Marketplace

Como vender no Mercado Livre: 3 passos simples para começar imediatamente

Saiba como vender no Mercado Livre

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Para ter sucesso nas vendas online, é importante saber como vender no Mercado Livre. Criar uma conta, acessar a plataforma e cadastrar os  produtos são os 3 passos para vender no Mercado Livre pela primeira vez.

Saber como vender no Mercado Livre é essencial para a sua loja. Você sabia que o maior marketplace da América Latina tem espaço também para os seus produtos? O gigante das vendas online recebe vendedores que desejam ampliar o seu público e ganhar dinheiro vendendo tudo que é tipo de produto.

Neste artigo, falamos tudo o que você precisa saber sobre como colocar seus produtos no marketplace, o que vender na plataforma, como fazer as primeiras vendas e integrar com a sua loja virtual. Acompanhe agora para saber como acelerar seu negócio com o Mercado Livre:

O que é o Mercado Livre?

Mercado Livre é um marketplace, ou seja, é uma plataforma de vendas online que conecta compradores e vendedores em uma variedade de categorias.

A empresa nasceu em 1999, na Argentina, e atualmente é o maior marketplace da América Latina. Inicialmente, o Mercado Livre atendia apenas vendas ocasionais e hoje, com o crescimento do comércio eletrônico, abriga profissionais especializados, pequenos lojistas e grandes marcas.

Além do marketplace, o Mercado Livre também oferece outras soluções para o comércio: Mercado Pago, Mercado Envios, Mercado Shops, Mercado Ads e Mercado Crédito.

Como vender no Mercado Livre?

A seguir, vamos te dar o passo a passo para começar o seu negócio no Mercado Livre. Você vai perceber que o processo é simples, embora exija alguns cuidados para configurar a conta corretamente e oferecer a melhor experiência aos consumidores. Acompanhe:

3 passos para vender no Mercado LIvre pela primeira vez

Criar cadastro de lojista

O primeiro passo para vender no Mercado Livre é criar uma conta na plataforma. Você pode fazer o registro como pessoa física ou empresa. Se já tiver um CNPJ, vale a pena fazer o cadastro como pessoa jurídica e profissionalizar as suas vendas.

Para iniciar o cadastro, você pode ir até a página de registro: mercadolivre.com.br/registration. Se quiser se registrar como Pessoa Jurídica, clique em “Criar uma conta de empresa”.

O sistema solicita algumas informações básicas, como nome, CPF e dados de contato, ou CNPJ e Razão Social no caso de empresas. Depois, siga os passos para terminar de configurar a conta.

Quem já tem uma conta para comprar produtos no Mercado Livre pode simplesmente ir até as configurações do seu perfil e clicar em Vender.

Acesse a plataforma

Para acessar a sua conta, clique sobre o ícone do seu perfil e selecione a opção “Vender”. Pronto,você pode anunciar seus produtos.

Cadastre os seus produtos

Esta é uma parte fundamental do processo de vendas no Mercado Livre. Você precisa fornecer informações detalhadas e precisas sobre o seu produto, para aumentar as suas chances de vender.

  • Título descritivo
  • Descrição detalhada
  • Imagens de qualidade
  • Preço competitivo
  • Formas pagamento
  • Informações de fretes e prazos
  • Garantias

Antes de colocar o seu anúncio no ar, faça uma revisão e fique atento aos Direitos de propriedade intelectual. 

6 benefícios de vender no Mercado Livre

Anunciar no Mercado Livre é uma forma de potencializar suas vendas na internet, em uma plataforma amplamente usada pelos consumidores no Brasil. Veja agora quais são os principais benefícios de vender seus produtos lá:

Ganhar visibilidade

O principal benefício de vender no Mercado Livre é ampliar o alcance dos seus produtos. Você pode vender muito mais, para um público que talvez não encontrasse a sua loja se não estivesse na plataforma.

O Mercado Livre  conta com mais de 148 milhões de usuários ativos. De acordo com a RD Station, no Brasil são cerca de 3 mil lojas oficias e o lucro registrado no terceiro trimestre de 2023 foi US$359 milhões, sendo que o Brasil representa cerca de 54% da receita líquida total do Mercado Livre na América Latina.

Com toda essa relevância, o Mercado Livre também tende a aparecer bem posicionado nas buscas do Google, que invariavelmente é utilizado ao longo da jornada de compra do consumidor.

Portanto, as pesquisas dos milhares de usuários que utilizam o buscador podem levar até os produtos da sua loja. As estratégias básicas de SEO já podem mudar alguns resultados do seu negócio.

Conquistar confiança

Mercado Livre é uma marca super conhecida. Os consumidores sabem que estão comprando em uma plataforma confiável, que assegura o seu dinheiro se acontecer qualquer problema. Essa confiança influencia diretamente na decisão de compra e ajuda a impulsionar as vendas da sua loja.

Além disso, a plataforma oferece um espaço de avaliação do vendedor pelos consumidores. Dessa forma, os próprios compradores atestam a reputação da sua loja e transmitem ainda mais confiança aos outros consumidores.

Facilidade para vender

Vender no Mercado Livre é simples. Mesmo quem ainda não tem experiência com vendas online vai ver que é muito fácil fazer o cadastro, inserir os produtos, editar as informações e colocar à venda.

Isso fica ainda mais fácil se você já tem uma loja online. Se a sua plataforma de e-commerce permitir, basta fazer a integração com o marketplace. Assim, você pode gerenciar os dados de produtos da sua loja virtual e do Mercado Livre em um só lugar. 

Estrutura pronta para vendas

O site oferece campos para fotos, descrição, categorias, preços, medidas, disponibilidade de estoque, opções de pagamento, entre outras diversas opções de cadastro, além de perguntas e respostas. Basta preencher, manter as informações atualizadas e responder às dúvidas dos compradores.

Vale ressaltar que, quanto mais completo for o cadastro de produtos, mais chances você tem de aparecer nas buscas dos usuários e ajudá-los a decidir a compra. Informações completas transmitem confiança ao comprador e ajudam a converter visitas em compras.

A plataforma ainda oferece opções de anúncios pagos para destacar seus produtos em meio a tantos vendedores. Investir em publicidade na plataforma também é bastante simples.

Aumento de vendas

Como você alcança mais pessoas e amplia o público da sua loja, consegue vender mais produtos. Isso significa mais receita para o seu negócio e mais autoridade para a sua loja.

Se você prestar um bom atendimento, as avaliações dos compradores vão ajudar a impulsionar ainda mais as suas vendas. Logo você vai perceber os resultados no caixa da sua loja!

Melhor custo-benefício

Para cada venda realizada, você deve uma comissão para o marketplace. Esse é o único custo do Mercado Livre para a sua loja, já que o cadastro é gratuito. Como o volume de vendas vai aumentar bastante, o custo-benefício tende a ser muito vantajoso.

Quem deseja ter mais destaque para os seus produtos na plataforma pode investir em publicidade paga. Ainda assim, os investimentos tendem a dar um retorno valioso, pois ajudam a impulsionar as vendas.

Mercado Livre é seguro?

Sim, o Mercado Livre é seguro. Considerada uma das plataformas de vendas mais antigas da internet, é uma marca consolidada, na qual você pode confiar, tanto para comprar, quanto para vender.

A plataforma também oferece diversos recursos de segurança para compradores e vendedores. Para o cliente, o serviço garante o dinheiro de volta se o lojista não enviar o produto corretamente.

Para os lojistas as transações têm as garantias do Mercado Pago, que sustenta o recebimento do dinheiro ao vendedor, mesmo que um comprador esteja inadimplente.

Além disso, a plataforma oferece um sistema de avaliação da reputação dos vendedores, com base em reclamações de clientes, envios atrasados e pedidos cancelados. 

Dessa forma, os usuários sabem em quais lojistas podem confiar, e o Mercado Livre se protege de vendedores desqualificados ou mal intencionados.

O que vender no Mercado Livre?

O Mercado Livre vende tudo que é tipo de produto. Você pode vender desde as coisas mais simples até veículos, imóveis e serviços. Mas algumas categorias de produtos se destacam na plataforma:

  • Games;
  • Eletrodomésticos;
  • Ferramentas
  • Beleza e Cuidado Pessoal;
  • Celulares e Telefones;
  • Informática
  • Eletrônicos, áudio e vídeo;
  • Esporte e Fitness;
  • Calçados, roupas e bolsas;
  • Acessórios para veículo;

É importante também identificar um nicho que seja do seu gosto, que você tenha interesse em vender. Ter afinidade com o produto  facilita o processo de vemdas.

Procure identificar também categorias de produto que ofereçam uma boa margem de lucro. Os produtos mais procurados tendem a ser também os mais concorridos. Para competir, você precisa definir preços agressivos, que podem reduzir sua lucratividade.

Por outro lado, produtos de nicho, menos procurados e mais difíceis de achar, podem ter um preço mais elevado, que permite aumentar a margem de lucro. Se você conquistar o público desse mercado, pode se tornar uma referência para esses consumidores.

Como funciona uma venda no Mercado Livre?

A venda no Mercado Livre é um processo muito simples. Se você já tem uma loja online, vai achar mais fácil ainda.

Quando um cliente faz um pedido, a plataforma confirma o pagamento e envia a nota fiscal ao comprador, e o vendedor deve confirmar o recebimento. Depois, deve separar o produto em seu estoque e providenciar o envio ao cliente.

O vendedor deve também informar à plataforma o código de rastreamento do pedido, que é essencial para o cliente acompanhar o envio. Ao receber o produto, o cliente pode avaliar o lojista e o produto, o que contribui para a sua reputação na plataforma.

Vale ressaltar que, no Brasil, o cliente tem direito de se arrepender da compra sem qualquer justificativa em até 7 dias úteis após o recebimento. Se isso acontecer, a plataforma faz a intermediação da logística de devolução ou troca do produto, bem como a devolução do dinheiro ao cliente.

O processo funciona como em uma loja virtual tradicional. A diferença é que o Mercado Livre faz toda a intermediação da compra, envia os emails de confirmação ao cliente e ao lojista e oferece garantias para as duas partes.

Outro ponto importante é a interação do lojista com os consumidores. Muitos clientes enviam perguntas antes de comprar. O vendedor recebe uma notificação quando uma dúvida é publicada e deve responder com a maior agilidade possível para não perder a venda. As perguntas e respostas aparecem na página do produto para auxiliar outros interessados.

Quais são as taxas para vender no Mercado Livre?

O cadastro e o anúncio de produtos no Mercado Livre são gratuitos. Você não paga tarifa para anunciar. O que você precisa pagar à plataforma é uma comissão sobre as vendas dos produtos, dependendo do tipo de anúncio que você escolher.

Existem três tipos de anúncios: Grátis, Clássico e Premium.

Grátis

O anúncio Grátis é o mais básico da plataforma, geralmente usado por pessoas físicas que desejam vender algum produto usado. Você não paga tarifa nem comissão para anunciar produtos nessa modalidade. Mas tem algumas especificações:

  • Sem comissão para o marketplace;
  • Exposição baixa;
  • Duração limitada (60 dias);
  • Não oferece parcelamento sem acréscimo ao cliente;
  • Oferece Mercado Pago.

Clássico

O anúncio Clássico, que inclui uma comissão sobre as vendas, traz mais benefícios para o vendedor. Funciona assim:

  • Comissão de 10% a 14% para o marketplace;
  • Taxa fixa de R$ 6 por unidade em produtos abaixo de R$ 79;
  • O produto acima de R$79 não paga a Taxa fixa;
  • Exposição alta;
  • Duração ilimitada;
  • Não oferece parcelamento sem acréscimo ao cliente;
  • Oferece Mercado Pago.

Premium

Já o anúncio Premium é o mais completo — mas, é claro, inclui uma comissão maior para o marketplace. Veja quais são as suas características:

  • Comissão de 15% a 19% para o marketplace;
  • Taxa fixa de R$ 6 por unidade em produtos abaixo de R$ 79;
  • O produto acima de R$79 não paga a taxa fixa;
  • Exposição máxima;
  • Duração ilimitada;
  • Oferece parcelamento sem acréscimo ao cliente (até 18x sem juros, condicionado ao valor do produto e meio de pagamento do comprador);
  • Oferece Mercado Pago.

Como calcular preço de venda no Mercado Livre?

O preço de venda do Mercado Livre deve considerar as diferentes despesas envolvidas no produto e no seu negócio, além do lucro que você deseja obter com as transações. Para saber precificar, você precisa identificar essas despesas e a margem de lucro pretendida.

A comissão que você deve à plataforma, além da tarifa fixa para produtos abaixo de R$79 e os impostos que incidem sobre o produto são Despesas Variáveis (DV). Além delas, você deve considerar as Despesas Fixas (DF), que envolvem custos do negócio como aluguel, internet, luz e investimentos em marketing.

Já a Margem de Lucro Pretendida (LP) é o percentual que você deseja ganhar sobre o valor unitário de cada produto. Você pode definir um percentual unificado para todo o seu inventário ou uma margem para cada produto, o que torna a precificação mais flexível e competitiva.

Para calcular o preço de um produto, você deve identificar o percentual de DV, DF e LP que incide sobre cada unidade de produto. Depois, aplique a seguinte fórmula:

100 / [ 100 – ( DV + DF + LP ) ] = Margem de lucro (markup)

Fórmula para calcular o preço de venda: 100 dividido por (100 menos a soma das despesas variáveis, despesas fixas e lucro pretendido) é igual à margem de lucro. DV são as despesas variáveis, DF são as despesas fixas e LP é o lucro desejado. Valores percentuais podem ser usados na fórmula.

Digamos que os impostos do produto somem 16% e que você precise pagar uma comissão de 11% ao Mercado Livre. Suas Despesas Variáveis somam 27%. Já as Despesas Fixas representam 6% sobre o preço de venda, e você pretende ter uma margem de lucro de 20%. Então, a fórmula ficaria assim:

100 / [ 100 – ( 27 + 6 + 20 ) ] = 100 / 47 = 2,12


A fórmula matemática é representada como "100 dividido por (100 menos a soma de 27, 6 e 20), resultando em aproximadamente 2,12".

Portanto, você tem um markup de 2,12. Então, o que fazer com esse número? Multiplique pelo Custo Direto do produto, ou seja, o que você gasta para produzir ou adquirir a mercadoria que você quer vender. Se for R$ 100, por exemplo, você já pode calcular o preço de venda:

Custo Direto x Markup = Preço de venda

Fórmula para calcular o preço de venda de um produto ou serviço, multiplicando o custo direto pelo markup.

O resultado ficaria assim: 100 x 2,12 = R$ 212.

Dessa forma, você consegue definir um preço unitário que consegue cobrir a comissão da plataforma e os custos do negócio, além de receber um lucro sobre a venda do produto, que é essencial para a sustentabilidade da sua loja.

Como finalizar uma venda no Mercado Livre?

Depois que você receber o pedido de um cliente, a plataforma deve aprovar o pagamento. Se for aprovado, o valor da compra é creditado automaticamente na sua conta Mercado Pago, e você pode dar continuidade à separação e envio do produto.

Para fazer os envios de produtos, você pode contar com a Mercado Envios, serviço que o próprio Mercado Livre oferece, com facilidades e garantias para os vendedores. Configure essa opção nos dados da conta, em “Preferências de venda”.

De acordo com as orientações do Mercado Envios, você deve imprimir a etiqueta de identificação e colar no pacote. Depois, você pode levar a uma agência dos Correios ou do Mercado Livre, solicitar coleta no seu endereço ou enviar ao centro de distribuição, dependendo do serviço do Mercado Envios que você tem.

Antes mesmo de fazer a compra, o cliente pode calcular quanto custa o frete e quanto tempo vai levar a entrega. Mas ele também deve receber o código de rastreamento para acompanhar o envio do produto até o endereço que informou na compra.

Como combinar dois canais de venda: site e Mercado Livre

Vender pelo Mercado Livre apresenta tanto pontos positivos quanto negativos, como em qualquer empreendimento. No entanto, ao adotar uma abordagem multicanal, é possível maximizar os resultados da sua loja.

Ao unir sua própria loja virtual com o Mercado Livre, você não só amplia a visibilidade dos seus produtos, mas também alcança uma audiência diversificada, o que pode resultar em uma maior taxa de conversão e um aumento nas vendas.

Além disso, integrar diferentes canais de vendas oferece a vantagem de reduzir os custos operacionais. Ao evitar taxas excessivas e otimizar os gastos com envio e divulgação, você pode oferecer condições mais competitivas aos clientes, mantendo controle total sobre seu negócio. Essa flexibilidade também permite ajustes personalizados conforme as demandas do mercado e do seu público-alvo.

Vale a pena vender no Mercado Livre?

Certamente vale a pena vender seus produtos no Mercado Livre para potencializar suas vendas!

O Mercado Livre é o maior marketplace da América Latina e recebe milhões de compradores todo mês. Você pode multiplicar o alcance da sua loja e, é claro, vender mais, sem precisar de uma nova estrutura de vendas — a plataforma tem os recursos prontos para você vender!

Mas é importante também avaliar corretamente as comissões que o Mercado Livre tem para estabelecer um preço vantajoso para a sua loja.

Além disso, fique de olho na concorrência. O Mercado Livre tem milhares de vendedores, então tende a ser bastante competitivo. Pode ser importante, por exemplo, investir em publicidade na plataforma para destacar seus produtos. 

Assim, pode valer ainda mais a pena anunciar no Mercado Livre!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.