Conheça os principais meios de pagamento para e-commerce

Meios de pagamento para e-commerce: qual a melhor forma?

Quando você compra produtos e serviços online, paga por eles utilizando um sistema eletrônico. Sem usar dinheiro ou cheque, esta forma de pagamento é chamada de meio de pagamento para e-commerce e é indispensável para quem quer ter um negócio online.

Você conhece os principais meios de pagamento para e-commerce e como eles funcionam? Para quem planeja criar um site de vendas ou dar um upgrade no negócio online, é fundamental entender sobre o assunto.

Com tantas inovações disponíveis no mercado, é difícil escolher qual a melhor opção de pagamento para a sua loja virtual.

Além disso, muitos empreendedores podem enfrentar uma série de desafios antes de implementar um sistema eficiente e que ajude nas vendas.

Nesse caso, o primeiro passo é conhecer, de fato, quais são as barreiras do mercado atualmente, e como superá-las para investir em meios de pagamento que sejam ideais para o seu negócio.

Pensando nisso, nós preparamos um conteúdo mais que especial para te ajudar a entender mais sobre o assunto, e estar preparado para enfrentar esses desafios com confiança, para tornar o seu negócio online ainda mais profissional.

Quais os desafios em relação aos meios de pagamento?

Antes de mais nada, é importante destacar os principais desafios em relação aos meios de pagamento para e-commerce.

Embora a modalidade tenha se popularizado nos últimos anos, e a tendência seja de crescimento, muitos empreendedores ainda encontram dificuldades em implementar alguns sistemas de pagamento em suas lojas online.

No entanto, as opções que você disponibiliza para o seu cliente não apenas permitem que ele pague suas compras, mas também influencia na forma como o seu comércio funciona.

Por isso, é fundamental entender quais as barreiras que podem surgir no caminho, antes de escolher as formas de pagamento que o seu e-commerce vai ter.

receber conteúdo para vender mais

Taxas e tarifas

Certamente, um dos grandes desafios dos meios de pagamento para e-commerce ainda são as taxas e tarifas de recebimento.

Esse fator já é uma barreira que muitos lojistas e varejistas enfrentam em seu dia a dia, e, apesar das praticidades da internet, esse obstáculo também segue os negócios online.

As taxas de serviço são valores, que costumam ser fixos, cobrados do vendedor a cada pagamento.

Elas incidem principalmente sobre maquininhas de cartão, mas existem plataformas que também cobram uma porcentagem da venda.

Claro, por um lado, as tarifas são, de forma geral, acessíveis para os empreendedores, e muitas trazem um custo-benefício interessante, em troca da disponibilidade de formas de pagamento mais práticas.

No entanto, para vendedores que estão começando a trabalhar com o comércio eletrônico, as taxas podem trazer alguns prejuízos sobre o recebimento.

Além disso, pessoas que não conhecem muito sobre os meios de pagamento para e-commerce podem ter dúvidas sobre qual a forma mais vantajosa, e quando a tarifa vale a pena.

Nesse caso, este ainda é um grande desafio para quem deseja aprimorar seu negócio com novos sistemas.

Encontrar plataformas adequadas

Além disso, quando o assunto são meios de pagamento para e-commerce, uma das maiores dificuldades de novos empreendedores é encontrar uma plataforma adequada.

Com tantas inovações que temos hoje, diferentes sistemas surgiram para atender as necessidades de cada público.

Por exemplo, algumas pessoas procuram plataformas para criar uma loja virtual completa, com sistema de pagamento integrado.

Outras focam suas atividades nas redes sociais, e estão à procura de uma ferramenta que permita que desenvolvam seu comércio no Instagram.

E algumas até mesmo buscam plataformas para exibir os seus produtos, apenas! 

Cada negócio virtual possui uma demanda e uma intenção diferente, e pode ser um desafio para os empreendedores encontrarem os melhores meios de pagamento para e-commerce que combinem com a plataforma ideal para o seu caso.

Por isso, uma das grandes dificuldades de todo vendedor que planeja abrir uma loja online e contratar diferentes formas de pagamento é, de fato, encontrar uma plataforma capaz de atender às suas necessidades e integrar cada solução do jeito certo.

Administrar as finanças

Por fim, entre os desafios enfrentados pelo empreendedor ao escolher novas formas de pagamento para e-commerce, é essencial levar em conta a administração das finanças.

Toda empresa precisa de um bom controle financeiro para seguir com suas atividades sem ter problemas no meio do caminho.

E essa gestão inclui, claro, todos os recebimentos do negócio, especialmente o pagamento das compras.

No entanto, implementar uma nova forma de receber o dinheiro dos clientes pode trazer dificuldades na hora de administrar as finanças.

Principalmente sem uma plataforma adequada, ou sem conhecer como funciona cada alternativa.

Por isso, é importante estar ciente de que esse pode ser um desafio que irá cruzar o caminho do seu negócio online, e influenciar na hora que você for escolher novos meios de pagamento para e-commerce.

Qual o impacto desses desafios no e-commerce?

Para muitas pessoas, os desafios de implementar meios de pagamento no seu negócio online podem não ser tão significativos.

No entanto, mesmo pequenas dificuldades já são o suficiente para impactar negativamente o avanço do comércio digital.

Muitas pessoas consideram iniciar o próprio negócio na internet, ou mesmo expandir seu empreendimento para o mercado eletrônico.

Contudo, grande parte dos desafios podem desencorajar novos vendedores a começarem uma loja virtual. Por exemplo, as taxas e tarifas, que ainda seguem os padrões de pagamento físico, podem pesar no bolso de novos empreendedores.

Enquanto isso, não encontrar uma plataforma integrada que atenda às suas necessidades também impede que muitas pessoas comecem a vender online.

Assim, sem soluções acessíveis, o mercado eletrônico deixa de receber novas oportunidades, que são vantajosas para a própria economia.

Além disso, os clientes também são prejudicados, pois muitos utilizam os e-commerces para realizar suas compras, e acabam não tendo tantas opções quanto possível.

Dessa forma, os desafios que acompanham os meios de pagamento na internet não apenas impactam os empreendedores, mas também o público consumidor e o próprio mercado virtual.

Qual a importância de superar esses desafios?

Por outro lado, conhecer os desafios que acompanham os meios de pagamento para e-commerce é o primeiro passo para superá-los e poder escolher o melhor sistema para o seu negócio.

Embora exista uma série de questões quanto à essa nova etapa da sua loja virtual, é importante procurar soluções para contornar cada barreira. Apenas dessa forma você será capaz de ter um comércio eletrônico completo e funcional.

É claro, existem muitas pessoas que trabalham apenas com catálogos online, por exemplo, finalizando as vendas de maneira física.

Mas, com o avanço da internet e a praticidade que ela oferece, muitos clientes estão buscando opções que permitam a compra 100% digital.

Nesse caso, superar os desafios de implementar um meio de pagamento virtual na sua loja pode atrair novos públicos e fidelizar clientes com toda a praticidade dessas opções.

Além disso, encontrar alternativas para ultrapassar os principais obstáculos também é fundamental para expandir o seu negócio de forma completa.

Dar um novo passo com um empreendimento requer soluções que ajudem a loja a crescer, e isso só se torna possível com a adoção de novos sistemas práticos e que facilitem a vida dos clientes, como os meios de pagamento digitais.

Por isso, superar esses desafios permite não apenas oferecer novas possibilidades para os seus compradores, como também expandir o seu negócio no mercado virtual da melhor forma possível.

dicas exclusivas para vender na shopee

Quais as principais formas de pagamento para e-commerce?

Depois de conhecer mais sobre os desafios que acompanham os meios de pagamento para e-commerce atualmente, chegou o momento de aprender mais sobre os principais formatos disponíveis para lojas virtuais.

Grande parte dos sistemas de pagamento físicos foram empregados no comércio eletrônico, mas ainda vale a pena conhecer mais detalhes sobre as opções mais populares.

Dessa forma, será possível entender quais os desafios que cada um pode trazer, e como escolher a melhor para você:

Boleto bancário

Para começar, vamos falar sobre o boleto bancário, considerado, por muitos, a forma mais acessível e prática de pagar compras online.

Isso porque qualquer pessoa pode fazer o pagamento, mesmo sem ter uma conta bancária, cartão de crédito ou aplicativos.

Basta imprimir o boleto e realizar o débito em qualquer lotérica, de maneira simples e acessível. Para consumidores mais tradicionais, a opção é uma das melhores.

Além disso, o boleto bancário pode unir outros meios de pagamento para e-commerce de maneira indireta.

Por exemplo, existe a possibilidade do cliente emitir o boleto e pagar usando seu internet banking, carteira digital ou até mesmo o cartão de crédito.

Ainda, trata-se de um método totalmente seguro, pois é registrado e monitorado pela Federação Brasileira de Bancos (FEBRABRAN).

No entanto, o maior ponto negativo do boleto bancário é o prazo de compensação, que pode demorar até 3 dias úteis, atrasando a compra e desencorajando muitos consumidores.

Transferência online

Enquanto isso, para quem procura meios de pagamento para e-commerce mais práticos e rápidos que o boleto bancário, é possível adotar as transferências online.

Essas operações já são bem comuns no cotidiano do consumidor, especialmente com o lançamento do Pix, sistema de transferência instantânea do Banco Central.

Nesse caso, a loja pode disponibilizar as informações da conta, ou mesmo códigos de leitura, como QR Code, que levam diretamente para os dados de transferência.

Em apenas alguns segundos, o pagamento já é confirmado, liberando a compra para o cliente.

Por outro lado, muitas pessoas podem desconfiar desse método, pois ele é o mais comum mais fraudes e enganações online.

Por isso, antes de adotar essa opção, é importante se atentar para disponibilizar um ambiente confiável para o usuário.

Gateway de pagamento

Os gateways de pagamento são sistemas que funcionam como uma maquininha de cartão virtual integrada à loja online.

Nesse caso, é possível implementar vários meios de pagamento para e-commerce com uma única ferramenta, incluindo:

  • cartão de débito e crédito;
  • boleto bancário;
  • débito automático;
  • Pix e transferências.

Além disso, um diferencial interessante é a possibilidade de negociar taxas diretamente com as empresas e os bancos. Desse modo, é mais uma solução para superar alguns dos desafios de ter formas de pagamento online.

Ainda, várias plataformas podem oferecer a função de checkout transparente, que permite que o cliente faça o pagamento dentro do seu site, sem precisar ser redirecionado.

Isso traz mais confiança na operação, e otimiza os pagamentos dos seus compradores.

Cartão de crédito

Enquanto isso, também temos o cartão de crédito, famosa forma de pagamento física e também virtual.

Para adotar essa opção, é importante adquirir outra ferramenta que permita incluir os dados para processar o pagamento, como intermediadores e gateways de pagamentos.

Claro, em alguns casos, a loja também pode optar por finalizar a compra fisicamente, aceitando o cartão de crédito por meio de maquininhas.

No entanto, se o objetivo é ter uma loja online mais prática para o público, e otimizar seus recebimentos, é interessante considerar o cartão e outro recurso adicional para permitir pagamentos direto pela internet.

Os benefícios dessa alternativa incluem a praticidade, segurança e facilidade para dividir o valor, sendo a opção preferida de várias pessoas.

Cartão de débito

Por outro lado, temos o cartão de débito, que concorre diretamente com a função de crédito entre os meios de pagamento para e-commerce preferidos dos consumidores.

Inclusive, pode parecer surpreendente, mas a opção está em terceiro lugar na lista de métodos mais utilizados pelos brasileiros.

Segundo relatório da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em agosto de 2021, 66% dos entrevistados para a pesquisa utilizam o cartão de débito como um dos seus principais meios.

A vantagem dessa alternativa é o desconto direto na conta bancária do cliente, sem criar dívidas para o futuro. Além disso, as taxas de recebimento no débito costumam ser menores do que no crédito.

Por isso, trata-se de uma opção interessante para clientes e também lojistas virtuais. Contudo, também necessita de uma plataforma adequada para aceitar esse meio de pagamento em comércios eletrônicos.

Débito em conta corrente

O débito em conta corrente é parecido com o cartão de débito, mas é feito sem a necessidade de um cartão físico ou virtual, usando apenas os dados da conta corrente do cliente. 

Essa alternativa possibilita o pagamento direto com o saldo, com a mesma facilidade, e ainda mais praticidade.

Basta inserir os dados da conta que será descontada, e o valor já é debitado. Além da rapidez, as taxas de recebimento também podem ser menores.

Carteira digital

Um dos meios de pagamento para e-commerce mais recentes do mercado são as carteiras digitais.

Como o nome indica, trata-se de uma plataforma que imita as carteiras, ou seja, funciona a partir do saldo em dinheiro.

Nesse caso, as lojas virtuais podem permitir o pagamento com essa alternativa, por meio de QR Code, links personalizados e até mesmo por boletos, pela leitura do código de barras.

A opção é parecida com o débito em conta, mas as carteiras digitais se diferem por trazer mais praticidade e benefícios como cashback, por exemplo.

Além disso, mesmo pessoas sem conta no banco podem ter uma conta nesses aplicativos, realizando os pagamentos com mais acessibilidade.

Intermediadores

Por fim, as empresas intermediadoras surgiram como alternativas para quem procura investir em meios de pagamento para e-commerce.

Essas plataformas administram toda a operação de pagamento, além de disponibilizar suas próprias opções, como cartão, boleto ou transferência.

Nesse caso, a loja não precisa se preocupar com nenhuma etapa, e recebe o repasse do valor de acordo com o contratado.

Por outro lado, trata-se de um sistema interessante, principalmente por ser mais prático e simples para o vendedor.

No entanto, os valores de taxas, por exemplo, podem ser maiores. Como este é um dos maiores desafios para os empreendedores, é importante considerar bem o custo-benefício desta opção.

Como escolher as melhores alternativas?

Por fim, depois de conhecer os principais meios de pagamento para e-commerce, muitos podem ter dúvida sobre como escolher os melhores.

Nesse caso, existem algumas dicas que podem ajudar nessa decisão. Confira:

Entenda o que seu público quer

Antes de mais nada, é fundamental focar no que o seu público quer. Afinal, os meios de pagamento são voltados, principalmente, para eles.

Dessa forma, considerar a preferência dos seus clientes pode ajudar a implementar os melhores sistemas para o seu negócio, e potencializar os seus resultados.

Por isso, é fundamental conhecer também os seus compradores, para entender o que eles procuram.

Mesmo que determinada alternativa pareça mais atrativa, ela pode não ser a melhor para os clientes. Por exemplo, as carteiras digitais e links de pagamento são tecnologias bastante modernas, mas nem todas as pessoas preferem esses meios.

Entender as necessidades do seu público não apenas ajuda a escolher os melhores meios de pagamento para e-commerce, como também te aproxima dos clientes.

Considere os custos

É claro, os custos de cada forma de pagamento não podem ser deixados de lado.

Para escolher as melhores alternativas para o seu negócio online, é fundamental avaliar o custo-benefício de cada proposta.

Hoje, existem plataformas com taxas mínimas, mas que também trazem outros pontos a serem considerados. Por exemplo, o Pix é instantâneo e gratuito para pessoas físicas, mas nem todas as pessoas confiam nessa alternativa.

Enquanto isso, os cartões de crédito e débito costumam ser a opção mais popular, mas acompanham algumas tarifas para o vendedor.

Seja qual for a alternativa, ela traz seus pontos positivos e negativos, e, com eles, o custo de cada opção.

Trace seu volume de vendas

Finalmente, uma dica importante para escolher os melhores meios de pagamento para e-commerce é traçar o seu volume de vendas.

O comércio físico funciona de maneira diferente do eletrônico, e, por isso, o volume de vendas pode variar.

Nesse caso, é fundamental implementar as opções que melhor atendam às suas demandas. Considere, por exemplo, quantas pessoas acessam a sua loja virtual, e se a opção precisa ser mais rápida, ou mais prática.

Dessa forma, você poderá tomar a melhor decisão, pensando no seu negócio e nos seus clientes.

Por que oferecer mais de um meio de pagamento?

Agora, algumas pessoas podem ter dúvidas sobre porque oferecer vários meios de pagamento para e-commerce.

Assim como comércios físicos, é importante que o cliente tenha uma boa diversidade de opções para escolher, e definir a que ele prefere utilizar.

Isso não apenas torna o seu negócio mais profissional, como também evita perder vendas por não ter determinado sistema ou método.

Além disso, com a praticidade da internet, os comércios eletrônicos têm a obrigação de acompanhar essa facilidade, justamente por meio da diversidade de formas de pagamento.

Não é mais necessário ficar preso somente a um método, pois o e-commerce traz essas novas possibilidades.

Por fim, o fator segurança também é essencial. Afinal, se um meio de pagamento falhar, você ainda terá outros operando na sua loja, para não perder a venda ou prejudicar o cliente.

Quais os cuidados com a segurança?

Trabalhar com meios de pagamento para e-commerce demanda uma atenção especial para os cuidados com a segurança.

Isso porque transações com dinheiro ou saldo digital precisam ser certificadas, especialmente pelas novas formas de fraude e golpes.

Assim, é indispensável que os métodos escolhidos por você apresentem certificados virtuais de segurança, conhecidos como SSL, e todas as suas páginas possuam o protocolo HTTPS.

Essas precauções evitam o roubo de dados do cliente, além de trazer um ambiente mais seguro e confiável para ele realizar o pagamento.

Além disso, é importante escolher uma plataforma que ofereça atividade criptografada, e seja de um site confiável. 

Para garantir, procure considerar empresas confiáveis e que sejam conhecidas no mercado, e ofereçam mais de uma solução com as mesmas garantias.

Se você está buscando uma plataforma mais completa, sem abrir mão da segurança e da praticidade, que tal conhecer a ferramenta Mercado Pago

Com ela, você poderá inovar a sua loja virtual com vários métodos de pagamento de uma só vez, e contar com todas as nossas garantias. Confira nosso guia especial!

Chegou a hora de profissionalizar o seu negócio