Produtos e Nichos

Como fazer sabonete artesanal para vender: guia para começar a sua loja de produtos feito a mão

Descubra como fazer sabonete artesanal para vender

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Item muito procurado por pessoas que buscam produtos diferenciados, o sabonete artesanal é uma ótima maneira para começar a empreender. Aprenda como fazer esse produto em sua própria casa e surpreenda-se com o resultado.

Se você está pensando em abrir o seu próprio negócio, mas não tem ideia por onde começar ou no que investir, hoje nós vamos te ensinar como fazer sabonete artesanal para vender.

Sabe quando bate aquela dúvida sobre o que dá para vender ou revender na internet? Pois então, o sabonete artesanal é um ótimo começo, principalmente para quem adora DIY (sigla para “do it yourself” ou, em português, “faça você mesmo”). 

Hoje em dia, existem sabonetes de tudo que é tipo no mercado: em formato de rosas, de frutas, com aromas doces ou cítricos, fitoterápicos, relaxantes… Enfim, são muitas opções 一 mas tenha a certeza de que há espaço para você. E nós vamos te ajudar nisso!

Confira no texto a seguir tudo sobre o que você precisa saber para produzir sabonetes para vender e fazer dele sua fonte principal de renda.

Por que fazer sabonetes artesanais para vender

Existem alguns tipos de produtos que são essenciais no cotidiano de qualquer pessoa 一 e um deles é o sabonete. 

Contudo, nos últimos anos, esse item não é mais apenas um item para ser usado no banho. Na realidade, ele passou a fazer parte da prática de skincare de diferentes pessoas que adoram cuidar da sua pele e do seu bem-estar.

Por isso, qualquer sabonete já não basta. É preciso um produto mais elaborado e feito com produtos naturais, assim como acontece com os sabonetes artesanais. E esse nicho aqui no Brasil tem crescido bastante, visto que nosso país é o terceiro que mais consome produtos de beleza no mundo e representa metade do setor de cosméticos na América Latina. 

Diante de todo esse contexto, fazer sabonete artesanal para vender é uma grande oportunidade para os pequenos empreendedores, principalmente porque o custo de fabricação do produto é baixo e com retorno rápido, quando comparado a outras opções.

Tipos de sabonetes artesanais

Atualmente, diferentes tipos de sabonetes artesanais estão disponíveis à venda. Porém, mesmo que tenham os mesmos insumos em sua composição, eles não são iguais uns aos outros.

Pelo fato de cada marca possuir o seu diferencial, seja nos ingredientes utilizados ou no processo de fabricação do produto, separamos para você os 3 principais tipos que você pode encontrar hoje.

Base glicerinada 

Sabonetes artesanais feitos com base glicerinada são os que possuem o  processo mais fácil de fabricação. Isso acontece porque toda a reação química que o produto precisa para ser construído já foi realizada, bastando, portanto, apenas adicionar as fragrâncias e corantes desejados.

A base glicerinada de um sabonete pode ter origem vegetal ou animal e a escolha vai depender do seu objetivo final. Uma vez comprada a base, você vai precisar derretê-la para depois colocar os outros componentes do seu sabonete artesanal.

Então, se você é iniciante na área e está focado em fazer sabonetes para vender, esse processo é o mais recomendado, já que não vai ser preciso começar algo “do zero”.

Cold process

O sabonete feito em cold process (processamento a frio) é, como o próprio nome sugere, desenvolvido quando todos os ingredientes são misturados em temperatura ambiente.

Sendo assim, a base primária do sabonete artesanal, como banha animal, óleo de coco ou azeite de oliva, é misturada aos outros ingredientes. Quando a consistência da mistura estiver parecida com a de um pudim, ela precisa ser despejada em um molde para endurecer, cortar e curar.

O sabonete feito em cold process poderá ser cortado no período de 1 a 3 dias, contudo o processo de cura leva de 4 a 6 semanas.

Hot process

Ao contrário do cold process, o hot process é o procedimento em que o sabonete é fabricado “à quente”. Em outras palavras, a mistura dos ingredientes se dá por meio de um cozimento lento. Depois de pronto, é só colocar o produto nos moldes e deixar esfriar.  

O sabonete feito em modo hot process leva mais tempo para ficar pronto, porém o seu processo de cura é bem mais rápido. Assim, em poucos dias, o seu sabonete artesanal para vender estará pronto.

Quais materiais utilizar para fazer sabonete artesanal?

Apesar do procedimento de fabricação do seu sabonete ser igual para todos, existem inúmeras possibilidades de você criar o seu.

A nossa dica é pesquisar ingredientes que combinem com o produto, além de receitas para te ajudar em todo o preparo. Mas, basicamente, os materiais que você vai precisar inicialmente são os seguintes:

  • Base glicerinada;
  • Óleos, extratos e essências;
  • Corantes (caso queira dar cor ao sabonete);
  • Varetas de bambu (para misturar tudo e manipular a massa);
  • Moldes (de preferência os de silicone);
  • Lauril (se quiser que seu sabonete faça bastante espuma).

Como fazer sabonete artesanal para vender: passo a passo

Primeiramente, tenha em mente que, quando se está iniciando em algo, é interessante começar com uma receita simples. Portanto, no caso do sabonete artesanal, prefira usar as barras glicerinadas.

Outro ponto importante a se pensar é com relação aos ingredientes. Enquanto alguns podem ajudar a criar espuma, outros podem aumentar o poder de hidratação. Por isso, pesquise sobre os insumos e analise quais deles você usará.

Dito isso, vamos ao que interessa: o passo a passo de como fazer sabonete artesanal para vender!

Base glicerinada

Ao utilizar uma barra glicerinada para preparar o seu sabonete artesanal, você vai realizar basicamente 5 passos:

  1. Corte a base de glicerina em pequenos pedaços e derreta-os completamente;
  2. Depois que a barra estiver totalmente derretida, misture o óleo escolhido e também os demais ingredientes;
  3. Borrife um pouco de álcool nos moldes para que o produto não fique com bolhas de ar;
  4. Despeje a mistura nos moldes e espere esfriar;
  5. Com o resfriamento completo, retire os moldes e pronto!

Hot ou Cold process

Os sabonetes fabricados por meio dos processos hot ou cold levam soda cáustica em seu preparo, um produto extremamente perigoso de se manusear dentro de casa. Por isso, antes de explicarmos como fazer sabonetes para vender, nós separamos alguns cuidados que você precisa ter:

  • Ventilação adequada: talvez esse seja o ponto mais importante de todos na hora de preparar um sabonete do zero;
  • EPIs: o uso de equipamentos de proteção individuais são extremamente importantes no manuseio da soda cáustica. Por isso, utilize óculos, máscara e luvas bem resistentes;
  • Guarde bem os materiais: se o seu laboratório é a sua própria casa, certifique-se de guardar todos os ingredientes em um lugar seguro, onde nem crianças nem animais tenham acesso.

Agora, o passo a passo:

  1. Misture a sua base (isto é, a soda) aos demais ingredientes;
  2. Mexa tudo até que a consistência desejada seja alcançada;
  3. Despeje a mistura nos moldes e espere os seus sabonetes esfriarem e curarem antes de cortá-los.

Apesar de alguns sabonetes artesanais levarem soda cáustica em sua composição, ele não faz mal algum quando o produto é finalizado. Portanto, pode preparar sem medo que o sucesso vai ser garantido!

Qual o custo de fazer um sabonete artesanal?

Fazer sabonete artesanal para vender é um dos negócios com melhor custo-benefício para quem quer começar a empreender. 

Como não são muitos os itens utilizados no processo, muita coisa que existe em casa pode ajudar nesse começo. Depois, conforme a sua demanda for crescendo, você pode ir aprimorando os instrumentos e melhorando seus materiais.

Dentre os elementos que você vai precisar investir, estão, principalmente, os moldes e os insumos dos sabonetes. Lembre-se de comprar produtos bons, pois isso influencia 一 e muito 一 no resultado final.

Veja abaixo algumas considerações sobre esses itens:

  • Moldes: fundamental para que o sabonete fique pronto, os moldes podem ser encontrados em diferentes tamanhos e formatos. Invista naqueles que são mais resistentes e flexíveis, como os de silicone, pois, assim, você pode utilizá-los por várias vezes.
  • Insumos: para que seu sabonete fique do jeito que você espera, invista em insumos bons. Dentre esses insumos, estão a base glicerinada, os corantes e as essências. 

Além dessa lista básica, você também não pode esquecer de considerar as embalagens (que vamos explicar em seguida) e o frete para envio dos produtos. Como a ideia é vender sabonete artesanal pela internet, o frete é um dos elementos que também precisam ser considerados.

Quanto a isso, veja o que mais vale a pena: contratar transportadoras ou utilizar o serviço dos Correios. Hoje em dia, existem diversas modalidades de frete, então é só dar uma pesquisada rápida para que todas as dúvidas sejam respondidas.

Quais embalagens utilizar para vender sabonete artesanal?

A embalagem do seu produto pode dizer muito sobre ele. Portanto, capriche em sua apresentação!

Hoje em dia, quem busca sabonetes artesanais para comprar está interessado também em reduzir o desperdício e, assim, preservar a natureza. Dessa forma, embalagens de papel podem ser uma ótima alternativa para o seu negócio.

Outra opção que pode ser bem bacana de usar são saquinhos de tule fechados com fita. Além de também não utilizarem plástico, ficam muito apresentáveis para a venda.

Aqui, vale a criatividade, pois quanto mais interessante for o seu produto como um todo, maiores as chances das pessoas se interessarem por ele e passarem a comprar.

Como vender sabonete artesanal na minha loja online?

Agora que os sabonetes estão prontos e embalados, chegou a hora de vendê-los. Mas a pergunta que não quer calar é a seguinte: como eu posso fazer isso?

Hoje em dia, diversos empreendedores investem no online para realizar suas vendas. Com o aumento da demanda pela compra virtual, quem ainda não está presente nesse meio está ficando para trás.

Apesar das redes sociais serem uma ótima vitrine para qualquer empresa, depender única e exclusivamente delas pode não ser um bom negócio.

O ideal mesmo é que você profissionalize o seu trabalho, criando uma marca e investindo em um site. Afinal, com ele você tem mais chances de aparecer nas pesquisas do Google e também de vender para pessoas de diferentes lugares sem ter um espaço físico.

Com um site integrado a um e-commerce, a praticidade de compra e venda é muito grande. Além do seu cliente ter acesso a todos seus sabonetes e fragrâncias disponíveis, você consegue ter um maior controle sobre seu estoque pelo fato da plataforma fazer tudo de maneira automatizada.

Nós da Bagy, pensando em entregar uma experiência completa aos nossos clientes, oferecemos muito mais do que uma loja online.

Na realidade, nós queremos que você tenha sucesso em suas vendas, por isso temos diversas soluções dentro dos nossos serviços, como a integração do seu site com a sacolinha do Instagram e com Mercado Livre.

Não perca tempo e saiba tudo sobre a plataforma de vendas que está revolucionando o mercado.

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Tenha um site pronto para sua loja vender!