Gestão

Loja pequena: como organizar + 15 passos essenciais para ter um negócio de sucesso

Saiba como organizar loja pequena

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Uma dúvida muito comum para quem tem uma loja pequena é como organizar o seu negócio, certo? Definir os produtos e ter bons fornecedores são algumas práticas que vão ajudar você a ter bons resultados desde o início do seu negócio.

Para quem tem um e-commerce, ter sucesso no ambiente digital é muito mais do que ter bons produtos e preços competitivos, não é mesmo? A organização é o ponto principal para ter melhores resultados ao vender online. Mas muitas pessoas que estão começando se perguntam quais são os primeiros passos para ter um negócio de sucesso? Afinal, como organizar uma loja pequena?

Já podemos adiantar que não se trata de uma tarefa fácil: são muitos pontos que precisam ser analisados para que tudo funcione do jeito certo. Mas também não é para se desesperar, existem muitas dicas e estratégias simples de serem implementadas que podem ajudar o seu negócio. Pensando nisso, produzimos este conteúdo completo sobre o assunto.

O que acha de entender como deve ser feita a organização de lojas pequenas? Continue a leitura e descubra!

Loja pequena: por onde começar? 

Por mais que a transformação digital abra uma série de oportunidades para o empreendedor, ela também torna a jornada mais desafiadora. Para começar, todos os consumidores estão mais exigentes, independentemente do segmento de atuação. Além disso, a concorrência também é maior, já que lojas de todo o país — e até do mundo — podem competir com você pelos clientes em potencial.

Para ter sucesso e se diferenciar em um mercado tão saturado, é preciso investir em planejamento e organização. Saber como organizar uma loja pequena é o maior desafio para o empreendedor. Quais fornecedores vão ajudar você? Quais são os canais de comunicação utilizados? Como fazer a precificação dos seus produtos? Todas essas perguntas precisam ser respondidas.

Loja pequena: como organizar em 15 passos

Sabemos que pode parecer confuso quando falamos em tantos itens a serem planejados, mas você não precisa se desesperar. Listamos algumas dicas que vão servir de guia para quem quer organizar uma loja virtual pequena. Que tal começar a criar o seu negócio?

Definição do produto

O primeiro passo para organizar uma loja pequena é definir um produto. Isso mesmo, qual segmento você vai atuar? Quer vender roupas ou prefere tentar se destacar no setor de revenda de produtos? Qual vai ser o foco do seu negócio? Pense em algumas opções e analise cada uma delas antes de tomar uma decisão definitiva para ter certeza de que pode se destacar nessa área.

Boa seleção de fornecedores

Outra parte importante para organizar o seu negócio é contar com uma seleção eficiente de fornecedores. São eles que vão garantir a qualidade dos produtos da sua loja e o custo de cada um deles. Busque por referências que ajudem a validar a qualidade dos seus parceiros, já que o trabalho deles vai impactar todo o desempenho da sua loja virtual.

Análise de custos e precificação

Essa questão é uma das mais relevantes para quem quer organizar uma loja pequena não apenas para o curto prazo: análise de custos e precificação. Quanto custa para operar o seu negócio? Desde a plataforma de e-commerce para abrir os seus produtos até os valores cobrados pelos seus fornecedores. Todas essas questões precisam ser respondidas para ter um negócio de sucesso.

A partir dessas respostas, você consegue realizar a precificação dos seus produtos. Em um mundo ideal, você colocaria os preços mais baixos do que os seus concorrentes e as suas vendas aumentariam. Mas não é assim que funciona e você precisa encontrar o equilíbrio para montar ofertas atrativas para os seus clientes e que ajudem a sustentar a sua loja no médio e longo prazos.

Revise as ofertas regularmente

Outro ponto fundamental para organizar uma loja pequena é revisar e aprimorar as suas ofertas. A ideia é não deixar que os preços fiquem muito distantes do restante do mercado e, mais importante, continuem atrativos para os clientes. Da mesma forma que alguns valores devem passar por alterações caso o seu custo-benefício já não seja tão bom para o seu negócio.

Planejamento do estoque

Para que uma loja tenha sucesso e consiga gerar mais vendas, não basta investir apenas em aumentar o mix de produtos e as novidades. Nem mesmo os preços são o suficiente para quem busca por resultados a longo prazo. A organização é uma característica primordial e deve começar pelo estoque do e-commerce — uma responsabilidade que vai impactar toda a experiência oferecida pela sua loja.

Entendimento sobre o público

O comportamento do consumidor é completamente diferente e o nível de exigência também. Sendo assim, se você quer ter sucesso nas vendas, conhecer quem é o seu público é fundamental. Afinal, ele não quer apenas um produto de qualidade, toda a sua experiência precisa ser positiva para garantir que ele retorne mais vezes para comprar na sua loja.

Você sabia que mais de 50% dos consumidores trocariam uma marca pela sua concorrente após uma experiência negativa? Isso apenas reforça como você deve saber tudo sobre quem está comprando os seus produtos. Seja para melhorar as suas estratégias nas redes sociais ao divulgar a sua loja, seja ao entender quais são as preferências e gostos dos consumidores para montar o seu portfólio.

Definição de canais de divulgação e relacionamento

Outra etapa importante é criar uma relação de contato próxima e constante. Ou seja, manter-se sempre em contato com quem você quer fidelizar, seja com posts nas redes sociais, seja com campanhas de e-mail marketing. Atualmente, existem inúmeras formas de se relacionar com o consumidor e você precisa saber explorar cada uma delas.

Produção de conteúdo relevante

A internet está cheia de conteúdos e informações, certo? Para piorar, os consumidores são impactados por elas o tempo inteiro, o que torna natural que eles comecem a filtrar aquilo que realmente interessa. Por isso, você precisa investir cada vez mais na produção de conteúdo relevante para a sua audiência. O preço ou a qualidade dos produtos é um atrativo, mas não é o suficiente para o sucesso a longo prazo.

Sendo assim, foque na produção de conteúdo relevante e que realmente seja do interesse do seu consumidor. E isso não vale apenas para as suas redes sociais ou o blog da sua empresa, mas também para os anúncios, campanhas de email marketing e qualquer tipo de contato com seu público. O objetivo é captar a atenção do usuário com maior precisão, criando mensagens que sejam do interesse da sua audiência.

Uso de fotos e vídeos de qualidade

Para complementar os conteúdos relevantes, outra questão importante para quem está trabalhando na organização de lojas pequenas é a qualidade das fotos e vídeos. Afinal, quanto mais informações de qualidade o consumidor tiver sobre o produto, menores vão ser as suas dúvidas na hora de realizar uma compra, não é mesmo? Para aumentar a confiança de quem está visitando a sua loja, imagens de qualidade são os recursos mais indicados.

Primeiro, funciona como um importante cartão de visitas para a sua loja. O cliente vai se deparar com fotos que chamam a sua atenção. Depois, é mais uma das estratégias que ajudam a ganhar a confiança desse consumidor. Com mais detalhes verdadeiros sobre os produtos, menos receoso o consumidor vai ficar em relação à compra.

Criação de site próprio

Quer organizar um negócio pequeno e, ao mesmo tempo, fortalecer a relevância da sua marca? Então você precisa ter um site próprio. É a melhor maneira de profissionalizar a sua loja e garantir que mais consumidores se sintam confiantes ao comprar com você. Essa segurança que um site oferece pode ajudar muito para quem está começando a construir uma reputação.

Preocupação com o atendimento

Criar diferenciais competitivos também vai permitir que você entregue um serviço cada vez melhor ao consumidor e a sua loja tenha um maior destaque no seu segmento de atuação. Por isso, ofereça uma experiência personalizada, que começa com um atendimento com a cara do cliente, utilizando as plataformas que mais lhe agradam, resultando em uma jornada de compra positiva em todos os aspectos.

Análise logística

Como vai ser feita a distribuição dos seus produtos? Esse também é um tema importante para o seu e-commerce: a análise logística. O objetivo aqui é ter um fornecedor que consiga oferecer um preço interessante para você. Afinal, de que adianta ter preços baixos na sua loja se, ao pagar, o cliente se depara com um valor muito maior do que planejava gastar?

Cuidado com o frete

Além dos preços dos produtos, um desafio para os e-commerces é conseguir encontrar um valor justo para o frete. É preciso muito cuidado, afinal, um estudo da Cuponomia mostra que 90% dos brasileiros já desistiu de uma compra por conta do frete. Avalie bem todos os seus gastos, procure pelos melhores parceiros no mercado e não afaste os consumidores por conta das taxas para entrega.

Ouça os seus clientes

Por último, mas não menos importante, também é fundamental coletar feedbacks dos compradores. Essa é, sem dúvidas, a melhor maneira de mostrar aos consumidores em potencial o que eles podem esperar do seu negócio. Além disso, serve para avaliar o que funciona e o que não funciona dentro do seu e-commerce, o que pode gerar insights valiosos sobre as possibilidades de aprimoramento.

Monitore e aprimore o seu negócio com dados

Um dos grandes benefícios do mundo digital é a quantidade de métricas e informações disponíveis. Seja para melhorar as suas estratégias em redes sociais como o Instagram, seja para entender sobre a lucratividade dos seus produtos. Todas as áreas da sua loja podem ser beneficiadas se você acompanhar de perto tudo o que está acontecendo.

Além disso, é uma maneira muito eficiente de identificar falhas e possíveis ameaças para o seu negócio. Em vez de apostar no achismo, por que não tentar uma visão detalhada do seu desempenho de vendas para entender o que realmente aconteceu? Além de perder menos tempo com estratégias pouco eficientes, você ganha em precisão para continuar vendendo cada vez mais.

Com planejamento e a busca constante por conhecimento, organizar uma loja pequena se torna muito mais fácil. Acompanhar as mudanças e as tendências do mercado digital ajuda você a preparar o seu negócio para os próximos desafios e aumenta as chances de sucesso.

O que acha, então, de continuar se aprofundando e se profissionalizar no mercado digital? Conheça a Bagy, a plataforma de vendas online que já ajudou mais de 16 mil lojistas a colocarem seus produtos na internet.

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.