Produtos e Nichos

11 produtos importados mais vendidos no Brasil para você revender

Produtos importados mais vendidos

Veja o que você irá encontrar neste artigo

O produto importado mais vendido no Brasil são as roupas de grife. A procura é grande por todos os tipos de roupa, mas as de marca tem uma margem de lucro alta na revenda para o público brasileiro.

Hoje em dia, existem diversos produtos importados que as pessoas sonham em ter – e eles podem ser exatamente o caminho para você seguir e conquistar sua independência financeira. No Brasil, o preço de determinados produtos desse tipo pode superar os 500% do seu valor original, proporcionando um bom lucro para os vendedores. No entanto, quando se trata de lucro, é preciso considerar todos os custos que um item possui, bem como o seu fluxo de saída.

E para que isso ocorra da melhor maneira possível, a venda online é a ideal, visto que abrange um maior número de pessoas. Mas, para que sua loja virtual seja conhecida, o primeiro passo é realizar a sua primeira venda online. Depois dela, acredite, só vem coisa boa!

Mas para quem está querendo iniciar no ramo de produtos importados, uma dúvida pode surgir: quais são os produtos importados mais vendidos? Foi pensando em te ajudar com a resposta que montamos este artigo.

Nele, além de ficar por dentro do que o brasileiro gosta, você vai entender como escolher a melhor marca dentre tantas e também aprender a estudar o mercado. Com tudo isso, o sucesso será garantido. Pronto para mudar seu futuro? Então conheça abaixo os 11 produtos importados mais vendidos no Brasil!

Quais são os produtos importados mais vendidos no Brasil?

Confira a seguir quais são os produtos importados mais vendidos no Brasil:

Roupas

Uma coisa é fato: todo mundo precisa de roupas para o dia a dia. O setor de moda é um dos mais rentáveis e quando há a opção de trabalhar com produtos importados, ele pode ter ainda mais destaque diante das pessoas. Para se ter uma ideia, as roupas importadas atraem uma grande variedade de clientes, além de atingir um percentual de lucro que varia de 300% a 500%.

Mas atenção: para que isso se concretize, você precisa saber bem de onde importar, porque não há nada mais frustrante para uma pessoa do que comprar uma roupa de grife e descobrir que, na verdade, ela é falsificada.

Sendo assim, faça negócios (de preferência) com revendedores norte-americanos e, dentre as marcas, você pode focar em Lacoste, Chanel, Ralph Lauren, Quiksilver e várias outras. Só não se esqueça que as marcas e os modelos das peças precisam condizer com o seu público-alvo.

Calçados

Assim como as roupas, os calçados são itens muito requisitados no universo da moda. Como são objetos de uso corriqueiro, esses acessórios podem representar diferentes tipos de estilo, indo do casual ao social.

Se você decidir vender calçados importados em seu e-commerce, certifique-se de atender vários públicos distintos. Para isso, você pode investir em tênis esportivos, como os da Nike e Adidas, bem como nos sapatos femininos, seja de marcas como Carolina Herrera ou Prada.

Como esses itens também podem ser falsificados facilmente, observe a procedência da sua importação e busque sempre os melhores fornecedores, sem esquecer do custo-benefício.

Perfumes

Apesar da perfumaria nacional estar se expandindo bastante nos últimos anos, os perfumes importados ainda são os mais procurados pelos brasileiros. Logo, com a revenda desses produtos, você pode ter um grande destaque aqui no país.

Tanto homens quanto mulheres ficam atentos a promoções de perfumes importados. Então, nesse caso, o ideal é apostar em fragrâncias para ambos os sexos, como os fabricados por marcas como Calvin Klein e Dolce & Gabbana.

Cosméticos

A área de cosméticos é uma das que mais cresce constantemente no Brasil e no mundo. Portanto, ela pode ser uma ótima oportunidade para você investir e lucrar, uma vez que os homens estão aderindo à prática do autocuidado também.

Além de maquiagens, produtos como hidratantes, batons e esfoliantes para pele podem ser opções certeiras de revenda. Vale a pena ficar de olho!

Relógios

Outro tipo de produto bastante procurado lá fora para importação são os relógios, principalmente os de luxo. Isso acontece porque tais objetos, aqui no Brasil, possuem modelos limitados. Logo, ao comprar um relógio importado, a chance dele ser exclusivo é muito maior.

Com uma lucratividade alta, um relógio importado pode atingir uma cifra de R$ 1 mil a R$ 2 mil – dependendo do modelo, é claro.

Eletrônicos

Antigamente, o melhor lugar para comprar eletrônicos a um bom preço era o Paraguai. Contudo, com o avanço da tecnologia, hoje já é possível importar tais produtos da China em boas condições (e valores).

Independentemente de qual país venha, o fato é que revender eletrônicos pode ser um ótimo negócio, tendo em vista que a margem de lucro é extremamente alta, seja o produto um fone de ouvido ou um celular. Uma outra alternativa que você pode cogitar é trabalhar com encomendas. Assim, você não fica com estoque parado, além de ter a venda garantida.

Jogos

Um dos mercados que mais cresce mundo afora, os games podem te render um dinheiro legal se você trabalhar com eles. Por ser possível vender tanto consoles como os jogos propriamente ditos, a diversidade de produtos é imensa, já que existem vários títulos e plataformas (como Xbox, PlayStation, PC, entre outros).

Muitas pessoas que consomem esse tipo de produto acabam sendo colecionadoras de jogos. Logo, venda você com certeza vai ter.

Aqui, o mais indicado é investir em um mix bem variado de jogos, atingindo todo tipo de público. Ademais, lembre-se de trazer à sua loja virtual jogos que sejam exclusivos no Brasil, pois assim a sua concorrência será bem menor.

Óculos de sol

Muito utilizado por pessoas de várias idades, os óculos de sol são acessórios que você também pode ter uma grande procura caso resolva revendê-los em sua loja. Para esse produto, é preciso ficar atento quanto às questões de segurança, já que um óculos de boa qualidade é aquele que apresenta proteção UVA e UVB.

Acessórios femininos

Sempre ligadas às principais tendências, as mulheres são clientes extremamente fiéis quando o assunto são acessórios que combinem com seu look.

Pulseiras, bolsas e colares são produtos que com certeza terão bastante saída – além de garantirem uma grande margem de lucro, por conta do país de origem ser, na maioria das vezes, a China.

Enxoval para bebês

Não precisa ser pai ou mãe para saber que um enxoval de bebê custa caro, certo? E isso acontece porque não são apenas roupas ou fraldas que precisam ser compradas, mas também sapatos, banheira, cadeirinha para alimentação e também para o carro… Enfim, são diversos itens necessários!

Dessa forma, importar produtos para bebê e revender em seu site pode ser uma boa forma de ganhar dinheiro. Além dos exemplos dados anteriormente, você pode comprar, também, itens eletrônicos, como babá eletrônica, ou brinquedos.

Decoração

Decorar um espaço é algo muito gratificante, mas nem sempre barato. Por isso, trabalhar com produtos de decoração importados pode ser uma boa forma de conseguir dinheiro.

Coloque à venda em sua loja peças como quadros, vasos para plantas, papéis de parede, dentre outras, e veja como as pessoas irão te procurar com frequência.

Como escolher os produtos e estudar o mercado?

Apesar dos produtos importados mais vendidos serem uma excelente maneira de você montar a sua loja online, é preciso saber como escolher as melhores marcas.

Em primeiro lugar, você precisa conhecer a procedência dos produtos que estão sendo importados. Esse aspecto é muito importante, porque, uma vez que você venda algo falsificado – nem que seja apenas um item –, a reputação da sua empresa pode ficar suja por muito tempo.

Diante dessa situação, faça suas compras em um destes fornecedores para que não haja nenhum tipo de problema:

  • Mercado Livre;
  • AliExpress;
  • Alibaba;
  • Amazon;
  • eBay.

Depois, verificar quais países têm as melhores práticas de preço também é interessante. Pesquisando bem, você pode economizar até 80% dos preços praticados aqui no Brasil. Só não se esqueça que, ao chegar em território nacional, esses produtos podem ser tributados pela Receita Federal, então sempre considere essa taxa adicional que você precisará desembolsar.

Por fim, saber exatamente onde você vai vender os produtos importados já é meio caminho andado se você busca se destacar na área. Portanto, a nossa dica é apostar no online, pois além de economizar com aluguel e funcionários, hoje já é comprovado que em torno de 75% dos jovens brasileiros fazem compras por canais digitais (fonte: E-commerce Brasil).

Quer mais? Ativando a sacolinha do Instagram, a chance das suas vendas dispararem é gigante – e sendo um parceiro da Bagy, você tem 95% de chance de aprovação da ferramenta.

E aí? Preparado para que o seu negócio tome rumos extraordinários? Então aprenda agora mesmo como vender no Instagram e conte com a gente no que precisar! Entretanto, não sabe por onde começar? A gente ajuda você! Acesse nosso conteúdo sobre como montar uma loja virtual e confira o passo a passo!

Pedro Fonseca

Especialista em Marketing e Estratégias Digitais, atua no mercado de e-commerce a mais de 3 anos. Hoje seu principal foco, como CMO na Bagy, é trazer conteúdo relevante para empreendedores de todos os portes e segmentos, a fim de melhorar seus resultados e disseminar boas práticas no comércio eletrônico.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.