Vendas

O que é uma franquia: como montar, vantagens e importância.

Imagem ilustrativa do que é franquia

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Conforme a Lei da Franquia Empresarial (Lei nº 8.955/1994), a franquia é uma modalidade negócio onde o franqueador cede o direito de uso da sua marca ou patente, adepto ao direito de distribuição exclusiva de produtos ou serviços.

Você já deve ter ouvido falar em franquias, e certamente se interessou mais em saber o que é uma franquia. E é por isso que chegou aqui, onde nós vamos te explicar tudo sobre este assunto.

As franquias têm crescido muito no mundo inteiro, e existem de todos os tamanhos, das menores às maiores e em todos os setores de negócios e no universo do empreendedorismo.

As franquias são uma ótima escolha, inclusive para quem não sabe por onde começar um negócio.

Mas antes de sair investindo na primeira oportunidade de franquia que aparecer, saiba tudo como funciona, para só depois escolher o modelo que mais se encaixa com sua necessidade e vontade.

Continue lendo para saber mais!

O que é franquia?

Franquia é o modelo de um negócio que tem crescido muito nos últimos tempos em todo o mundo, principalmente referente às marcas multinacionais.

A pessoa que investe numa franquia, o franqueado, paga pelo direito de usar uma devida marca já atuante no mercado e a sua tecnologia e modelo de negócio.

Para que seja concretizado o direito de uso, o franqueado paga um valor total, ou parcelas determinadas em contrato ao dono da marca, que concedem os direitos legais para isso.

Tudo que o novo franqueado utilizar, deve ser igual em todos os setores da empresa, e por isso no contrato de compra deve ser inserido inclusive treinamento de pessoal, para que haja padronização do serviço.

Este é um dos pontos positivos da franquia, o franqueado compra um modelo pronto de empresa onde deve seguir os padrões já estabelecidos no projeto e seguidos pela marca em seu modelo original, sem precisar começar tudo do zero.

Conheça 26 negócios virtuais mais lucrativos, e as vantagens de empreender no mercado digital.

Qual a diferença entre franqueado e franqueador?

Mesmo estando ligados como uma espécie de parceria que deve ser benéfica para ambos, o franqueado (investidor) e franqueador (marca), tem papéis bem distintos nessa relação.

O empreendedor que resolve se franquear a uma marca, precisa seguir algumas regras predispostas em contrato, para seguir esse caminho predefinido sem precisar começar o seu negócio do zero.

São essas regras que vão manter a qualidade do serviço e produto que ele estará oferecendo e foi planejado, arquitetado e testado pelo dono da marca, no caso, o franqueador.

Como disse acima, a diferença do franqueador para o franqueado é que o franqueador está oferecendo o modelo de negócio pronto, testado e aprovado pelo  consumidor.

É o franqueado que um dia começou do zero e fez aquela marca acontecer, para que outros empreendedores tivessem o desejo de possuir a mesma marca e oferecer num determinado local.

O que diz a Lei de franquias?

O que rege e determina os direitos e deveres instituídos ao contrato de adesão para a implementação das franquias, está estabelecido pela LEI 8.955/94.

Art. 3º Sempre que o franqueador tiver interesse na implantação de sistema de franquia empresarial, deverá fornecer ao interessado em tornar-se franqueado uma circular de oferta de franquia, por escrito e em linguagem clara e acessível […]

A Lei deixa claro que não há vínculo empregatício entre o franqueado e o franqueador, diante de que o franqueado paga para ter direito ao uso de marca e tecnologia de forma exclusiva ou semi exclusiva, e de produtos e serviços oferecidos pelo franqueador.

Quais são as cobranças mais comuns do franchising

Antes de dar continuidade, vamos falar sobre o termo Franchising, que vocês poderão ver em muitos lugares e significa nada mais nada menos do que os modelos de franquias mais bem sucedidos que podemos encontrar hoje em dia.

Entre eles, estão empresas como McDonald’s, Burger King e KFC, que se tornaram as principais marcas deste mundo de franquias, e que permite até o maior dos desentendidos a dar certo como empreendedor.

Neste modelo de negócio o franqueador estabelece diversas regras e concessões de direitos para que o franqueado siga. É importante cumpri-las para que se tenha sucesso, já que ele comprou algo que já é um formato bem sucedido no mercado.

As cobranças e obrigações mais comuns do franchising são:

  • O franqueador é responsável por dar suporte ao franqueado nos mais diversos âmbitos, incluindo treinamento de produção e operacional, até questões relacionadas a setor administrativo, contábil e financeiro;
  • O franqueado deve seguir o modelo de negócio a risca, a fim de manter a padronização dos procedimentos e funcionamento dos serviços prestados;
  • A implantação da franquia deve ser totalmente monitorada pela franqueadora, a fim de fiscalizar e monitorar para garantir que toda execução seja bem-sucedida;
  • O franqueado deverá comprar produtos e adquirir material para manter a padronização dos serviços e produtos oferecidos, de fornecedores homologados pela franquia;

Taxas comuns para adquirir uma franquia

Além do valor inicial do investimento, é necessário que investidor (franqueado), tenha disponíveis outros valores para manter a padronização da marca e outras demandas.

Vejamos quais são elas:

Investimento inicial

Este valor é imprescindível para que o investidor consiga desenvolver a sua unidade.

Existem vários modelos de franquias nacionais e internacionais, e se você pretende investir num modelo de negócio franqueado, é importante pesquisar os valores e condições das que estão disponíveis.

Taxa de franquia

Essa é a primeira taxa que deve ser paga pelos franqueados. A taxa de franquia se refere ao pagamento para ter direito à concessão de uso da marca e, ao mesmo tempo, à transferência de todo o know-how.

Know-how é a forma de fazer, o modelo operacional, tecnológico, e estrutural da empresa. É o “saber fazer”, que a franqueadora usa e se tornou modelo de sucesso no mundo dos negócios.

Essa taxa varia de acordo com o tipo de treinamento: se será online, presencial ou híbrido, e de acordo com o tempo de duração e se terá outros treinamentos ao longo do tempo do contrato da franquia.

Capital de giro

É um valor que o franqueado deve dispor, a fim de custear toda a operação, os custos da rotina de trabalho e pagar o estoque de produtos enquanto a unidade ainda não atinge o ponto de equilíbrio e começar a apresentar lucros.

Taxa de royalties

É bem comum que nos contratos de franquias, exista essa taxa para uso da marca. Ela se baseia em repassar parte do lucro para a franqueadora, que pode ser pago mensal ou anual, a depender do contrato.

Os royalties também podem servir para pagar custos com o suporte às unidades franqueadas, com treinamentos e material de divulgação, entre outros.

Taxa de Instalação

Muitas marcas dispõem de vários modelos e layout de estrutura padronizadas, essa taxa de instalação vai depender do modelo escolhido pelo investidor franqueado.

Essa taxa costuma ser mais alta em franquias com loja física, diferente das lojas online, que na maioria delas é apenas instalação de software.

Será que vale a pena investir em uma franquia?

Até aqui pudemos ver o quão interessante é o modelo de negócio que se baseia em franquias.

Os benefícios são inúmeros, principalmente quando levamos em consideração todo trabalho que dá começar uma empresa do zero.

A franquia escolhe um negócio que já é bem sucedido no mercado, contando toda sua estrutura pronta e você poderá usufruir de uma marca que já é sucesso.

Agora que você já sabe o que é uma franquia, vale a pena conferir as ideias de loja para abrir!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.