Instagram

Como vender roupas pelo Instagram? Aprenda como a se destacar com as vendas online

Conheça dicas para vender roupas pelo Instagram

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Como vender roupas pelo Instagram? Essa rede social se tornou uma grande vitrine para marcas e produtos de vestuário, entretanto, para ter sucesso, é fundamental investir em boas estratégias de divulgação e venda.

Se você produz ou revende itens de vestuário, o Instagram é o lugar certo para o seu negócio. Abrigando pequenas, médias e grandes empresas, a rede social é um verdadeiro shopping center virtual, com o diferencial de ser muito mais acessível que outros canais.

É possível começar uma loja de roupas profissional na internet investindo 5 mil reais ou até menos, e isso concentrando a maior parte dos custos no estoque inicial — que será revertido em faturamento e lucro!

Isso acontece porque, hoje, o mercado disponibiliza plataformas de e-commerce focadas em pequenos negócios capazes de simplificar a gestão, potencializar a divulgação e aumentar as vendas cobrando muito pouco por isso.

Para começar com o pé direito, porém, é fundamental investir primeiro em pesquisa e planejamento. A concorrência não é fácil e, para se destacar, será preciso fazer um ótimo trabalho. É sobre isso que tratamos neste artigo, com orientações e dicas para você colocar em prática o quanto antes. Vamos lá?

Como vender roupas pelo Instagram?

Sem delongas, é hora de aprender a vender roupas pelo Instagram, um processo que, como dito, começa muito antes de utilizarmos a rede social, de fato. Confira as orientações a seguir!

Estude o mercado e o seu público

Antes de investir em qualquer negócio, a primeira coisa a fazer é conhecer o mercado e o público que pretende trabalhar. O setor de vestuário é muito amplo, mas você pode refinar a sua pesquisa de acordo com o tipo de produto que produz ou pretende vender, idade, gênero e região.

Como o objetivo aqui é vender pela internet, visite marketplaces, lojas famosas e, claro, as redes sociais. Explore comentários, avaliações e, principalmente, reclamações de clientes em sites. Tudo isso permitirá descobrir oportunidades para se destacar.

Escolha um nicho

Um nicho é uma pequena fatia de um mercado, e é um dos melhores caminhos a se seguir, caso tenha um orçamento mais apertado. Focando seus esforços em um tipo de produto específico, como lingerie plus size ou moda LGBTQIA +, você poupa gastos com diferentes fornecedores e consegue criar um diálogo mais próximo com a sua audiência.

Faça um planejamento

Após conhecer o mercado e definir um nicho, você terá os dados necessários para montar um planejamento. O ideal é criar um plano de negócios no qual será definido os objetivos e toda a operação do empreendimento.

Uma ótima dica para estruturar o seu planejamento é montar uma matriz SWOT na qual deverão ser ilustradas:

  • forças: aquilo que a sua empresa tem de positivo;
  • fraquezas: as dificuldades que ela enfrenta;
  • oportunidades: diferenciais que podem ajudá-la a se destacar;
  • ameaças: aspectos do mercado e na concorrência que podem te prejudicar.

Construa um perfil comercial no Instagram

Com o planejamento pronto, seguimos então para o Instagram, onde você deve começar criando uma conta comercial. Você pode transformar o seu perfil pessoal em comercial, entretanto, o ideal é criar uma conta à parte para a sua marca a fim de facilitar a gestão da empresa e evitar misturar as postagens da loja com as suas publicações pessoais.

Ao criar uma conta profissional, você deverá montar um perfil com imagem e descrição, a sua bio. A imagem utilizada pode ser uma foto sua — caso pretenda se posicionar como influenciadora da sua marca — ou uma logomarca — se for se promover como empresa. Essa imagem é a cara do seu negócio, por isso, deve refletir a proposta dos seus produtos, tá bom?

Uma dica de ouro para a sua biografia é utilizar um agregador de links, que reúne todos os canais de contato e venda em um único endereço para você fixar no seu perfil. Uma excelente escolha gratuita é o Bagy.bio, que permite não apenas adicionar links para suas redes sociais, como também incluir catálogos, portfólio e vídeos.

Prepare o seu conteúdo

Antes de começar a publicar, é importante criar uma estratégia para a produção de conteúdo. Não há como vender roupa no Instagram de forma profissional, simplesmente criando publicações sem essência e sem planejamento.

É preciso adotar uma padronização no estilo das fotos e descrições capaz de fazer com que as pessoas identifiquem a sua marca, antes mesmo de conferir o perfil. Pode ser uma linguagem diferente, uma cor de destaque ou um determinado tipo de cenário.

Em relação ao conteúdo, as suas fotos devem ter boa resolução, apresentar o produto com clareza e transmitir uma experiência aos usuários. No mercado de vestuário, a recomendação é utilizar modelos e tirar fotos em locais atraentes que combinem com o estilo das peças. As descrições, por sua vez, devem ser breves e atraentes, servindo de complemento à informação visual ou convite para acessar o seu perfil.

E nada de ficar só nos posts de produto, tá? Seu conteúdo também deve trazer dicas, curiosidades e outros itens de interesse do seu público. São essas postagens “sem compromisso” que mais atraem seguidores e mais fortalecem o relacionamento com os atuais.

Crie um cronograma para suas postagens

O Instagram é uma plataforma visual, mas além de cuidar muito bem das suas imagens, é importante pensar no seu conteúdo como um diálogo. Nas redes sociais, você tem a oportunidade de conversar com o seu público diariamente, fazer parte da sua vida, porém, para isso, é necessário estruturar as suas postagens de modo que suas ações sejam atrativas e não cansativas.

A dica aqui é criar um calendário editorial com diferentes tipos de conteúdo e interações para você trabalhar em um período. Não é preciso se preocupar muito com a quantidade de materiais postados. O mais importante é ter um ritmo que se harmonize com as expectativas do seu público.

Invista em uma plataforma de e-commerce

Seguindo agora para o comercial do seu negócio, é extremamente recomendável investir em uma plataforma de e-commerce. Você até pode gerenciar as suas vendas manualmente, mas além disso ser muito trabalhoso e pouco prático, sua atuação fica limitada e isso pode afastar muitos clientes.

Com uma loja online, você automatiza as suas vendas, simplifica a compra para os usuários e pode vender para pessoas de todo o Brasil. Mesmo que pretenda centralizar as suas vendas no Instagram, um e-commerce pode te auxiliar muito, pois, é possível transformá-lo em uma extensão da experiência dentro da rede social.

Outro ponto importante, é que essas ferramentas são muito acessíveis. Com o aplicativo Bagy, por exemplo, você pode criar e controlar a sua loja virtual pelo smartphone, integrá-la ao seu Instagram e às suas contas no Mercado Livre e na Shopee, e tudo isso a partir de R$50 ao mês, apenas.

Ative a “sacolinha do Instagram”

Outra grande vantagem de investir em um e-commerce é o Instagram Shopping, o recurso que permite habilitar a famosa sacolinha do Instagram. Uma vez ativa, seus usuários saberão que o produto exibido em uma postagem está à venda e bastará clicar no ícone da sacolinha para serem direcionados para a sua loja.

Observe que quando um usuário clica em um link dentro da rede social, a página é aberta dentro do seu navegador interno. Dessa forma, mesmo que o seu e-commerce seja uma site externo, ele se integra à rede social fazendo com que o usuário sinta como se estivesse comprando dentro do próprio Instagram. É essa facilidade que contribui para o aumento das suas vendas!

Faça uma postagem inicial

Depois de tudo preparado, chega a hora de dar o pontapé inicial no seu negócio e começar a vender suas roupas pelo Instagram. Lembre-se que seu público ainda não te conhece, então será preciso caprichar na apresentação da sua loja e de seus produtos.

A criatividade nesse ponto é livre. Você pode criar um belo texto de inauguração, produzir uma imagem ou vídeo promocional ou até promover um evento online. Para atrair as pessoas, é importante não se focar muito na sua marca (afinal, ela ainda é desconhecida), mas criar um conteúdo com base em uma provocação ou uma grande solução que a sua loja e seus produtos podem entregar.

Trabalhe o engajamento

Ao dar início às suas postagens regulares, é importante não se limitar à postagem de conteúdos. O Instagram é uma rede social que se destaca pelo engajamento, ou seja, as pessoas gostam de interagir com outras pessoas e também com marcas dentro da plataforma.

Sendo assim, procure incentivar seu público a dar opiniões, fazer comentários e discutir os conteúdos que a sua empresa oferece. E, claro, lembre-se de responder comentários e mensagens prontamente e de forma agradável.

Se combinar com a sua marca, vale se valer do humor para cativar as pessoas. Memes, imagens engraçadas e entretenimento em geral são verdadeiros ímãs de seguidores.

Que estratégia de divulgação devo utilizar?

Por fim, é importante que saiba que na internet existem basicamente dois caminhos para divulgar sua loja e seus produtos: a geração de tráfego pago e a geração de tráfego orgânico. O primeiro consiste na criação de anúncios (que são pagos) e o segundo, na produção de conteúdo frequente e segmentado, como abordamos nas dicas anteriores.

No comércio, o ideal é trabalhar os dois de maneira balanceada. Especialmente no início, os anúncios são fundamentais para promover a sua marca e construir audiência, mas eles devem se manter presentes, mesmo depois de a sua empresa crescer, pois o Instagram limita muito o alcance orgânico (natural) das suas postagens.

Os seus conteúdos para tráfego orgânico também podem exigir investimentos (na criação), mas seus resultados são mais consistentes e também são eles que mais contribuem para o relacionamento com a sua audiência.

O nosso artigo fica por aqui, e, depois de todas essas orientações, você agora sabe como vender roupa pelo Instagram de forma profissional e com muitas mais chances de fazer sucesso. Como destacamos, não há nenhum segredo para atuar na rede social, mas é fundamental investir nas estratégias e também nas ferramentas certas.

Aproveite que está por aqui e saiba mais sobre a Bagy, a nossa plataforma de e-commerce feita sob medida para pequenos e médios negócios!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Artigos relacionados

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.