Gestão

Como montar uma planilha de controle de vendas para loja virtual e alavancar o seu negócio

Aprenda como usar a planilha de controle de vendas para a loja virtual

Veja o que você irá encontrar neste artigo

A quantidade de dados gerados no ambiente online fazem parte da administração de qualquer negócio e esse trabalho começa a criação de uma planilha de controle de vendas para loja virtual. Com esta ferramenta fica mais fácil controlar o seu desempenho e construir melhores estratégias e experiências para os seus clientes.

Um relatório de vendas, sozinho, não é capaz de fazer muita coisa para um negócio, não é mesmo? Mas experimente reunir vários desses documentos, pegar dados e informações de diferentes épocas do ano e detalhar tudo isso em um único lugar. Os ganhos são os mais diversos para quem quer vender mais e, por isso, você precisa considerar a criação de uma planilha de controle de vendas para loja virtual.

Para quem está empreendendo no Brasil, é fundamental não apenas oferecer a melhor experiência para o seu consumidor, mas garantir que o seu negócio seja administrado com precisão e eficiência. E o melhor jeito de fazer isso é utilizando números para controlar não apenas as finanças, mas até mesmo entender o que deve ser feito para continuar aumentando as suas vendas online.

E todo esse trabalho pode começar com a organização interna, identificando mais detalhes sobre as suas vendas, como os períodos em que elas acontecem com maior frequência ou até mesmo o perfil de compra de um cliente. O que acha, então, de tirar todas as suas dúvidas sobre como montar uma planilha para o controle de vendas para loja virtual? Continue a leitura deste artigo para saber mais!

Por que é importante usar planilhas na sua loja virtual?

Mas, na prática, por que é tão importante usar planilhas para o seu controle de venda?

Organização

O seu produto pode ser o mais atrativo para o consumidor, as suas estratégias nas redes sociais podem ser ótimas, mas nada disso vai importar se a sua loja não tiver muita organização. E é exatamente por isso que você precisa começar a se organizar internamente o mais rápido possível, coletando todas as informações necessárias para investir no sucesso a curto, médio e longo prazos da sua loja.

A planilha vai reunir os dados mais relevantes para entender mais sobre o desempenho da sua loja. Quais são os períodos de maior volume de vendas? Qual é o produto que tem mais saída? Quais são as formas de pagamento mais utilizadas? Essa organização interna possibilita também uma maior precisão na hora de definir quais são os próximos passos necessários para o sucesso do seu negócio.

Controle

A gestão do estoque é uma tarefa fundamental para qualquer negócio, não é mesmo? Mas como fazer esse controle sem dados e informações sobre vendas? Esse controle pode ser otimizado com a reunião de todos esses detalhes em um único lugar. Como saber a hora certa de entrar em contato com o seu fornecedor para solicitar mais itens específicos? Ou como saber se os resultados foram ou não aqueles esperados?

Quer um exemplo de como isso é importante? Imagine que você quer fazer uma campanha online para vender um determinado produto. Como saber se está na hora de parar os anúncios nas redes sociais, por exemplo? Já pensou em quantos clientes podem ficar insatisfeitos com uma propaganda sobre um item e, ao visitarem a loja, o produto estiver esgotado? Essa é outra situação em que o controle se torna tão essencial.

Processos

Quando se pensa na profissionalização de um negócio, é inevitável pensar na criação de processos internos, certo? Para que a sua loja consiga crescer cada vez mais, portanto, é importante criar fluxos claros de trabalho para que o negócio possa se desenvolver de forma sustentável. Imagine um mês com muitas vendas e todas elas sendo anotadas de forma separada, sem nenhum tipo de padronização?

Como vai ser o momento de conferir todas essas informações no final de uma semana, mês ou trimestre? Será que os dados realmente vão mostrar informações precisas para o seu negócio? Um erro lá atrás pode significar tomadas de decisão equivocadas no futuro e até mesmo atrapalhar a organização financeira e estratégica da sua loja como um todo. Já imaginou o prejuízo que pode causar?

Otimização

Na era da digitalização de processos, não pensar em otimizar muitas das suas tarefas pode ser um erro grave. Quantas horas de trabalho podem ser perdidas só para compilar dados de vendas que foram anotados em diferentes lugares? E quantas outras horas adicionais apenas para conferir se essas informações estão realmente precisas? A planilha de vendas ajuda a otimizar a sua rotina de trabalho.

Em vez de ficar horas e mais horas conferindo informações de diferentes fontes (e ainda sem a precisão necessária), por que não criar um fluxo otimizado que seja mais prático e eficiente para você e a sua equipe? Para quem está empreendendo, é preciso encontrar maneiras de ganhar tempo e eliminar tarefas mais burocráticas, podendo priorizar atividades mais estratégicas para o seu negócio.

Análise de dados

Por fim, uma planilha de controle de vendas ajuda a fornecer os dados necessários para análises mais estratégicas para o seu negócio. Um dos principais trunfos para qualquer lojista é ter informações em grandes quantidades para evitar surpresas ao final do mês. Reunir todos esses dados em um só lugar vai possibilitar que o processo de análise de dados seja ainda mais preciso e prático.

Semana após semana, mês após mês, você sempre vai poder acompanhar tudo o que está acontecendo para saber qual é a melhor decisão a ser tomada. Os números vão poder ser comparados e, assim, vai ficar mais fácil definir as melhores estratégias para que o seu negócio continue crescendo de forma mais sustentável, sempre pensando no longo prazo.

O que deve ter em uma planilha de vendas?

Se a planilha de vendas é tão importante, o que deve ser anotado nesse documento? Antes de mais nada, é preciso entender que se trata de uma escolha muito particular, que vai depender do objetivo da loja e até mesmo o segmento de atuação. De qualquer maneira, algumas informações são muito relevantes e devem fazer parte do seu arquivo de controle. Confira!

Total de vendas

O total de vendas é um exemplo clássico do que deve estar presente na sua planilha de controle de vendas. Afinal, qual foi o volume ao longo de um mês ou até mesmo um ano? Essa é uma informação importante para quem quer ter mais detalhes sobre o desempenho da sua loja e precisa acompanhar os números.

Ticket médio

Outro dado fundamental para qualquer negócio é o ticket médio, que ajuda a entender quanto cada venda realiza oferece de retorno para a empresa. Quanto é o gasto médio do consumidor que visita a sua loja online? É exatamente isso que vai ser respondido com essas informações.

Metas

As metas também são muito importantes para quem quer ver o negócio crescer no médio e longo prazos, fornecendo todas as informações necessárias para saber se as vendas estão no caminho certo ou não.

Como fazer uma planilha de vendas?

Agora é hora de entender como uma planilha de vendas pode ser feita na prática, certo? Confira as nossas dicas e comece a se organizar!

Escolha a ferramenta

A primeira etapa aqui é muito simples: escolher a ferramenta para construir a planilha. A boa notícia é que existem várias opções gratuitas e eficientes, sem que você tenha que abrir mão de recursos mais importantes. O Excel, sem dúvidas, é o programa mais conhecido para criar planilhas, mas existem outras versões que podem ser utilizadas, como o Google Sheets.

Tudo vai depender do seu modelo de trabalho e dos objetivos que você quer. O Sheets, por exemplo, fica armazenado na nuvem e é online, ou seja, é possível que várias pessoas façam modificações na planilha simultaneamente e ela esteja totalmente atualizada em tempo real. No geral, são muito parecidas, mas podem oferecer soluções diferentes e vai do costume de cada um identificar qual é o melhor caminho.

Crie um cabeçalho

Agora é hora de definir quais são as informações que vão ser coletadas e, em seguida, colocadas no cabeçalho. Em resumo, são os títulos de cada coluna, que vão possibilitar toda a organização dos dados para que nada seja perdido. As primeiras informações devem ser básicas mesmo, como título, data ou até qual produto está falando, para facilitar a identificação em uma análise no futuro.

Além disso, é importante adicionar informações comuns, como o valor total, o método de pagamento que foi utilizado, se foi à vista ou a prazo, o valor líquido que vai voltar para a sua loja, o desconto oferecido, o preço do frete, enfim, dados que fazem parte da realidade de qualquer lojista.

Formate as colunas

A visualização da sua planilha deve ser prática e simples, não é mesmo? Pensando nisso, você também deve formatar as colunas com cores e, é claro, quais são os formatos adequados para cada uma delas. Um exemplo disso é colocar a data no formato adequado, com dia, mês e ano, por exemplo. Colunas em que os dados sejam valores, é importante definir cada uma delas como moedas. O mesmo vale para adicionar descontos no formato de porcentagens.

Insira as fórmulas 

Sabe aqueles números que você queria otimizar para facilitar a sua rotina? Como calcular o ticket médio ou até mesmo identificar quais foram os descontos oferecidos em um determinado período? Agora é a etapa de pensar em cada um deles, construindo as respectivas fórmulas e inserindo na sua planilha de controle de vendas. Uma forma simples e prática de otimizar o seu dia a dia.

Existem fórmulas automáticas que facilitam ainda mais a sua rotina, como a autosoma, que automaticamente soma todos os dados e informações de uma determinada linha ou coluna. O mais importante aqui é definir o que realmente importante para as suas decisões, como identificar o preço médio de cada transação realizada ou até mesmo saber o impacto do frete no lucro da sua loja mês após mês.

Como o Bagy pode otimizar os processos da sua loja?

Além do passo a passo que apresentamos acima, existem outras ferramentas e soluções que podem tornar todo o processo ainda mais simples e eficiente. E um jeito de se fazer isso é usando a Bagy para montar a sua loja. Para começar, você consegue criar o seu site de vendas com uma plataforma completa.

Na era da informação e da transformação digital, qualquer empreendedor que quiser se destacar em um mercado tão competitivo precisa estar atento a todos os mínimos detalhes para se diferenciar. E tudo isso pode começar com o controle das suas vendas, garantindo não apenas a melhor eficiência financeira, mas os cuidados necessários para proporcionar melhores experiências para os seus clientes no futuro.

Agora que você já sabe como é importante criar uma planilha de controle de vendas para a sua loja virtual e como a Bagy pode ajudar a reunir todos os dados e informações que precisa, o que acha de dar o próximo passo? Tenha uma loja online com uma plataforma completa e venda em todos os lugares que mais crescem na internet!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Artigos relacionados

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.