Gestão

Ponta de estoque: o que é, o que causa e como evitar na sua loja [GUIA 2024]

Imagem ilustrativa de ponta de estoque

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Ponta de estoque é um grupo de produtos que não foram totalmente vendidos e sobraram no estoque. Ou seja, tratam-se de mercadorias que não tiveram a saída esperada na estação ou período determinado. 

Ao escolher os melhores produtos para revender em sua loja, é importante não apenas avaliar a demanda do mercado, mas também a sua capacidade de controle de estoque.

Isso porque a ponta de estoque, embora seja bastante comum, traz diversos problemas para a empresa, especialmente financeiros. E, para evitar que isso aconteça, é preciso reduzir ao máximo a quantidade de produtos nessa situação.

Pensando em ajudar você, neste artigo, explicamos o que é ponta de estoque, quais são as causas, por que é um problema e como resolver. Acompanhe a leitura!

O que são pontas de estoque?

Pontas de estoque são grupos de produtos que não foram totalmente vendidos e sobraram no estoque. Ou seja, tratam-se de mercadorias que não tiveram a saída esperada na estação ou período determinado. 

Além disso, as pontas de estoque também podem ser um conjunto de itens que seus fornecedores não conseguiram vender e, por esse motivo, podem realizar a venda por um valor mais baixo para você.

Inclusive, comprar produtos de ponta de estoque e, depois, fazer uma grande promoção, é uma estratégia que tem sido cada vez mais adotada por empresas de todos os portes.

O que causa as pontas de estoque?

Pontas de estoque podem ser causadas por inúmeros motivos. Entre os principais, podemos destacar:

Falta de controle de estoque

Não ter controle do estoque é um grande problema, pois, além de causar pontas de estoque, também pode gerar rupturas no seu negócio. Por isso, é importante contar com um sistema de gestão eficiente.

Comprar mais do que o necessário

Comprar produtos em excesso é, sem dúvidas, o principal causador das pontas de estoque. Isso porque a pessoa responsável pela compra das mercadorias costuma se basear no que pensa em vez de contar com os dados de um sistema de gestão.

Dessa forma, para evitar que isso ocorra, é importante saber qual é a saída média de produtos na sua loja. Assim, gastos desnecessários com mercadorias em excesso ou custos de armazenamento são reduzidos, ou até mesmo eliminados.

Cadastro genérico dos produtos

Cadastrar os produtos de maneira genérica ou com poucos detalhes de descrição pode dificultar tanto a busca quanto a consulta ao seu estoque. Assim, não se tem um controle real do que entra e do que sai.

Sobras desproporcionais após períodos sazonais 

Seja por falta de divulgação ou simplesmente menos vendas que o esperado para o feriado em questão, sobras desproporcionais após períodos sazonais podem causar pontas de estoque no seu e-commerce.

Ponta de estoque é um problema para as empresas?

As pontas de estoque são um problema para as empresas, pois ter mercadorias paradas representa custo de armazenagem com um espaço que deveria estar sendo ocupado por novos produtos.

Além disso, ter itens parados também é um gasto de tempo e motivo de preocupação, o que atrasa o andamento e a evolução do negócio — isso porque, em vez de se concentrar em lançamentos, será preciso se dedicar para zerar as pontas de estoque.

Com isso, de forma geral, podemos afirmar que a ponta de estoque é um problema para as empresas devido às seguintes razões:

  • risco do produto ser danificado;
  • menor capital de giro;  
  • desvalorização das mercadorias;
  • gastos com armazenamento;
  • menor valor para investimento.

Como evitar as pontas de estoque?

Agora que você já sabe o que é, o que causa e por que as pontas de estoque são prejudiciais para as empresas, confira abaixo algumas estratégias para resolver o problema.

Faça um planejamento

O planejamento é o ponto de partida para reduzir e até mesmo eliminar as pontas de estoque. Isso porque é necessário pensar em ações para resolver essa questão e se planejar contribui para organizá-las.

Nesse sentido, no planejamento, é importante incluir o objetivo, as estratégias, os recursos e estabelecer um cronograma. Veja o exemplo abaixo.

  • Objetivo: eliminar a ponta de estoque.
  • Estratégia: destacar os produtos no site e nas redes sociais, fazer promoções e promover anúncios para alavancar a ação.
  • Cronograma: tempo que a queima de estoque vai durar (até dia X ou enquanto durarem os estoques).
  • Recursos necessários: criação de vídeos e imagens, designer, social media, videomaker, gestor de tráfego, copywriter etc.

Defina o estoque mínimo e máximo

Além de gerir seu estoque, é importante saber qual é o mínimo e qual é o máximo dele. Assim, você sabe quando é o melhor momento para fazer uma queima de estoque.

Por meio do estoque mínimo, você identifica quando os produtos estão em estado crítico e o melhor momento para fazer uma nova compra.

Já com o estoque máximo, como o próprio nome indica, você aprende a calcular, com base nas suas saídas, qual é o estoque máximo que sua loja deve ter de cada mercadoria.

Crie a curva ABC

A curva ABC é uma técnica que ajuda você a identificar os itens mais importantes do seu estoque, tanto em termos financeiros quanto em volume de compras.

Assim, se torna mais simples determinar quais mercadorias devem ir para a ponta de estoque e quais produtos podem ficar na prateleira por mais tempo.

Aproveite as datas comemorativas

Datas comemorativas como Dia das Mães, Natal e Black Friday são ótimas oportunidades para você se livrar da sua ponta de estoque, pois nesses períodos há um grande volume de vendas.

E, como os consumidores adoram ofertas especiais, você ajuda seus clientes a economizar ao mesmo tempo que elimina as mercadorias paradas no seu estoque.

Tenha um bom relacionamento com os fornecedores

Outra forma de diminuir a ponta de estoque é manter uma boa relação com seus fornecedores. Assim, o fluxo de informações é otimizado, o que garante que os contratos de fornecimento atendam melhor às demandas, entre outros benefícios.

Deixe os produtos atrativos

Uma boa estratégia para reverter essa situação é tornar seus produtos mais atrativos, seja por meio de fotos criativas, textos persuasivos, vídeos demonstrativos ou todas essas ações juntas.

E, após criar um material que valorize e destaque os pontos fortes da sua mercadoria, o próximo passo será voltar os holofotes para ela. 

Se você for dono de uma loja virtual, o lugar ideal para eles é a página principal do e-commerce. Caso tenha uma loja física, o local certo é a vitrine. 

Outra sugestão para tornar seus produtos de ponta de estoque mais atrativos é criar uma área no seu site ou separar um espaço da sua loja para reunir as peças ou os produtos em queima de estoque.

Faça promoções periódicas

Em uma linha bastante semelhante à estratégia acima, fazer promoções periódicas é uma ótima maneira de evitar pontas de estoque. Mas, como funciona? 

Basicamente, sempre que você perceber que há produtos que não estão sendo vendidos, e há poucas chances de reverter esse cenário, é o momento de fazer uma promoção para destravar essas mercadorias do seu estoque.

O mesmo vale para coleções de roupas específicas de uma estação ou então produtos comprados exclusivamente para uma data sazonal. 

Automatize os processos

Caso você sinta algum tipo de dificuldade para gerenciar seu negócio, sobretudo controlar seu estoque, contar com um sistema de gestão de empresas pode ser uma boa alternativa.

Isso porque, por meio de um sistema especializado em gerenciamento de organizações, você automatiza todas as etapas de cada um dos processos existentes. 

Ou seja, controle de estoque, gestão do fluxo de caixa, emissão de carnês e etiquetas, controle de crediário, gestão de estoque mínimo e máximo, gestão de cadastro de fornecedores e clientes etc.

Por fim, vale ressaltar que as soluções tecnológicas oferecem muito mais do que uma simples gestão de estoque. Elas, na verdade, viabilizam que você monitore o estoque. 

Dessa maneira, suas decisões se tornam mais precisas pois são baseadas em dados reais, que já foram devidamente registrados no sistema.

Além disso, ainda há como fazer um planejamento estratégico bem estruturado e controlar aspectos que resultam em despesas expressivas, como a ponta de estoque.

Assim, você é capaz de manter o seu estoque organizado no dia a dia, evitando que ocorram prejuízos relacionados ao estoque para a sua empresa.

Se você ainda não tem uma loja virtual, mas vende com sua loja física ou pelas redes sociais, a Bagy pode ser a solução que você está procurando. Conheça a nossa plataforma e comece a vender seus produtos para todo o Brasil!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Artigos relacionados

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.