Vendas

Descubra quanto tempo demora para compensar um boleto pago pela internet

Imagem ilustrativa de quanto tempo demora para compensar um boleto pago pela internet

Veja o que você irá encontrar neste artigo

O prazo de compensação do boleto é de 3 dias úteis. É sempre bom saber quanto tempo demora para compensar um boleto pago pela internet para esclarecer as dúvidas que surgirem em relação a esse meio de pagamento.

Você sabe quanto tempo demora para compensar um boleto pago pela internet? Essa é uma das principais dúvidas dos clientes em relação a essa forma de pagamento e você, como lojista, precisa saber a resposta para esclarecer essa questão corretamente para o seu público.

Mesmo com tantos outros meios de pagamento disponíveis atualmente, o boleto ainda é um dos mais utilizados — independentemente se é por conta da segurança que ele oferece ou porque não exige que o cliente tenha uma conta bancária. Por isso, é importante saber como ele funciona para que você possa oferecê-lo na sua loja online. Continue a leitura e descubra mais sobre ele!

Vale a pena receber por boleto?

Em tempos de PIX, que é o método de pagamento instantâneo do Banco Central, uma grande dúvida é se ainda vale a pena gerar boleto bancário para os seus clientes e a resposta é: sim! Isso porque ele é acessível para qualquer pessoa, ou seja, basta informar os dados pessoais para a emissão desse título.

Já no caso de compras com outros tipos de pagamento, como cartão de crédito ou o próprio PIX, é necessário ter uma conta bancária. De acordo com o Instituto Locomotiva, o boleto consegue atender a um público de cerca de 34 milhões de brasileiros que não têm conta em banco.

Outra vantagem que o recebimento por boleto oferece é maior liquidez no caixa da empresa. Isso porque opções como o cartão de crédito demoram aproximadamente um mês para entregar o dinheiro da compra para você. Quando a cobrança é feita pelo boleto, o valor é recebido em até 3 dias úteis.

Mais um benefício dos boletos bancários é a redução de custos operacionais com os pagamentos. A taxa de emissão de um desses títulos, por exemplo, pode variar de R$ 1,50 a R$ 10 no mercado de serviços financeiros atual.

Se levarmos os custos das taxas cobradas por antecipação em consideração, o pagamento por cartão de crédito pode sair muito mais caro para a sua loja online. De qualquer maneira, é muito importante oferecer várias formas de pagamento para o seu cliente, mas o boleto é uma das mais econômicas, sem dúvida.

Como acontece o recebimento por boleto?

Para receber um pagamento por boleto bancário, você precisará emitir o documento e enviá-lo para o seu cliente. Geralmente isso é feito por meio de um arquivo em PDF ou por uma URL que é aberta no navegador do usuário.

O cliente pode fazer o pagamento de diversas maneiras. Uma delas é em um estabelecimento físico conveniado — como as casas lotéricas, agências bancárias ou até mesmo em postos dos Correios. Outra forma muito utilizada é a online, que pode ser feita por meio de carteiras digitais, aplicativos de instituições bancárias ou pelo internet banking.

Se o cliente efetuar o pagamento após o vencimento do boleto, juros e multas podem ser aplicados sobre o valor da cobrança — conforme as especificações do documento. Isso também se aplica a outras contas, como faturas de cartão de crédito e outros serviços, como água, luz e internet.

Especificamente para os e-commerces e lojas virtuais, o boleto tem um prazo de validade para ser pago. Passada essa data, se o pagamento não foi realizado, o produto, que estava “reservado” para o cliente em questão — é liberado e, consequentemente, a compra é cancelada.

Quando o banco recebe o pagamento do seu cliente, ele repassa o valor para a conta da sua loja já descontando a taxa cobrada por esse serviço. O prazo para que isso aconteça é sempre definido previamente e, geralmente, acontece em até 3 dias úteis.

Caso você utilize uma solução de pagamentos para a emissão desses boletos — como um software ou uma plataforma —, é o nome dela que aparecerá como cedente no título e não a sua loja online.

Além disso, ela será a responsável por fazer a intermediação com o banco. Ou seja, ela receberá a liquidação do valor pago e só então repassará para você.

Quanto tempo demora para compensar um boleto pago pela internet?

De uma maneira geral, o prazo de compensação do boleto é de até 72 horas, ou seja, 3 dias úteis. Sendo assim, se o seu cliente fez uma compra no sábado e efetuou o pagamento logo em seguida, é possível que o valor só seja compensado na quarta-feira — porque o próximo dia útil depois de sábado é segunda-feira.

Quando falamos em compensação, aliás, é preciso lembrar que ela só ocorre nos dias úteis, já que nos finais de semana e feriados o banco não faz esse tipo de serviço. O horário em que a transação é realizada também pode interferir nesse processo, já que os pagamentos feitos na parte da noite só serão compensados no próximo dia útil.

Aqui, é importante pontuar que o prazo máximo para a compensação é de até 72 horas — ou 3 dias úteis —, mas pode acontecer que o pagamento seja liberado antes — tudo depende da compensação feita no banco. Mesmo assim, o mais indicado é que você conte com o prazo final para que não tenha surpresas, ok?

Por que demora para compensar?

O boleto bancário passa pelo sistema de compensação do banco que o emitiu. Mas o que isso significa, afinal? De uma maneira bem resumida, isso indica que o pagamento será verificado pelos funcionários antes que o beneficiário — no caso, a sua loja — receba o dinheiro na conta.

Esse tempo é preciso para que a verificação do documento registrado seja feita, além da confirmação dos dados do pagador e do recebedor. Como o volume de boletos recebidos diariamente pelas instituições bancárias costuma ser muito alto, o prazo de 3 dias úteis é necessário para que essa conferência seja feita corretamente.

Por conta de todos esses trâmites, o processo se torna mais demorado que outros meios de pagamento, como o cartão de crédito ou o PIX. Somente depois que esse valor é liberado que os lojistas, aliás, confirmam a realização da compra.

O que pode deixar o processo mais rápido?

É muito normal se perguntar se existe algo que pode ser feito para acelerar o processo de compensação de um boleto, mas geralmente a resposta é: não. O prazo realmente é de 3 dias úteis e pode ser que ele seja compensado antes ou não.

O que pode ajudar, em alguns casos, é realizar o pagamento na Caixa Econômica Federal, já que esse banco costuma fazer a compensação dentro de um prazo menor, de até 48 horas úteis. Além disso, a tática de realizar o pagamento do boleto pela manhã também se mostrou bem útil, com casos de compensação chegando a apenas 30 horas úteis.

O importante aqui é se atentar sempre ao horário em que o boleto é pago para saber quando ele será compensado. Caso o pagamento seja feito até às 20h, o processamento acontecerá no mesmo dia. Se acontecer depois desse horário, a compensação só começará a ser contada a partir do próximo dia útil.

Como gerar boleto para receber pagamento?

Gerar um boleto bancário e utilizá-lo como uma solução de recebimento de pagamento é bem simples e qualquer pessoa — seja ela física ou jurídica — pode fazer a emissão desse documento. Esse método, inclusive, também está disponível para quem é MEI (Microempreendedor Individual).

Existem duas maneiras de emitir um boleto para pagamento de maneira simples. A seguir, confira cada uma delas.

Banco convencional

Para emitir boleto por um banco convencional, o primeiro passo é abrir uma conta na instituição desejada. Depois, é preciso conferir com o gerente para entender se a opção de emissão de boletos está disponível para o plano contratado — já que alguns bancos não disponibilizam essa opção para pessoas físicas.

Após essa etapa, já será possível emitir o documento manualmente. Para isso, você precisará preencher dados como o RG, CPF e o endereço do cliente em questão em cada um dos boletos a serem emitidos. Aqui, vale ressaltar que durante esse processo os bancos cobram taxa de emissão além da taxa de manutenção da conta.

Também vale o alerta de que você precisará compartilhar todas as informações dos seus clientes com o banco. Isso porque somente dessa maneira será possível que a instituição tenha controle sobre os recebimentos e as faturas.

Plataforma de cobrança

Já por meio de uma plataforma de cobrança é possível fazer a emissão de boletos sem nenhum tipo de burocracia e totalmente sem custo. Você só pagará a taxa de emissão do documento depois que o cliente efetuar o pagamento. Caso ele não seja feito, sua loja virtual não ficará no prejuízo.

Outro ponto interessante dessas plataformas é o fato de que é possível realizar todo o processo de forma prática e online porque o cadastro do cliente é feito uma única vez no sistema. A cada documento gerado, a única ação que você precisará fazer é buscar pelo nome do consumidor em questão.

Com isso, o boleto será gerado sem qualquer tipo de dificuldade. Além disso, ainda existe uma grande vantagem: a partir do cadastro dos seus clientes, é possível obter relatórios de diversos tipos — como os de pagamentos, recebimentos e até mesmo de inadimplências.

Como escolher uma plataforma de emissão?

Existem diversas opções de plataformas de emissão e cobrança de boletos disponíveis na internet. Porém, é preciso saber escolher qual delas é a mais segura e completa.

O primeiro passo é escolher aquela que proporcione outras ferramentas úteis além da emissão de boletos em si. Procure pelas opções que ofereçam:

  • carnês de pagamento;
  • cobranças de mensalidade — pode ser bastante útil se você oferecer também algum tipo de serviço na sua loja online;
  • gestão de cobranças;
  • controle de relatórios de recebimentos;
  • integração com outras soluções;
  • relatórios de clientes em atraso.

Depois, será preciso pensar nas opções que sejam totalmente seguras e que sejam simples de manusear. Isso porque todas as informações ficarão centralizadas em um mesmo lugar e o acesso a esses dados ficará restrito apenas a pessoas autorizadas — que precisarão aprender a usar a plataforma com facilidade.

Já em relação à segurança, também será preciso pesquisar qual é o método utilizado pela plataforma para salvar dados. A melhor maneira de proteger essas informações é por meio da tecnologia chamada de nuvem.

A validação de segurança fornecida pelo Banco Central também é um bom selo de qualidade e pode ser um parâmetro para você escolher o seu parceiro na emissão dos seus boletos — e até outros tipos de cobrança, se você preferir. Toda solução aprovada por essa instituição passa por uma análise rigorosa antes de receber a licença — tudo para garantir a segurança do sistema financeiro em questão.

Lembre-se de que só assim você terá a certeza de que a sua loja estará com as informações seguras. Além disso, esse tipo de tecnologia permite que mesmo que aconteça algum problema com o dispositivo que você utiliza para acessar a plataforma, nenhum dado será perdido.

Por fim, a plataforma precisa oferecer praticidade. Geralmente, a emissão dos boletos se torna muito mais simples — e mais rápida — se você utilizar um sistema que permita salvar as informações de cada cliente e calcular juros e multas automaticamente na emissão das cobranças.

Quais os cuidados ao receber por boleto?

Até aqui você já entendeu a importância em oferecer o boleto bancário como forma de pagamento e as vantagens que ele oferece. Mas, é preciso ter atenção a alguns detalhes quando for emiti-los para que seu negócio não seja prejudicado. Conheça alguns deles a seguir.

Estime a quantidade dos boletos emitidos

Esse é um fator de grande importância para uma boa gestão no que diz respeito à emissão de boletos. Isso porque é preciso ter em mente a quantidade de documentos gerados para planejar o recebimento desses recursos.

Imagine uma situação hipotética em que a sua loja online emite, em média, 15 boletos para pagamento por dia. Em uma data específica, porém, houve um grande aumento nas vendas que elevou a emissão para mais de 300%. É muito provável que o seu negócio não esteja preparado para trabalhar com um crescimento desses — o que pode ser um problema.

Por esse motivo, é preciso realizar estimativas mensais — e até diárias — de emissão. Uma maneira muito simples de fazer isso é tirar a média de boletos que foram emitidos nos últimos dias e nos últimos 3 meses. Essa prática fornece os recursos necessários para que você ou a sua equipe consigam atuar em situações mais atípicas e permite que nada saia do controle.

Utilize uma boa plataforma de emissão

A tecnologia é muito utilizada em muitas empresas, independentemente do mercado em que elas atuam e do tamanho delas — desde os pequenos comércios até as multinacionais a utilizam. Partindo desse pressuposto, os softwares ou outras soluções são importantes ferramentas no auxílio da automatização de tarefas que antes eram realizadas manualmente.

O uso de ferramentas tecnológicas e softwares é primordial no processo de gestão de documentos. Com elas, fica muito mais difícil acontecer situações de fraude. Além disso, eles permitem que todos os processos administrativos sejam melhorados e facilitados.

No caso das emissões de boletos bancários, isso não é diferente. Por isso, é extremamente necessário que você escolha um software ou plataforma que possa auxiliar nesses processos. Também é importante contar com a assessoria de uma empresa especializada que ofereça uma solução que atenda às necessidades do seu negócio e que ofereça um bom custo-benefício.

Escolha uma instituição bancária de confiança

O banco tem uma participação primordial no processo de emissão correta e sem incoerências de um boleto. Por esse motivo, é importante analisar as opções disponíveis e contatar uma instituição que ofereça boas condições e um bom custo-benefício em relação às tarifas.

Existem diversos benefícios em trabalhar com um parceiro que preze pela boa prestação de serviços e profissionalismo. Isso porque o crescimento orgânico do negócio costuma favorecer todas as partes envolvidas no processo.

Além disso, em uma boa parceria pode haver diversas oportunidades para discutir o oferecimento de linhas de financiamento mais atrativas que tenham juros mais reduzidos. Vale ressaltar que na maioria das vezes, as contas jurídicas ou MEI costumam oferecer vantagens mais competitivas — então mantenha isso em mente no momento da escolha.

Faça alguns testes antes

Antes mesmo de começar a emitir boletos na sua loja online, você precisará testar a ferramenta que escolheu utilizar. Para isso, faça testes para encontrar os possíveis erros e simule algumas compras para verificar se todas as funcionalidades estão operando da maneira adequada.

Você também pode gerar documentos fictícios para realizar essa primeira avaliação. Lembre-se de que é muito melhor errar no papel do que na prática.

Armazene os boletos adequadamente

Lembre-se sempre de que os boletos são documentos. Sendo assim, eles precisam ser armazenados corretamente e o acesso a eles precisa ser prático — já que você pode precisar consultá-los posteriormente. Como dito anteriormente, uma das melhores maneiras de guardá-los é na nuvem.

A segurança é a palavra-chave para encontrar uma solução que seja eficiente — e acessível — para a realidade da sua loja online. Contar com ela é bom tanto para o seu negócio quanto para os clientes.

Aqui, é preciso frisar que a organização é uma característica que precisa estar presente em qualquer empresa que deseja alavancar a sua operação e crescer em um mercado cada vez mais competitivo. Os boletos representam uma fonte de receita importante para custear as mais diversas despesas presentes no dia a dia de um negócio.

Também é importante ressaltar que a saúde financeira — e principalmente o capital de giro — está intimamente relacionada a uma gestão eficiente de todos esses documentos e fontes de receita da sua empresa. Um armazenamento correto e seguro dos seus boletos pode acabar sendo um diferencial competitivo para a sua loja.

Descobriu quanto tempo demora para compensar um boleto pago pela internet? Lembre-se de que, mesmo com outras formas de pagamento muito utilizadas atualmente, ele continua sendo um dos preferidos dos consumidores. Então, considere utilizá-lo na sua loja online para gerar ainda mais vendas!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Tenha um site pronto para sua loja vender!