Gestão

Contabilidade: o que é e quais são as funções para desenvolver seu negócio

Imagem ilustrativa de contabilidade

Veja o que você irá encontrar neste artigo

A contabilidade é uma ciência que estuda, controla e interpreta os fatos ocorridos no patrimônio de uma empresa. É uma área completamente estratégica que utiliza tecnologia para agilizar a rotina e para ajudar o lojista a se manter bem-informado sobre o seu próprio negócio.

Você já parou para pensar o que é contabilidade e qual a importância dela na sua loja? Esse ramo de um negócio vai muito além do estereótipo de um contador cercado de papéis e que precisa lidar com muita burocracia. Na verdade, ela vai muito além disso!

Conhecer sobre o seu funcionamento é essencial para o sucesso de um negócio. Neste post, você conhecerá um pouco mais sobre o papel da contabilidade em uma loja. Acompanhe!

O que é contabilidade?

A contabilidade é uma ciência que não só estuda como também controla e interpreta os fatos ocorridos no patrimônio de uma empresa. Esse patrimônio, por sua vez, é toda a soma dos bens, das obrigações legais e dos direitos da instituição.

Em outras palavras, a contabilidade coloca em prática as funções de registro e de controle relativas ao que acontece no setor econômico e administrativo de um negócio, além de ser responsável por tarefas fundamentais como emissão de notas fiscais. Ela é fundamental para o processo de administração e desempenha um papel fundamental na tomada de decisões.

Para que serve a contabilidade de uma loja?

A contabilidade tem grande importância no desenvolvimento — assim como no sucesso — de qualquer negócio, inclusive para as lojas online. Isso porque é ela que controla o patrimônio e, sem essa atividade, é difícil se manter no mercado e agir de acordo com todas as exigências da Receita Federal.

Sem a contabilidade, a empresa corre grandes chances de cometer algum erro em relação a essas obrigações. É preciso ter em mente que o sistema tributário do Brasil é muito complexo de lidar e, sem a ajuda de um profissional, pode deixar muitos lojistas confusos. Quando algum erro acontece, por exemplo, a Receita a punirá com multa ou até ameaças para que o negócio feche.

Quais tipos de contabilidade existem?

Existem alguns tipos de contabilidade que atendem a demandas específicas de determinados tipos de empresas. Mesmo que nem todos estejam relacionados ao mundo do e-commerce, é interessante conhecê-los para aumentar o repertório sobre o assunto. Confira a seguir quais são eles!

Contabilidade bancária

A contabilidade bancária se refere às atividades contábeis dentro de um banco. Os profissionais formados na área de Ciências Contábeis estão autorizados a atuar em qualquer uma dessas instituições.

Todos os serviços oferecidos pelas instituições bancárias são resultados das análises feitas por esses profissionais. Entre eles, é possível citar os empréstimos, os financiamentos e muitos outros.

Contabilidade financeira

Esse tipo de contabilidade é uma das frentes obrigatórias por lei. Isso porque ela diz respeito a todo e qualquer registro das finanças de uma empresa, assim como a prestação de contas a agentes externos. Ao contrário do ramo gerencial — que é mais focado nas demandas internas do negócio e sobre o qual falaremos mais adiante —, o financeiro atende mais às necessidades de acionistas, investidores e órgãos públicos.

O acompanhamento das finanças, definição do lucro presumido, a elaboração de relatórios — como a Demonstração de Resultados do Exercício (DRE) —, o demonstrativo do fluxo de caixa e o balanço patrimonial fazem parte da rotina da área. Somente a partir desses dados o governo consegue acompanhar as movimentações financeiras do negócio para que o cumprimento das normas seja garantido.

Ao mesmo tempo, os investidores e os acionistas analisam as informações para conseguirem entender o desempenho da empresa. Enquanto isso, as instituições financeiras podem utilizá-las como base para fins mais específicos, como análise de crédito. Quanto melhores forem os resultados medidos pela contabilidade financeira, maior será o potencial de crescimento do negócio em questão.

Contabilidade fiscal

Contabilidade fiscal é o tipo contábil mais conhecido pela população em geral. Mesmo quem não conhece muito sobre o conceito de contabilidade sabe um pouco sobre a área fiscal, já que é ela que cuida de todos os tributos devidos pela empresa — como as taxas, impostos e as contribuições.

Para muitos, aliás, a gestão contábil é sinônimo de gestão tributária, já que os impostos são a principal burocracia atendida nos negócios. No cenário brasileiro, que é um sistema altamente complexo — com mais de 400 mil normas —, a contabilidade fiscal é indispensável para que seja possível cumprir todas as obrigações e garantir que a empresa pague o mínimo possível em tributos.

Isso porque qualquer erro fiscal pode levar o negócio a pagar mais impostos do que deveria — e, em alguns casos, até ser multada. Por esse motivo, é papel do contador fazer uma apuração de todos os impostos devidos, além de fazer todos os cálculos de alíquotas e a emissão das guias para recolhimento — sempre dentro dos prazos estabelecidos pelos órgãos competentes.

Contabilidade gerencial

Esse é o ramo contábil com foco na produção de informação estratégica. Aqui, o objetivo é auxiliar na tomada de decisão das empresas. Para isso, ela enfatiza a parceria entre o gestor e o contador e prioriza o planejamento estratégico e o conhecimento dos números com base em dados econômicos e financeiros.

Sendo assim, a contabilidade gerencial foca no atendimento das necessidades internas de um negócio, além da geração de valor para o empresário ou lojista. Quando bem-feita, é possível alcançar uma tomada de decisões muito mais assertiva e diminuir erros de estratégia.

Contabilidade governamental

Esse é um ramo da contabilidade que tem como objetivo oferecer serviços — e consultoria — a entidades do governo, como o próprio nome já sugere. Então, ela trabalha junto da União, dos Estados, do Distrito Federal, de todos os municípios e das demais pessoas jurídicas que precisarem dos seus serviços.

Aqui, é preciso ter em mente que não é porque uma entidade é pública que ela não precisará do auxílio de um profissional que saiba lidar com assuntos contábeis. Por conta da grande demanda que existia nessa vertente, a contabilidade governamental foi instituída.

Contabilidade imobiliária

O ramo imobiliário é um dos que mais tem crescido ultimamente — e as estimativas são de que ele continue crescendo. Como essa é uma atividade que lida com impostos governamentais, assuntos bastante complexos e valores altos, foi criado um tipo específico de contabilidade para lidar com tudo isso.

A contabilidade, então, presta serviços a empresas imobiliárias, mas não se resume a só elas. Também trabalha com os negócios que adquirem imóveis e até mesmo com as pessoas físicas adquirentes.

Contabilidade internacional

Os assuntos financeiros geralmente são complicados e burocráticos por si só. Imagine, então, quando é preciso fazer uma transação ou qualquer outro serviço de um país para o outro. Como os impostos são calculados ou os demonstrativos são emitidos?

É aí que entram os profissionais especializados em contabilidade internacional. Os contadores que se especializam nesse ramo conseguem simplificar, padronizar e até explicar a realização de todos os serviços necessários. Dessa forma, as operações podem ser feitas em outro território sem complicações.

Contabilidade rural

Como o próprio nome já indica, essa área contábil foca nos serviços financeiros em geral voltado para todo o mercado rural. Até pode parecer que é uma área um pouco desnecessária à primeira vista, mas as empresas desse ramo contam com algumas particularidades que abrem precedentes para a criação de uma contabilidade própria.

Um exemplo bastante prático é a diferença de tempo para cada um dos ciclos de operação — que dependem de qual for a criação. Cada uma dessas empresas tem as suas particularidades, independentemente do produto que comercializa. Por esse motivo, esse tipo de contabilidade presta esses serviços para assegurar a segurança e assessoria completa aos negócios.

Contabilidade digital

A contabilidade digital chegou para ser uma evolução dos serviços contábeis em geral na era da internet. De maneira prática, ela funciona como uma maneira inteligente e mais eficiente de fazer a gestão contábil por meio de automação e outros recursos de tecnologia.

Isso significa que os contadores estão cada vez mais deixando toda a papelada para trás e, no lugar, entram os sistemas online criados para gerenciar os dados dos clientes em tempo real. Não é mais preciso, por exemplo, lidar com o vai e vem de documentos impressos — em vez disso, já é possível compartilhar documentos de forma online para agilizar a troca de informações entre o escritório contábil e a empresa.

Da mesma maneira, as tarefas repetitivas podem ser totalmente automatizadas para poupar tempo e investi-lo em outros processos que demandam mais atenção. Exemplos do que pode entrar nesse processo de automação são os cálculos de impostos, as escriturações e as conciliações bancárias.

Por esse motivo a contabilidade digital é mais indicada para empresas inovadoras — como as startups — e os negócios completamente online. No caso da sua loja virtual, por exemplo, ter um contador online pode agilizar as rotinas ligadas à essa área, já que tudo pode ser resolvido de maneira online por meio das plataformas digitais disponíveis.

Quais funções a contabilidade exerce na empresa?

A contabilidade exerce algumas funções específicas dentro de um negócio. São essas ferramentas que fazem com que os processos aconteçam de maneira mais rápida, segura e prática. Entre elas, é possível citar:

  • fluxo de caixa, que é toda a movimentação financeira;
  • balanço patrimonial — um relatório que descreve a situação financeira do negócio;
  • DRE, ou a Demonstração de Resultados do Exercício;
  • Decore — a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos, um documento que comprova a renda dos sócios que são pessoas físicas.

Além disso, é essa área que faz a apuração, o cálculo e a emissão de guias para o pagamento dos impostos. Outra função importante é o planejamento tributário, que é um processo que utiliza a própria legislação para que, assim, a empresa possa pagar o mínimo de impostos possível.

Conseguiu entender o que é contabilidade e as vantagens que ela pode oferecer para a sua loja? A princípio, até pode parecer uma área muito burocrática e confusa, mas ao dedicar um tempo para ela — ou terceirizar esse serviço —, o seu negócio pode ter muitos resultados positivos.

Aproveite a visita e descubra agora mesmo qual é o perfil de um bom empreendedor. Ao conhecer essas características, você saberá como se destacar no mercado!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Artigos relacionados

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.