Empreendedorismo

Empreender no Brasil: quais os desafios e como superá-los?

Empreender no brasil

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Quem deseja empreender no Brasil deve estar preparado para enfrentar vários desafios nessa jornada, como a alta carga tributária, o excesso de burocracias e o difícil acesso ao crédito no país.

Apesar dos riscos, começar a empreender no Brasil não é tão complicado como muitos pensam! Com as estratégias certas, você pode abrir o próprio negócio e iniciar seu caminho rumo à independência financeira! 

Ao entrar no empreendedorismo, a maioria das pessoas acredita que apenas uma boa ideia já é o suficiente para garantir o sucesso nos negócios. Mas, não se engane: esse é sim um passo importante, mas o essencial é estar sempre antenado para ultrapassar os obstáculos e enxergar as oportunidades!

Afinal, os desafios na jornada de iniciar um pequeno negócio são inúmeros. Da gestão de pessoas ao controle administrativo e financeiro, todas as diferentes áreas de um empreendimento podem ser atingidas.  

Por isso, um empreendedor nunca deve deixar de aprender! Só o conhecimento pode torná-lo capaz de ultrapassar os obstáculos na trajetória do seu negócio, construindo assim um caminho de erros e acertos até o sucesso. 

No guia de hoje, você terá a oportunidade de dar mais um passo nessa jornada! Vamos explicar os principais desafios que fazem parte da rotina dos empreendedores no Brasil. Mas, não é só isso! Também vamos trazer dicas que você pode colocar em prática na hora de enfrentar essas adversidades! Continue a leitura e aprenda com a gente:    

Como está a situação do empreendedorismo no Brasil? Conheça os dados! 

No momento presente, a economia brasileira e do resto do mundo tenta se reerguer após os impactos provocados pela pandemia de COVID-19. Mas, isso não quer dizer que o empreendedorismo ficou estagnado nesse período. 

Pelo contrário, de acordo com dados recentes do “Mapa de Empresas” do Ministério da Economia, o Brasil bateu recorde histórico de empreendimentos abertos em 2021, registrando cerca de 4 milhões de novas empresas no último semestre do ano. 

Um crescimento estimulado especialmente pelo alto número de demissões ocorridas durante a pandemia. Junto a esse fator, mudanças no processo para abrir um CNPJ também contribuíram para esse aumento do registro de novas empresas.   

Por outro lado, crescem também os desafios para manter esses negócios em funcionamento. Em média, apenas 40% dos novos empreendimentos conseguem permanecer no mercado após cinco anos de existência. Dados que foram revelados pela pesquisa “Demografia das Empresas e Estatísticas do Empreendedorismo” feita pelo IBGE. 

Vale destacar que essa taxa de permanência varia conforme o tamanho do negócio. Segundo a pesquisa, as pequenas empresas correm mais risco de fechar as portas. Isso porque, muitas vezes, apenas uma pessoa realiza todas as etapas da produção nesses empreendimentos, deixando a trajetória bem mais intensa. 

Por que você deve empreender no Brasil? Entenda!  

A maior parte da população só enxerga o interesse em empreender no Brasil como uma saída para o desemprego. Mas, existem muitos outros motivos que podem incentivar essa decisão de abrir um novo negócio. 

Em um mercado de trabalho tão saturado como o brasileiro, é preciso pensar em novas alternativas para se encaixar no ambiente profissional e o empreendedorismo vem se apresentando como uma excelente opção nesse sentido. 

Com uma das maiores extensões territoriais do mundo, o Brasil ainda possui inúmeras necessidades de mercado não-atendidas. Para os empreendedores atentos, essas demandas dos consumidores podem se transformar em oportunidades de negócio.

Outro aspecto que também contribui nesse cenário é o suporte de iniciativas dedicadas ao desenvolvimento do empreendedorismo no país, como o SEBRAE. Por meio de serviços gratuitos, eles prestam todo o tipo de auxílio aos novos empreendedores, fornecendo o conhecimento e as ferramentas necessárias nessa jornada.

Junto disso, ainda aliam-se os investimentos feitos pelo poder público nos últimos anos para facilitar a vida de quem deseja empreender no Brasil. Atualmente, por exemplo, são bem poucas as burocracias para se cadastrar com um microempreendedor e as tributações pagas por eles também estão menores.  

Quais são os principais desafios ao empreender no Brasil? Descubra aqui! 

Porém, seria errado dizer que o caminho do empreendedorismo é formado somente por facilidades aqui no Brasil. Quem pretende se arriscar em um novo negócio deve estar preparado para encontrar diversas adversidades nessa trajetória! 

A boa notícia é que você pode prever alguns dos desafios dessa jornada para conseguir superá-los com mais facilidade. Na sequência, montamos uma lista com os principais exemplos para que você não seja pego de surpresa ao montar seu negócio! Veja quais são:  

Alta carga tributária

Se tem uma responsabilidade que os empreendedores terão que lidar é com o pagamento de diversos regimes tributários. Normalmente, esses valores são cobrados conforme o tamanho da organização. Por isso, fique atento ao que será exigido da sua empresa para que o orçamento financeiro do seu negócio não fique comprometido. 

Excesso de burocracia

Por mais que abrir um CNPJ seja um processo simples, não podemos dizer o mesmo das demais burocracias que um empreendedor brasileiro irá enfrentar ao longo da jornada de expandir seu negócio. Então, se prepare para preencher muitos formulários e entregar várias documentações e licenças exigidas para manter seu empreendimento em atividade. 

Difícil acesso ao crédito

Alguns empreendedores não têm saldo suficiente para iniciar seu negócio. Então, eles procuram uma ajuda extra para colocar o plano em prática. Só que os entraves de acesso ao crédito no país fazem com que essa decisão seja repensada. Até porque os juros são tão altos que podem comprometer o planejamento estratégico da empresa logo no início.  

Falta de educação voltada ao empreendedorismo

Além de dominar o nicho do seu negócio, a gestão de um empreendimento depende de diferentes atividades, que envolvem desde o planejamento do marketing ao controle das finanças. Isso exige um conhecimento interdisciplinar aos empreendedores, que muitas vezes não é garantido pelo poder público.

Alta concorrência

Muitas pessoas desanimam de empreender devido à alta concorrência existente. Afinal, é muito difícil para quem está iniciando conseguir entregar ofertas semelhantes a dos empreendimentos já consagrados no país. Algo que é ainda mais complicado para os negócios voltados a determinados nichos, como o da moda ou dos cosméticos femininos. 

Educação do público-alvo sobre novos produtos

Se você acabou de entrar no mercado, terá que estabelecer estratégias para convencer os consumidores de adquirir seu produto recém-lançado. Essa parte também é bastante desafiante para a maioria dos empreendedores! E não tem escapatória: uma empresa para continuar em funcionamento precisa colocar a conquista do público como prioridade!   

Dicas para você começar a empreender no Brasil: 

Mesmo que o caminho para empreender no Brasil tenha uma série de desafios, isso não quer dizer que você não terá sucesso ao abrir seu negócio por aqui. Com estratégia, é possível ultrapassar todas essas barreiras! Para te ajudar nessa jornada, a Bagy trouxe quatro ideias para você colocar em prática ao montar seu empreendimento. Confira abaixo!

Defina o que é o negócio 

Com certeza, a primeira dúvida que toma conta de todo empreendedor é acerca de qual tipo de negócio ele deve abrir. Se você ainda não tem noção sobre com que deseja trabalhar, talvez seja interessante olhar as tendências do mercado antes de definir a ideia geral do seu empreendimento. 

Para pequenos negócios, o mais interessante é escolher um nicho de atuação, do que vender de tudo um pouco, como fazem os grandes estabelecimentos. Isso pode ajudar a tornar sua marca exclusiva e estabelecer um contato mais próximo com o público. 


Mas só definir o que é o negócio não é o suficiente para garantir o sucesso. Você precisa também encontrar um diferencial para sua empresa, fazendo com que ela se destaque dos demais estabelecimentos já existentes no mercado. No vídeo a seguir, ensinamos como você pode trazer essa diferenciação para o seu trabalho: 

Pesquise a demanda do mercado

Você pode até ter muitas ideias e expectativas para o seu negócio, mas será que elas são concretas? Por meio da pesquisa de mercado, é possível descobrir se essas concepções realmente fazem sentido! 

Ao colocar essa etapa do projeto em ação, é ideal que você se atente em encontrar respostas para determinados pontos, como a demanda do mercado por seus produtos e serviços, a identificação do público-alvo e o estudo sobre a atuação da concorrência.  

Monte um plano de negócios

A partir desse momento, as ideias para o seu empreendimento começam a sair do papel! Com o plano de negócios, você vai estruturar todos os elementos essenciais a respeito da sua empresa. Assim, você vai ficar menos perdido durante a jornada! 

Neste documento, não deixe de incluir questões como: os tipos de produtos e serviços ofertados, o planejamento financeiro necessário e as decisões administrativas e burocráticas.    

Pense na divulgação

De nada adianta ter um bom serviço ou produto se você não consegue oferecê-lo ao público certo. Por isso, antes de definir a campanha de marketing do seu negócio, é essencial fazer uma pesquisa dos melhores canais para chegar aos seus potenciais clientes. 

Nesse contexto, não esqueça de considerar também as estratégias digitais que estão em alta no mercado. Elas são fundamentais para aumentar o alcance da sua empresa e se aproximar do público.  

Estruture seu negócio com ajuda da Bagy! 

Empreender no Brasil é um processo bem desafiante, que envolve inúmeras variáveis. Por isso, para construir um negócio rentável e bem-sucedido, é necessário muito mais do que apenas determinação e criatividade.  

Essa jornada de abrir um novo negócio é feita de muitas etapas e cada uma vai exigir conhecimentos e estratégias específicas. Então, estar preparado para esses desafios é a melhor postura que você pode adotar durante a trajetória. 

Uma boa maneira de conseguir isso é pedindo a ajuda de outros empreendedores. Atualmente, existem diversas redes de comércios locais ou por nicho de atuação que você pode se conectar para tornar essa jornada mais fácil! 

Tire um tempo também para aprender mais sobre o mundo dos negócios. Aqui na Bagy, elaboramos um guia sobre o empreendedorismo feminino que vale a pena conhecer!

Acesse nosso site e dê o primeiro passo para empreender! Conheça mais a plataforma da Bagy.

Pedro Fonseca

Especialista em Marketing e Estratégias Digitais, atua no mercado de e-commerce a mais de 3 anos. Hoje seu principal foco, como CMO na Bagy, é trazer conteúdo relevante para empreendedores de todos os portes e segmentos, a fim de melhorar seus resultados e disseminar boas práticas no comércio eletrônico.

Tenha um site pronto para sua loja vender!