Empreendedorismo

Loja pop-up: o que é, quais as vantagens e como montar uma?

Imagem ilustrativa de loja pop up

Veja o que você irá encontrar neste artigo

A loja pop-up é uma loja física temporária, uma nova tendência que consegue melhorar a experiência do cliente e promover a sua marca.

A forma como as pessoas fazem suas compras já mudou muito com o passar do tempo. Primeiro surgiram os e-commerce e compras online. Agora, os varejistas têm outra tendência para se adaptar e vender mais: a loja pop-up.

Esse novo conceito de loja foi criado no meio físico, mas diferente das demais lojas, ela permanece em um lugar por um curto período de tempo. Assim, através dessa estratégia, os lojistas conseguem trazer mais inovação, captar novos clientes, disponibilizar os melhores produtos para vender e ampliar suas vendas para outras regiões.

Ao fazer isso, é possível conquistar além de muitas vendas, o reconhecimento da sua marca e uma conexão maior com o seu público, que teve a chance de ver e experimentar seus produtos no meio físico também.

Sendo assim, se você quer conhecer mais sobre essa estratégia, como ela surgiu, suas vantagens e de que forma você pode ter a sua loja pop-up, é só continuar lendo este post!

O que é uma loja pop-up?

Basicamente, uma loja pop-up é um modelo de loja física temporária, que é aberta em regiões estratégicas. Esse modelo de loja é uma tendência mundial, e conseguimos ver diversas marcas famosas utilizando ela.

Lojas como Adidas, Riachuelo, C&A e Gucci já abriram lojas pop-up no Brasil a fim de mostrar seus lançamentos e permitir que os clientes tenham uma experiência diferenciada de compras online.

Ao abrir esse modelo de loja física, geralmente as marcas buscam alcançar diversos objetivos diferentes. Alguns exemplos podem ser:

  • Aumentar o reconhecimento da marca e gerar interesse;
  • Criar um senso de urgência nos seus produtos;
  • Lançar um produto novo em uma região que o valoriza;
  • Criar uma conexão mais forte com o público.

Para conseguir alcançar esses objetivos, as marcas apostam em criar uma experiência de compra física diferenciada ao consumidor, que consegue se encantar com os produtos que agora ele consegue ver e pegar no físico.

Mas, apesar dessa estratégia ser muito inovadora e trazer diversas vantagens, ela não é uma grande novidade no universo varejista. Se formos um pouco para o passado, conseguimos ver modelos de lojas pop-up sendo utilizadas há alguns anos atrás.

Como surgiu?

Por mais que as lojas pop-up pareçam uma tendência que surgiu agora, ela na verdade é uma estratégia de marketing antiga.

As lojas pop-up surgiram originalmente nos Estados Unidos. A primeira loja nesse modelo que se tem notícia surgiu no país em 2002, na cidade de Nova York. Quem a montou foi a marca Target, uma grande rede de supermercados e lojas de departamentos do país.

A marca criou a Target Boat, ou barco Target, que ficou atracada em um píer de Manhattan por um pequeno período. Com isso, outras marcas viram a ideia e resolveram experimentar, fazendo com que as lojas pop-up surgissem.

Qual a realidade das lojas pop-up no Brasil e no mundo?

As lojas pop-up no Brasil surgiram por volta de 2009. Um dos exemplos mais marcantes do início da tendência por aqui foi a loja temporária da Nike, que foi montada na Galeria do Rock em São Paulo.

Mas, parece que a estratégia desse modelo de loja ficou esquecida por alguns anos, até a pandemia chegar. Nesse momento, muitos lojistas precisaram mudar a forma que vendiam e fazer uma grande migração para o digital.

Porém, por mais que as compras online tenham crescido, a experiência do digital ainda não superou a das compras físicas. Poder tocar nos produtos e prová-los era algo que muitas pessoas ainda querem experienciar.

Por conta disso, nos últimos anos, as marcas têm apostado nessa estratégia novamente como forma de oferecer ao cliente uma experiência de compra física temporária.

Um exemplo disso é a loja online da Shein, famosa entre os brasileiros que gostam das suas peças de roupas mais estilosas. Em 2022, eles abriram uma loja pop-up no Rio de Janeiro para poder oferecer essa experiência de compra ao cliente.

Visto isso, conseguimos perceber que esse modelo de loja tem tudo para dar certo por aqui e oferecer vantagens bem interessantes aos lojistas.

Quais as vantagens das lojas pop-up?

Antes de você aprender a como vender em uma loja pop-up, é necessário saber que tipo de vantagens esse modelo de loja consegue oferecer ao seu negócio. Somente assim você saberá se o investimento pode valer a pena para você.

Por isso, separamos abaixo 6 vantagens bem interessantes que essas lojas temporárias conseguem trazer para o seu negócio!

1. Maior conexão entre marca e consumidor

Um dos fatores que mais influenciam a compra online é a confiança que o consumidor tem na sua loja virtual. E muitas vezes, o digital nem sempre permite que essa confiança seja passada para o público, o que pode fazer você perder algumas vendas.

Por isso, ao abrir uma loja pop-up, você consegue ter um contato mais próximo e humano com o público, gerando assim a confiança que ele precisa para comprar no seu negócio. Assim, torna-se mais fácil convencer e fidelizar novos clientes.

2. Captação de novos leads

Outro fator que coloca as lojas pop-up como benéficas é o fato de que elas permitem que seu negócio seja conhecido por novas pessoas. 

Ao abri-la, você consegue atrair um público diferente para o seu negócio, onde eles podem conhecer seus produtos e o seu trabalho e assim criar um relacionamento com a sua marca.

3. Inovação na estratégia

Uma loja temporária é por si só uma estratégia inovadora. Apesar de ser uma ideia antiga, as inovações adicionadas nas lojas pop-up, o que é fundamental para elas existirem, conseguem fazer seu negócio se destacar aos olhos do público.

Com os consumidores ficando cada vez mais exigentes, nada melhor do que apostar na inovação para chamar a atenção do público e assim realizar mais vendas.

4. Equilíbrio do orçamento

Outro ponto muito positivo das lojas pop-up é que elas são bem mais acessíveis se comparadas à abertura de uma loja física convencional. Como esses modelos são temporários, é mais fácil de conseguir economizar na sua montagem.

Isso acontece porque esse modelo de loja geralmente é menor e ocupa menos espaço e locação. Com isso, você também consegue economizar nas decorações utilizadas, na estrutura da loja, que precisa ser simples para desmontar depois e em diversas outras características.

Com isso, ela se torna uma estratégia com ótimo retorno de investimento para o seu negócio.

5. Reconhecimento de marca

Tornar a marca mais reconhecida é um dos objetivos principais de muitas empresas que resolvem lançar uma loja pop-up. Isso acontece porque esse modelo de loja chama bastante atenção do público e gera curiosidade para conhecer.

Além disso, ao ter uma loja pop-up, você consegue mostrar a sua marca em um contexto diferente do digital, o que ajuda a se conectar melhor com o seu público.

6. Ampliação de mercado

Por fim, esse modelo de loja temporária também é uma ótima forma de ampliar o mercado em que você realiza as suas vendas. Ao escolher um lugar bem estratégico, você consegue tornar sua loja conhecida por um novo público.

Assim, se você pensa em lançar um novo produto que atinge um público de uma área diferente, fazer esse lançamento com a loja pop-up, instalando-a em uma região que você sabe que seu público ideal está, pode ser uma boa estratégia para fazer um bom lançamento e tornar seu negócio mais conhecido.

Como abrir uma loja pop-up?

Agora que você já conhece as vantagens de se investir em um modelo de loja temporária, chegou o momento de realmente saber como vender em uma loja pop-up.

Aqui é importante saber que para a estratégia funcionar é preciso ter um bom planejamento para desenvolver estratégias de marketing que realmente deem resultado.

Para ajudar você com isso, separamos a seguir um passo a passo completo para você estar abrindo a sua loja temporária e ter muito sucesso nas suas vendas

Defina o objetivo da loja

O primeiro passo a se dar no momento de abrir uma loja pop-up é pensar no seu objetivo com o empreendimento. Somente assim será possível criar ações com clareza para ter bons resultados.

Como vimos no início do texto, existem diversos objetivos que uma pessoa pode ter em uma loja pop-up. Você pode criá-la para tornar seu negócio mais conhecido, lançar um novo produto ou se inserir em um novo mercado.

Seja qual for o seu objetivo, é importante ter ele bem definido e comunicar isso aos demais membros da sua equipe. Dessa forma, todos poderão trabalhar com mais clareza sobre suas ações.

Escolha um local estratégico

Depois de definir o seu objetivo com a loja, você vai passar pela etapa mais importante da abertura de uma loja pop-up: a escolha do lugar em que você irá montar a sua loja temporária.

Como a loja é física, o local deve ser pensado de forma muito estratégica. A sua loja deve ficar onde seu público-alvo está para assim conseguir chamar a atenção dele.

Outro ponto importante a se considerar é o espaço. Para montar a sua loja pop-up no Brasil é interessante pesquisar se já existe algum local que é comum ser alugado para montar esse tipo de loja, ou se você precisará de outro local ou até de alguma autorização da prefeitura.

Nessa etapa, é importante pensar em todos esses detalhes para que você consiga montar a sua loja no lugar que dará mais resultados.

Determine os produtos a serem vendidos

Na terceira etapa da abertura da sua loja pop-up, você já pode começar a pensar nos produtos que serão vendidos no local. Para isso, é fundamental se atentar ao seu público-alvo que está na região em que a loja será aberta.

Para que eles tenham interesse em comprar na sua loja, você precisa escolher um mix de produtos que agrade as pessoas que estão na região.

Mas, caso você ainda não saiba de forma clara qual é a preferência das pessoas que estão do local que você planeja montar a sua loja, você pode optar por outros meios de se estar definindo o mix de produtos, como:

  • Escolher os produtos que seus consumidores mais compram no e-commerce;
  • Optar pelos itens que tem uma grande taxa de avaliação positiva;
  • Perguntar para seus clientes que tipo de produtos eles gostariam de ver fisicamente.

Dessa forma, você consegue definir melhor os produtos necessários para montar a sua loja temporária!

Divulgue as datas de início e fim

Com os produtos selecionados, chegou o momento de definir a data de abertura da sua loja temporária! Para isso, é importante considerar que na abertura de uma loja pop-up, o que é mais importante é analisar primeiro a logística do empreendimento. 

Ao abrir essa loja é necessário pensar no tempo de transporte dos produtos até o local, no tempo de realizar a montagem da loja e fazer todas as decorações para que ela se torne um lugar irresistível.

Quando você já sabe aproximadamente quanto tempo essas etapas vão demorar para ser concluídas, você poderá definir a data de início e fim da sua loja de forma mais objetiva e que permita que todos os preparativos sejam feitos com cuidado.

Com a data escolhida, você deve pensar nos canais que utilizará para comunicar a abertura da sua loja. Como ela será aberta em um ambiente físico, pode ser interessante investir em canais offline como outdoors, placas e até panfletos.

Foque nas experiências que serão proporcionadas

Um dos pontos mais importantes de uma loja pop-up e que realmente fazem com que ela se destaque frente a outros modelos de loja, é o fato do cliente poder ter uma experiência física com um produtos que ele tanto gostou quando viu no digital.

Porém, é interessante aplicar estratégias e inovações que tornem essa experiência melhor ainda para o público. Para isso, é interessante unir a sua criatividade com alguma necessidade que você sabe que seu público tem.

Por exemplo, tem gente que gosta de ver o produto fisicamente, mas não quer passar por filas enormes para conseguir comprá-lo. Para melhorar isso, você pode permitir que as compras feitas na loja pop-up sejam pagas via aplicativo. Assim, seus clientes não fazem fila e podem pagar sem sair do lugar!

Capriche na divulgação

Por fim, mas não menos importante, é a estratégia de divulgação da sua loja. Depois de ter passado por todo o planejamento, logística e execução desse empreendimento, a divulgação do mesmo deve ser bem caprichada.

Para isso, usar estratégias e canais diferentes na hora de divulgar pode ser interessante. E por mais que esse tipo de loja seja conhecido por ajudar a engajar o público, é melhor buscar mantê-lo engajado antes mesmo de abrir a loja.

Na divulgação você pode criar ações que façam o público participar desse momento e ter um senso de urgência maior sobre o lançamento.

Um exemplo interessante de ação seria a de lançar um concurso nas suas redes sociais falando que a foto mais criativa de um cliente com um produto seu ganha uma promoção nas compras da loja pop-up.

Com uma ação simples você consegue manter o público engajado e mais animado com o lançamento da loja!

Cases de sucesso de lojas pop-up

Para ajudar na criação da sua loja pop-up, o que é algo que pode trazer diversos benefícios para o seu negócio, pode ser interessante buscar algumas inspirações.

Sendo assim, separamos abaixo alguns exemplos de lojas no exterior que fizeram muito sucesso quando foram lançadas!

C&A

Essa famosa loja de departamentos já experimentou o modelo de lojas pop-up quando fez um lançamento de roupas em parceria com a “Cindy Crawford”. Para isso, a marca resolveu apostar na criação de uma vitrine compacta no centro de Bruxelas para criar uma experiência de compra diferenciada.

Adidas

Outra loja pop-up que surgiu foi a da Adidas, que usou de toda a sua criatividade no momento de criar a estrutura das lojas que foram montadas em diversos países da Europa. Todas elas tinham o formato de uma caixa de sapatos.

Louis Vuitton

Outra grande marca que apostou no modelo das lojas pop-up foi a Louis Vuitton, que lançou as lojas com as coleções do estilista Virgil Abloh. Todas as lojas tiveram cores fortes e neon para combinar melhor com as coleções.

Agora que você já conhece o conceito de lojas pop-up, o que acha de aprender a vender todos os dias com uma plataforma completa. Conheça a Bagy, a plataforma que já ajudou milhares de lojistas a colocarem seu negócio na internet!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Artigos relacionados

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.