Gestão

O Pix é seguro? Saiba tudo sobre este método de pagamento e evite golpes!

O Pix é seguro? Saiba tudo sobre este método de pagamento

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Saber se o Pix é seguro é obrigação de qualquer empreendedor que deseja oferecer esse método de pagamento na sua loja. Mas ainda mais importante é entender os riscos envolvidos, os golpes mais praticados e como evitar tudo isso para receber de forma instantânea e com segurança.

Seja para quem tem alguma loja, seja para quem praticidade, saber como receber pelo Pix é algo comum, certo? Não à toa, segundo o Banco Central, são quase 30 trilhões de reais em transações nos três anos de funcionamento desse método de pagamento, mas, afinal, o Pix é seguro?

Como qualquer forma de enviar ou receber dinheiro, o Pix também tem os seus riscos e os golpistas aproveitam a sua popularidade para aplicar fraudes. Mas o que você pode fazer para evitar que isso se torne um problema e acabe prejudicando o seu negócio? Aqui neste artigo você vai tirar as suas dúvidas.

Continue a leitura e descubra as razões que tornam o Pix seguro e, é claro, o que fazer para se proteger ainda mais. Confira!

Fazer transações via Pix é seguro? 

O Pix, sistema de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central do Brasil, tem conquistado cada vez mais espaço nas transações financeiras do país e uma das principais preocupações dos usuários é a segurança desse método de pagamento. Mas o que faz o Pix tão seguro?

Protocolos de segurança robustos

Em primeiro lugar, o Pix utiliza uma série de protocolos de segurança robustos para proteger as transações. Ele é baseado na tecnologia de criptografia de ponta a ponta, ou seja, as informações transmitidas entre o pagador e o recebedor são codificadas e só podem ser decifradas pelos destinatários autorizados.

Na prática, isso impede que terceiros mal-intencionados interceptem e acessem os dados das transações. Além disso, o Pix conta com autenticação forte do usuário, o que significa que é necessário fornecer informações confiáveis e seguras para realizar uma transação.

Os métodos utilizados são variados: senhas, PINs ou biometria, dependendo da instituição financeira que oferece o serviço. Essa camada adicional de segurança torna mais difícil para criminosos acessar indevidamente as contas dos usuários.

Estruturas de prevenção a fraudes

O sistema também possui uma estrutura de prevenção a fraudes, bem desenvolvida. Os bancos e instituições financeiras que oferecem o Pix monitoram continuamente as transações em busca de atividades suspeitas.

Um sistema completo que inclui a detecção de padrões de transações incomuns ou tentativas de acesso não autorizado. Caso alguma atividade suspeita seja identificada, as medidas apropriadas são tomadas imediatamente para proteger as contas dos usuários.

Privacidade dos dados pessoais

Outro aspecto importante a ser considerado é que o Pix não exige a divulgação de informações pessoais, como números de cartão de crédito, em cada transação. Isso reduz o risco de exposição de dados sensíveis, que muitas vezes são alvo de hackers em outras formas de pagamento.

Em vez disso, o Pix utiliza chaves de transação, que podem ser informações simples, como o número de celular ou o CPF, para facilitar as transferências. No entanto, essas chaves não revelam informações financeiras ou pessoais sensíveis.

Transparência das transações

Além disso, as transações Pix são registradas e rastreáveis. Isso significa que, em caso de qualquer problema ou disputa, é possível verificar facilmente as informações da transação, como horário, valor e destinatário. Essa transparência ajuda a resolver problemas rapidamente e protege os usuários de golpes.

Outro ponto a ser destacado é que o Banco Central do Brasil exige que as instituições financeiras que oferecem o Pix sigam rigorosos padrões de segurança e conformidade. Isso inclui a implementação de medidas de segurança cibernética, treinamento de funcionários e auditorias regulares.

Proteção contra ataques

Em relação às preocupações com ataques cibernéticos, é importante notar que nenhum sistema está totalmente imune a eles. No entanto, o Pix continua a evoluir e aprimorar suas medidas de segurança para se proteger contra ameaças em constante evolução.

Afinal, os usuários também têm um papel importante a desempenhar dentro desse contexto, adotando boas práticas de segurança, como manter senhas e informações de autenticação em sigilo e atualizar regularmente seus dispositivos e aplicativos financeiros.

WhatsApp Pix é seguro?

Dentro das muitas funcionalidades do Pix, uma delas é a possibilidade de utilizar o método dentro do WhatsApp, mas será que é uma opção segura? Alguns elementos fazem com que a ferramenta se torne bastante protegida.

Criptografia de ponta a ponta

O WhatsApp é conhecido por sua criptografia de ponta a ponta nas conversas, o que significa que as mensagens são protegidas e só podem ser lidas pelo remetente e pelo destinatário.

Essa mesma criptografia é estendida às transações Pix no WhatsApp, garantindo que os detalhes das transações sejam seguros e privados. Ou seja, apenas os dois usuários envolvidos em uma transação vão ter acesso aos dados.

Autenticação do usuário

Para utilizar o WhatsApp Pix, é necessário configurar uma conta bancária e registrar um PIN de seis dígitos. Esse PIN é solicitado sempre que uma transação é realizada, adicionando uma camada adicional de segurança.

Além disso, a biometria, como a impressão digital ou o reconhecimento facial, também pode ser usada para autenticação, tornando ainda mais difícil para terceiros não autorizados acessar a conta.

Monitoramento de fraudes

O WhatsApp e as instituições financeiras parceiras monitoram constantemente as transações em busca de atividades suspeitas. Isso inclui a detecção de padrões de transações incomuns ou tentativas de acesso não autorizado.

Se algo fora do comum for identificado, medidas imediatas são tomadas para proteger as contas dos usuários. A partir dessa análise de padrões, fica muito mais fácil proteger as suas informações e evitar qualquer tipo de problema mais sério.

Comparação com outros meios de pagamento

Ao contrário de alguns métodos que exigem a divulgação de números de cartão de crédito ou informações pessoais em cada transação, o WhatsApp Pix utiliza apenas as informações de contato dos usuários para realizar os pagamentos.

Ou seja, em comparação com outros meios de pagamento, o WhatsApp Pix oferece uma vantagem adicional de privacidade. Isso reduz o risco de exposição de dados sensíveis, que muitas vezes são alvo de hackers em outras formas de pagamento.

Regulamentação e supervisão

O WhatsApp Pix está sujeito às mesmas regulamentações e supervisão do Banco Central do Brasil que outros métodos de pagamento. Isso significa que as instituições financeiras que oferecem o WhatsApp Pix devem seguir rigorosos padrões de segurança e conformidade.

Na prática, esse processo contribui para a integridade do sistema e a proteção dos usuários. Mas, como falamos mais acima, é importante lembrar que nenhuma plataforma é totalmente imune a riscos, e os usuários devem adotar boas práticas de segurança, como manter o PIN e a biometria seguros.

Como receber Pix no e-commerce de forma segura?

O Pix tem se destacado como uma opção de pagamento instantâneo no Brasil e está cada vez mais presente nas transações de e-commerce. No entanto, é fundamental que os lojistas adotem medidas para receber Pix de forma segura e proteger tanto os seus negócios quanto os dados dos clientes.

Proteção de dados do cliente

A segurança dos dados pessoais e financeiros dos clientes deve ser uma prioridade máxima. Certifique-se de que sua loja virtual esteja em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e implemente medidas para criptografar e proteger as informações sensíveis dos clientes.

Utilize plataformas e gateways de pagamento confiáveis

Opte por plataformas de e-commerce e gateways de pagamento confiáveis e bem estabelecidos. Essas soluções geralmente possuem medidas de segurança robustas e são atualizadas regularmente para enfrentar ameaças cibernéticas em constante evolução.

Atenção à autenticação do cliente

Certifique-se de que o cliente esteja devidamente autenticado ao realizar uma transação via Pix. Exija informações de autenticação seguras, como senhas ou PINs, e utilize recursos biométricos, como reconhecimento facial ou leitura de impressões digitais, quando possível.

Verificação de identidade do cliente

Implemente procedimentos de verificação de identidade para confirmar que o cliente é legítimo. Isso pode incluir a solicitação de documentos de identificação ou informações adicionais em transações de alto valor.

Monitoramento de transações Suspeitas

Mantenha um sistema de monitoramento constante para detectar atividades suspeitas ou transações incomuns. Isso inclui a detecção de padrões de compras anormais, tentativas de fraude ou múltiplas transações em um curto período de tempo.

Proteção contra ataques cibernéticos

Reforce a segurança do seu site e sistema de pagamento contra ataques cibernéticos, como phishing, malware e ataques de força bruta. Mantenha seu software e plugins atualizados e utilize firewalls e antivírus confiáveis.

Criptografia de dados

Implemente a criptografia de ponta a ponta para garantir que os dados transmitidos entre o cliente e sua loja estejam protegidos contra interceptações. Isso é fundamental para evitar que terceiros mal-intencionados acessem informações confidenciais.

Política de devolução e reembolso

Tenha uma política de devolução e reembolso transparente e justa. Isso ajudará a construir a confiança dos clientes e pode reduzir a tentação de tentativas de fraude.

Educação dos funcionários

Treine sua equipe de suporte ao cliente para identificar possíveis sinais de fraude ou atividades suspeitas. Eles desempenham um papel crucial na detecção precoce de problemas.

Regulamentação e conformidade

Esteja ciente das regulamentações relacionadas ao e-commerce e ao Pix. Mantenha-se atualizado sobre as diretrizes do Banco Central e outras entidades reguladoras para garantir a conformidade.

Qual chave Pix é mais segura? 

A chave Pix é uma informação que permite que os usuários identifiquem e transfiram dinheiro de forma rápida e fácil, sem a necessidade de inserir dados bancários complexos a cada transação. Entretanto, nem todas as chaves Pix são iguais em termos de segurança, que tal entender mais detalhes?

Quais são as opções de chaves Pix?

Antes de mais nada, é importante entender quais são as opções de chave existentes.

CPF ou CNPJ

Uma das opções de chave Pix é associar seu número de CPF ou CNPJ à sua conta bancária. Embora seja uma opção conveniente, pois está vinculada diretamente à sua identificação, usar o CPF ou CNPJ como chave Pix pode expor informações pessoais sensíveis.

E-mail

Outra opção é utilizar seu endereço de e-mail como chave Pix. Essa é uma alternativa conveniente e fácil de lembrar, mas também pode representar um risco, pois o e-mail está vinculado a outras contas online e pode ser alvo de ataques cibernéticos.

Número de telefone

Muitas pessoas optam por associar seu número de telefone à chave Pix. Essa opção é prática, pois a maioria das pessoas tem o número de telefone memorizado. No entanto, também pode ser um alvo fácil para fraudadores que buscam acessar suas informações.

Chave aleatória

A opção mais segura é a utilização de uma chave Pix aleatória, que é um conjunto de caracteres alfanuméricos gerados aleatoriamente e não está diretamente relacionada aos seus dados pessoais. Essas chaves são únicas para cada transação e não revelam informações pessoais.

Qual é a importância de não expor dados pessoais?

A escolha da chave Pix tem um impacto direto na segurança das transações. Utilizar informações pessoais, como CPF, e-mail ou número de telefone, como chave Pix pode tornar mais fácil para fraudadores obterem acesso às suas informações e realizar transações fraudulentas.

Além disso, se alguém tiver acesso a essas informações pessoais, isso pode levar a problemas de privacidade, como o uso indevido de seus dados ou até mesmo a abertura de contas em seu nome. Portanto, proteger suas informações pessoais é essencial para evitar riscos à sua segurança financeira e à sua privacidade.

Quais são as vantagens da chaves aleatórias?

As chaves Pix aleatórias são consideradas a opção mais segura para transações Pix. Isso se deve ao fato de que essas chaves não estão vinculadas a informações pessoais e são geradas de forma aleatória a cada transação.

Portanto, mesmo que alguém tenha acesso à sua chave Pix aleatória, não poderá utilizá-la para obter informações adicionais ou realizar transações fraudulentas em seu nome.

Além disso, as chaves Pix aleatórias são especialmente úteis para minimizar o risco de phishing. Como elas não contêm informações pessoais identificáveis, é mais difícil para os fraudadores criar ataques de phishing convincentes, pois não terão acesso aos seus dados pessoais a partir da chave Pix.

Qual é a diferença entre Pix e TED?

O Pix e a TED são duas modalidades de transferência de dinheiro que se destacam no cenário financeiro brasileiro, cada uma com suas características e funcionalidades específicas. Quando se trata de segurança, é importante compreender as diferenças entre esses dois métodos de pagamento.

Pix: rapidez e conveniência com foco na segurança

O Pix é um sistema de pagamento instantâneo desenvolvido pelo Banco Central do Brasil. Ele se destaca por sua rapidez e conveniência, permitindo que as transferências sejam feitas 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive em feriados. Quanto à segurança, o Pix oferece algumas vantagens:

  • Criptografia de ponta a ponta: assim como a TED, o Pix também utiliza criptografia para proteger as informações das transações. As informações são codificadas durante a transferência, tornando difícil para terceiros mal-intencionados acessar os dados;
  • Autenticação forte: o Pix requer autenticação do usuário, seja por meio de senhas, PINs ou biometria, dependendo da instituição financeira. Isso ajuda a garantir que apenas o titular da conta possa realizar transações;
  • Registro de transações: todas as transações Pix são registradas e rastreáveis, o que facilita a resolução de problemas e a identificação de atividades suspeitas.

TED: uma opção segura com limitações de tempo

A Transferência Eletrônica Disponível, ou TED, é outra opção para transferência de dinheiro entre contas bancárias no Brasil. Embora seja considerada segura, a TED tem algumas limitações em termos de conveniência e horário de funcionamento:

  • Horário restrito: as TEDs geralmente só podem ser realizadas durante o horário de funcionamento dos bancos, o que pode ser inconveniente para algumas pessoas, especialmente em feriados e fins de semana;
  • Custo variável: algumas instituições financeiras cobram taxas para realizar TEDs, enquanto outras oferecem a opção gratuitamente. Isso pode resultar em custos adicionais para o remetente ou destinatário, dependendo das políticas do banco.

Quais são os golpes mais comuns em transações no Pix?

À medida que a tecnologia evolui, as tentativas de golpes também. Por isso, é importante entender quais são as práticas fraudulentas mais utilizadas para se proteger. Confira!

Phishing via mensagens de texto e e-mails

Os golpes de phishing são uma das táticas mais comuns no mundo digital, e não é diferente no contexto do Pix. Nesse tipo de golpe, os criminosos enviam mensagens de texto ou e-mails falsos, que aparentam ser de bancos ou órgãos governamentais, solicitando que a vítima clique em um link.

  • Mensagens de texto ou e-mails parecem legítimos, com logotipos e informações convincentes;
  • Links levam a sites falsos que coletam informações pessoais e bancárias;
  • É importante verificar cuidadosamente a origem das mensagens e nunca clicar em links suspeitos.

Clonagem de chaves Pix

Nesse golpe, os fraudadores conseguem acesso às chaves Pix de uma vítima por meio de técnicas de engenharia social ou invasão de contas. Eles, então, usam essas chaves para fazer transferências não autorizadas.

  • Criminosos geralmente obtêm acesso às chaves Pix por meio de phishing ou enganando a vítima;
  • Transações não autorizadas podem ocorrer rapidamente, devido à natureza instantânea do Pix;
  • Manter suas chaves Pix em sigilo é fundamental para evitar esse tipo de golpe.

Troca de dados em compras online

Este golpe ocorre quando um cliente realiza uma compra online e, ao inserir as informações de pagamento, é instruído a trocar a chave Pix ou conta bancária por outra fornecida pelo golpista. A vítima acaba fazendo o pagamento para a conta fraudulenta, acreditando que está pagando ao vendedor legítimo.

  • O golpista tenta convencer a vítima a fazer a troca de dados durante o processo de compra;
  • O cliente finaliza a compra sem perceber que forneceu informações de pagamento a uma conta fraudulenta;
  • É fundamental verificar sempre os dados de pagamento antes de concluir uma compra online.

Golpes envolvendo pagamentos de compras e serviços

Os golpistas podem se passar por vendedores ou prestadores de serviços, solicitando pagamento via Pix antes de entregar um produto ou serviço. Após receberem o pagamento, eles desaparecem e não cumprem a entrega ou prestação do serviço.

  • Ofertas atraentes ou serviços com preços muito baixos podem ser indicativos de golpes;
  • Os fraudadores muitas vezes usam desculpas para adiar a entrega ou a prestação de serviços;
  • É importante comprar apenas de fontes confiáveis e evitar pagamentos antecipados quando possível.

Como se proteger de golpes e fraudes no Pix?

Mas o que fazer para ter ainda mais segurança ao usar o Pix? Algumas dicas aqui vão ajudar!

Verifique as informações da pessoa ou empresa

Antes de efetuar uma transação Pix, verifique cuidadosamente as informações da pessoa ou empresa com quem você está lidando. Certifique-se de que estão fornecendo dados de contato legítimos, como números de telefone ou endereços de e-mail válidos.

Desconfie de ofertas muito vantajosas

Se receber propostas ou promoções que parecem boas demais para ser verdade, desconfie. Golpistas frequentemente usam táticas de persuasão para atrair vítimas desavisadas.

Mantenha suas informações de segurança em sigilo

Nunca compartilhe senhas, PINs ou informações confidenciais relacionadas ao Pix com ninguém, especialmente com desconhecidos. Instituições financeiras legítimas nunca pedem essas informações por telefone, e-mail ou mensagens de texto.

Confirme os dados da transação

Antes de confirmar uma transação Pix, verifique cuidadosamente os dados, incluindo o valor e as informações do destinatário. Certifique-se de que tudo está correto antes de prosseguir.

Evite pagar antecipadamente

Em compras online ou em transações com desconhecidos, evite fazer pagamentos antecipados. Aguarde até que o produto ou serviço seja entregue ou prestado conforme acordado.

Fique atento a mensagens e e-mails suspeitos

Esteja vigilante em relação a mensagens de texto, e-mails ou ligações telefônicas que parecem suspeitas. Não clique em links ou forneça informações pessoais em resposta a solicitações não solicitadas.

Relate qualquer atividade suspeita

Se você suspeitar de atividade fraudulenta ou se sentir desconfortável com uma transação Pix, entre em contato com sua instituição financeira imediatamente e relate o ocorrido. Eles podem fornecer orientações e tomar medidas para proteger sua conta.

Receber pagamentos via Pix no e-commerce pode ser uma opção segura e eficiente, desde que sejam adotadas medidas adequadas de segurança. Proteger os dados dos clientes, garantir a autenticação adequada e monitorar transações suspeitas são práticas fundamentais para evitar maiores problemas.Como falamos ao longo deste artigo, é importante contar com plataformas seguras que ajudem a proteger o seu negócio e os seus clientes, certo? Então não perca mais tempo, crie agora a sua loja online e comece hoje a vender todos os dias com a Bagy!

Marina Correa

Graduanda em Letras pela UFMG, atua como Analista de Conteúdo na Bagy. Com uma experiência de mais de 2 anos no mercado digital, possui vasto conhecimento sobre empreendedorismo e vendas online. Hoje se dedica a trazer conteúdos de valor para lojistas que desejam aprender mais sobre o universo do e-commerce.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.