E-commerce| Vendas

O que é design responsivo? Compreenda a importância para o seu site

Imagem ilustrativa de o que é design responsivo

Veja o que você irá encontrar neste artigo

O design responsivo é quando o conteúdo de um site se adpta ao tamanho da tela, funcionando tanto na versão para desktop quanto para versão mobile.

Você sabe o que é design responsivo? Sem ele, você pode estar perdendo a chance de otimizar seu site e oferecer uma experiência positiva para o usuário.

A preocupação de fornecer um serviço acessível e prático para os clientes na internet se tornou ainda maior nos últimos anos, com o aumento do uso de dispositivos móveis e a necessidade de uma navegação cada vez mais rápida.

Agora, os consumidores buscam canais digitais onde possam pesquisar e comprar com a mesma facilidade, seja no computador ou no celular.

Por isso, se quer que a experiência do usuário seja completa no seu site, precisa adotar essa nova tendência de programação e estrutura web.

E para te ajudar a entender como esse conceito funciona, nós preparamos um conteúdo especial sobre o assunto. Entenda o que é design responsivo, como implementá-lo no seu negócio e veja os benefícios de modernizar o seu site do jeito certo.

O que é design responsivo?

O design responsivo é uma prática que faz com que a página na internet possa ser acessada por qualquer dispositivo, independente da sua resolução de tela.

Na prática, isso significa que os sites devem carregar suas ferramentas e configurações da mesma forma em dispositivos desktop, como computadores, e também aparelhos móveis, como celulares e tablets.

Em telas pequenas ou grandes, as páginas devem responder com a mesma rapidez, eficiência e sem erros, para não prejudicar a experiência do usuário ao navegar por elas.

Essa característica se tornou uma preocupação com o aumento do uso de smartphones para acesso e compras. Segundo um levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 87% dos brasileiros usaram o celular para realizar compras pela internet em 2021.

O número de aparelhos ativos no Brasil era de 240 milhões no período, um crescimento de 14,3 milhões de novas linhas, em comparação com o mesmo período de 2020. 

Ou seja, cada vez mais pessoas utilizam outros canais para acessar a internet, principalmente smartphones, pela praticidade e rapidez que os dispositivos móveis oferecem.

No entanto, é fundamental que os sites estejam adaptados para rodar no navegador mobile, e não apenas com aplicativos. 

É isso que define o que é design responsivo, alcançado por meio de estruturas adequadas e a combinação de linguagens de programação responsáveis pelo texto e visual de uma página.

Ainda, vale a pena reforçar que esse conceito não diz respeito somente a navegabilidade do usuário, mas a todo o conjunto da sua experiência. Isso significa que os sites precisam entregar uma usabilidade de alta qualidade, com os elementos bem posicionados, e não apenas poder ser acessado pelo telefone.

Como surgiu o design responsivo?

Inicialmente, o conceito que define o que é design responsivo surgiu em 2010, proposto pelo desenvolvedor Ethan Marcotte em seu o artigo Responsive Web Design.

O termo é relativamente recente, e surgiu com o crescimento da demanda de páginas adaptadas para usuários mobile.

O artigo marcou o início de uma nova era na estruturação e programação de sites, pois destacou a forma que os serviços virtuais estão mudando. Cada vez mais pessoas tinham acesso aos smartphones, e, com isso, optavam por usá-los para sua navegação.

No entanto, as páginas ainda não continham um design inteiramente responsivo para todos os tipos de telas, o que proporcionava uma experiência negativa para os usuários.

A nova proposta de páginas melhor programadas ganhou mais adeptos, e não apenas entre consumidores ou utilizadores comuns, mas também empresas e negócios que queriam se aproximar do público pela internet.

Inicialmente, o design responsivo era estudado pela área de arquitetura, mas migrou para o segmento digital quando se entendeu ser necessário acompanhar as tendências da internet, e não apenas as questões estéticas de um site.

Por que ter um design responsivo é importante para o seu site?

Entender o que é design responsivo e adotar esse modelo no seu site é importante para fazer com que ele seja acessado pelo maior número de pessoas possível, e ofereça uma boa experiência para os seus clientes.

Suas páginas são o primeiro contato que boa parte do seu público terá com seus produtos e com o seu serviço. Por isso, essa impressão deve ser positiva, para fazer com que eles continuem no seu site e cheguem até o final da jornada de compra.

No entanto, é preciso considerar que a maioria das pessoas utiliza o smartphone para navegar na internet. Se o site não for responsivo visualmente, isso pode afastar possíveis compradores.

Assim, ter um design adequado aumentará as chances de manter o cliente nas suas páginas, e conquistá-lo para oferecer seus produtos.

Quanto mais aparelhos e resoluções forem compatíveis com o seu canal online, maiores as chances de atrair tráfego.

Além disso, ter um design responsivo é fundamental para se destacar nos mecanismos de busca, uma vez que esse é um fator avaliado pelos algoritmos para recomendar boas respostas para os usuários.

Conheça 4 benefícios em ter um layout responsivo em seu site:

Saber o que é design responsivo e colocá-lo em prática pode trazer diversos benefícios para o seu negócio e para as suas vendas.

Muitas pessoas questionam se vale a pena investir nesse modelo para suas páginas. Por esse motivo, vale a pena conferir alguns dos pontos positivos que acompanham essa prática e tornam seu negócio mais atrativo. Veja 4 das principais vantagens:

1. Melhora nas métricas de SEO

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, ou Otimização para Motores de Busca. Basicamente, trata-se de um conjunto de práticas que melhoram o posicionamento do seu site nas ferramentas de pesquisa.

Quando um usuário pesquisa algo no Google, ele encontra uma lista de resultados. Ela não é gerada aleatoriamente, mas classificada pelo próprio mecanismo, com base em avaliações inteligentes do que a página oferece.

No entanto, não é apenas o conteúdo que é considerado, mas também se o design é responsivo e os usuários conseguem navegar facilmente pelas abas.

Quanto melhor for a sua pontuação SEO, mais fácil será de encontrar sua página, e ela aparecerá nos primeiros rankings das pesquisas.

Por isso, é essencial se preocupar com a responsividade do seu layout, para que ele não sofra com punições dos mecanismos de busca. 

Demora para carregar a página, elementos fora do lugar e falta de funcionalidades mobile são alguns dos problemas prejudicam o seu SEO e, com isso, seu posicionamento online.

Assim, busque ter uma estrutura HTML responsiva, independente do dispositivo que será usado. Dessa forma, o Google e outros algoritmos poderão entender que seu site é bem elaborado, e levá-lo para as primeiras páginas de resultado.

2. Mesma versão de site para desktop e mobile

Uma das grandes vantagens de saber o que é design responsivo e aplicar isso no seu site é que você precisará ter apenas uma versão para desktop e mobile.

Não é necessário criar vários modelos de páginas para cada dispositivo, pois as programações mais modernas permitem manter o layout inalterado, desde que ele seja pensado para ser responsivo.

Muitas pessoas acreditam que, para exibir seu site no computador e no smartphone, é preciso de dois tipos de aplicações diferentes.

No entanto, com um design adequado, a mesma versão será suficiente para atender ao público, seja no computador, tablet ou celular.

Isso não apenas fará com que você economize tempo, mas também recursos, pois não é necessário programar o site mais de uma vez em versões diferentes, apenas investir em funcionalidades que tornem o mesmo layout responsivo.

3. Gerenciamento do site com economia

Com a mesma versão do seu site para desktop e mobile, o gerenciamento das páginas também será mais simples e econômico.

Afinal, você terá apenas um modelo para monitorar e verificar se existem atualizações ou se tem algum erro que precisa ser corrigido.

Com mais de uma plataforma, o controle pode ser mais complicado, especialmente para alterações, que devem ser feitas em cada uma das páginas.

Contudo, ao entender o que é design responsivo, será mais simples de colocar isso em prática no seu site, tornando o gerenciamento mais imediato e com um melhor custo-benefício.

Ainda, não será preciso investir em mão de obra para criar várias versões, ou manter uma equipe especializada para cuidar de cada página. Todas as funcionalidades permanecem as mesmas, independente do lugar onde são acessadas.

E nos momentos em que for necessário atualizar o servidor ou pausar as atividades, o processo é mais rápido, diminuindo o tempo de inatividade da sua página.

4. Consciência de marca

O conhecimento de marca, ou brand awareness, é uma expressão que indica a percepção que os clientes têm de uma empresa, e o design responsivo tem tudo a ver com isso.

Em um primeiro momento, quando os clientes entrarem na sua página, irão encontrar todos os serviços e informações no mesmo domínio, sem burocracia ou dificuldades. Isso já dará uma impressão mais positiva da sua marca.

Além disso, com uma estrutura mais moderna, você atingirá melhores posições nas pesquisas, de modo que seu negócio se tornará mais conhecido.

Ainda, vale a pena ressaltar que um site responsivo aumenta a credibilidade e confiança do usuário, de modo que a empresa ganha mais destaque em relação às demais.

Saiba quais são as principais práticas de um design responsivo

Existem algumas práticas que podem te ajudar a entender o que é design responsivo e como adaptá-lo no seu site, especialmente na hora de planejar seu canal online.

Veja mais detalhes sobre as principais recomendações e como otimizar suas páginas de maneira mais simples:

Comece a criação do layout pelo mobile

Se você está planejando criar um site para o seu negócio, então seu planejamento precisa começar pelo layout mobile. Em outras palavras, inicie sua estrutura pensando nos dispositivos móveis.

Esses não apenas são os aparelhos de preferência de uma grande parte dos usuários, como também exigem algumas configurações mais específicas para serem, de fato, responsivos.

Dessa forma, se você estiver planejando um menu em determinada posição, ou incluir botões em algum canto da página, lembre-se de pensar nessas funcionalidades, inicialmente, para mobile.

Com isso, você evitará ter que refazer o projeto porque o layout não ficou responsivo, ao passo que adaptar o modelo para desktop é mais simples do que fazer o processo inverso.

Utilize elementos leves e flexíveis

Para aplicar as práticas que definem o que é design responsivo, é fundamental utilizar elementos leves e flexíveis no layout das suas páginas.

Isso significa dar preferência para componentes visuais que sejam simples e não muito pesados, para não comprometer o carregamento da página.

Ainda, é importante ter em mente que as páginas no desktop são maiores, e suportam mais efeitos visuais, podendo não acontecer nos smartphones, por exemplo.

Por esse motivo, busque itens neutros e que não pesem na navegação do usuário. Priorizar a praticidade, em vez da estética, pode ser uma estratégia positiva em muitos casos.

Além disso, opções mais flexíveis se adaptam melhor na transição de desktop para mobile, reduzindo seu trabalho e os gastos para planejar um site que seja navegável em todos os formatos.

Considere a velocidade do site

Um site responsivo não apenas oferece todos os elementos que um canal desktop possui, mas também permite que o usuário tenha uma experiência de navegabilidade positiva. Isso significa um acesso rápido e prático nas suas páginas.

Assim, é fundamental considerar a velocidade do seu site, quanto tempo ele leva para carregar seus elementos visuais e outras ferramentas.

Mesmo que o layout esteja adaptado, muitas vezes o uso de elementos pesados, por exemplo, compromete a visualização, prejudicando as atividades do usuário.

Ainda, é importante reforçar que páginas lentas são penalizadas pelos algoritmos dos mecanismos de busca, algo negativo para o seu posicionamento.

Por conta disso, procure avaliar se o seu site é rápido, e dê preferência para elementos simples e mais dinâmicos.

Faça teste de usabilidade

Uma dica importante para colocar em prática o que é design responsivo é fazer testes de usabilidade com as suas páginas.

Trata-se de uma técnica de pesquisa utilizada para avaliar um produto ou serviço. Ele é feito com usuários representativos do público-alvo, para ter resultados mais concretos.

Cada participante tenta realizar tarefas comuns, que o site deve atender, enquanto um analista anota as possíveis inconsistências e erros.

Essa atividade evita que as falhas passem da verificação e cheguem até seu cliente final, comprometendo a experiência dele com o canal.

Além disso, é uma boa forma de ter a opinião de outras pessoas quanto ao layout e disposição da plataforma, vendo se ela é simples de mexer, ou se precisa de ajustes para tornar a experiência mais agradável.

Por esse motivo, busque fazer esses testes antes de lançar seu site, avaliando todos os tipos de dispositivos para ver se a sua estrutura corresponde ao esperado.

Qual a relação do design responsivo com a experiência do usuário?

Entender o que é design responsivo e aplicar isso no seu site permite melhorar a experiência do usuário. Logo, esses dois conceitos estão diretamente ligados.

Quando um cliente entra nas suas páginas, ele espera encontrar funcionalidades simples e ações intuitivas, para reduzir o tempo de espera e concluir sua jornada quanto antes.

Na era da tecnologia, a otimização do tempo é fundamental, e isso só pode ser feito por meio de canais que sejam ágeis e fáceis de mexer.

No entanto, se a sua página não possui interações que respondem a todos os dispositivos, uma parte do seu público terá problemas, que prejudicam as suas vendas e a impressão do usuário.

Nesse caso, um site responsivo é a principal forma de evitar essas percepções negativas e aproximar o consumidor da sua empresa.

Além disso, com a preferência do público por dispositivos móveis, os conteúdos precisam ser igualmente acessíveis, ou o usuário não poderá atingir seus objetivos de navegação.

Por esse motivo, a navegabilidade do seu site precisa ter uma alta qualidade, para transmitir os valores da sua marca em cada página, independente do aparelho usado para acessar.

Apenas com um design responsivo você terá a certeza de que seu cliente consegue conferir todos os seus conteúdos sem erros de compatibilidade. 

Por fim, isso ajudará a conduzir o consumidor pela jornada de compra online, sem arriscar perdê-lo no caminho por conta de um site mais lento no celular, realizando a manutenção do seu relacionamento e melhorando a imagem do seu negócio.

Ao planejar seu site, lembre-se de priorizar uma estrutura compatível e que seja simples para o usuário e também para a sua gestão.

Com a Bagy, você tem tudo para crescer na internet e aumentar suas vendas com uma loja virtual de alto nível e, claro, responsiva. Venha conhecer nossa solução e saiba como otimizar seu site para se tornar referência e gerar credibilidade para o seu empreendimento.

Jessica Azevedo

Marketing

Graduada em Turismo e pós graduada em Marketing Digital aplicado à Tecnologia da Informação. Tem na bagagem mais de 3 anos em SEO e tem como foco levar os melhores conteúdo para quem quer conhecer mais sobre o mercado digital.

Tenha um site pronto para sua loja vender!