Gestão

Logística 4.0: implementação e funcionamento dos processos

Imagem ilustrativa de logística 4.0.

Veja o que você irá encontrar neste artigo

A logística 4.0 utiliza tecnologias e ferramentas inteligentes para melhorar as rotinas operacionais. Com sistemas automatizados, é possível aprimorar a gestão, otimizar as entregas e reduzir custos. Além disso, também permite que a indústria se modernize com as inovações do mundo digital.

A logística 4.0 é um conceito que chegou para ficar nas indústrias e pode deixar as rotinas mais simples para os gestores.

Graças a esse conjunto de tecnologias, é possível automatizar processos e melhorar o monitoramento de informações.

Agora, ficou mais fácil acompanhar entregas, prever demandas e entender o comportamento do consumidor. Além disso, o setor poderá investir em estratégias para melhorar os lucros, inclusive com outras práticas, como a logística reversa.

No entanto, não será possível atingir esses resultados sem conhecer mais sobre o conceito e quais as tecnologias que ele usa.

Por isso, separamos um conteúdo especial para te ajudar a entender mais sobre essa quarta geração e como implementá-la no seu negócio. Confira!

O que é logística 4.0?

A Logística 4.0 é um conceito moderno que usa tecnologia para gerenciar melhor a cadeia de suprimentos. Ela segue as mesmas ideias da Indústria 4.0 e usa ferramentas inovadoras para deixar as operações mais inteligentes.

Isso significa que é possível criar um sistema produtivo eficiente, automatizado e com alta visibilidade.

Na prática, é como se combinássemos as mesmas ideias da Indústria 4.0, mas com ferramentas diferentes. 

Essa lógica usa equipamentos tecnológicos para criar um fluxo de abastecimento automatizado, que funciona em rede, permitindo ter um sistema operacional super moderno.

Isso significa que todas as pessoas envolvidas na cadeia de abastecimento, desde o centro de distribuição até o gestor, podem ver o que está acontecendo e tomar decisões melhores.

A Logística 4.0 é um reflexo da Indústria 4.0, que visa transferir a autonomia, a inteligência e a tomada de decisões para as máquinas.

Esse termo abrange diferentes tipos de atividades, mas a Logística 4.0 se preocupa com a cadeia de suprimentos e considera o contexto dos negócios.

Em outras palavras, ela é uma evolução da logística tradicional que torna a cadeia de suprimentos mais inteligente e ágil.

Impacto e exemplos

O impacto da logística 4.0 vai além dos softwares, ferramentas e aplicativos em nuvem. Seu avanço permite mudar toda a indústria e os processos que conhecemos, hoje, como manuais.

Isso porque ela proporciona um controle mais eficiente dos procedimentos de entrega e organização nos empreendimentos.

E com o avanço da tecnologia, a comunicação na operação logística ficou mais simples. Isso permite que as empresas tenham processos mais organizados e transparentes para os clientes

Para aplicar essas mudanças, os gestores estão adotando não apenas as tecnologias, mas também unindo elas a todos os processos, internos e externos, transformando os modos de executar as atividades.

Evolução da logística

A evolução da logística está diretamente ligada às revoluções industriais que rolaram nos últimos 200 anos. 

A Indústria 4.0 e a Logística 4.0 são conceitos que trabalham juntos em busca de modernização e eficiência nos processos. 

Tudo começou com os egípcios antigos criando armazéns para guardar grãos, e a logística evoluiu desde então em diferentes fases. 

A Logística 0, entre 1900 e 1940, era focada na economia agrícola e no transporte dos produtos do campo para o mercado.

Já a Logística 1.0, entre 1940 e 1960, surgiu durante a guerra e tinha como principal objetivo melhorar o desempenho.

A Logística 2.0, entre 1960 e 1970, trouxe a integração de processos internos, enquanto a Logística 3.0, entre 1970 e 1980, focou em atender às necessidades dos clientes e melhorar a eficiência

E, finalmente, a Logística 4.0, que começou na década de 1980 e ainda está em constante evolução, é a era do Supply Chain e da integração de processos com a ajuda da tecnologia

O objetivo é tornar a logística um diferencial de negócio, proporcionando processos mais eficientes e transparentes para atender às demandas de um mercado cada vez mais competitivo.

Qual o objetivo da logística 4.0?

O objetivo da Logística 4.0 é modernizar todo o processo de suprimento, desde a estocagem até o planejamento, usando tecnologias capacitadoras para melhorar o fluxo de matérias-primas, produtos semi-acabados e acabados, e atender melhor o cliente.

Além disso, também quer implementar maior automação na empresa para otimizar os fluxos de materiais tanto na entrada quanto na saída.

Essa revolução busca digitalizar todo o ecossistema logístico, flexibilizando os modelos de negócios, processos e a relação entre as empresas e seus parceiros. 

A missão é dar mais visibilidade aos tomadores de decisão estratégicos em um negócio. 

No entanto, uma pesquisa da companhia tecnológica Zetes descobriu que cerca de 68% dos principais responsáveis do processo de manufatura das empresas não possuem acesso aos dados necessários para melhorar sua tomada de decisão. 

Isso acontece porque as cadeias e redes de suprimentos estão cada vez mais globais e complexas, faltando visibilidade e transparência.

Embora as empresas estejam caminhando para a Indústria 4.0 e a Transformação Digital, a qualidade dessa transformação pode ser questionável. 

É essencial que a própria gestão da cadeia de suprimentos evolua suas abordagens, coordenando os fluxos de materiais e informações com mais eficiência.

Como aplicar a logística 4.0?

Para aplicar a Logística 4.0 em empresas, é essencial realizar uma integração tecnológica nos processos corporativos e revolucionar as operações.

Na prática, o gestor deve usar a automação, Inteligência Artificial e IoT para criar uma rede interna e externa que controla as atividades de maneira descentralizada.

Dessa forma, não precisará estar inteiramente presentes para que as rotinas da indústria sigam de maneira mais eficiente.

Além disso, precisa integrar mão de obra e produtos por meio da tecnologia, com dispositivos, equipamentos autônomos e tecnologia inteligente para auxiliar na tomada de decisões.

Embora a logística de uma empresa possa ser complexa, a quarta geração ajuda nesse gerenciamento com recursos inovadores.

Essa união de ferramentas e sistemas de gestão centralizam os dados, permitindo melhorar o ecossistema interno e aumentando o nível e a confiabilidade da entrega.

Para alcançar esse nível desejado, é essencial a indústria implemente novos conceitos de planejamento, controle e monitoramento de fluxos de informações e materiais com a Logística 4.0.

Em outras palavras, deve acompanhar essas novidades, ter mais transparência nos processos e utilizar as tecnologias para auxiliar nas suas atividades.

Quais são as principais tecnologias usadas?

Para conhecer a logística 4.0 de verdade, é fundamental entender as principais tecnologias utilizadas nessas rotinas.

Veja mais detalhes sobre os recursos e inovações que auxiliam na implementação desse conceito no negócio:

Internet das Coisas

A Internet das Coisas (IoT) tem um grande potencial para ajudar na logística 4.0. Isso porque ela permite uma maior conectividade de dispositivos, sensores e equipamentos.

Dessa forma, eles podem coletar dados em tempo real e transmiti-los para sistemas de gerenciamento. 

Isso permite uma visibilidade mais completa e em tempo real de todas as etapas da cadeia de suprimentos.

Na prática, pode melhorar consideravelmente a eficiência e a qualidade dos seus serviços logísticos.

Existem algumas das formas em que a IoT pode ajudar na logística 4.0, como rastreamento em tempo real, com sensores e dispositivos que ajudam a localizar itens, cargas e veículos em tempo real.

Também contribui para prever demandas, ajudar na manutenção preventiva dos equipamentos e melhorar a cadeia de fornecimento.

Em resumo, é uma tecnologia que pode facilitar as rotinas logísticas, reduzir custos e aprimorar o serviço.

Inteligência Artificial

A inteligência artificial (IA) também desempenha um papel crucial na logística 4.0, fornecendo insights valiosos para otimizar o processo em todas as fases, desde a produção até a entrega.

Isso permite que as empresas se planejem melhor e evitem a falta de estoque ou excesso de produtos.

Além disso, a IA pode ajudar a otimizar rotas de transporte, considerando variáveis como tempo, tráfego e distância. 

Assim, reduz o tempo e os custos de entrega, além de diminuir a emissão de poluentes no ambiente.

Outro benefício da IA na logística 4.0 é a capacidade de gerenciar o estoque com mais eficiência. 

Com uma análise dos dados, a inteligência pode identificar padrões de demanda e alertar os gestores sobre reabastecimento ou de redução no excesso de produtos.

Ainda, também melhora a segurança nas operações logísticas. Por exemplo, o uso de câmeras de segurança equipadas pode ajudar a identificar possíveis riscos e prevenir acidentes.

Cloud Computing

O Cloud Computing também é uma tecnologia fundamental para a logística 4.0. Ele ajuda as empresas a armazenarem grandes quantidades de dados de logística de forma eficiente e escalável.

Uma das principais vantagens é a capacidade de guardar e processar volumes de informações em tempo real.

Por exemplo, os sensores IoT em caminhões, aviões e navios podem mandar os status das cargas, a localização dos veículos e as condições ambientais para o sistema central.

Isso ocorre pela nuvem, com análise automatizada que ajuda a otimizar rotas, reduzir o tempo de entrega e melhorar a eficiência da operação logística.

Também pode ajudar nas operações de armazenamento, embalagem, transporte e entrega, mas com menos custos.

E, claro, podemos mencionar também a melhora na segurança, com criptografias avançadas e ferramentas de gerenciamento protegidas contra hackers.

Big Data

O Big Data também é uma das tecnologias chave que impulsionam a transformação digital na logística 4.0. 

Afinal, a quantidade de dados gerados pelas operações logísticas aumentou consideravelmente nos últimos anos.

Com essa ferramenta, é possível coletar, armazenar, processar e analisar dados valiosos para as tomadas de decisões.

Além disso, também é usado para coletar informações em tempo real sobre a localização e condições dos produtos durante o transporte.

Outros dados, como tempo de espera na alfândega, disponibilidade de inventário e demandas também são mais facilmente identificados.

Assim, somente dados relevantes passam a ser avaliados, com a ajuda de algoritmos.

Isso permite que as empresas tomem decisões mais assertivas, identificando padrões importantes para vender mais, evitar falhas e identificar oportunidades.

Digital twin

O conceito de digital twin, ou gêmeo digital, se relaciona a criar uma cópia virtual do produto, como um protótipo.

Esta tecnologia vem sendo amplamente utilizada em diversos setores, incluindo a logística.

Agora, as empresas podem ter cópias idênticas da indústria para traçar as melhores estratégias no espaço disponível.

Dessa forma, o planejamento logístico se torna mais eficiente e assertivo, possibilitando uma melhor gestão de recursos e otimização do fluxo de materiais e produtos.

Não é mais necessário colocar os planos em ação sem testar, resultando em maior eficiência, redução de custos e aumento da produtividade.

Machine learning

O machine learning, também conhecido como aprendizado de máquina, é uma técnica analisa informações de forma automática para criar modelos precisos e confiáveis.

Ou seja, permite que as máquinas aprendam por si mesmas e ajam de forma autônoma. 

Na logística 4.0, essa tecnologia pode melhorar a precisão dos dados relacionados aos estoques de segurança.

Além disso, a aplicação do machine learning pode ajudar a aumentar a conectividade entre as atividades, garantindo uma logística mais ágil, conectada e inteligente. 

Com a utilização dessa técnica, as empresas podem otimizar seus processos e tomar decisões mais assertivas, resultando em uma gestão mais eficaz.

Quais são as vantagens e desvantagens de implantação da logística 4.0?

Embora a logística 4.0 pareça um conceito atrativo, antes de implementá-lo é fundamental conhecer as vantagens e desvantagens dessa prática.

Confira alguns desses pontos que podem impactar a sua empresa:

Vantagens da logística 4.0

Para começar, essa logística permite que as empresas reduzam custos e aumentem a eficiência das operações.

Isso acontece por meio da automatização de processos e da análise de dados em tempo real para a tomada de decisões.

Ao ter uma ideia mais clara do mercado e dos gastos de cada operação, o negócio poderá economizar com estratégias que sejam mais interessantes.

Além disso, aprimora a gestão de estoques, controlando os dados e permitindo reduzir a quantidade de produtos, com menos desperdícios e custos.

Afinal, sistemas automatizados localizam os dados com mais rapidez, identificando como estão as mercadorias e qual a melhor forma de trabalhar com elas.

Isso evita não apenas gastos desnecessários nas entregas, mas também diminui desperdícios e compras em excesso.

O atendimento ao cliente também se torna melhor, trazendo maior transparência para as operações, além de reduzir os prazos de entrega e melhorar a qualidade do serviço prestado.

Vale mencionar que a logística 4.0 é fundamental para as tomadas de decisões, de forma mais informada, com informações valiosas sobre a cadeia de suprimentos.

Desvantagens da logística 4.0

Por outro lado, existem alguns pontos de atenção na logística 4.0. Por exemplo, a implantação pode exigir um investimento inicial mais alto, principalmente em tecnologias avançadas e sistemas de informação.

Ainda, precisa de capacitação, com equipes que tenham habilidade para mexer nessas ferramentas, algo que demanda treinamentos.

Sem colaboradores treinados, a sua empresa terá dificuldade em implementar as inovações. Por outro lado, capacitações levam tempo e investimento.

Além disso, não podemos ignorar a vulnerabilidade do mundo digital, com mais chances de ataques pela internet e vazamentos de dados.

Mesmo com a segurança das criptografias e da nuvem, os dados ainda estarão online, e podem ficar expostos.

Finalmente, vale mencionar a dependência de tecnologia, pois o negócio precisará sempre dos seus sistemas para tomar decisões. No caso de falhas, pode comprometer toda a cadeia produtiva.

Afinal, como funcionam os processos de logística 4.0?

Na prática, a logística 4.0 funciona com um conjunto de tecnologias e inovações que melhoram as rotinas operacionais.

Com a internet, inteligências e automações, é possível ter procedimentos mais simples. 

Os veículos e produtos serão monitorados em tempo real, os estoques serão otimizados e a empresa terão economias.

Além disso, as decisões serão mais assertivas e o negócio poderá acompanhar as inovações do mercado, saindo na frente dos concorrentes.

Isso acontecerá por meio de tecnologias e plataformas que digitalizem, gradualmente, os processos da empresa no seu setor logístico.

É fundamental contar com essas automações para diminuir trabalhos manuais, falhas humanas e a falta de informações em várias etapas.

No entanto, antes de ter um monitoramento digital completo e processos robotizados, é importante saber que essa implementação leva tempo.

A logística 4.0 é um conceito vantajoso, mas que depende de recursos mais caros e adaptações para funcionar.

Por isso, é importante começar aos poucos, implementando um sistema virtual, tecnologias de conexão e inteligências que contribuam com as tarefas humanas.

Dessa forma, terá menos surpresas ao implementar esse conceito do futuro, facilitando suas rotinas logísticas e melhorando todas as etapas da sua empresa.

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.