Redes Sociais

Aprenda como utilizar o gerenciador de anúncios do Facebook

Gerenciador de anúncios no facebook

Veja o que você irá encontrar neste artigo

O gerenciador de anúncios no Facebook é uma das ferramentas mais relevantes para qualquer lojista que deseja posicionar a sua marca como uma referência nas redes sociais. Afinal, por que não utilizar todos os recursos disponíveis para construir ações ainda mais precisas e eficientes? Conhecer a fundo essa ferramenta vai ser útil para conseguir atrair mais consumidores para a sua loja sem precisar gastar mais.

Você provavelmente já utiliza o Facebook comercial, não é mesmo? Isso já é excelente, mas ainda existem alguns aspectos que precisam ser trabalhados para que a sua loja ganhe ainda mais destaque dentro dessas redes sociais. Uma delas é conhecer e se familiarizar com o gerenciador de anúncios no Facebook, uma ferramenta essencial para quem quer ganhar em precisão e eficiência na hora de se comunicar com seu público.

Afinal, vivemos a era dos dados, certo? Como ignorar todas essas informações que estão disponíveis ali? Como não fazer com que esses dados se transformem em campanhas futuras ainda mais precisas? Como saber o que está funcionando e o que precisa ser aprimorado? As respostas para essas perguntas são mais simples de serem descobertas do que você imagina: estão todas no gerenciador de anúncios no Facebook.

Mas como ele funciona na prática? Quais são as formas de utilizar esse recurso? E, mais importante, como utilizar essa solução da melhor forma possível para ter bons resultados com os seus anúncios? Continue a leitura deste artigo para tirar todas as suas dúvidas sobre como a ferramenta de gestão de anúncios pode ser um diferencial competitivo para o seu e-commerce. Confira!

O que é o gerenciador de anúncios do Facebook?

O gerenciador de anúncios do Facebook nada mais é do que a ferramenta da rede social para a gestão das campanhas de um negócio na plataforma. Dentro de uma solução, é possível conferir todas as informações mais relevantes sobre a performance e os resultados que cada anúncio gerou. Além disso, você pode conferir relatórios personalizados para identificar possíveis melhorias e correções.

Se trata de uma plataforma gratuita, que qualquer usuário no Facebook pode utilizar. Com essa solução, tudo o que se refere ao tema anúncio e comunicação de mídia paga com o seu público pode ser feito por meio dela. Com um layout bastante intuitivo, qualquer empreendedor que quiser resultados mais rápidos — e precisos — com as suas estratégias de marketing pode utilizar essa solução.

Como funciona o gerenciador de anúncios do Facebook?

São quatro funcionalidades principais disponíveis no gerenciador de anúncios do Facebook, o que acha de conhecer alguns detalhes?

Criar anúncios

Esse é o seu recurso principal: criar anúncios para que um negócio se comunique com seu público via Facebook ou Instagram. Com recursos intuitivos, não é preciso muito esforço para criar uma campanha específica. Com um passo a passo simples, você consegue facilmente definir todas as informações necessárias para que o comunicado, de fato, consiga gerar o resultado esperado.

Visualizar anúncios

Ainda na etapa de criação, você também consegue visualizar os anúncios, garantindo que eles estejam realmente como o esperado. Isso evita que alguma das suas publicações acabe saindo diferente do que foi planejado. Como sabemos, o ambiente online exige bastante precisão e poder conferir todos esses detalhes com uma visualização exata de como vai ficar com o anúncio pode ajudar bastante.

Alterar anúncios

A grande magia dos anúncios no ambiente online é justamente a capacidade de poder alterar as informações enquanto a campanha está no ar. Viu que uma informação específica estava errada? Percebeu que o CTA não está gerando tantos resultados quanto o esperado? Sem problemas, você consegue acessar o seu gerenciador de anúncios do Facebook para realizar qualquer mudança em busca de melhores retornos.

Acompanhar resultados

Por falar em melhores retornos, o gerenciador de anúncios do Facebook também é muito útil para acompanhar e monitorar os resultados das suas ações. A ideia é ficar de olho em tudo o que está acontecendo para criar uma cultura de melhorias constantes na sua loja. E tudo pode começar com os anúncios, sempre atrás de detalhes que podem funcionar melhor para atrair mais clientes e vender cada vez mais.

Quando utilizar essa ferramenta?

O comportamento do consumidor mudou, e se a sua loja deseja ter sucesso, é necessário entender e se adaptar ao novo cenário. Levando isso em consideração, é cada vez mais importante ser preciso nas suas campanhas. Mas não apenas no conteúdo que vai ser apresentado ao usuário, também em relação ao formato que ele vai ser exibido e o momento exato.

Enquanto outras estratégias podem levar mais tempo até estabelecerem a sua marca como autoridade dentro do seu segmento, as mídias pagas aceleram esse processo. Como nem sempre é simples conseguir um melhor ranqueamento no Google ou aumentar o engajamento no Facebook, as campanhas de anúncios pagos surgem como opção para acelerar todo esse processo.

Apesar de existirem estratégias eficientes — como o Marketing de Conteúdo e o SEO — para gerar tráfego orgânico, essa não pode ser a sua única opção. Afinal, os resultados são mais lentos e o tempo até conseguir se estabelecer como referência pode demorar. A mídia paga, portanto, aparece como uma solução que alia precisão e agilidade, gerando um impacto imediato no usuário.

Por mais que a necessidade de investimento deixe muitos gestores com um pé atrás, o ponto positivo é a capacidade de acertar em cheio nas suas comunicações com o público. Com inúmeras informações e dados disponíveis, o gerenciador de anúncios no Facebook oferece os recursos necessários para saber melhor como, quando e onde investir os seus recursos. Ou seja, precisão para impactar a sua persona.

Sendo assim, independentemente do tamanho da sua loja ou do segmento de atuação, a ferramenta deve ser utilizada no momento que começar a investir em mídia paga dentro das redes sociais. Isso vai garantir a maior precisão da sua comunicação, sendo também um passo importante para profissionalizar o seu negócio, o que é ideal para quem está começando no empreendedorismo.

O que fazer para liberar acesso ao gerenciador?

Antes de entender como utilizar a ferramenta na prática, é preciso liberar o acesso ao gerenciador, mas você sabe como fazer? É muito simples:

  • Crie uma conta: antes de mais nada, você precisa ter uma conta pessoal no Facebook para, depois, conseguir associar o seu perfil a uma conta do Business Manager e, em seguida, basta fazer o login na plataforma;
  • Associe a página: como um mesmo usuário pode ter várias páginas comerciais, agora é o momento de escolher quais dos seus perfis vão ser associados ao gerenciador de anúncios no Facebook;
  • Adicione pessoas e defina responsabilidades: em seguida, é o momento de definir as funções e as responsabilidades de cada usuário que vai ajudar na administração dos seus anúncios. Alguém pode ser responsável apenas, por exemplo, cuidar as questões financeiras dos anúncios, enquanto outro pode validar ou recusar qualquer atividade realizada dentro dessa conta;
  • Conecte a sua página no Instagram: apesar do nome principal ser relacionado ao Facebook, você ainda pode conectar a sua página do Instagram ao seu gerenciador, garantindo que todos os anúncios e campanhas na outra rede social também sejam realizados por ali.

Viu como é simples? Com apenas alguns passos é possível liberar o acesso ao gerenciador e começar a se comunicar com ainda mais precisão com o seu público em geral.

Como fazer anúncios no Facebook utilizando o gerenciador?

Mas quais são as etapas que devem ser seguidas para fazer os seus anúncios utilizando o gerenciador no Facebook? Afinal, só utilizar a ferramenta de gestão não vai ser o suficiente, não é mesmo? Confira, então, tudo o que você precisa fazer!

Determine o seu objetivo

Independentemente da sua estratégia, o primeiro passo para ter resultados positivos é traçar um objetivo para a sua campanha. Quando falamos de mídia paga, isso é ainda mais relevante. Afinal, o investimento direto requer maior cuidado com os seus recursos. Além disso, apenas com uma meta estabelecida vai ser possível identificar, por exemplo, se o retorno foi alcançado ou não.

A boa notícia é que o objetivo que deve ser definido nessa etapa é, de fato, literal. A ferramenta estipula três diferentes tipos de meta com o seu anúncio:

  • Reconhecimento: a ideia aqui é fortalecer a marca da sua loja, ou seja, quando o que você quer ainda é conquistar a confiança do cliente, o que vai gerar um formato diferente de anúncio. Essa opção é voltada, portanto, para lojistas que ainda não querem apenas vender seu produto, mas também terem o seu posicionamento no mercado bem definido;
  • Consideração: já nesta etapa a ideia é oferecer anúncios que contribuam um pouco mais para apresentar mais detalhes sobre os produtos vendidos pela sua loja. A ideia, então, é mostrar ao consumidor as razões para que ele escolha a sua loja em vez dos concorrentes, apresentando os seus diferenciais nos anúncios, ajudando o cliente em potencial a tomar uma decisão final;
  • Conversão: por fim, você também pode ter como objetivo a conversão, ou seja, investir em mensagens mais diretas para consumidores que estão dentro de um estágio mais próximo ao final em sua jornada de compra. O objetivo aqui é instigar a decisão final, ou seja, fazer com que, com um clique, aquele usuário já se direcione, por exemplo, para a página de pagamento da sua loja.

Mas fica ainda melhor dentro do assunto objetivo no gerenciador de anúncios do Facebook: cada um desses três grupos ainda conta com uma série de outras especificações. Tudo isso garante uma maior precisão das suas ações, garantindo que a comunicação definida para o seu anúncio realmente seja próxima do ideal para que o resultado final seja considerado positivo.

Um exemplo disso acontece ao selecionar a opção “Consideração”, em que você vai poder escolher em seguida seis diferentes tipos de metas específicas, como gerar mais tráfego para a sua loja ou estimular o download de um aplicativo. Apesar de parecer complexo, esse é um ponto importante, que aumenta as suas chances de falar com o usuário certo no estágio certo, potencializando os seus resultados.

Defina um orçamento e as formas de pagamento

Com o objetivo em mente, é hora de avaliar o que estará disponível para ser investido. Ou seja, o orçamento para as suas campanhas. Faça os cálculos de quanto vai ser necessário para publicar uma campanha pelo tempo desejado e, é claro, adicione um valor extra para emergências. Mas não se esqueça que o valor investido não é o único determinante para garantir os resultados.

Além disso, você precisa definir quais são os métodos de pagamento a serem utilizados. Aqui é importante ter uma conversa com outros participantes do seu negócio para evitar qualquer confusão no futuro. Especialmente se tiver definido algum profissional para cuidar apenas da parte financeira em relação aos anúncios, é essencial que essa pessoa participe diretamente da decisão final.

Conheça a sua persona

Também é fundamental saber com quem você está falando. Não adianta nada investir inúmeros recursos em uma campanha de mídia paga se, na prática, ela não impacta o usuário que você deseja converter. Por isso, analise as características da sua persona, estude o seu comportamento, as preferências, enfim, direcione toda a sua campanha para quem você quer impactar.

Todas as informações anteriores são fundamentais, mas sem que você conheça o seu público-alvo, qualquer anúncio produzido no gerenciador não vai ter os resultados aguardados. Isso significa que nem mesmo a melhor ferramenta de gestão dos anúncios vai ser suficiente para que a sua loja venda mais, por exemplo. É preciso, então, ter bem definido com quem você está se comunicando.

Analise a concorrência

Entender o que a sua concorrência está fazendo também é importante. Afinal, eles estão competindo, literalmente, pelo mesmo espaço que você. Por isso, saber quais são as técnicas que eles usam, as estratégias, palavras-chave e CTA’s, por exemplo, podem ser úteis para que você crie uma campanha ainda mais precisa e direcionada para a audiência que você quer se comunicar.

Produza conteúdos relevantes

Por mais que as campanhas de mídia paga acelerem os resultados, as conversões só vão acontecer caso o conteúdo exibido nos anúncios seja, de fato, relevante. Segundo um estudo da Microsoft, o tempo médio de atenção do usuário é cada vez menor, o que exige maior precisão na sua mensagem. Ao entender o que a sua persona deseja e os seus objetivos, fica mais fácil criar conteúdos relevantes.

Mesmo que os textos sejam importantes, os conteúdos visuais são ainda mais importantes para conseguir prender a atenção do usuário. Escolha formatos que diferenciem a sua marca dos seus principais concorrentes e, mais importante, sejam relevantes para a audiência. Não precisa ser nada complexo, o fundamental é tornar o seu conteúdo ainda mais atrativo.

Tenha um CTA bem definido

Você tem um objetivo definido, conhece a sua persona, escolheu as palavras-chave e os termos corretos e produziu uma mensagem relevante. Após tudo isso, ainda é preciso ser cirúrgico na definição do que você deseja que ele faça. O CTA (Call to Action ou Chamada para ação) deve ser o seu foco, garantindo que o usuário faça o que deseja, como uma inscrição ou agendamento.

Lembra o objetivo que você definiu lá no início dessa jornada? O CTA precisa estar totalmente conectado ao que foi escolhido anteriormente. Quanto maior for essa conexão, maiores são as probabilidades de conseguir o retorno esperado. Além disso, pode ser interessante realizar testes A/B, ou seja, validando quais das opções analisadas são as mais adequadas para o que você está precisando.

O uso de dispositivos móveis é cada vez maior entre os usuários. Sendo assim, é fundamental que você não os desconsidere na sua estratégia. O mobile first deve fazer parte da sua mentalidade para, assim, garantir que a experiência do usuário seja realmente satisfatória. Avalie os conteúdos que melhor se encaixam nessa versão, pense no CTA e não perca nenhum cliente impactado.

Monitore e aprimore regularmente

Enquanto a publicidade tradicional dificulta a realização de alterações nas suas campanhas, digitalmente é fundamental fazer isso. Portanto, monitore regularmente as suas ações e sempre fique de olho em possibilidades de aprimorá-la. Além de evitar que os recursos sejam desperdiçados na campanha atual, é uma forma de entender como se comunicar melhor no futuro.

Em um ambiente online tão competitivo, conseguir metrificar todas as suas estratégias e entender a melhor maneira de se comunicar com o seu público pode ser um diferencial essencial para o sucesso da sua loja. Para fazer isso, então, nada melhor do que utilizar as ferramentas disponíveis e, assim, criar ações e estratégias cada vez mais eficientes e precisas para vender mais.

Agora que você já tirou todas as suas dúvidas sobre como funciona o gerenciador de anúncios no Facebook, o que acha de continuar dominando essa ferramenta e se aprofundar ainda mais em outro recurso da rede social? Saiba como impulsionar suas publicações no Facebook e aprenda como impulsionar o seus posts de maneira estratégica!

Pedro Fonseca

Especialista em Marketing e Estratégias Digitais, atua no mercado de e-commerce a mais de 3 anos. Hoje seu principal foco, como CMO na Bagy, é trazer conteúdo relevante para empreendedores de todos os portes e segmentos, a fim de melhorar seus resultados e disseminar boas práticas no comércio eletrônico.

Tenha um site pronto para sua loja vender!