Vendas

Cartão de agradecimento ao cliente: 5 dicas incríveis para criar um

cartão de agradecimento ao cliente

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Um bom cartão de agradecimento ao cliente pode ser muito mais do que uma simples comunicação de praxe. Para isso, é importante personalizar a mensagem e saber como falar com o consumidor.

Vender pela internet não é nenhuma novidade para marcas ao redor do mundo. Entre as preocupações essenciais para uma boa experiência de compra, a logística, agilidade e o bom atendimento são alguns pilares óbvios para as empresas. No entanto, nem todas se atentam a detalhes, como o envio de um cartão de agradecimento ao cliente.

Esse recurso é algo bastante simples e que custa pouco, mas pode ter resultados incríveis dependendo de como e quando são enviados. O impacto direto acontece no momento de abertura do pacote por parte do consumidor. A ideia aqui é gerar maior aproximação e proporcionar um momento ainda mais positivo ao cliente.

Mas você sabe como um simples cartão pode realmente fazer diferença na experiência de compra? Além disso, sabe como criar um? Neste conteúdo mostramos esses e outros pontos importantes sobre o tema. Veja!

Qual a importância de agradecer aos clientes?

Pode parecer óbvio que sua empresa deve agradecer todo cliente por uma compra, certo? Essas pessoas estão confiando no seu produto e no seu serviço, o que por si só já é algo realmente grande. Passado esse entendimento básico, há muito mais coisa envolvida quando pensamos em um agradecimento formal e mais elaborado.

Tudo parte da ideia de experiência de compra. Seu consumidor deseja que seja algo satisfatório fazer uma compra pela internet, o que muitas empresas por aí são capazes de conseguir. Portanto, não são todas que oferecem uma experiência qualificada de maneira ampla, ou seja, mandando bem em cada ponto que faz diferença para o consumidor.

Agradecer é mostrar que seu negócio está feliz pelo negócio realizado e que, acima de tudo, valoriza a escolha do consumidor. Ao enviar um agradecimento, você pode colocar sua marca à disposição dessa pessoa de maneira amigável, mostrando que pode contar com a empresa independentemente do que acontecer depois daquela compra.

Especialmente para marcas pequenas e que estão começando, cada venda realizada tem um peso grande para o desenvolvimento do negócio. Então, porque não fazer seu consumidor saber disso? Ter essa sinceridade e transparência vai gerar um sentimento positivo nesse público, que vai criar uma simpatia natural à sua marca.

Como o agradecimento ajuda na fidelização?

No e-commerce, gratidão pode ser o sentimento básico para aproximar clientes com marcas. Quando essas pessoas se sentem gratas por um bom atendimento e um serviço de qualidade, há boas chances de se tornarem clientes recorrentes e fiéis.

Da mesma forma, quando uma empresa demonstra gratidão por uma venda realizada, o consumidor consegue perceber que não é só mais um, ainda que o agradecimento seja feito a todos. Cabe também a essa marca valorizar cada cliente de maneira igual, o que vai gerar a percepção de que todo consumidor é visto como importante.

Agradecer vai sempre gerar fidelização, graças ao engajamento que vem junto dessa sequência de gentilezas. Agora, você entende melhor em alguns pontos como esse agradecimento pode ajudar marcas a terem maior fidelização com seu público.

Sua marca se coloca à disposição

Um grande erro que muitas marcas cometem é estar disponíveis apenas até o momento mais importante: a venda. Afinal, essa é maneira mais cômoda de se comportar, mas também a mais errada. Marcas que agem dessa forma estão mostrando para o público que esses clientes servem apenas enquanto estão consumindo.

Quando sua marca se coloca à disposição, o consumidor sabe que não para ali. Afinal, pode haver a necessidade de um atendimento, uma devolução, uma troca ou até um relacionamento a longo prazo. Então, quando sua marca agradece e se coloca à disposição na comunicação pós-venda, há um engajamento natural.

Você gera engajamento pela simpatia

O consumidor espera que as empresas tratem as pessoas de maneira amigável, próxima, educada e gentil. Não importa o mercado, ir além da relação comercial, de compra e venda, é fundamental para se posicionar da maneira certa. De maneira natural e sensível, as marcas podem gerar simpatia no cliente por meio dessa forma de tratamento.

O agradecimento é uma das melhores maneiras de colocar em prática esse tom de comunicação mais próximo e amigável. Assim, o consumidor vai realmente desenvolver um sentimento mais positivo de maneira gradativa. Mas lembre-se: a consistência é fundamental para alcançar uma relação sólida e de longo prazo.

O que é um cartão de agradecimento?

O cartão de agradecimento é um recurso de aproximação da marca com seu consumidor, muito utilizado depois de uma compra. Quando falamos de e-commerce, esse cartão precisa ir junto da compra, proporcionando uma experiência de compra ainda mais positiva e qualificada.

Talvez você já tenha recebido algum cartão de agradecimento junto de alguma compra que fez na internet. Essa é uma estratégia muito comum para gerar os pontos positivos que estamos citando ao longo deste conteúdo: engajamento, simpatia e envolvimento.

Um dos detalhes mais interessantes do cartão de agradecimento é que você pode usá-lo em praticamente todo negócio. O que muda, na verdade, é a abordagem, o tom da mensagem e alguma oferta extra que ela pode levar, como um cupom de desconto.

Cartões podem ser realmente impressos, no modelo tradicional, e serem anexados ao pacote, na parte de dentro, preferencialmente. Assim, seu consumidor sempre vai poder ver esse agradecimento e pensará nele como parte de uma experiência ampla e totalmente positiva na hora de desembalar o produto em questão.

Quando enviar um cartão de agradecimento ao cliente?

Muitos empreendedores e profissionais de marketing têm dúvidas sobre a frequência de envio de um cartão de agradecimento ao cliente. Na realidade, não há uma regra para isso, mas algo é preciso pontuar: agradecer nunca é demais! Não há riscos do seu consumidor achar ruim sua marca ser gentil e grata.

Há, no entanto, alguns pontos a serem destacados nessa estratégia. Se o seu cliente é recorrente e está em determinado número de compras, você pode fazer um cartão de agradecimento especial, reforçando essa fidelidade que já dura algum tempo.

Da mesma forma, pode enviar um cartão específico para quem está comprando pela primeira vez, agradecendo o início da parceria e enviando mais informações. Tudo vai depender desses diferentes contextos, o que exige adaptações importantes para engajar.

Como criar um cartão de agradecimento?

Que tal criar um cartão de agradecimento que vai realmente transmitir o sentimento mais adequado na hora de se comunicar com seu consumidor? Separamos cinco dicas que vão fazer toda a diferença e gerar os resultados que você deseja. Confira!

1. Identifique o cliente

Sua mensagem precisa ser o mais segmentada possível. Isso nem sempre é tão fácil assim, afinal, são muitas vendas e cartões para enviar. No entanto, o nome é o detalhe principal que não pode faltar. Identificar o cliente é uma obrigação, o que leva à mensagem a ser iniciada sempre de maneira nominal.

Essa identificação também deve estar ligada ao contexto, ou seja, você deve identificar o cliente, sua recorrência de compra, o que essa pessoa comprou e o que ela espera. Assim, a mensagem pode ser além de nominal, também bastante personalizada. Esse detalhe eleva o nível da comunicação e gera uma percepção muito positiva.

2. Saiba o motivo do agradecimento

O agradecimento é uma estratégia que vem com base em uma razão importante. Pode ser uma mensagem por conta da compra, pelo fato de o consumidor ter avançado no programa de fidelidade ou por um outro motivo importante. Mais do que saber esse motivo, é essencial identificar na mensagem essa razão de agradecimento.

Saber o motivo do agradecimento é algo que também está ligado à forma como a empresa monitora cada consumidor e a progressão dessa pessoa pela jornada de consumo. Para fazer um monitoramento estratégico realmente bom, utilizar um CRM pode facilitar muito essa gestão.

3. Prefira mensagens mais curtas

Pensar na experiência do usuário é uma necessidade contínua que a empresa precisa ter, seja em uma interação no site ou e-mail, seja em um cartão de agradecimento ao cliente. Independentemente se estamos falando de uma peça impressa ou não, do outro lado há alguém que vai lidar com essa mensagem de determinada maneira.

Por isso, prefira mensagens curtas. O seu consumidor vai ficar feliz e satisfeito de receber seu cartão de agradecimento, mas há algo mais interessante: o produto que comprou. Esse deve ser o foco nessa etapa da experiência de compra. O cartão é apenas algo a mais projetado para melhorar o momento e gerar fidelização.

4. Capriche na escolha das frases

Frases de impacto vão gerar uma percepção mais positiva nas pessoas que vão ler esse cartão de agradecimento. Portanto, o que você precisa fazer é aliar um tom amigável e mais próximo a frases que geram uma assimilação mais precisa e rápida do que está sendo feito: uma estratégia de engajamento.

Você pode utilizar algumas frases potentes como:

  • “Você é muito importante para nós”;
  • “Obrigado por acreditar em nosso sonho”;
  • Esperamos que goste da sua compra”;
  • “Aproveite seu produto”;
  • “Conte conosco”.

5. Busque inspirações

Inspirações e referências são sempre um bom início para marcas que ainda não têm uma estratégia de agradecimento definida. O que outras empresas já estão fazendo pode servir de parâmetro para entender como funciona essa comunicação e de que maneira ela é feita. Assim, você não parte do zero sem nunca ter visto nada antes.

É importante buscar referências que sejam do mesmo segmento do seu negócio e, principalmente, que vendem para o mesmo público-alvo. Isso porque estamos falando de uma peça de comunicação, o que exige a abordagem e o tom adequados. Uma boa referência precisa estar aproximada do que a sua empresa é.

Exemplos de cartões de agradecimento

Há uma certa variedade de possibilidades de cartões de agradecimento que você pode usar na sua estratégia de relacionamento com o consumidor. Saber a hora certa e a ocasião adequada utilizadas para criar esse cartão vai aumentar a efetividade deles. Veja algumas boas possibilidades para aplicar na sua empresa.

Pela primeira compra

Como diz o ditado popular, a primeira impressão é a que fica! Se sua marca é capaz de oferecer uma experiência incrível na primeira vez, há boas chances de encantar esse consumidor e fazê-lo enxergar seu negócio de maneira especial e única. Portanto, prepare um cartão de agradecimento para quem está estreando como cliente.

Pela preferência

Este tipo de cartão é um dos mais simples e recorrentes na experiência de consumidor. Basicamente, você vai agradecer o seu cliente pela preferência de ter comprado com a sua marca. É uma ótima opção para aquelas pessoas que estão fazendo uma compra a mais, mas que já passaram pela primeira experiência como clientes do negócio.

Pela parceria

Alguns clientes vão ser verdadeiros parceiros do seu negócio. Esses são aqueles que compram de maneira recorrente e sempre estão gerando bons números para sua empresa. A essas pessoas, vale reforçar que são parte essencial da sua empresa e ajudam a manter a marca em alta. Portanto, faça um agradecimento mais que especial.

Como personalizar ainda mais o cartão?

Um cartão de agradecimento ao cliente precisa ser personalizado, o que pode ser feito nos mais diferentes níveis. Se essa ação é genérica, tenha a certeza de que perde toda efetividade e pode simplesmente ser ignorada por quem recebe. Afinal, esse tipo de comunicação simples e protocolar é feita a todo tempo por uma infinidade de marcas.

Lembre-se de que um dos maiores bens que sua empresa pode ter é a atenção do consumidor. Uma vez que você conquista isso, vender seus produtos para essas pessoas torna-se algo mais fácil e quase que natural. Portanto, você precisará personalizar o seu cartão, e isso pode ser feito das seguintes maneiras:

  • mencionar uma determinada preferência por produto;
  • fazer referência a algum assunto ou gosto pessoal que o cliente demonstrou;
  • oferecer um cupom de desconto segmentado para determinado produto.

Com cuidado, segmentação e personalização, o cartão de agradecimento pode se tornar um recurso muito interessante para gerar engajamento. Para isso, monitore referências, acompanhe o que seu consumidor gosta e tente ao máximo se adaptar a esses pontos. Essas preocupações vão separar um cartão incrível de uma comunicação simples e protocolar.

Você já usa um bom site na sua loja virtual? A Bagy pode ser a solução que você precisa para começar a vender agora mesmo na internet.

Pedro Fonseca

Especialista em Marketing e Estratégias Digitais, atua no mercado de e-commerce a mais de 3 anos. Hoje seu principal foco, como CMO na Bagy, é trazer conteúdo relevante para empreendedores de todos os portes e segmentos, a fim de melhorar seus resultados e disseminar boas práticas no comércio eletrônico.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Artigos relacionados

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.