Empreendedorismo

Cultura digital: o que é e as características deste conceito

Imagem ilustrativa de cultura digital

Veja o que você irá encontrar neste artigo

A cultura digital é um conceito que descreve como a internet e a tecnologia ajudam a moldar a maneira como pensamos, nos comportamos, nos comunicamos e interagimos como sociedade.

Você já parou para pensar qual é a importância da cultura digital no mercado de trabalho? Entender o objetivo dela e como ela é capaz de mudar paradigmas em um contexto empresarial é um esforço que todo dono do seu próprio negócio deve fazer.

Se adaptar ao cenário tecnológico da atualidade é essencial para qualquer tipo de empresa. Por esse motivo, neste texto mostraremos uma visão ampla sobre esse tipo de cultura, as suas características, vantagens e muitas outras informações extremamente relevantes sobre o assunto. Continue a leitura!

O que é cultura digital?

A cultura digital é um conceito que descreve como a internet e a tecnologia ajudam a moldar a maneira como pensamos, nos comportamos, nos comunicamos, interagimos como sociedade e até mesmo como fazemos negócios. Ela nada mais é que um produto decorrente do desenvolvimento das chamadas DTICs (Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação) que estão presentes no nosso dia a dia.

O avanço da cultura digital possibilitou diversas contribuições para a sociedade, além de transformar o mundo e a forma como interagimos nele drasticamente. Hoje, já é possível afirmar que as tecnologias digitais são tão onipresentes que o estudo da cultura digital compreende todos os aspectos da vida cotidiana — isso porque ela trata sobre a relação entre os seres humanos e a tecnologia não só no âmbito pessoal, mas no profissional, social, econômico, político e até mesmo no educacional.

Esse conceito surgiu depois que a internet passou a ser difundida como uma forma de comunicação de massa. Outro motivo que contribuiu para a disseminação da cultura digital foi o uso generalizado de computadores pessoais e outros dispositivos móveis — como os smartphones e os tablets.

Em outras palavras, é possível afirmar que a tecnologia digital possibilitou uma grande revolução nas relações humanas. Ela possibilitou, por exemplo, mais agilidade, maior conexão e o rompimento de barreiras geográficas.

Para entender a cultura digital como um todo, primeiramente é preciso compreender o significado de transformação digital. Ela nada mais é que a integração da tecnologia digital em todas as áreas de uma organização com o intuito de mudar a maneira como as empresas e as instituições operam.

Isso impacta diretamente nos processos internos, nas relações interpessoais, em hierarquias, nos negócios, nos produtos e serviços e, principalmente, na relação com o público e a comunidade.

Então, é possível afirmar que existe uma mudança cultural que exige que as organizações desafiem continuamente seus status quo e que, além disso, experimentem e se sintam confortáveis tanto com os acertos quanto com as falhas e as possibilidades de mudanças.

Os impactos da cultura digital

Aqui, é necessário frisar que mesmo que a cultura digital tenha passado a ser acessível para muitas pessoas, nem todas elas estão acostumadas a utilizá-las em ambientes trabalhistas, ou seja, fora das trivialidades domésticas.

Isso resulta no fato de que muitos colaboradores possam enxergar as inovações tecnológicas apenas como ferramentas de recreação. Além disso, ainda que a digitalização das ferramentas de trabalho esteja acontecendo a todo momento — seja pelas plataformas ou pelos softwares desenvolvidos para beneficiar as atividades da empresa —, nem todos os profissionais contam com habilidade para utilizá-las na prática.

Por esse motivo diversas empresas acabam resistindo à implementação da cultura digital, o que pode atrasar o desenvolvimento do negócio e fazer com que a empresa estacione diante da concorrência.

O mais importante é você entender que isso não precisa acontecer dessa maneira, já que basta apenas que a sua loja conte com uma estrutura montada com atenção para que o seu negócio consiga se adaptar a quaisquer alterações.

Quando chegar o momento de expandir, por exemplo, no processo de seleção e recrutamento de colaboradores, basta selecionar aqueles que apresentem qualidades e habilidades condizentes com os métodos da cultura digital. Caso você consiga oferecer um programa de treinamento e desenvolvimento, eles precisam ser direcionados para esse foco.

Mas lembre-se de que todo esse manejo para integrar os colaboradores à cultura digital pode não acontecer com muita facilidade em todos os casos. Existem várias adversidades que podem acontecer e muitos obstáculos podem aparecer até que o processo seja bem-sucedido.

Qual a origem do conceito de cultura digital?

A cultura digital surgiu com o desenvolvimento do primeiro computador, o que aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial. Posteriormente, se tornou ainda mais forte com a internet, inicialmente criada por militares no período da Guerra Fria.

Juntos, esses dois eventos tecnológicos deram o início nas produções digitais, apesar do fato de que, naquela época, o acesso a esse tipo de tecnologia era exclusivo para as práticas oficiais. Já entre as décadas de 80 e 90, a cultura digital se tornou um pouco mais acessível quando os computadores passaram a ser utilizados para uso domiciliar e não mais só pelas empresas. Além disso, a Internet também se popularizou.

Especificamente no Brasil, por exemplo, no início dos anos 2000 os computadores com acesso à internet já faziam parte da rotina de muitas pessoas e empresas. Atualmente, vários outros dispositivos digitais surgiram e transformaram o cotidiano — entre eles os smartphones, as smart TVs, os bancos digitais, as redes sociais, os tablets, as telas touchscreen e muitos outros.

Qual a importância da cultura digital no mercado de trabalho?

A cultura digital causou diversas mudanças nas empresas. Isso porque a tecnologia proporcionou um desenvolvimento muito mais veloz e de muito sucesso, tanto para instituições públicas quanto privadas de vários setores, como o e-commerce, que é um dos que mais consegue se beneficiar dela.

As organizações públicas que se adaptaram a ela, por exemplo, conseguiram se aproximar mais da população geral e adquiriram uma maior inclusão para o avanço da sociedade. As empresas privadas, por sua vez, conseguiram alcançar um nível muito mais alto de competitividade e inovação — tudo isso por meio de diversos recursos tecnológicos.

Devido à implementação de diversas estruturas inovadoras, a cultura digital gerou muitas mudanças, principalmente na maneira como as empresas passaram a vender os seus produtos e seus serviços. Isso significa que as estratégias de marketing mudaram e que agora precisam ser baseadas na criação de um vínculo com os consumidores por meio da tecnologia.

Por esse motivo, é possível afirmar que a cultura digital é a base de qualquer estratégia de marketing — principalmente o digital e o de conteúdo —, uma vez que é essa nova cultura que permite que você desenvolva estratégias com o uso de meios tecnológicos.

O marketing digital, então, permite o desenvolvimento de um relacionamento entre a sua marca e o consumidor que é capaz de gerar um volume muito maior de vendas e uma melhor experiência de compra ao cliente.

Além disso, a cultura digital impactou — e ainda tem um grande impacto — a economia, a política, a cultura e a própria tecnologia. Por isso, todo esse novo conjunto de valores, experiências sociais e conhecimentos é o que deve guiar a sua empresa nos momentos de desenvolvimento de estratégias de sucesso.

Quais as características da cultura digital?

Agora que você já sabe o que é cultura digital, a sua importância e quais impactos ela causa, precisa entender quais são as suas principais características. A seguir nós listamos algumas delas.

Autogestão

O incentivo à autogestão é uma das principais características da cultura digital, seja dentro de uma startup, de empresas mais modernas ou de qualquer outra que ainda esteja se adaptando a esse novo momento. Isso porque com todas as ferramentas que são disponibilizadas, é possível medir o grau de produtividade de qualquer colaborador da sua loja sem que você precise estar por perto o tempo todo.

Ao dar a autonomia para que as pessoas que trabalham com você — se esse for o caso — testem as suas ideias e sejam criativas, você contribuirá para um ambiente muito mais agradável e estimulante para elas. Aqui, é importante lembrar que erros podem acontecer e que eles fazem parte de qualquer processo de aprendizagem, então o importante é aprender com eles e seguir em frente.

Métodos ágeis

Os métodos ágeis estão ligados à cultura digital intimamente. Isso porque como eles são inspirados no Manifesto Ágil, têm como objetivo simplificar e desburocratizar a gestão das empresas de um modo geral.

Com a utilização das metodologias ágeis, qualquer plano de ação pode ser resumido a uma única página. Além disso, os dados são ativos de alto valor e os indicadores podem ser atualizados em tempo real.

Digitalização de processos

Uma das características mais marcantes da cultura digital é a digitalização dos processos. Isso porque, sem elas, os processos administrativos permanecem repetitivos, lentos e até mesmo passíveis de erro.

Já com a adoção das tecnologias certas, é possível integrar diversos sistemas — como o administrativo e o financeiro — em um único local. Dessa maneira, é possível colocar em prática uma gestão muito mais ágil para o seu negócio e evitar falhas que podem colocar em risco a saúde financeira da sua empresa.

Mudança de mentalidade

É importante que você entenda que não adianta muito investir na digitalização de processos e buscar a melhoria dos resultados da sua loja online se não existir em conjunto uma mudança de mentalidade. É como se você tivesse acesso às melhores ferramentas de trabalho, mas não conseguisse utilizá-las da maneira correta.

Essa mudança precisa vir de cima, ou seja, partir de você. É necessário que você permita que os colaboradores possam tomar a iniciativa quando acharem necessário e usar a criatividade para propor soluções.

Nas startups, por exemplo, a gestão costuma ser descentralizada, horizontalizada e dá mais importância aos resultados do que a carga horária ou às hierarquias e formalidades. É claro que a sua realidade como lojista é diferente desse tipo de empresa, mas você pode adaptar algumas características desse modelo no seu negócio.

Velocidade e transparência

Atualmente a comunicação não tem se tornado apenas instantânea, como também passou a ficar obsoleta em pouco tempo, já que uma informação é substituída por outra a cada instante.

O efeito de todos esses conteúdos em nossa mente, então, passa a ser passageiro e pode ser esquecido muito rapidamente. Boa parte do que é criado na internet, aliás, têm esse caráter, ou seja, tudo é feito para impactar e ser esquecido no momento seguinte.

Também é importante citar que na cultura digital, existe uma maior transparência, mas também uma maior exposição dos usuários — tanto por parte de quem produz o conteúdo quanto de quem o acessa. É muito comum, por exemplo, precisarmos fornecer dados pessoais para acessar certos sites ou fazer downloads.

Ao passo que essa perda de privacidade pode ser benéfica — especialmente para o mundo conhecer a vida e os comportamentos de pessoas e empresas —, essa superexposição também exige cuidados com a segurança online e com os efeitos psicológicos que essa conduta pode causar na população.

Para que serve a cultura digital?

Absorver a cultura digital significa que uma empresa como a sua passará a pensar digitalmente. Ou seja, você precisará adotar a tecnologia em um momento de mudanças muito aceleradas em que a distinção entre o digital e analógico, entre as redes sociais e a vida real e o mundo digital como um todo se tornou quase impossível.

Com respeito ao processo de compra, ela serve para que você consiga utilizar a tecnologia e as ferramentas digitais em toda a experiência do cliente para possibilitar que eles tenham acesso e consigam interagir com a sua marca de uma maneira 360.

Com o uso das tecnologias digitais, a jornada de compra se tornou muito mais envolvente, especialmente quando os clientes podem ter experiências mais completas e satisfatórias. Então, abraçar a cultura digital na sua loja virtual é muito mais que apenas vender seus produtos online: é preciso reunir tecnologia e conteúdo digital para conseguir fidelizar o seu cliente.

Quais as vantagens da cultura digital

Como era de se esperar, a cultura digital apresenta uma série de vantagens para qualquer negócio. Confira quais são elas a seguir.

Aumento no desempenho

Uma das grandes vantagens proporcionadas pela tecnologia é o fato dela proporcionar uma melhor análise e controle sobre o aumento no desempenho das equipes — e até mesmo o desenvolvimento individual de cada colaborador.

Por meio de plataformas de aprendizagem, por exemplo, é possível avaliar de uma maneira mais aprofundada a performance de cada profissional da sua empresa, quais são os gargalos existentes, o que deve ser prioridade de treinamento e outros dados essenciais para que você possa planejar o desenvolvimento e progresso da sua loja.

Otimização de processos

A cultura digital permite melhorar as demandas e até mesmo os departamentos de um negócio — sejam eles o administrativo, o comercial, o financeiro, o contábil ou qualquer outro. Ela é capaz de tornar todos os processos mais simples, eficientes e econômicos.

Ao adotar as ferramentas certas — principalmente aquelas que são voltadas para a automação — os seus colaboradores podem ganhar em produtividade e em motivação. Isso porque eles conseguirão reduzir o desperdício de energia com atividades repetitivas e poderão concentrar todo o seu tempo em funções mais estratégicas.

Esse cenário também permite que a gerência — e até mesmo você — consiga acompanhar o fluxo de todos os processos em tempo real. Ou seja, as metas, os indicadores de desempenho e equivalentes podem contribuir com a mensuração dessa mudança, o que deixará a tomada de decisões muito mais certeira para possíveis correções e melhorias.

Facilidade

Outra grande vantagem que merece destaque é a facilidade e a praticidade das interações no dia a dia de uma empresa por meio da cultura digital. As tarefas e situações que antes eram vivenciadas de maneira offline, por exemplo, passam a ser online, ou seja, sem nenhum tipo de barreira física. As reuniões, os treinamentos, contato entre departamentos, a supervisão de atividades, contratações e demissões e outros processos são exemplos dessa mudança.

Você precisa ter em mente que não usufruir dessa oportunidade que a inovação tecnológica proporciona impedirá a evolução do seu negócio. Por esse motivo, a implantação de recursos estratégicos precisa ser avaliada com muito cuidado para que tudo funcione de forma completamente fluida e satisfatória.

Comunicação simplificada

As falhas de comunicação são muito comuns em qualquer tipo de organização. Com a cultura digital, é possível deixar todo o discurso mais uniforme, assim como trabalhar melhor no tom de voz e na qualidade da informação passada por meio de diversas ferramentas — como chatbots e envio de mensagens automáticas.

Dessa maneira, é possível evitar diversas falhas que prejudicam o seu trabalho e a relação da sua marca com os clientes.

Além disso, tarefas como respostas para dúvidas mais frequentes, que antes dependiam de uma pessoa para respondê-las manualmente podem ser automatizadas por meio dos canais de comunicação mais pertinentes à sua empresa.

Flexibilidade

Nesse modelo de cultura, também existe muito mais espaço para a flexibilidade. Isso porque tanto você quanto seus colaboradores podem trabalhar por metas e não somente por horários e rotinas rígidas. Fatores como autonomia e recompensa por um trabalho bem feito são outros pontos importantes que integram as inovações dentro das empresas.

O digital trouxe para todo o mundo de forma geral — e para as empresas em particular — a agilidade da conexão e da interação. Isso fez com que muitos donos de empresas percebessem, por exemplo, que o trabalho pode ser feito de diferentes lugares. Colaboradores de uma empresa multinacional, por exemplo, podem trabalhar em colaboração com pessoas de países diferentes e de uma maneira muito mais prática.

Conseguiu compreender qual é a importância da cultura digital no mercado de trabalho? Com o avanço da tecnologia, é imprescindível que você acompanhe as mudanças para que a sua empresa não fique de fora dessa revolução e se torne obsoleta.

Gostou do conteúdo deste texto e quer descobrir a melhor maneira de vender seus produtos pela internet e até mesmo pelo Instagram? Nessa aula exclusiva nós mostramos como é possível zerar o seu estoque!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.