Gestão

Gestão de Estoque virtual: tudo que você precisa saber!

Gestão estoque virtual

Veja o que você irá encontrar neste artigo

A gestão de estoque virtual refere-se ao registro de produtos em uma loja online. Assim como nas lojas físicas, é fundamental ter um controle das compras e vendas realizadas. Pensando nessa importância, preparamos este artigo com algumas dicas sobre o tema. Confira!

Um dos grandes desafios dos lojistas é a gestão de estoque, principalmente quando a loja é online. De fato, é um ponto que merece bastante atenção pois, os problemas que são gerados a partir de uma gestão de estoque mal feita podem ser suficientes para o cliente não querer fazer negócio com a sua loja. 

É importante lembrar que assim como a loja física, a sua loja online também deve ter o total controle sobre o estoque. E, é sobre a gestão do estoque virtual que vamos falar nesse texto. Acompanhe!

O que é a gestão de estoque virtual?

O termo estoque virtual refere-se ao registro de produtos em uma loja. Ou seja, todo produto que é comprado ou vendido pela sua loja é atualizado no estoque virtual, permitindo que você tenha um maior controle de suas compras/vendas. Assim, é possível ajustar as demandas dos seus produtos junto aos seus fornecedores. Parece simples, não é mesmo? Entretanto, a gestão de estoque virtual requer muita atenção e controle para evitar problemas para você e para o seu cliente.

Com a concorrência cada dia mais acirrada no mercado virtual, uma boa gestão de estoque é essencial para o funcionamento e competitividade do seu negócio. Afinal, estoque bem abastecido oferece mais oportunidades de vendas. E lembre-se sempre: transações que ocorrem sem falhas, fidelizam os clientes.

Dos itens que deixam de ser vendidos pelo setor varejista, 70% são perdidos por causa de erros no estoque virtual. Separamos os erros mais comuns para ajudar você a evitá-los: 

  • Estoque virtual positivo e estoque físico zerado – Neste cenário o cliente é o principal prejudicado. Isso porque, o cliente efetua a compra de um produto que não está mais disponível, exigindo que o lojista entre em contato e faça a devolução do dinheiro.  
  • Estoque virtual zerado e estoque físico positivo –  Neste cenário o cliente e o lojista são igualmente prejudicados: o cliente por não conseguir comprar o produto que deseja, e o lojista por perder a venda e ainda realizar mais pedidos do produto sem necessidade. 

A solução adotada pelos grandes e-commerces para evitar problemas com o estoque virtual é usar sistemas de gestão que integram o estoque aos outros setores da empresa. Esse tipo de sistema é muito eficiente, porém, demanda um alto investimento. 

Dicas para realizar a sua Gestão de Estoque virtual

Caso você esteja começando, ou não tenha recursos para investir em um sistema de gestão de estoque, não se desespere!! Separamos algumas dicas simples que você pode colocar em prática e organizar o seu estoque sem complicações!

1. Tenha uma estratégia para o seu tipo de loja

Existem no segmento de lojas online, inúmeros tipos de vendas diferentes que impactam diretamente nos tipos de estratégia para a gestão do estoque. Por essa razão, é importante considerar a forma como a sua loja funciona e todas as suas particularidades. Por exemplo, se além da loja online você também tem uma loja física, existe o compartilhamento de estoques, e esse fator precisa ser levado em consideração, pois os dois precisam ser bem integrados para não ter problemas. 

Outra particularidade que impacta no planejamento de gestão de estoque é a quantidade de variedade de segmentos que a sua loja trabalha, afinal, isso aumenta o número de fornecedores envolvidos no processo. 

2. Leve em conta o histórico de compras e tendências

A melhor forma de saber o quanto e quando você precisa abastecer o seu estoque virtual, é olhar o histórico de compras dos seus clientes. Caso você esteja começando e ainda não tenha esses dados de compras, organize todas as suas vendas em uma planilha, junto com os dados das compras que você realizou. Depois de alguns meses você já terá uma base para consultar e tomar suas decisões de maneira mais assertiva. 

Comparar a evolução de vendas ao longo dos últimos 12 meses e as compras que você fez no mesmo período, oferece informações sobre picos e quedas de demandas por cada tipo de produto em cada época do ano.

Após analisar esses dados, já será possível programar as reposições de estoque de forma apropriada. 

3. Selecione bem os seus fornecedores 

A entrega dos produtos é a alma da loja, portanto certifique-se de que os seus fornecedores são confiáveis. Se o processo de entrega dos produtos fica comprometido por qualquer motivo, todo o seu negócio pode ser prejudicado. Por isso, faça uma seleção minuciosa dos seus fornecedores. 

Para ajudar a selecionar os seus fornecedores, separamos alguns critérios que devem ser observados: 

  • Competências comprovadas – Sempre procure referências ou meios para atestar a qualidade dos seus fornecedores. Algumas atitudes simples como: pedir o portfólio, ou contato de outros clientes podem evitar dores de cabeça no futuro.
  • Tempo de mercado – Tempo de mercado não é um indicador absoluto de qualidade. Existem boas empresas que já operam com excelência desde seu nascimento, porém, uma coisa que o tempo ensina é o tratamento ao cliente, a gestão de crise e a expertise do relacionamento. Optar por empresas tradicionais do mercado é uma garantia de estar lidando com um fornecedor que já conhece o segmento há tempo suficiente para introduzir boas práticas em seus processos. 
  • Comunicação – Um indicativo importante de qualidade nas empresas é a maneira como ela se relaciona com seus clientes. Empresas que demoram enviar orçamentos ou responder dúvidas de seus consumidores: são sinais de que é melhor procurar um novo fornecedor. Ninguém espera que um fornecedor dedique 100% de seu tempo para um único cliente, mas se você demonstra mais interesse e afinco em comprar do que o fornecedor em vender, esse pode ser um sinal de atrasos e ruídos de comunicação entre as partes.

Seguindo essas dicas, você já conseguirá planejar as suas ações de forma muito mais assertiva. Basta se organizar adequadamente e contar com as soluções apropriadas para cada necessidade.

Com o Bagy, você consegue ter a gestão do seu estoque virtual de forma automatizada e muito mais eficiente. Quer conhecer mais sobre os nosso aplicativo? Clique aqui e teste grátis por 7 dias! 

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.