E-commerce

Loja virtual vs. loja física: qual é a opção ideal?

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Lojas virtuais trazem mais praticidade para os consumidores e maior alcance para as vendas, enquanto as lojas físicas oferecem pronta entrega dos produtos e maior proximidade entre lojistas e clientes. Para escolher entre loja física ou loja virtual, é importante entender suas diferenças.

Escolher entre loja física ou loja virtual é uma grande dúvida entre os empreendedores. Mas para saber qual vale mais a pena, é importante conhecer as possibilidades, vantagens e desvantagens de cada modelo, de acordo com as suas expectativas e necessidades.

Se você quer vender produtos ou serviços, deve saber que o comércio se transformou nos últimos anos. O e-commerce e o marketing digital levaram inúmeras lojas para a internet e geraram um número ainda crescente de consumidores online. Hoje é possível vender em marketplaces, redes sociais e até montar uma loja virtual.

Isso não quer dizer, porém, que as lojas físicas morreram. É só você dar uma volta na cidade para ver que existem ainda muitos pontos de vendas presenciais — sinal de que o modelo ainda funciona e tem lucratividade.

Mas, se você está nessa dúvida e quer entender qual a melhor opção, vamos ajudar você a fazer essa escolha. Neste artigo, vamos mostrar como funciona e as vantagens de cada modelo para você decidir entre loja física ou loja virtual. Acompanhe agora para saber!

O que é uma loja virtual?

Loja virtual é um ambiente de vendas na internet, que os consumidores podem acessar para pesquisar e comprar produtos e que o vendedor pode usar para administrar o seu negócio.

Trata-se de uma possibilidade de comércio que surgiu com a popularização da internet e do e-commerce. De acordo com uma pesquisa realizada em 2022 pela BigDataCorp, em parceria com o PayPal, existe atualmente 1,6 milhão de lojas online no Brasil. Esse número cresceu nos últimos anos e demonstra que o e-commerce brasileiro segue avançando.

Em uma loja virtual, estão dispostos os itens à venda, com suas fotos, vídeos e descrições, que ajudam o consumidor a tomar sua decisão de compra. Além disso, essa plataforma de vendas deve ter também um sistema de pagamento online, de maneira que o cliente possa fazer a compra à distância e com segurança.

É importante também saber que uma loja virtual é um site próprio de uma marca, que pode gerenciar seu ambiente de vendas da sua forma.

É diferente do que ocorre em outros canais de vendas na internet, como marketplaces e redes sociais. Eles funcionam mais como um shopping online, em que o lojista é apenas um parceiro da plataforma, ao lado de outros inúmeros vendedores.

Como funciona uma loja virtual?

Uma loja virtual funciona por meio de uma plataforma de e-commerce, que integra dois ambientes principais: de vendas, para o consumidor, e de gestão, para o lojista.

No ambiente de vendas para os clientes, estão dispostos os produtos, como se fossem as vitrines, estantes e araras de uma loja física. O cliente pode navegar pelas páginas e fazer buscas para encontrar o que deseja, ler as informações dos produtos, visualizar fotos e ler opiniões de quem já comprou.

Quando decidir comprar um ou mais produtos, o usuário deve adicionar os itens ao carrinho de compras, onde vão ficar aguardando a finalização. Então, o cliente deve fazer o checkout — ou seja, informar seus dados pessoais e de pagamento para fechar a compra. 

Assim que o pagamento for aprovado, o lojista recebe o pedido do cliente no seu ambiente de gestão e pode iniciar a separação dos produtos no estoque e envio pela transportadora (ou retirada em um ponto físico). Enquanto isso, o cliente aguarda a entrega em seu endereço.

Perceba que, nesse processo, o cliente não tem contato físico com a loja, os produtos ou os atendentes. Então, precisa de segurança para fazer a compra à distância.

Por isso, é importante trabalhar com uma plataforma de e-commerce confiável, que ofereça uma boa experiência de compra, e parceiros de pagamento reconhecidos no mercado, para garantir a segurança do processo. 

Vantagens de ter uma loja virtual

Ter uma loja virtual nos tempos atuais é importante para acompanhar as mudanças de comportamento do consumidor. Se há cada vez mais compradores online, você vai encontrar na internet mais e mais clientes para o seu negócio.

A seguir, conheça as principais vantagens de ter uma loja virtual. 

Maior alcance

Uma loja virtual oferece um alcance muito maior que uma loja física. Na internet, você alcança um público global, enquanto as vendas presenciais se limitam aos seus arredores, rua, bairro ou cidade. Dessa maneira, o seu público de potenciais clientes aumenta muito.

Conveniência para o consumidor

Lojas virtuais também oferecem mais conveniência ao consumidor. Elas funcionam 24h por dia, 7 dias da semana. Portanto, o consumidor pode comprar no dia e horário que bem entender, diferentemente de uma loja física, que funciona apenas no horário comercial. Além disso, pode comprar e receber os produtos sem sair de casa, direto no seu endereço.

Redução de custos operacionais

Em uma loja virtual, você não precisa gastar com aluguel e energia de um ponto físico para receber os clientes. Além disso, não precisa ter uma equipe de vendas para atender os clientes.

Tudo acontece na plataforma de e-commerce, que também tem um custo mensal, mas geralmente muito mais em conta. Considere que você ainda pode ter gastos com registro de domínio, contratação de um contador, investimentos em marketing.

Escalabilidade do negócio

Um negócio com escalabilidade é aquele que cresce sem precisar aumentar seus custos. Em uma loja virtual, você pode aumentar as vendas para mais clientes, sem precisar contratar mais vendedores ou investir em mais espaço físico. Talvez seja apenas necessário contratar um novo plano mensal da plataforma, mas, mais uma vez, seria mais em conta.

Gestão digitalizada

O lojista que vende na internet pode ter uma gestão totalmente digitalizada. Isso significa que todas as informações de vendas e movimentação do estoque ficam centralizadas em uma plataforma, o que facilita o controle empresarial.

Além disso, você pode monitorar os resultados da loja com mais precisão e ainda usar os dados para melhorar as estratégias de marketing.

O que é uma loja física?

Uma loja física é um ponto de venda presencial, onde os clientes podem conhecer, experimentar e comprar os produtos. É o modelo de vendas com o qual estamos mais acostumados, muito antes de a internet surgir.

As lojas físicas oferecem um espaço de exposição dos produtos, que permite que os clientes conheçam de perto e experimentem o que vão comprar. Além disso, os clientes podem ter contato direto com a loja e os atendentes, o que pode transmitir mais confiança para a compra.

Elas podem estar localizadas na rua, em galerias ou shoppings. Em geral, têm um funcionamento limitado ao horário comercial (das 9h às 19h, por exemplo) e a dias úteis (segunda a sábado). Em shopping, podem funcionar em outros dias e horários (geralmente, todos os dias das 10h às 22h, mas no domingo com horário reduzido).

Como funciona uma loja física?

Nas lojas físicas, os produtos estão disponíveis em prateleiras, estantes e araras. Na fachada da loja, geralmente há uma vitrine, que serve como chamariz para os consumidores.

Ao entrar na loja, o cliente pode ser abordado por um atendente, que se disponibiliza para tirar suas dúvidas e oferecer sugestões de compra. Mas existem também os modelos de autoatendimento, em que o cliente pode comprar com autonomia, sem ajuda de um vendedor, como nos supermercados ou lojas de departamentos.

Quando o cliente escolher os produtos que vai comprar, é só ir até o caixa, fazer o pagamento e levar os produtos na sacola.

Vantagens de ter uma loja física

Lojas físicas estão longe de desaparecer. Por mais que as lojas virtuais tenham crescido nos últimos anos, as compras presenciais continuam com força, porque também oferecem benefícios, tanto para os clientes quanto para os lojistas. 

A seguir, vamos conhecer melhor as vantagens das lojas físicas.

Proximidade com o consumidor

As lojas físicas permitem uma maior proximidade com o consumidor. Afinal, os clientes podem visitar a loja presencialmente, conversar com atendentes, tocar nos produtos.

Dessa forma, eles tendem a confiar mais na compra, o que é mais difícil nas compras online, que ainda sofrem muito com fraudes. Além disso, eles tendem a se envolver mais com a loja, diferentemente do que acontece na internet, que cria um distanciamento.

Possibilidade de experimentar os produtos

Nas lojas físicas, os clientes podem experimentar os produtos. Isso tende a fazer uma grande diferença, já que muitos consumidores relutam em comprar à distância quando não têm certeza sobre o tamanho, o caimento, a cor ou a textura de um produto. Dessa forma, os clientes podem tomar a decisão de compra com mais certeza.

Pronta entrega para o consumidor

Aí está uma importante diferença: nas lojas físicas, o cliente pode levar o produto na hora; já nas lojas virtuais, deve aguardar o envio.

Muitas vezes, o prazo e o valor do frete, nas compras online, acabam fazendo o cliente abandonar o carrinho. Isso dificilmente acontece nas lojas físicas, exceto se o cliente encomendar um produto que está em falta ou precisar de um transporte especializado (itens de grande porte, como sofás e geladeiras, por exemplo).

Experiência diferenciada

As lojas físicas podem criar uma experiência de compra diferenciada. Como o lojista tem mais proximidade com o cliente, pode oferecer um atendimento personalizado, oferecer mimos e encantar. No ponto de venda presencial, o cliente pode vivenciar a marca, o que é mais difícil de acontecer na internet, à distância. 

Loja física ou loja virtual: qual vale mais a pena?

Depois de conhecer melhor os dois modelos de vendas e suas vantagens, talvez você ainda esteja na dúvida: afinal, o que é melhor, loja física ou loja virtual?

É inegável que ter uma loja virtual atualmente é essencial para alcançar mais pessoas e atender melhor o consumidor, que busca conveniência e está cada vez mais acostumado a comprar pela internet.

Como lojista, você deve pensar também na praticidade de abrir um negócio que não precisa de um ponto físico para receber os clientes, o que ajuda a economizar nos custos operacionais e no investimento inicial. No entanto, é importante também pensar na concorrência: na internet, sem fronteiras, você concorre com lojistas do país inteiro e até do exterior.

Por outro lado, as lojas físicas ainda são muito usadas pelo consumidor. Muitas vezes, o consumidor precisa de pronta entrega, e só consegue isso em uma loja física. Além disso, a necessidade de experimentar o produto ou a preferência por conversar diretamente com um vendedor também podem motivar a compra presencial.

No entanto, a loja física tem uma limitação geográfica: você só consegue atender clientes dos seus arredores. Além disso, gera custos que as lojas virtuais não geram, como aluguel, energia e equipe de vendedores.

Mas existe ainda a possibilidade de integrar as vendas virtuais e físicas. Por exemplo: se você já tem uma loja física, pode abrir uma loja virtual para ampliar seu alcance e oferecer praticidade ao consumidor, mas manter o ponto físico como showroom, onde os clientes podem conhecer e experimentar os produtos ou ainda fazer trocas e devoluções.

Outra possibilidade é abrir uma loja virtual e oferecer a opção de retirada dos pedidos em um ponto físico, que pode ser a sua própria loja ou um lojista parceiro. Dessa forma, é possível aproveitar as vantagens dos dois modelos de vendas.

Enfim, ter uma loja física ou loja virtual é uma escolha estratégica para o seu negócio. Os dois modelos têm suas vantagens e desvantagens, que precisam ser avaliadas de acordo com as suas necessidades e objetivos empresariais.

Mas é importante perceber como as vendas online cresceram nos últimos anos e não podem ser ignoradas se você deseja ampliar as vendas. Mesmo que você escolha abrir uma loja física, não deixe de lado a possibilidade de vender pela internet e integrar as vendas online e presencial.

Agora, para ter um parceiro de confiança nas suas vendas online, conheça a plataforma de vendas da Bagy. Oferecemos uma plataforma para criar a sua loja virtual em poucos passos e já começar a vender pela internet.

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.