Marketing

Co-marketing: entenda o que é e como usar na sua estratégia de marketing

co-marketing

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Parceiros de negócios podem nos ajudar a chegar mais longe. Unindo esforços, é possível desenvolver ações mais criativas, alcançar mais pessoas e ter mais resultados. É nessa ideia que se baseia o co-marketing.

Essa estratégia consiste na união entre duas ou mais empresas a fim de desenvolver alguma ação de marketing em conjunto. Pode ser um tipo de conteúdo para e-commerce, uma oferta em conjunto ou um brinde em parceria, por exemplo.

Se você já começou a pensar em possibilidades para a sua loja virtual, continue lendo este texto para entender melhor como funciona o co-marketing. Você vai ver quais são os benefícios e como aplicar essa estratégia no seu negócio. Siga conosco!

O que é co-marketing?

Co-marketing é a criação de uma ação de marketing em conjunto entre duas ou mais empresas. Trata-se de um marketing colaborativo, como sugere o termo.

No co-marketing, as empresas que se unem têm o interesse em dividir os esforços para criar uma ação criativa de marketing. Pode ser um produto, um conteúdo ou uma oferta que chame a atenção da audiência.

Em geral, as empresas parceiras podem atuar no mesmo nicho ou não, mas elas têm interesse em um mesmo público-alvo. Por isso, ao final da ação, a intenção é que elas aumentem seu público potencial com os consumidores que seguem a empresa parceira.

Como funciona o co-marketing?

Na prática, o co-marketing consiste na união das equipes de empresas parceiras para planejar e executar alguma ação de marketing em conjunto. No e-commerce, essa estratégia pode resultar em:

·        Produtos

·        Guias de compras

·        E-books

·        Webinars

·        Live commerce

·        Cupons de desconto

·        Brinde

No marketing digital, existem diversas possibilidades de parcerias. Vamos ver alguns exemplos para entender melhor.

Duas lojas virtuais podem promover uma live commerce em conjunto, por exemplo. Assim, elas mobilizam seus respectivos consumidores e levam mais pessoas para a transmissão, com a possibilidade de descontos diferenciados e kits de produtos das duas empresas.

Outra ideia que ajuda a entender como funciona o co-marketing é a criação de um guia de compras digital para o Dia dos Namorados. Duas lojas com o mesmo público-alvo, mas de diferentes nichos — uma de tênis e outra de camisetas, por exemplo —, podem criar conjuntos que combinem seus produtos e estimulem as vendas das duas empresas.

Talvez você já tenha visto por aí também as chamadas “collabs” entre duas marcas para criar produtos em conjunto. Nesse caso, um exemplo que deixa claro como funciona o co-marketing é a união entre Havaianas e Oreo para criar uma coleção especial, que certamente agradou aos fãs das duas marcas.

Quais são os benefícios de usar essa estratégia?

Entenda que você tem muito a ganhar com essa estratégia, mas é importante que os resultados sejam bons para todas as partes. Vamos ver agora quais são os benefícios do co-marketing para as empresas envolvidas:

Conquistar um novo público

Quando você se une com outras empresas, tem a chance de se aproximar do público que acompanha aquela marca. Pessoas que talvez nunca fossem conhecer a sua loja passam a visitá-la, porque a divulgação alcança esse novo público potencial para o seu negócio.

Associar sua imagem ao parceiro

Se você escolher bem seus parceiros, vai ter ao seu lado empresas alinhadas aos seus valores e com boa reputação no mercado. Então, com a parceria, você vai associar sua imagem a eles, e vice-versa. Dessa maneira, você também fortalece a confiança e a identificação do público com a sua marca.

Dividir custos e esforços

Parceiros de co-marketing servem para dividir os resultados, mas também os esforços e custos. As equipes das empresas podem se dividir para planejar e executar a ação de co-marketing, além de compartilhar custos de produção, divulgação, entre outros.

Oferecer um diferencial aos seus clientes

Ao criar um produto, um conteúdo ou uma ação em conjunto, você tem algo criativo e de valor para oferecer aos seus clientes. É uma forma de despertar a atenção e o interesse dos consumidores, além de melhorar a experiência deles com a sua loja.

Aumentar as vendas

Por fim, você também pode perceber o grande benefício do co-marketing: aumentar as vendas do e-commerce. Se você conquista um novo público, melhora a sua imagem e aprimora a experiência do cliente, a tendência é também aumentar as conversões da sua loja virtual.

Como usar o co-marketing na sua estratégia?

Entenda agora como construir uma estratégia de co-marketing eficiente, que traga resultados para todos os envolvidos. Siga o passo a passo e aproveite as dicas:

1. Tenha um plano antes de propor uma parceria

Pode ser que você já tenha parceria com uma marca e possa desenvolver a estratégia de co-marketing em conjunto desde o começo. Mas, em geral, a realidade é que você precisa ir atrás de parceiros para mobilizar uma estratégia de co-marketing.

Então, antes de procurar outras empresas, tenha um plano sobre o que você quer propor. Levante algumas ideias, estabeleça os objetivos e resultados esperados e mostre como a ação poderia ser desenvolvida. Assim, você já aborda a empresa com um plano prévio.

2. Escolha um bom parceiro de co-marketing

A escolha de bons parceiros é essencial para o sucesso do co-marketing. Você precisa ter ao seu lado empresas confiáveis, que assumam e cumpram suas responsabilidades no trabalho em conjunto. Lembre-se de que se trata de uma parceria.

Para escolher os parceiros de co-marketing, é importante também avaliar:

·        O público-alvo da empresa, que deve ser alinhado ao da sua loja virtual;

·        A reputação da marca no mercado, já que a sua imagem vai ser associada a ela;

·        O tipo de produto que a empresa oferece e as possibilidades de co-marketing;

·        O porte da empresa e o número de clientes, que seja atrativo para o seu negócio;

·        O engajamento da marca nas redes sociais e outros canais de marketing.

3. Venda sua ideia ao potencial parceiro

Depois de definir um ou mais potenciais parceiros, vá até eles para vender a sua ideia. Leve o plano prévio da ação de marketing e explique como a ação pode ser desenvolvida e como ela pode trazer benefícios para ele.

É importante ressaltar que o co-marketing deve trazer benefícios mútuos. Não pense apenas na sua empresa ao propor a parceria. Demonstre interesse em desenvolver algo em conjunto — e perceba se o potencial parceiro também está alinhado a essa ideia.

4. Planeje a ação em conjunto

Se a parceria for aceita, é hora de planejar a ação em conjunto. Você tinha uma ideia inicial, mas é agora que ela começa a tomar forma.

Então, reúna as equipes das duas (ou mais) empresas e defina os pontos principais da estratégia de co-marketing, como:

·        Os objetivos da estratégia e de cada empresa;

·        Qual tipo de ação vai ser desenvolvida (live shop, webinar, e-book etc.);

·        As tarefas necessárias e a divisão entre as equipes;

·        O cronograma de execução;

·        As pessoas envolvidas;

·        Os resultados esperados e os indicadores de sucesso.

No planejamento, um dos pontos mais importantes é a divisão de responsabilidades, que define um acordo entre as empresas. O ideal é estabelecer essas tarefas em contrato, a fim de evitar problemas mais adiante.

5. Divulgue a ação com o marketing digital

O marketing digital é aliado para fazer o co-marketing ter mais resultados. Não fique apenas esperando que as pessoas saibam sobre a ação — divulgue na internet o que vocês desenvolveram e mobilize mais consumidores a participarem da ação.

Você pode utilizar as redes sociais em parceria, ao marcar o parceiro nas suas publicações, por exemplo. Pense também no envio de e-mail marketing para as bases de contatos das duas empresas. A assessoria de imprensa digital também é uma estratégia valiosa, já que aumenta a visibilidade do co-marketing com sites, portais de notícias e influenciadores reconhecidos.

6. Avalie os resultados da ação

Como saber se a estratégia de co-marketing valeu a pena? Fique de olho nas métricas da ação. Lá no planejamento, vocês devem ter definido os indicadores de sucesso, como o número de vendas e novos clientes para ambas as empresas. Então, monitore esses números para saber se a parceria trouxe os resultados esperados.

Assim como todo o restante da ação, é importante também executar essa etapa em conjunto, para saber se vale a pena repetir a parceria no futuro.

Pronto, agora você já tem o passo a passo para desenvolver uma estratégia de co-marketing. Lembre-se de que o segredo de uma boa parceria é buscar resultados que favoreçam todos os envolvidos, não apenas a sua empresa. Em colaboração, é possível ir mais longe — e, no caso do co-marketing, conquistar mais clientes, aumentar sua visibilidade e vender mais.

Agora, aproveite para ler também sobre o marketing de atração ou inbound marketing. Com essa estratégia, você pode ter mais resultados orgânicos para o seu e-commerce e construir um relacionamento mais duradouro com os consumidores.

Pedro Fonseca

Especialista em Marketing e Estratégias Digitais, atua no mercado de e-commerce a mais de 3 anos. Hoje seu principal foco, como CMO na Bagy, é trazer conteúdo relevante para empreendedores de todos os portes e segmentos, a fim de melhorar seus resultados e disseminar boas práticas no comércio eletrônico.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Artigos relacionados

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.