E-commerce

Passo a passo: saiba como abrir um antiquário online

Imagem ilustrativa de antiquário online

Veja o que você irá encontrar neste artigo

O velho não sai de moda e pode se tornar uma ótima fonte de renda! Um antiquário online é uma loja que vende itens antigos como móveis, obras de arte, livros, obejtos decorativos e muitos mais.

Não é porque é velho que é chato, não é porque é antigo que é feio! Algumas coisas do século passado ainda não saíram de moda e na verdade, podem render mais nos dias de hoje. 

O mercado de decoração é sempre cheio de novidades e no Brasil movimenta cerca de 60 bilhões por ano, segundo a Associação de Decoração de São Paulo. 

No entanto, por mais que as pessoas invistam nas novas tendências, tem sempre algo antigo que pode compor, além de pessoas que são admiradoras e querem ambientes totalmente vintage. 

Por isso, montar um antiquário pode ser uma boa forma de negócio, se você souber planejar, escolher boas peças e encontrar o público certo. 

Confira o passo a passo e as nossas dicas para chegar lá! 

O que é um antiquário?

Primeiro, você precisa saber que antiquários são lojas que vendem materiais antigos, geralmente objetos, utensílios e móveis. O mais importante é que, quanto mais antigo, mais valorizado esse produto será. 

Em geral, o mais comum é que sejam artigos que datam de mais de 80 anos ou dos séculos passados.

Embora um antiquário venda produtos velhos, algumas peculiaridades diferenciam os artigos da loja, por exemplo: as peças vintage são objetos provenientes de “algum tempo atrás”. Esse termo descreve itens oriundos dos anos 40, 50 e 60 do século XX. Já as peças consideradas quase antigas possuem entre 75 e 99 anos.

Adiante vamos explicar como identificar o período desse produto, qual o público para esse mercado e como se destacar nesse nicho para faturar mais. 

Mas existem clientes interessados nesses produtos?

A resposta é sim! Tem muita gente interessada em peças vintages ou antigas. O principal público-alvo do negócio são decoradores, designers de interiores e pessoas que realmente gostam de peças antigas. 

Na realidade, existe uma boa quantidade de clientes em potencial que procuram uma loja deste segmento para comprar produtos, porque gostam de valorizar peças de outro período e de tê-las em casa como mimos e quinquilharias. 

Porém, você pode se deparar ainda com um público mais peculiar, de colecionadores particulares que buscam peças específicas e que não se importam muito com o preço que pagariam pela peça. 

Esse é um ponto curioso sobre os antiquários, o faturamento depende dos produtos que você encontrar e de mostrar os artigos para clientes que, de fato, saberão apreciá-las. 

Continue lendo e confira mais motivos para apostar nesse mercado a seguir.

Por que apostar nesse mercado?

Como comentamos, os antiquários são um mercado interessante se você gosta de coisas antigas e tem três principais motivos para que você invista em um: 

  1. Peças antigas possuem seu valor e quanto mais antiga mais valorizada ficam. 
  2. Existe um mercado carente, pois a procura é maior que a oferta. 
  3. Quem pensa que os antiquários não dão dinheiro, está enganado. Saiba que eles vendem pouco se comparados a um comércio de roupas, mas vendem bem, pois os clientes são bem específicos.

Além disso, existe uma tendência chamada “mash up”, que veio da música, mas se aplica a vários aspectos, que diz respeito a uma mistura criativa entre o novo e o velho, o que acaba por também contribuir para o crescimento do mercado. 

Muitas vezes decoradores percorrem antiquários por todo Brasil, catalogam peças e planejam ambientes utilizando-as nessa mescla, criando ambientes únicos. 

E além de bonitos, os objetos vendidos em antiquários podem possuir muito valor histórico e consequentemente agregar muito valor para os ambientes que são empregados.

Agora que você sabe o que são os antiquários e o potencial que eles têm, vamos ensinar o passo a passo para abrir uma loja! 

O que você precisa para montar um antiquário: 

O primeiro passo para a criação do seu antiquário é pensar que você  terá de procurar constantemente novidades. Para ser rentável é preciso estar sempre em busca de itens raros, pois quanto mais raros os itens vendidos, maior o valor que seus clientes pagarão nele e assim o seu faturamento. Ou seja, é um trabalho que requer estudo, pesquisa e criatividade! 

Faça um planejamento prévio

Como qualquer negócio, é preciso criar um planejamento, estudar a respeito do que você quer fazer e criar um plano de ação com o passo a passo. Uma dica é consumir conteúdos como Webinars, que te dão insumos para aperfeiçoar a sua loja. 

Analise o mercado

Pesquise outros antiquários concorrentes, mas também lojas de fora do Brasil para observar como acontecem as transações de objetos e começar a criar uma rede de possíveis clientes. 

No entanto, antes de comprar um artigo, observe preços de produtos pela Internet ou com avaliadores para em seguida dar seu preço. Isso vai te ajudar a precificar, mas também a identificar quais são os produtos mais procurados. 

Faça uma análise financeira completa

As antiguidades não são baratas, por isso você tem que considerar um investimento para iniciar esse negócio com a credibilidade necessária. Coloque na ponta do lápis! 

Assim você saberá os gastos, mas também irá identificar a margem de lucro que você deve obter com as peças e consequentemente, em quais objetos deve focar. 

Lembre-se que o valor de uma antiguidade normalmente é guiado por fatores como sua matéria-prima, marca, estado de conservação, data de fabricação e o quanto ela é identificada como uma raridade para a sociedade. Mais adiante iremos falar sobre as principais peças, onde encontrá-las e os cuidados necessários. 

Porém, neste momento, atente-se que: investir em artigos para a loja é um ponto definidor para o seu estudo financeiro. 

Determinar quem será o seu cliente é um passo crucial para o sucesso de qualquer negócio. Por isso, pesquise o seu público-alvo e as personas que você quer atingir. 

Sejam decoradores, colecionadores, amantes de história ou apenas curiosos, tenha em mente que os seus produtos têm um nicho de mercado muito específico e precisa atender com qualidade. 

Cuide da parte burocrática! 

Assim como qualquer comércio, o antiquário precisa de algumas questões burocráticas para funcionar, como por exemplo: abertura de firma, registro na prefeitura e na junta comercial da cidade do empreendimento, alvará do Corpo de Bombeiros e da vigilância sanitária. E todos esses documentos são conseguidos mediante ajuda de um contador. 

Estruture sua loja

Em geral, você precisa de espaço para comportar as suas peças, principalmente as que são mais delicadas, por serem antigas. E, como qualquer ponto de comércio, quanto maior o fluxo de pessoas na rua em que a loja foi montada, melhor.

Uma boa dica é escolher um local com bom estacionamento. Isso porque ele irá servir tanto para os seus clientes, quanto para a frequente carga e descarga de peças negociadas que deve ocorrer no seu negócio. 

Confira 6 dicas para que ele tenha sucesso! 

  1. Faça uma lista dos produtos

Você pode especializar a sua loja em apenas um tipo de antiguidade ou diversificar os produtos, como armários, cômodas, cristaleiras, aparadores, mesas, cadeiras, poltronas, sofás, chapeleiras, dunquerques, camas, colunas, vitrines, baús, louceiros, esculturas, pinturas, luminárias, espelhos, bandejas, vasos de porcelana, taças de cristal, peças de cozinha, relógios, castiçais, dentre outros. 

Algumas pessoas montam a loja a partir de um acervo particular, outras começam o negócio por meio de garimpagem, comprando produtos pela internet e de outras pequenas lojas e depois revendem. 

Isso não é o mais importante, o que você precisa ter atenção é: antes de fazer uma grande compra, peça um certificado ou emita um após passar por uma rígida avaliação. Isso deve ser feito em todos os produtos datados de mais de dois séculos. 

  1. Saiba onde encontrar os produtos

Os produtos para um antiquário são raros e muitas vezes únicos. Por isso, quando identificar algo diferente, compre! Ou converse com o comprador para que ele fique reservado. 

No entanto, lembre-se de negociar em locais de boa reputação. Você pode se deparar com muitas ofertas de réplicas oferecidas como antigas, quando na verdade tratam-se de reproduções atuais.

Treine o seu olhar para identificar bons produtos em meio a lojas de quinquilharias e badulaques. Esses lugares costumam mesclar antigos, usados, semi-novos e também preciosidades escondidas. 

Busque em antiquários online de outros países e tente investir nesse produto para revenda. Como comentamos, para decoradores e colecionadores não existem limites, caso eles identifiquem a veracidade do produto, pagarão o preço que você propor! 

A verdade é que o estoque do seu antiquário deve sempre estar em movimento, para garantir que negociadores de objetos e clientes tenham interesse e assim, você consiga faturar bastante. 

  1. Aprenda a escolher os melhores produtos

Tenha um olhar atento e carinhoso com cada peça. Veja se está inteira, se não tem arranhões ou manchas, pois a integralidade da peça é que confere o seu valor.

Para artigos que passaram por alguma restauração, verifique a qualidade do reparo. Ela já não terá o mesmo valor de uma original, mas agradará os decoradores se estiver em bom estado! 

Em casos de peças de família, peça certificado de autenticidade registrado, com avaliação de curadores e historiadores do setor de avaliação. Isso vale para quadros, livros, jóias, (neste caso, tenha a avaliação de um joalheiro), documentos, roupas e objetos de decoração. 

Lembre-se: quanto mais velho for o produto a ser comprado, mais importante a avaliação de um especialista do setor.

  1. Divulgue o seu antiquário

Por ser um mercado muito nichado, você precisa trabalhar bastante a divulgação para entrar no radar do seu público. No entanto, com as peças são quase sempre únicas, uma vez nas graças dos amantes de antiquários você passará a ser muito procurado. 

Esteja na lista de endereços, em grupos sobre o assunto, frequente feiras e converse com revendedores. A divulgação para o público certo será uma chave para o sucesso! 

  1. Aposte nas vendas online

Estar na internet é ter mais oportunidades de divulgação do seu negócio, mas também de boas negociações de antiguidades. 

Os antiquários online possuem uma vantagem em relação aos antiquários físicos, pois assim você conquista um público de diferentes regiões do país. 

Esse tipo de empreendimento pela internet funciona como qualquer forma de e-commerce de varejo na internet. É necessário um domínio para sua loja virtual e uma preocupação com a apresentação da sua loja para seus clientes.

Confira técnicas de venda online: as principais para alavancar os resultados no e-commerce.  

  1. Tenha um diferencial atrativo! 

Vender antiguidades e artigos antigos requer um conhecimento sobre a história, o que agrega valor ao produto. Saiba que, boas descrições de produtos dos antiquários podem despertar interesse nos clientes e possíveis clientes.  

E ainda, fique atento às tendências de decoração e selecione suas peças a partir do que é mais provável seus compradores se interessarem para não adquirir produtos que ficarão encalhados na sua loja. 
Embora o segmento de móveis e decoração produza novidades a cada estação e a lucratividade dependa deste processo de renovação, o estilo vintage de valorização de peças antigas ainda possui uma clientela cativa e fiel.

Fique atento a esse nicho de mercado e tente se destacar na divulgação, na credibilidade das peças e no bom atendimento ao cliente para ter um antiquário de sucesso!

Não deixe para depois o seu sonho de abrir uma loja online! Temos uma plataforma completa para você: crie seu site com a Bagy!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.