Produtos e Nichos

Como montar uma loja de suplementos: passo a passo para ter a sua

Imagem ilustrativa de como montar uma loja de suplementos

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Antes de aprender como montar uma loja de suplementos, é importante conferir o cenário desse segmento na atualidade. Há espaço para diferentes tipos de produtos e marcas, por isso, o investimento pode variar bastante. No entanto, a internet continua sendo o caminho mais fácil para quem pretende começar na área.

A criação de uma loja de suplementos não é algo tão complexo quanto criar uma farmácia, mas também não é um empreendimento com uma proposta tão simples e clara, como a de uma loja de 1 real, por exemplo.

O empreendedor pode atuar de diferentes formas: trabalhar com vários tipos de produtos e marcas, focar em nichos e até complementar o faturamento com produtos adicionais. 

O retorno do público em academias e centros esportivos, diante da flexibilização das medidas de isolamento, contribui para o segmento, que deve se manter em crescimento nos próximos anos.

O cenário, portanto, é positivo, tanto para quem pretende investir em uma loja física, quanto para quem deseja vender pela internet. Só não vale pecar na qualidade dos produtos e na regulamentação, e para isso preparamos um conteúdo com todas as informações que você precisa para montar uma loja de suplementos de sucesso. Continue a leitura e confira!

Vale a pena investir no mercado de suplementos?

Antes de aprender como montar uma loja suplementos, você vai querer saber como anda esse mercado e se realmente vale a pena apostar nessa ideia. Felizmente, as notícias são positivas, uma vez que o segmento tem apresentado crescimento ao longo dos últimos anos, e foi, inclusive, impulsionado pela pandemia.

A pesquisa Sentimento do Consumidor, realizada pela WW em parceira com o Instituto Kantar, revelou que 91% dos brasileiros pretendem cuidar melhor da saúde em 2022, um comportamento que prioriza a adoção de hábitos saudáveis, além do consumo de alimentos naturais e suplementos.

A ABIAD (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres) já havia demonstrado aumento expressivo na compra de suplementos alimentares no país em 2021 em resposta à pandemia.

Um ponto importante que também merece ser destacado é que, em 2018, os produtos de suplementação ganharam uma legislação específica, a RDC nº 243. Isso fez com que o mercado ganhasse mais confiança e solidez, uma vez que agora existem parâmetros estabelecidos pela Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Quais são as vantagens de abrir uma loja de suplementos?

Além de ser um mercado em ascensão, o segmento de suplementos alimentares apresenta algumas vantagens interessantes. Começando pela própria variedade de produtos disponibilizada pela indústria ― o que viabiliza tanto lojas generalistas quanto negócios focados em nichos ― e o apoio de outras áreas relacionadas.

Há dois grandes públicos que se destacam entre os consumidores desse tipo de produto: 

  • esportistas e frequentadores assíduos de academias; 
  • e pessoas que não são, necessariamente, ativas, mas procuram certos tipos de suplementação para ter uma vida mais saudável.

O primeiro grupo ― que tende a buscar produtos como Whey Protein, BCAA, carboidratos e termogênicos ― tende a aumentar diante da maior movimentação em academias e centros esportivos. 

O segundo ― que tende a buscar vitaminas e complementos para alimentação ― costuma apresentar um comportamento sazonal, impulsionado principalmente por períodos com maior nível de resfriados e outras doenças respiratórias, que aumentam a preocupação geral com imunidade e bem-estar.

10 passos para abrir uma loja de suplementos

Agora que você tem uma boa noção sobre o mercado atual de suplementos alimentares, é hora aprender a colocar essa ideia em prática, e a melhor forma de fazer isso é por meio de um plano de negócios

Este trabalho consiste em organizar as informações e documentá-las, ou seja, tirar as ideias da cabeça e transformá-las em um projeto profissional. A seguir, você confere o passo a passo para montar o seu e investir nesse negócio com muito mais segurança. Vamos lá?

Estude o mercado

A primeira coisa a fazer antes de investir em qualquer negócio, é estudar o mercado. Na prática, isso significa verificar pesquisas (como as que citamos), conhecer empresas que atuam na área e analisar a procura por esse tipo de produto pelos consumidores.

Não há nenhum problema em se inspirar em reportagens de revistas famosas ou grandes estudos, só não deixe de investigar também a realidade da sua região (caso pretenda abrir um negócio local) ou a concorrência do seu nicho nos buscadores e marketplaces (se o seu desejo é investir nas vendas online).

Uma ótima dica é conversar com pessoas, preferencialmente funcionários ou proprietários de negócios com alguma experiência no segmento. O contato com pessoas que vivem o empreendimento no dia a dia nos ajuda a “colocar os pés no chão” e tomar decisões mais realistas.

Construa suas persona

Para montar um negócio, você precisa saber qual é o seu público-alvo. Entretanto, para uma estratégia mais eficaz e mais próxima com o consumidor, recomendamos criar personas, personagens semi fictícios (baseado em dados reais) que representam os clientes ideais para o seu empreendimento.

Diferentemente das tradicionais definições de público-alvo, as personas têm nomes, carreiras, frustrações e desejos. Essa abordagem nos ajuda a criar serviços e soluções muito mais humanas e próximas da audiência, aumentando suas chances de venda.

Defina os tipos e marcas de produtos que trabalhará

O mercado fornecedor de produtos de suplementação alimentar está bastante aquecido, basta fazer uma breve pesquisa no Google ou em um grande marketplace para se deparar com a enorme variedade de itens e marcas para os mais diversos públicos.

Quem pretende abrir um pequeno negócio tem muito a ganhar escolhendo um nicho, uma vez que isso poupará recursos aplicados em diversos fornecedores e mercadorias. É possível, inclusive, fazer contratos de exclusividade com alguma marca e obter grandes benefícios. Nesse caminho, você também tem a oportunidade de desenvolver uma comunicação mais especializada e próxima com a sua audiência, uma postura que tem enorme impacto no mercado atual.

É claro que também é possível ter sucesso investindo em uma loja generalista. Nesse caso, uma dica para gastar menos e simplificar a gestão é fazer contratos com indústrias que fornecem produtos de diferentes marcas. Sua divulgação também deverá ser mais abrangente, mas isso não impede a proximidade entre o público e a sua marca. O segredo é investir pesado em humanização.

Uma última dica é também apostar em produtos complementares para viabilizar vendas cruzadas, o chamado cross selling. O público que frequenta academias, por exemplo, pode se interessar por roupas e acessórios fitness, como garrafinhas de água, protetores de mão, halteres etcEncontre bons fornecedores

Não há como montar uma loja de suplementos sem contar com bons fornecedores, afinal eles são a base do seu empreendimento. Além disso, você vai precisar de um estoque inicial para começar.

As orientações para encontrar bons parceiros não são muito diferentes das indicadas para outros negócios: dar preferência para empresas tradicionais, com boa reputação e experiência no mercado. Considerando questões específicas desse segmento, porém, alguns fatores também precisam ser levados em consideração, como:

  • variedade de produtos e marcas;
  • qualidade e demanda pelos produtos;
  • regularização junto à Anvisa (da empresa e dos produtos);
  • políticas de troca;
  • prazos de entrega (para garantir que seu estoque seja reposto com facilidade);
  • suporte ao cliente (para eventuais queixas de consumidores).

Cuide da regularização do negócio

Aqui, tratamos de toda a parte burocrática do negócio. Assim como outros tipos de estabelecimentos comerciais, uma loja de suplementos precisa ter registro na Junta Comercial e na Receita Federal para comercializar esse tipo de mercadoria.

Além disso, por se tratar da venda de itens para consumo humano, é necessária liberação da Vigilância Sanitária e autorização de funcionamento concedida pelo município. A boa notícia é que essa atividade é permitida para todas as categorias de empresas, inclusive MEIs (Microempresários Individuais).

O ideal, porém, é entrar em contato com a prefeitura da sua cidade e saber quais os documentos e exigências necessárias para montar uma loja de suplementos.

Planeje a estrutura da sua loja

É possível vender produtos de suplementação online, offline ou em ambas as modalidades. Um estabelecimento físico requer maior investimento inicial, afinal, será necessário alugar um imóvel e reformá-lo. Entretanto, se a loja for montada em uma região estratégica (em áreas comerciais ou próximo de academias, por exemplo), pode apresentar uma rentabilidade sólida.

Optando pela internet, também será preciso investir em uma área para estoque liberada pela Vigilância Sanitária e pelo Corpo de Bombeiros, ainda que os custos iniciais sejam muito menores. Será preciso também assinar uma boa plataforma de e-commerce para viabilizar a divulgação e a comercialização dos produtos em lojas online, marketplaces e redes sociais.

Crie um plano de divulgação

Por fim, será preciso cuidar da divulgação da sua loja. Assim como os serviços que você oferece, a comunicação da sua empresa deve ser consistente e coerente com a proposta do negócio. Você pode inovar nos anúncios e promoções, mas é fundamental que essas ações partam de uma estrutura de marketing sólida, com linguagem, valores e propostas bem definidas.

As estratégias também variam de acordo com o canal e o ambiente utilizado. Anunciar nas ruas da sua região é muito diferente do que anunciar na internet. E vale destacar que, na internet, há também muitas diferenças entre anunciar em um buscador ou no Instagram, por exemplo. É preciso conhecer cada canal e criar uma comunicação que se harmonize com o estilo e as regras de cada plataforma.

Uma vantagem de anunciar na internet é que você pode começar fazendo esse trabalho com as próprias mãos, uma vez que a maioria dos serviços oferecem ferramentas muito intuitivas. Se for possível, porém, contratar um especialista ou uma agência pode te ajudar a conquistar resultados mais rápidos.

Consiga fornecedores de suplementos

Uma das etapas mais importantes na hora de abrir uma loja de suplementos é garantir um fornecimento consistente e confiável de produtos. Para isso, você precisa estabelecer parcerias sólidas com fornecedores confiáveis de suplementos alimentares.

Procure fornecedores que ofereçam uma variedade de produtos de alta qualidade e que atendam às regulamentações e padrões de segurança estabelecidos pelas autoridades competentes, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) no Brasil.

Certifique-se de que os produtos que você planeja vender em sua loja estejam devidamente registrados e permitidos para comercialização. Uma dica é entrar em contato com empresas fabricantes de suplementos reconhecidas nacionalmente, que já tenham uma abertura dentro do mercado brasileiro.

E como se trata de um mercado particular, é interessante verificar as licenças e certificações dos fornecedores antes de fechar qualquer negócio. Assim, você evita que problemas futuros acabem prejudicando os resultados da sua loja, por exemplo. Mais do que isso, você tem a certeza de que está vendendo produtos de qualidade aos seus clientes.

Investir em atendimento humanizado

O atendimento ao cliente é um dos fatores mais importantes para o sucesso de sua loja de suplementos. Oferecer um atendimento humanizado e personalizado pode diferenciá-lo da concorrência e conquistar a fidelidade dos clientes.

Afinal, como existem inúmeras lojas que também vendem suplementos e a margem de preços provavelmente não é tão diferente, é fundamental encontrar formas de se diferenciar. E nada melhor do que criar uma relação mais próxima e natural com o seu público para que eles voltem mais vezes.

Por isso, treine a sua equipe de atendimento para entender as necessidades dos clientes e oferecer orientações e recomendações adequadas com base em seus objetivos de saúde e fitness. Isso cria uma experiência positiva que os clientes valorizam e os incentiva a retornar à sua loja.

Por exemplo, se um cliente estiver buscando um suplemento para ganho de massa muscular, sua equipe pode recomendar produtos específicos e explicar como usá-los de forma eficaz. O atendimento personalizado ajuda a construir relacionamentos sólidos e a aumentar a confiança do cliente em sua loja.

Aplicar marketing digital

Além de encontrar um diferencial, é preciso fazer com que os clientes saibam disso, certo? Para atrair mais clientes e promover sua loja de suplementos, é fundamental investir em marketing digital. Este passo envolve várias estratégias para aumentar a visibilidade online e direcionar o tráfego para seu site ou loja física.

Comece criando um site profissional e amigável para o usuário que inclua informações detalhadas sobre os produtos que você vende, avaliações de clientes e informações de contato. O site deve ser otimizado para mecanismos de busca (SEO) para melhorar seu ranking nas páginas de resultados do Google.

Por exemplo, se sua loja estiver em São Paulo, otimize seu site para palavras-chave como “suplementos em São Paulo” para aumentar a visibilidade local. Assim, até mesmo a sua loja física pode ser beneficiada, enquanto ainda consegue conversar com consumidores em potencial em outras cidades e estados.

Além disso, use as redes sociais para promover sua loja. Crie perfis em plataformas populares, como Facebook, Instagram e Twitter, e compartilhe conteúdo relevante, como dicas de saúde e fitness, depoimentos de clientes e ofertas especiais. Engaje-se com seus seguidores respondendo a perguntas e interagindo em comentários.

Dentro dos seus investimentos em marketing digital para vender suplementos, a mídia paga também deve ser vista como uma alternativa. Por isso, considere utilizar anúncios pagos no Google Ads e em redes sociais para direcionar tráfego qualificado para seu site, que podem ser ainda mais eficientes quando segmentados.

Aplicar estratégia de cross-selling

Agora que você já fez isso tudo para levar o usuário até a sua loja, é importante encontrar formas de aumentar o ticket médio de cada venda, certo? Por isso, a estratégia de cross-selling pode ajudar bastante: ela consiste em oferecer produtos relacionados aos clientes que já estão comprando algo em sua loja.

Por exemplo, se um cliente compra um pote de proteína em pó, você pode oferecer uma coqueteleira ou um conjunto de vitaminas como um complemento. Ao mostrar produtos relevantes e úteis durante o processo de compra, você aumenta as chances de os clientes adicionarem itens extras ao carrinho.

Além disso, crie pacotes de produtos que complementem as metas dos clientes. Por exemplo, monte um pacote para perda de peso que inclua um queimador de gordura, um shake de proteína com baixo teor de carboidratos e um guia de exercícios. Esse trabalho simplifica a escolha dos clientes e os incentiva a comprar mais.Mas não se esqueça de que a chave para uma estratégia de cross-selling bem-sucedida é oferecer itens que agreguem valor às compras dos clientes, atendendo às suas necessidades e objetivos. Evite ser excessivamente agressivo ou forçar a venda de produtos que não sejam relevantes.

Defina os tipos e marcas de produtos que trabalhará

Ao pensar em como abrir uma loja de suplementos, é fundamental que você tenha ideia de quais segmentos você pode atuar. Afinal, existem diferentes públicos em busca de suplementação. Mas você sabe quais são as opções?

Suplementos de proteína

Os suplementos de proteína são um dos segmentos mais populares no mercado de suplementos alimentares, especialmente entre os entusiastas do fitness e atletas.

Esses produtos são projetados para ajudar no crescimento e na recuperação muscular, além de apoiar uma dieta rica em proteínas. Existem várias opções disponíveis, cada uma atendendo a diferentes preferências e necessidades:

  • Whey Protein Isolado: ideal para rápida absorção e recuperação muscular;
  • Whey Protein Concentrado: uma opção de custo-benefício com bom teor de proteína;
  • Caseína: liberada lentamente, é excelente para manter os músculos alimentados durante a noite;
  • Proteína Vegana: fonte de proteína à base de plantas, como ervilha, arroz ou soja;
  • Proteína de Colágeno: contribui para a saúde da pele e das articulações, além de fortalecer cabelos e unhas.

Suplementos para perda de peso

O segmento de suplementos para perda de peso é vasto e atrai um grande público que busca auxílio na busca por um corpo mais saudável e magro.

Esses suplementos geralmente têm como alvo a queima de gordura, a supressão do apetite e o aumento da energia. Algumas opções populares incluem:

  • Queimadores de gordura: estimulam o metabolismo para aumentar a queima de calorias;
  • Supressores de apetite: reduzem a fome, facilitando a adesão a uma dieta de baixa caloria;
  • Bloqueadores de carboidratos: impedem a absorção de carboidratos pelo organismo;
  • Termogênicos: aumentam a temperatura corporal, auxiliando na queima de gordura;
  • L-Carnitina: ajuda na conversão de gordura em energia.

Suplementos para construção muscular

Os suplementos para construção muscular são altamente procurados por aqueles que desejam ganhar massa muscular e melhorar o desempenho nos treinos.

Eles oferecem suporte para a síntese de proteínas e recuperação muscular. Alguns exemplos incluem:

  • Creatina: melhora o desempenho nos exercícios de alta intensidade;
  • BCAAs (Aminoácidos de Cadeia Ramificada): auxiliam na recuperação muscular;
  • Glutamina: reduz a fadiga muscular e acelera a recuperação;
  • HMB (Beta-Hidroxi-Beta-Metilbutirato): promove o ganho de massa muscular magra.

Suplementos para saúde geral

Os suplementos para saúde geral são destinados a melhorar o bem-estar geral e prevenir deficiências nutricionais. Na maior parte dos casos, eles são usados por pessoas que buscam uma abordagem holística para a saúde.

  • Multivitaminas e minerais: fornecem uma ampla gama de nutrientes essenciais;
  • Ômega-3: promove a saúde cardiovascular e cerebral;
  • Antioxidantes (Vitamina C, Vitamina E, etc.): protegem contra danos oxidativos;
  • Probióticos: melhoram a saúde intestinal e fortalecem o sistema imunológico.

Suplementos para saúde feminina

Como as mulheres têm necessidades específicas de saúde, isso levou ao surgimento de suplementos direcionados a elas. Normalmente são produtos voltados para saúde hormonal, saúde reprodutiva e bem-estar geral.

Alguns exemplos são:

  • Ácido Fólico: importante para mulheres grávidas ou que planejam engravidar;
  • Suplementos de ferro: previnem a anemia, que é mais comum em mulheres;
  • Suplementos de Cálcio e Vitamina D: mantêm a saúde óssea após a menopausa.

Suplementos pré-natais

Os suplementos pré-natais são essenciais para mulheres grávidas, fornecendo os nutrientes necessários para a saúde da mãe e do bebê. Eles costumam incluir:

  • Ferro: evita a anemia durante a gravidez;
  • DHA: suporta o desenvolvimento do cérebro e dos olhos do bebê.

Suplementos para saúde masculina

Assim como as mulheres, os homens também têm necessidades específicas de saúde que podem ser atendidas com suplementos.

Produtos para saúde masculina frequentemente visam melhorar a função sexual, a saúde da próstata e os níveis de testosterona. Algumas opções são:

  • Zinco: essenciais para a produção de testosterona;
  • Extrato de Saw Palmetto: apoia a saúde da próstata;
  • L-Arginina: melhoram a circulação sanguínea e a função erétil.

Suplementos para cabelo, pele e unhas

Esses suplementos são populares entre aqueles que desejam melhorar a aparência de cabelo, pele e unhas. Eles geralmente contêm nutrientes específicos para essas áreas, como:

  • Biotina: promove o crescimento saudável do cabelo e fortalece as unhas;
  • Vitamina E: melhora a hidratação da pele e reduz a quebra do cabelo;
  • Silício: contribui para unhas mais fortes e pele mais firme.

Preciso de licença para vender suplementos?

Uma dúvida muito comum para quem quer vender suplementos é a necessidade de licenças. A resposta é “não” para qualquer tipo de licença específica desse segmento, mas alguns outros documentos são necessários.

O mais importante aqui é ter certeza de que os seus fornecedores estão entregando produtos certificados. Além disso, outra documentação necessária é a licença comercial, mas isso é exigido para qualquer tipo de negócio, ainda mais dentro do cenário de vendas físicas.

Como definir o orçamento ideal?

Por fim, é importante discutirmos o valor necessário para criar um empreendimento desta categoria, algo que pode variar muito. A boa notícia é que, por se tratar de um comércio tradicional que se resume à exposição e à entrega de produtos, a maior parte do seu investimento será aplicada no estoque inicial, ou seja, um valor que será revertido em faturamento.

Comprar uma sala comercial em São Paulo pode sair em torno de R$10 mil reais por metro quadrado, de acordo com O Estadão. Entretanto, esse número pode ser mais baixo em pequenos municípios ou muito mais alto em regiões concorridas nas grandes cidades.

Quem pretende atuar exclusivamente na internet, por outro lado, encontra plataformas de e-commerce com planos acessíveis, mas precisará criar e manter um estoque adequado para seus produtos ou optar pela vendas sem estoque, além de cuidar da distribuição dos itens comprados. Nesse caso, também vale destacar a verba para produção de conteúdo e anúncios em buscadores e redes sociais, que são essenciais em um ambiente de alta competitividade.

Como você vê, o valor a ser investido é muito variável, por isso, não há como montar uma loja de suplementos sem antes realizar um estudo prévio e criar um planejamento detalhado.

O segmento, porém, é bastante promissor e a expectativa é que os números do mercado fiquem ainda melhores, uma vez que cada dia mais pessoas buscam soluções para melhorar o desempenho nos esportes ou para ter uma vida mais saudável.

Agora, se há algo que faz bem para qualquer tipo de empreendimento, esse algo é a informação, e melhor ainda quando é de graça.

Agora que você sabe como montar uma loja de suplementos e vender para todo o Brasil, que tal colocar nossas dicas em prática e começar o quanto antes? Aproveite agora mesmo e aumente as vendas do seu negócio com a Bagy, a plataforma de e-commerce que já ajudou mais de 23 mil lojistas!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.