Gestão

Como calcular o preço de venda online? Confira o passo a passo precificar os produtos da sua loja virtual

Aprenda como calcular preço de venda online

Veja o que você irá encontrar neste artigo

Saber qual é o seu preço de venda online é fundamental para que seu negócio seja autogerenciável e lucrativo. E por mais que pareça ser fácil, algumas dicas são bastante valiosas na hora de fazer o cálculo, como saber quais são os seus custos e suas despesas.

Para quem está pensando em começar a empreender, apostar na internet é uma ótima pedida, já que os hábitos de consumo das pessoas têm mudado consideravelmente nos últimos anos. No entanto, para que tudo valha a pena, saber como calcular o preço de venda online é fundamental.

Apesar de parecer simples, fazer esse cálculo requer conhecimento e a análise de diferentes fatores que influenciam no preço final do seu produto ou serviço, pois além do lucro que você com certeza visa, se posicionar no mercado também é importante.

Basicamente, o preço de venda envolve principalmente os custos e despesas da sua empresa. E mesmo que a gente já tenha explicado por aqui como calcular o preço de venda de um produto, na internet as coisas acontecem um pouco diferente – até porque as ferramentas utilizadas se diferem também.

Acompanhe a leitura e entenda o passo a passo para calcular o preço real do que você vende!

O que é preço de venda online?

Na lógica, preço de venda online é o valor que o seu produto tem para o consumidor final. Em outras palavras, é o preço que uma pessoa vai pagar para ter o que você vende.

Mesmo parecendo óbvio demais, a ideia completa que existe por trás do conceito vai um pouco mais além. E acredite: tem gente que perde dinheiro porque não calcula direito o preço de venda online do seu produto – e nós não queremos que isso aconteça com você!

Quando alguém decide seguir pelo caminho do empreendimento, diversos fatores influenciam no valor de um produto, seja ele qual for. Por exemplo: em casos de fabricação de sabonetes artesanais, os custos para que ele seja produzido envolvem matéria-prima, embalagem, deslocamento (caso você vá até a loja) ou frete (caso você compre virtualmente) e assim por diante. E não é incomum que algum desses elementos sofra reajuste de uma hora para a outra – o que pode influenciar diretamente no preço de venda do seu sabonete.

Percebeu como calcular o preço de venda online é mais complexo do que parece? Mas calma, nós estamos aqui para te ajudar!

Por que é importante calcular corretamente?

Uma das primeiras coisas que passa na mente da pessoa quando questionada sobre a importância da precificação do seu produto é o lucro, o que é totalmente normal. Contudo, ele não pode ser o único motivador para que o cálculo seja feito corretamente, até porque calcular o preço de venda de um produto é uma estratégia superimportante para um negócio.

Para compreender melhor, vamos retomar o exemplo dos sabonetes artesanais: depois de toda a pesquisa feita, quem idealizou a marca percebeu que existe um público na internet muito potente para adquirir sabonetes que não levam ingredientes de origem animal – ou seja, veganos. Diante disso, toda a produção é voltada aos produtos veganos, uma vez que a venda é garantida para aquele público.

Perceba que em nenhum momento se falou em lucro. Mas como ele é um item de destaque dentro do cálculo do preço de venda, é preciso considerá-lo também na equação.

Sendo assim, o dono da marca de sabonetes artesanais veganos irá não só calcular o seu preço de venda, mas também um valor que o seu produto terá. Afinal, se as pessoas estão dispostas a pagar o preço, elas acabam comprando o valor da marca também.

Qual a diferença entre custos, despesas e lucro?

Custos, despesas e lucro são três elementos fundamentais para se considerar na hora de calcular o preço de venda online. E apesar de serem muito próximos com relação aos seus conceitos, também possuem algumas particularidades entre si.

Entenda melhor:

Custo

O custo é tudo o que você desembolsa para que seu produto seja produzido do início ao fim. Com isso, quando se pensa em uma loja virtual, os principais custos que podem ser destacados são:

  • Embalagens para envio;
  • Logística de frete;
  • Brindes;
  • Etc.

Despesa

Já as despesas são todos os valores que precisam ser pagos para que seu negócio permaneça funcionando. Elas podem ser divididas em despesas fixas – luz, água, internet – e despesas variáveis – conserto de algum equipamento ou a comunicação para algum tipo de evento.

Na prática, um e-commerce costuma ter as seguintes despesas:

  • Contas básicas;
  • Mensalidade da plataforma;
  • Tributação e impostos;
  • Etc.

Lucro

Termo mais fácil de entender, o lucro é calculado da seguinte forma: faturamento – (custos + despesas). Só preste atenção se essa conta ficar no negativo, pois isso significa que seu preço de venda não está correto.

Quais os custos para manter uma loja virtual?

Não é só porque sua loja não tem um ponto físico que ela não terá custos também – na verdade, muito pelo contrário.

É claro que várias coisas que teriam que ser pagas com uma loja física não são consideradas na realidade do digital, como aluguel do local, mas é preciso considerar também que outros tipos de despesas (fixas e variáveis) vão surgir com um e-commerce.

E é preciso saber mapear tudo isso para que seu preço de venda online seja condizente.

Dentre as despesas que uma loja virtual demanda, consideremos estes:

  • Domínio e hospedagem do site;
  • Gestão de pagamentos;
  • Frete;
  • Investimento em comunicação, seja digital ou não;
  • SEO.

A todas essas despesas, é preciso somar os custos que seu negócio também tem para que se tenha uma visão geral dos seus gastos.

Como calcular o preço de venda online?

Antes dos números serem colocados no papel, é muito importante que você saiba todos os fatores que influenciam o cálculo do preço de venda online. Além disso, algumas estratégias de cálculo podem te ajudar também.

A seguir, explicamos para você as 3 principais:

Margem de lucro

Para calcular o preço de venda utilizando a margem de lucro, é preciso utilizar a seguinte fórmula:

Custo inicial do produto + (% de custos fixos + % de lucro definido) = 100% do preço de venda

Markup

Índice multiplicador aplicado sobre o custo de um produto, o markup é, talvez, a estratégia mais utilizada pelos lojistas na hora de calcular o preço de venda.

A fórmula-base para você calcular esse índice é:

Markup = [(Preço de venda – Custo unitário) / Custo unitário] x 100

Margem de contribuição

A última estratégia que pode ajudar como calcular preço de venda online é a margem de contribuição, representada na seguinte fórmula:

Valor de venda – (Custos + Despesas variáveis)

O que considerar ao fazer o cálculo?

Se você não sabe como calcular preço de venda online, alguns elementos precisam ser considerados. 

Veja:

Descubra o preço de custo de cada unidade

Saber o preço de custo do seu produto é imprescindível na hora de calcular o preço de venda – e para calculá-lo, basta somar todos os custos e dividir pelo total de itens que você adquiriu ou produziu.

Conheça seus custos e suas despesas

Saber quanto você tem de custos e despesas vai te ajudar – e muito – na hora de calcular o seu preço de venda. Além do mais, é interessante que você coloque uma porcentagem desses gastos sobre o valor final do produto.

Só preste atenção na quantidade que você vende por mês, para não acabar ficando no prejuízo.

Estabeleça uma margem de lucro

Mesmo que o lucro não seja o único ponto a ser considerado na hora de calcular o preço de venda online, é importante, sim, definir uma margem para que você lucre.

Normalmente, essa margem varia de 25% a 30%.

Manter a margem aplicada

Agora que você já criou uma margem de lucro que cada produto da sua loja terá, lembre-se de mantê-la sempre aplicada. Só assim é que o seu negócio será viável ao longo dos anos.

Uma coisa legal de se ter em mente é que essa margem não é fixa. Logo, ela pode ser alterada quando você perceber que suas vendas estão te dando mais prejuízo do que lucro.

Estude o mercado

Conhecer o mercado que você atua é essencial. Por isso, pesquise sobre os seus concorrentes e analise como eles se comunicam com seus clientes. Além disso, verifique como estão os preços praticados e a reputação que cada marca tem na internet.

Exemplo de cálculo

Com todas essas informações que você acabou de conhecer, fica muito mais fácil de entender e colocar em prática o cálculo de preço de venda, certo?

Mas para deixar tudo ainda mais simples, vamos a dois exemplos.

Margem de lucro

Como já vimos, a margem de lucro é uma das estratégias que você pode usar na hora de calcular o seu preço de venda online.

Relembrando, a fórmula é a seguinte:

Custo inicial do produto + (% de custos fixos + % de lucro definido) = 100% do preço de venda

Agora, vamos aplicar o nosso exemplo do sabonete artesanal nessa fórmula. Primeiro, é preciso saber exatamente qual é o custo inicial do produto. Dentre custos com embalagem, insumos e frete, vamos supor que um sabonete custe R$ 5 para ser produzido.

Depois, é preciso calcular a porcentagem dos custos fixos que você quer atribuir ao produto mais a margem de lucro desejada. Novamente, vamos supor que essas porcentagens sejam de 10% e 15%, respectivamente.

Sendo assim, a nossa fórmula ficou da seguinte maneira:

 5 + (10% + 15%) = 100% 

 5 + 25% = 100% 

5 = 100% – 25% (aqui, os 25% passaram para o outro lado com o sinal oposto, conforme a matemática ensina) 

5 = 75%

Acabamos de descobrir que os R$ 5 do preço de custo equivalem a 75% do valor do preço de venda. Portanto, agora é só fazer uma regra de 3:

Se R$ 5 = 75%, logo R$ x = 100%.

x*75 = 100*5

75x = 500

x = 500/75

x = R$ 6,66

Com isso, seu preço de venda será de R$ 6,66 por sabonete artesanal.

Markup

Depois da margem de lucro, vem o markup como uma das estratégias mais utilizadas na hora de calcular o preço de venda online.

Vamos utilizar o mesmo exemplo dos sabonetes dentro de sua fórmula correspondente:

Markup = [(Preço de venda – Custo unitário) / Custo unitário] x 100

Antes de tudo, tenha em mãos os valores de cada item. Aqui, iremos utilizar os mesmos valores do nosso exemplo da margem de lucro: R$ 5 de custo unitário e R$ 6,66 de preço de venda.

Com isso definido, retornamos à fórmula:

Markup = [(6,66 – 5) / 5] x 100

Markup = [1,66 / 5] x 100

Markup = 0,332 x 100

Markup = 33,20

Como aumentar os lucros da loja virtual?

Depois de aprender como calcular preço de venda online, é hora de descobrir como você pode lucrar mais com seu e-commerce. E para isso, separamos 6 dicas.

Realize o controle dos custos da sua loja virtual

Para ter certeza de quanto você ganha, é preciso saber exatamente quanto se gasta. Por isso, tenha o controle de tudo o que entra e o que sai quando o assunto é o seu negócio, porque isso vai te ajudar bastante na hora de analisar seu fluxo de caixa.

Faça uma avaliação regular do mercado

Com a pandemia, diversos e-commerces surgiram no mercado – e por essa ferramenta proporcionar uma maior dinâmica aos empreendedores, fazer uma análise de tudo o que acontece na internet é imprescindível.

Vários fatores podem ser analisados, mas alguns dos mais importantes são:

  • Variação do preço médio dos produtos que você vende;
  • Surgimento de novas oportunidades de produtos;
  • Preços dos seus concorrentes;
  • Variação do ticket médio do seu potencial cliente.

Entender tudo isso te ajuda a encontrar novas oportunidades para lucrar.

Trabalhe com bons fornecedores

Bons fornecedores garantem entrega na data certa e qualidade dentro do esperado. Por isso, na hora de fechar com alguém, verifique se a matéria-prima que você está adquirindo realmente é boa, pois, às vezes, o barato pode sair caro.

Reduza seus custos e despesas

Essa dica pode até parecer óbvia, mas nem sempre ela é fácil de colocar em prática. Para te ajudar nessa questão, tente monitorar todos os seus custos e, mês a mês, analise onde é que a maior parte do seu dinheiro está indo. Se for possível reverter a situação, reverta.

Mantenha o baixo custo do frete

O frete pode ser um fator decisivo na hora da compra. Isso é possível porque se ele for muito caro, você pode perder uma venda.

Lembra do exemplo do sabonete artesanal que terá um preço de venda de R$ 6,66? Então, se uma pessoa for comprar esse produto online e perceber que o frete custa R$ 10, não vale muito a pena, certo?

Por isso, tente sempre deixar o frete o mais baixo possível – nem que, para isso, você tenha que repassar um pouco do valor para o preço final do produto.

Invista em uma plataforma que te ajude a vender

Quem começa a empreender direto na internet, sabe que uma coisa é certa: é preciso ter uma plataforma que permita que a divulgação do seu produto seja a melhor possível. Além disso, ela também precisa funcionar de forma dinâmica e oferecer uma experiência muito boa ao cliente.

Hoje em dia, existem diferentes plataformas virtuais que te ajudam a montar o seu e-commerce. A Bagy é uma solução completa para criar o seu o site e vender com sua loja online. Além de integrar com as mais diversas ferramentas que potencializam suas vendas online. Ganhe tempo e conheça a Bagy!

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Receba uma análise para impulsionar sua loja!

Preencha no nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas para melhorar suas vendas!

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.

Preencha nosso formulário para obter uma avaliação personalizada da sua loja e dicas exclusivas para melhorar suas vendas.