Produtos e Nichos

Como montar um brechó online? Descubra por onde começar o seu negócio digital

Aprenda como montar um brechó online

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Vender roupas que já foram usadas pode ser um ótimo negócio tanto para o cliente — que procura itens exclusivos e mais baratos — quanto para o lojista, já que o investimento para esse tipo de negócio costuma ser mais baixo que outros.

Você sabe como montar um brechó online? As lojas de roupas já têm espaço garantido há muito tempo na internet, mas nos últimos tempos o consumo de roupas de segunda mão vem crescendo cada vez mais — o chamado slow fashion.

Vender roupas que já foram usadas é atrativo tanto para os compradores que estão em busca de itens exclusivos — e mais baratos — quanto para os vendedores, porque o investimento inicial para esse negócio é bem menor quando comparado a outros empreendimentos. Neste post, você vai aprender em um passo a passo detalhado como montar o seu brechó do zero. Acompanhe!

Faça um bom planejamento

O primeiro passo para descobrir como montar um brechó online é fazer um bom planejamento. Isso porque todo bom negócio se origina de um processo bem detalhado de como cada etapa — por menor que ela seja — será colocada em ação.

Independentemente se o seu intuito é criar um brechó de luxo ou se é apenas ter uma renda extra no final do mês, o caminho é o mesmo. Você precisa colocar tudo no papel para não se perder ao longo do tempo e para conseguir fazer com que o seu negócio seja bem-sucedido.

Crie um plano de negócio

Com o planejamento todo detalhado em um documento, chegou a hora de tirar as ideias do papel e, mais do que isso, pensar nas melhores estratégias para montar a sua loja online. Você pode começar definindo quais itens serão vendidos e se serão apenas um tipo de produto comercializado ou mais — como roupas e livros.

Outro ponto é analisar o público que você deseja atingir com o seu novo negócio para se comunicar melhor com as pessoas e já para perceber o que pode dar certo ou errado nessa comunicação. Esse é, sem sombra de dúvidas, um passo muito importante para que as coisas comecem do jeito certo e prosperem.

Escolha bem o nome

Para muitos lojistas, a escolha do nome da loja pode parecer a parte mais simples de todo processo. Porém, para que consiga se destacar nesse mercado tão concorrido, ele precisa comunicar muito bem o que a sua loja é — seja ela de roupas de segunda mão com estilo moderno ou mais vintage.

Nessa etapa vale colocar a criatividade em jogo. Você pode pensar em uma palavra que defina o estilo do brechó, pode juntar duas palavras do nicho que resultem em um nome chamativo e interessante ou até pesquisar algum termo referente a esse universo em outra língua. Só tente evitar usar o seu próprio nome ou a palavra “desapego” para a loja, porque pode passar uma ideia de um negócio não tão profissional para o público.

Faça uma análise do mercado

Essa análise serve para você entender como o mercado de moda e de slow fashion funciona. É a partir daqui que você conseguirá informações essenciais para montar o seu próprio brechó e para que ele seja um sucesso.

Uma dessas informações é sobre o público-alvo que você quer atingir. Ao fazer esse estudo, será possível perceber quais nichos são mais atendidos e quais são aqueles que não têm tantas opções assim. Então, depois disso é só escolher o seu — que pode ser moda feminina, masculina, infantil, roupas de grife, esportivas, plus size e assim por diante.

Analise a concorrência

Depois de ter o seu foco definido, assim como o seu público-alvo, você precisa analisar a sua concorrência. Mesmo que as peças que serão vendidas na sua loja sejam praticamente exclusivas, não existe tanta necessidade de investigar os produtos que os concorrentes vendem.

Pesquise as lojas que também vendem para o seu nicho e repare como a loja online foi feita, a identidade visual que utilizaram, as estratégias de venda que eles colocam em prática e como é a relação deles com os clientes. Toda essa pesquisa servirá não só para você não fazer igual, mas para poder notar os pontos de falha que eles cometem para que a sua estratégia seja inovadora e criativa.

Defina as peças que farão parte do brechó online

Depois do planejamento feito e de ter o resultado das análises em mãos, é chegada a hora de decidir quais tipos de peças farão parte da sua loja online. A princípio pode parecer um passo desnecessário, já que o mais óbvio seria vender todo tipo de roupa — principalmente no começo —, mas é extremamente necessário fazer essa escolha e pensar bem em quem você quer como cliente.

Por isso, uma dica é pensar em um nicho específico. Com a análise de mercado e da concorrência que você já fez, fica mais fácil encontrar esse público que você quer atingir. Quando o seu foco está em um grupo de pessoas específico, fica mais simples montar estratégias de venda que funcionem.

Planeje a montagem do site

O site do seu brechó online é uma peça-chave para criar a sua marca e fazer com que ela seja bem-sucedida. Por mais que também seja interessante vender pelas redes sociais e pelo WhatsApp, o recomendado é que você tenha um lugar na internet para chamar de só seu.

Para começar, compre um domínio para dar um ar mais profissional para a sua loja — aquele www.nomedasualoja.com.br. Além de profissionalizar o seu negócio, passará mais segurança para os clientes comprarem de você.

O próximo passo é criar o site em si. Hoje em dia existem diversas plataformas com ótimo custo-benefício que oferecem todas as ferramentas para você não precisar se preocupar com essa parte: é só cadastrar seus dados, os produtos e já começar a vender.

Busque por parcerias

Nesse ponto, é preciso pensar em como você vai vender as roupas de segunda mão na internet de um jeito prático e econômico. Aqui, o foco é em valorizar tanto a apresentação quanto a qualidade dessas peças para conseguir vendê-las em um perfeito estado.

Para começar, você pode vender as suas próprias roupas que já não usa mais ou pedir gentilmente por itens que seus amigos e parentes deixaram parados no guarda-roupas. Outra maneira fácil de começar é fazer o famoso garimpo — que nada mais é que pesquisar e comprar as peças em outros comércios físicos ou online. Alguns deles, aliás, são especializados em vender lotes de roupa em vez de avulsas.

Um brechó online também pode funcionar no modelo consignado. Nele, você como dono do negócio recebe a mercadoria, faz a venda e repassa um percentual desse valor para a empresa que forneceu os produtos. Caso seja interessante, você também pode estabelecer qualquer outro tipo de acordo ou parceria com lojas ou mesmo outras pessoas que estejam dispostas a fornecer roupas por um bom custo-benefício.

Caso a sua ideia seja vender outros tipos de produtos usados — como os livros já citados anteriormente — a ideia de parceria é a mesma. Cabe a você estudar e escolher qual é a melhor maneira para encontrar fornecedores de qualidade.

Comece o seu estoque

Trabalhar com qualquer tipo de mercadoria, mesmo que sejam únicas e de segunda mão, faz com que você precise ter um estoque. Então, aproveite para se certificar de que você tenha um local adequado para estocar esses itens.

Em primeiro lugar, é preciso que ele seja limpo, arejado e organizado para conservar as peças da melhor maneira possível até que elas cheguem aos clientes. Não se preocupe se você não tem um espaço grande para servir como estoque — principalmente no começo. Só garanta que ele seja de um tamanho bom o suficiente para acomodar todas as suas peças. Pode até mesmo ser o seu quarto, se não for atrapalhar a sua rotina.

Defina a precificação de cada item

O valor de um produto é sempre relativo, ainda mais quando se trata de peças únicas como as de um brechó. Mas, o importante é sempre priorizar os itens de qualidade para vender na sua loja virtual e cobrar um preço que seja justo por eles. Isso porque o seu cliente não merece comprar uma peça que já foi usada ou que tem marcas de uso e ainda por cima pagar muito caro por ela.

Se você não sabe nem por onde começar nessa etapa de precificação, uma boa ideia é fazer uma pesquisa de mercado e tentar verificar o valor do produto que quer precificar — ou o mais próximo dele possível — e notar se existe algum defeito ou marcas de uso nele. Depois disso, pense no lucro que você deseja ter em cima da venda.

Aqui, é preciso que você sempre tenha em mente de que você precisa lucrar — afinal de contas você tem um negócio —, mas não pode comercializar as peças como se elas fossem novas. O preço final precisa estar adequado ao estado da peça e ao tempo de uso dele.

Tire fotos de qualidade

Em um brechó online — assim como em qualquer outra loja que venda produtos —, o maior trunfo do lojista é a qualidade das imagens dos itens que ele comercializa. A foto é a primeira impressão que o cliente terá do seu negócio e do que você vende, então precisa caprichar nelas.

Dedique um tempo para tirar fotos excelentes. Se for possível, utilize um bom cenário que as valorize, como um lençol de cor contrastante na cama, uma parede colorida da sua casa mesmo ou até o fundo de um armário ou de um guarda-roupas se o design for interessante.

Outra dica é tentar fazer fotos das peças no corpo — seja no seu ou de uma pessoa contratada para ser fotografada. A maioria dos brechós online usa fotos em manequins, dos itens pendurados em cabides ou estendidos em uma superfície reta — as chamadas flat lays.

Quando o seu cliente olhar para uma foto da peça em uma modelo real, pode ter uma ideia melhor de cada detalhe e de como ela ficará no próprio corpo, o que pode ser decisivo para a decisão da compra. Além disso, seu brechó online terá um grande diferencial visual em relação à concorrência.

Para vender nas redes sociais, como no próprio Instagram, que é bem utilizado para esse tipo de comércio, é interessante você estabelecer um padrão de cores tanto para os seus posts quanto para os stories. Assim, você cria uma identidade visual forte para o seu negócio. Use a criatividade e pense em que elementos você pode implementar nas fotos para diferenciar o seu brechó dos outros.

Faça uma boa divulgação nas redes sociais

Parte do sucesso do seu brechó online é a divulgação que você precisa fazer nas redes sociais. Divulgue todas as novidades, além das novas peças, e deixe todos os seus clientes a par das atualizações do seu catálogo. Como são itens únicos, ninguém vai querer ficar de fora e perder a oportunidade de garantir um item exclusivo.

O segredo é postar de uma maneira que instigue os visitantes da sua loja virtual a ficarem alertas para as suas novidades. Um jeito bem simples de fazer isso é utilizar a figurinha de contagem regressiva no Instagram com a data das suas próximas atualizações. Lembre-se também de demonstrar sempre que você está em busca de novos itens para deixá-los curiosos.

Faça a descrição das peças

Outro ponto importante que pode diferenciar o seu brechó da concorrência é na descrição de cada peça. Seja no Instagram, no seu site ou em qualquer outra plataforma, prefira escrever de forma detalhada e clara.

Foque nas características específicas dos itens, como tamanho, cor e material de fabricação. Você também pode ir além do que normalmente é feito e até sugerir combinações possíveis com outras peças que você tem no estoque.

Aqui é importante lembrar que você precisa ser completamente transparente. Se tiver algum defeito ou marca de uso na peça, é melhor informar aos seus clientes para que eles não se sintam enganados. A decepção de receber uma peça danificada sem aviso prévio pode fazer com que você o perca para a concorrência.

Monte uma vitrine virtual

Qual é uma das melhores maneiras de diferenciar o seu brechó online dos demais espalhados pela internet? Uma boa vitrine virtual! Então, esse é um passo essencial para o seu negócio que você não pode deixar passar despercebido.

Por isso, foque em exibir as peças que você tem no estoque de maneira atraente — e bem organizada. Pense em como você pode facilitar a navegação no seu site e a experiência de compra dos visitantes para que eles sintam mais desejo de comprar de você.

Uma outra ideia que pode funcionar é ter um catálogo online para conquistar novos clientes — e, de quebra, aumentar as suas vendas. Você pode fazer o seu ou procurar por ferramentas que ofereçam esse tipo de recurso — já que isso poderá facilitar o seu trabalho.

Defina os canais de venda

Como você já deve saber, a tendência do momento — e que só cresce — é vender pela internet. O ideal nesse cenário, porém, é investir em vários canais diferentes para que a sua loja alcance o maior número de pessoas possíveis.

Além disso, existe um ditado que diz para “não colocar todos os ovos na mesma cesta” que cabe muito bem aqui. Imagine que você aposta em um só lugar para fazer as suas vendas — como um marketplace ou uma rede social — e essa ferramenta simplesmente deixa de existir. Como você vai vender? Por isso é bom sempre ter mais opções.

Montar o seu brechó no Instagram, por exemplo, é uma excelente oportunidade para começar e a maioria dessas lojas usam essa estratégia. Isso porque com um perfil comercial, é possível conseguir a tão desejada sacolinha, que indica que o item está à venda e facilita todo o processo de compra. Sem contar que deixa o seu negócio com um ar mais profissional.

Outra opção interessante é vender pelo WhatsApp. A versão para negócios do aplicativo permite que você crie um catálogo para as suas peças e programe mensagens automáticas — que são ótimas para quando você não puder responder na hora.

Você também pode fazer as vendas pelo Facebook. Por mais que ele esteja caindo em desuso nos últimos tempos, é possível criar uma página própria para o seu brechó e postar de maneira semelhante ao conteúdo do Instagram. Também é possível vender nos grupos da sua região — ou das quais você escolher enviar suas peças — ou no próprio marketplace da plataforma.

Por falar nos marketplaces, eles também são ótimos lugares para você fazer ainda mais vendas. Você pode procurar por sites como Elo7, Mercado Livre e o Shopee — o queridinho dos lojistas no momento.

Capriche no atendimento online

Um objetivo que a maioria dos lojistas têm em comum é querer que o cliente volte e compre mais vezes e isso não seria diferente no seu brechó online, não é mesmo? Para isso, você pode caprichar no atendimento online e no pós-venda para cativar todas as pessoas que comprarem de você.

Uma boa estratégia é ouvir o que estão falando da sua marca na internet e usar isso a seu favor. Faça bom uso das redes sociais para criar um relacionamento com todos os seus seguidores e esteja disponível para responder a possíveis dúvidas assim que elas chegarem até você — dentro do seu horário de trabalho, é claro!

No mais, você pode pedir avaliações e oferecer frete grátis na próxima compra, oferecer cupom de desconto para os clientes frequentes, compartilhar fotos das pessoas que compraram da sua loja no Instagram e tudo mais que for interessante para estreitar ainda mais a relação entre vocês.

Quando você faz um trabalho excelente, além das suas vendas aumentarem, o seu brechó online vai passar a ser promovido pelos clientes pelo chamado “boca a boca”. Esse marketing gratuito é uma oportunidade que você não pode perder!

Viu só como montar um brechó online não é tão difícil quanto parece? Ao seguir esse passo a passo você já terá uma boa base para montar o seu e ter sucesso nas vendas. Mas, se ainda sente insegurança, você pode procurar pelos principais brechós online para buscar por inspirações, como o Repassa e o Enjoei.

Também vale a pena olhar no Instagram por alguns perfis para se inspirar.E por falar em inspiração, aproveite e aprenda agora mesmo a montar uma biografia no Instagram do seu brechó para se destacar na internet!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Artigos relacionados

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.