, é importante considerar uma ferramenta mais profissional, como a Bagy, que oferece um app simples e fácil de mexer. Em poucos minutos, no celular mesmo, você pode iniciar um e-commerce, cadastrar os produtos e já integrar as vendas com Mercado Livre e Instagram. 

Além disso, você ainda conta com todo o suporte da nossa equipe para resolver suas dúvidas e aproveitar melhor todos os recursos. Conheça nossa solução e veja como montar seu e-commerce e ganhar dinheiro de forma simples.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.